Acusado de comprar silêncio de delatora, ex-governador do RN vira réu

Ação que abriu ação penal contra Robinson Faria é do juiz Ivanaldo Bezerra

STJ abre novo inquérito contra Robinson por desvios na Assembleia/RN

Na Crusoé, Luiz Vassallo informa que o ex-governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria, do PSD, virou réu sob a acusação de tentar comprar o silêncio de uma delatora que o citou em esquemas de desvios na Assembleia Legislativa.

A decisão que abriu a ação penal é do juiz Ivanaldo Bezerra Ferreira dos Santos, da 6ª Vara Criminal de Natal.

A denúncia pela prática do crime de obstrução de Justiça foi oferecida em 2017 pela PGR.

Em 2019, após o ex-governador deixar o cargo e perder o foro privilegiado, o STJ enviou a acusação à primeira instância.

Robinson é pai do ministro das Comunicações, Fábio Faria, que não está na lista de investigados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois − 1 =