Category Archives: Artigos

PREFEITURA ESCLARECE QUE NÃO HÁ INTERESSE DE RETIRADA DE AMBULANTES DO CENTRO

NOTA OFICIAL EXPLICA POSIÇÃO DA MUNICIPALIDADE

Diante da polêmica gerada pelo ato do Ministério Público do Rio Grande do Norte, segundo o qual deve ser feita uma regularização na ocupação de calçadas e vias públicas do município, a administração da prefeita, Rosalba Ciarlini, emitiu nota.

“Prefeitura esclarece que não há intenção de retirada de ambulantes do Centro”, afirma a administração.

Confira;

NOTA
A Prefeitura de Mossoró informa que a recomendação sobre retirada dos ambulantes que atuam no Centro é do Ministério Público. Como o próprio termo define, há uma recomendação e não determinação sobre a saída dos comerciantes que atuam na cidade.
O Executivo Municipal esclarece que tem ciência da situação e que existe um processo judicial em tramitação desde 2014. De acordo com a Procuradoria Geral do Município, em audiência realizada em setembro de 2018, ficou acordada a apresentação de um projeto que garantisse o fluxo de pessoas nas áreas citadas, adequando os espaços para permanência dos ambulantes. “Ficaram deliberadas algumas avenidas, dentre elas a Coronel Gurgel, Vicente Saboia, entre outras”, informa Karina Ferreira, procuradora.
O documento foi elaborado através de estudo da Secretaria Municipal de Infraestrutura e acatado pela Justiça, com algumas modificações. “Estamos informando à 3ª Promotoria sobre essa ação recente, pois já existe um procedimento judicial acerca da matéria”, reiterando que o Município está apresentando as providências cabíveis ao caso.
A Prefeitura de Mossoró ressalta ainda que não há intenção de retirada dos ambulantes e sim de adequação, garantindo o direito das pessoas que ali tiram o seu sustento e também atendendo as determinações judiciais sobre acessibilidade e livre tráfego no Centro.

De “sotaque” político, paralisação dos professores de Mossoró perde fôlego

Nenhuma escola da rede municipal foi prejudicada integralmente pela paralisação, conforme relato da Secretaria da Educação

POR GUTEMBERG MOURA

A greve dos professores da rede municipal de ensino já é vista como um completo fracasso. De forte “sotaque” político, a paralisação foi arquitetada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindiserpum) para criar embaraços à Prefeitura.
A ideia, segundo corre dos corredores da entidade sindical, é desgastar politicamente a prefeita Rosalba Ciarlini. Mas o “tiro” parece mesmo ter saido pela culátra, já que a grevesendo considerada “esvaziada”.não consegue paralisar nenhuma escola
De acordo com balanço da Secretaria Municipal da Educação, divulgado nesta terça-feira (9) na imprensa local, não há nenhuma escola parada na rede municipal de ensino. Ato todo, são 94 escolas.
Destas, segundo a SEC, 46 estão funcionando de forma normal, ou seja, não há paralisação das aulas. Em outras 48 unidades, a paralisação é parcial, mas as escolas estão abertas aos alunos. Das Unidades de Educação Infantil (UEI´s), apenas 5 estão paradas totalmente.
A Prefeitura convoca os professores às aulas de aula.Os grevistas terão o ponto cortado.

PROFESSORES QUE ESTÃO BRINCANDO DE FAZER GREVE TERÃO DESCONTO EM SALÁRIO

PREFEITURA DE MOSSORÓ ANUNCIA CORTE DE PONTO DOS GREVISTAS

A Prefeitura Municipal de Mossoró anuncia que começa a cortar o ponto dos professores que está brincando de fazer greve – medida mais do natural e, oportuna.

Através de nota, a municipalidade explica os motivos que condicionaram a decisão.

NOTA

Esclarecimento

Com os salários rigorosamente em dia; pagamento do décimo-terceiro de 2019 no mês de aniversário dos servidores; reajuste e piso salarial de 3. 539,54, quase mil reais a mais do que o nacional que é de 2.557,74 e com os valores retroativos a janeiro e fevereiro pagos no salário de março, conforme a lei municipal; mudança de nível e de classe e pagamento do 14º salário, a Prefeitura de Mossoró não vê motivos para a greve de parte dos professores da rede municipal de ensino. E convoca os educadores que ainda estão fora da sala de aula a retornarem às funções.

A paralisação compromete o direito à educação de qualidade de parte dos alunos, crianças e adolescentes.

Em respeito aos alunos e aos professores que estão cumprindo com seu dever de educar, a Prefeitura de Mossoró avisa que está cortando o ponto dos grevistas e apela para o bom senso de todos, para que retornem imediatamente o trabalho na sala de aula.

EM MOSSORÓ PROFESSORES APOSTAM QUE NÃO TERÃO DIAS DE GREVE DESCONTADOS

A CADA ANO ESSA BRINCADEIRA DE FAZER GREVE VEM ACONTECENDO

A fata de compromisso dos professores-sindicalistas, com o ensino, a cada ano, fica mais explicita. Inclusive, em Mossoró. 

Sob o comando de sindicalistas radicais, esperam apenas o ano letivo começar para forjar uma nova greve.

Pouco importando que estejam com seus salários rigorosamente em dia. 

É o que está acontecendo neste momento, e mais uma vez, com um grupo de professores da rede municipal de ensino de Mossoró.

Tudo orquestrado e liderado por uma sindicalista, que recebe R$ 1.500,00 a mais da Prefeitura de Mossoró pela mesma função desempenhada no Governo do Estado.

Mas quando comanda esse tipo de greve, dissociada da realizada econômica vigente no Brasil, a presidente do SINDISERPUM, Marleide Cunha, atua na certeza de que, depois de alguns meses fora da sala de aula, os grevistas exigirão e, receberão seus salários integrais.

Essa brincadeira de fazer greve só vai acabar quando a Prefeitura Municipal de Mossoró efetivar o desconto, na folha salarial, de cada um e de todos os dias em que os professores preferiam comprometer o calendário letivo.

Essa brincadeira de fazer greve precisa acabar.

É só não fazer acordo, permitindo que os grevistas receberem os dias fora de sala de aula como se nada tivesse acontecido. 

ALÔ, GIVVA…

…RICARDO ROSADO, CERTEIRO

Parte da imprensa nacional está em grave crise de abstinência. De novas fontes, de argumentos, de conceitos e de recursos. Alguns até de juízo. Deve ser a imprensa Kajuru. Equilibradíssima.

ENTREVISTA: CASCIANO VIDAL CONVERSA COM O MÉDICO ALEXANDRE MOTTA

DO PROGRAMA É POR AÍ NA TEVE METROPOLITANO 

O jornalista-publicitário, Casciano Vidal, entrevista no Programa É Por Aí, da TV Metropolitano, o médico Alexandre Motta.

A íntegra do discurso de Bolsonaro na chegada a Israel

Jair Bolsonaro discursou neste domingo em Israel durante cerimônia de boas-vindas

Leia a íntegra do discurso do presidente:

Prezados amigos, prezado irmão Benjamin Netanyahu,

Há dois anos estive em Israel. Visitei o Rio Jordão. Por coincidência, meu nome também é Messias. Senti-me emocionado naquele momento. Aceitei um chamamento de um pastor da nossa comitiva e desci as ruas do Rio Jordão, uma emoção, um compromisso, uma fé verdadeira que me acompanhará pelo resto da minha vida.

Sempre admirei o o povo de israel. Depois dessa passagem, em um período de pré-campanha e de campanha, citava sempre qual o ensinamento deveria levar de Israel para o Brasil. Eu falava muitas vezes. Nós sabemos que Israel não é tão rico quanto o Brasil em recursos naturais entre outras coisas. Eu dizia: olha o que eles não tem e veja o que eles são. E daí eu dizia para os meus irmãos brasileiros: olha o que nós temos e o que nós não somos. Como poderemos ser iguais a eles? Precisamos ter a mesma fé que eles têm.

E com esse sentimento e usando também uma passagem bíblica, João 8:32, que diz: conhecereis a verdade e ela vos libertará, conseguimos vencer desafios no Brasil.

Dois milagres aconteceram comigo. Um é estar vivo. Fui muito bem atendido, num segundo momento, no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Pelas mãos daqueles profissionais de saúde e primeiramente pelos profissionais de saúde da Santa Casa de Juiz de Fora e com toda a certeza novamente, pelas mãos de Deus, consegui sobreviver e também ser eleito presidente da República num clima completamente hostil a minha pessoa. Mas eu tinha uma coisa que os outros não tinham: eu tinha o povo ao meu lado.

Prezado irmão Netanyahu. É uma honra voltar a Israel. Realizo essa visita antes mesmo de completar 100 dias de mandato. Meu governo está firmemente decidido em fortalecer a parceria entre Brasil e Israel.

A amizade entre nossos povos é histórica. Tivemos um pequeno momento de afastamento. Mas Deus sabe o que faz. Voltamos.

Brasileiros e israelenses compartilham valores, tradições culturais e o apreço à liberdade e à democracia. Juntas, nossas nações podem alcançar grandes feitos. Temos que explorar esse potencial. É isso que pretendemos fazer nessa visita.

Antes de mais nada quero aproveitar para agradecer a participação do primeiro-ministro Netanyahu na ocasião da minha cerimônia de posse. Foi a primeira visita de um chefe de poder israelense ao meu país. Talvez queira expressar a gratidão do povo brasileiro pela demonstração inequívoca de solidariedade que forneceu Israel no enfrentamento da tragédia de Brumadinho. Esse gesto jamais será esquecido.

É motivo de muito orgulho para mim e para o povo do país o papel que o nosso chanceler Oswaldo Aranha desempenhou na criação do nosso estado de Israel.

Felizmente retornamos para o tratamento equilibrado das questões do Oriente Médio. O nosso ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, voltou de uma visita a Israel entusiasmodo com as possibilidades de acordos e parcerias.

A cooperação nas áreas de segurança e defesa também interessam muito ao Brasil. Eu e meu amigo Netanyahu Pretendemos aproximar nossos povos, nossos militares, nossos estudantes, nossos cientistas, nossos empresários e nossos turistas.

Obrigado pela calorosa recepção. Estou certo que teremos dias muito produtivos e agradáveis.

Eu amo Israel.

Muito obrigado.”

CHUVAS INUNDAM MOSSORÓ E OS PARVOS CULPAM ROSALBA

OPOSIÇÃO RIDÍCULA PAVIMENTA MAIS UMA VITÓRIA DA ROSA

Resultado de imagem para www.gutembergmoura.com.br iMAGEM DO PATETA

Depois dos alagamentos proporcionados pelas fortes chuvas registradas em Mossoró, do centro comercial ao perímetro rural, aguarda-se qual o próximo pateta que irá mandar um vídeo responsabilizando a administração municipal pelos buracos de alguma via pública. 

Este cenário, em que a turma que teve seus planos preteridos, de forma ridícula, culpa o Poder Executivo por crateras provocadas pelo inverno, repete-se nos últimos anos. 

E, o propósito de tentar criar embaraços eleitorais para a ocupante do Palácio da Resistência, acaba pavimentando sua caminhada para mais um mandato.

Isto é o que assistimos em Mossoró, neste momento. A cada ano, a munganga apenas se repetindo. 

Esquecem que a gestão municipal já dispõe de projeto – com a verba escutando o convercê – para executar a recuperação da malha viária, logo que finde a quadra invernosa. 

Assim, dessa forma, os meninões e meninonas, estão apenas expondo os lombos para mais uma surra de saia – leia-se de votos, da Rosa. 

Anote. E cobre-me! 

 

ESPAÇO DO GIVVA

A RESISTÊNCIA DO FISIOLOGISMO

POR GIVANILDO SILVA

Em Brasília, do jeito como a tempestade está se formando, a situação pode ficar insustentável.

As variáveis são de temporal que vai desde queda a fechamento.

Com “ajudazinha” da imprensa, em estado de profunda secura, reforça-se, no parlamento de Maia, a prática caracterizada pela busca de vantagens pessoais em detrimento do interesse público.

O Brasil, decerto, não existiria, se fosse para dar certo. Imensamente frustrador.

(RE)TWITTANDO: O MEDO DE RODRIGO MAIA E DEMAIS CORRUPTOS

CORRUPTOS ESTÃO CONTRA MORO POR MEDO DA CADEIA 

O problema de Rodrigo Maia, e de 9 entre 10 políticos brasileiros, é o medo de serem denunciados por corrupção. É por isso que são contra o projeto anti-crime de Sérgio Moro. Falam em “articulação política”, mas o que estão fazendo é chantagem para ganhar direito à impunidade.