Category Archives: Artigos

SENADORES CORRUPTOS IRÃO QUESTIONAR MORO

TODOS ENVOLVIDOS NA LAVA JATO

Sergio Moro inquirido no Senado por citados na Lava Jato a respeito de conversas grampeadas ilegalmente com o claro objetivo de destruir a Lava Jato, publicadas por um notório cúmplice de hackers que as manipula sem vergonha. É uma avacalhação.

Dos oito senadores que irão sabatinar o Ministro , todos estão envolvidos na Lava Jato: Humberto Costa, Otto Alencar, Cid Gomes, Eduardo Braga, Antonio Anastasia, Esperidião Amin, Ciro Nogueira e Jader Barbalho. É impossível levar essa república com seriedade.

DICA: DAD SQUARISI

AS INICIAIS DOS MESES E DOS PONTOS CARDEAIS

POR DAD SQUARISI

Por que o nome dos meses se escreve com inicial minúscula e o nome dos pontos cardeais com inicial maiúscula? Quem decide o emprego de maiúsculas e minúsculas é o Vocabulário ortográfico da língua portuguesa (Volp), da Academia Brasileira de Letras. Os imortais definiram que janeiro, fevereiro, março & cia. são nomes comuns. Daí a inicial pequenina. Definiram, também, que Norte, Sul, Leste e Oeste, substantivos próprios, se grafam com inicial grandona. Nós, inteligentes que somos, dizemos amém. Manda quem pode. Obedece quem tem juízo.

PALHAÇOS MENTIROSOS!!!

O FIM DA MAMATA DO SINDISERPUM

POR KENNEDY SALVADOR 

Advogado 

A imagem pode conter: Kennedy Salvador, barba e close-up
A palhaçada de hoje na Câmara Municipal de Mossoró e os inúmeros post nas redes sociais sobre o projeto de lei da Prefeitura de Mossoró sobre o imposto sindical me obrigou a vir aqui manifestar a minha opinião.
Longe do que estão propagando, jamais a Prefeita afrontou a questão da liberdade sindical, ao contrário ela está contribuindo para fortalecer o princípio constitucional da não obrigatoriedade. O Município fez tão somente replicar o teor da MP 873 da Presidência da República, que nada mais é se não um mecanismo para evitar FRAUDES e desonerar o Estado. Vou explicar:
1.0 – Com o fim do Imposto Sindical obrigatório (aquela vagabundagem de descontar do trabalhador sindicalizado ou não) o valor equivalente a um dia do seu salário anualmente e repassado aos Sindicatos, Federações, Confederação e até ao próprio Governo Federal, os Sindicatos com respaldo na reforma trabalhista que afirma: “o convencionado prevalece sobre o legislado”, começaram a fazer assembleias fictícias ( sem a participação dos trabalhadores das categorias) e aprovarem o desconto independente da vontade do trabalhador para impor a todos os desconto anual em seus salários, tentando ressuscitar o imposto sindical;
2.0 – Esta prática foi quem fomentou durante décadas as CUT, CGT, Centrais Sindicais, Partidos Políticos e o escambal sem qualquer benefício aos trabalhadores de fato (pagantes);
3.0 – Essa DESGRAÇA do imposto sindical manteve durante décadas cerca de 16 mil sindicatos no País sugando dinheiro dos trabalhadores sob a batuta do Estado, onde na verdade algo em torno de 90% das entidades sindicais são apenas CARTORÁRIAS (Só existem no papel), não agregam nada em favor das categorias profissionais;
4.0 – No que se refere aos servidores públicos das três esferas (Município, Estado e União) a coisa era bem pior, pois além de descontar dos trabalhadores, nós cidadãos comuns que nada temos com isso era quem pagávamos os custos de operacionalização desses descontos e repasses aos sindicatos.
Resumindo: O que a Prefeita fez foi nada mais nada menos do que “desonerar” o Município do custo de operacionalização de tais descontos e repasses, seguindo o mesmo entendimento (ACERTADO) do governo Federal.
Vale ressaltar que tais medidas via MP ou Lei Municipal se referem unicamente ao Imposto Sindical. As taxas Associativas (mensais) permanecem inalteradas para aqueles trabalhadores/servidores que assim optarem.
No caso da Iniciativa Privada a Convenções e Acordos Coletivos anteriores à MP 873, bem como os posteriores a ela devem ser obedecidos no que se refere à Mensalidades Sindicais (Imposto Sindical NUNCA!), sempre respeitadas as opções dos trabalhadores.
A MP 873 do Governo Federal visa valorizar as Entidades Sindicais efetivamente representativas de suas categorias profissionais e extinguir de um vez por todas as entidades de cunho meramente captadoras/exploradoras da classe trabalhadora sob o discurso de defender seus direitos o que é uma grande MENTIRA!!!!
É certo que o cidadão comum não deve arcar com as despesas de operacionalização da “MÁFIA SINDICAL”, tampouco os servidores. A MP 873 do Governo Federal assim como o Projeto de Lei da Prefeitura de Mossoró, ao contrário do que afirmam os “IMUNDOS”, somente fortalece o princípio constitucional da liberdade sindical. Parabéns ao Governo Municipal e à Câmara Municipal de Mossoró-RN. Por Kennedy Salvador – Advogado Assessor Jurídico do SINTRACOM-RN.

O PAÍS DAS COINCIDÊNCIAS

OPINIÃO

Por Antônio Melo

O Brasil que quer entrar no clube dos países mais ricos do mundo, acaba de ficar, neste último trimestre, 0,2% mais pobre. Simples coincidência. Como outra coisa não seria, além de coincidência, o fato do COAF -que flagrou as traquinagens realizadas por um assessor do então deputado Flávio Bolsonaro- sair debaixo das asas do xerife Sérgio Moro e se aninhar nos cofres de Paulo Guedes, o ministro da economia, com as bênçãos do presidente, o desconforto do ministro da justiça e a irritação do líder do PSL, partido de Jair Bolsonaro, o novato major Olímpio. Não se espante, é só coincidência.

Também não passa de mera coincidência o fato de nesse período em que foram autorizadas as quebras dos sigilos fiscal e bancário do deputado-travesso-zero-não-sei-quanto, o presidente anunciar de público que estava pronto a cumprir o “compromisso” assumido com Moro de indica-lo para o STF. Só que Moro, na primeira oportunidade, desmentiu. Por mais estranho que possa parecer o aceno do presidente querendo o xerife longe, não tem nada a ver com o atual momento em que o seu filho pula feito pipoca na frigideira da justiça. Tenha certeza, é tudo coincidência. Mera coincidência.

Como outra coisa não poderia ser -além de intriga da oposição e maldade dessa imprensa comunista- o fato de em momentos assim o presidente lançar ideias polêmicas. O absurdo decreto das armas que mais parece redigido por um pré-vestibulando de direito do que por profissionais e doutores no assunto. As inconsistências, as inconstitucionalidades e até idiotices ali contidas podem parecer burrice, mas saíram do marketing do absurdo que cresce e floresce no Planalto. A cada encrenca, joga-se uma polêmica para o povo discutir, arengar, esquecer o principal: os assassinos de Marielle, o inquérito do Zero Flávio, o cheque de 12 mil para a primeira dama, o silêncio e omissão do governo sobre o desastre de Brumadinho, os mais de 13 milhões de desempregados, o fiasco da reforma trabalhista, quem pagou em espécie a cirurgia e internação no hospital mais caro do Brasil do assessor pilantra do deputado Zero-Todo-Encrencado. Mas não se espante. São apenas coincidências, nada demais.

Como coincidência é -a mais pura coincidência- que a polícia do Distrito Federal tenha prendido o sargento João Baptista Firmino Ferreira por fazer parte de uma milícia suspeita de grilagem de terras, extorsão e diversos homicídios. Ferreira teve o sigilo bancário quebrado e a conta dele bastante robusta, segundo a investigação, comprova o envolvimento do policial com os milicianos (são todos policiais militares) que formam o bando de delinquentes. Mera coincidência.

Também não passa de coincidência que João Baptista seja irmão de dona Maria das Graças, que outra não é senão a mãe da primeira dama do Brasil, a dona Michelle, madrasta de Flávio, o Zero-das-Encrencas, agraciada com um cheque-fantasma de 12 mil reais do assessor do enteado. O João Baptista, seria assim, tio da dona Michelle.
Entendeu? Coincidência, eu também não.

Bolsonaro anuncia redução de 6,0% no preço do Diesel e 7,2% da gasolina

Anúncio de redução foi feito pelo presidente através das redes sociais

– A Petrobrás informa a redução de 6,0% no preço do DIESEL e 7,2% no preço da GASOLINA. Boa noite a todos!

O presidente Jair Bolsonaro (PSL), anunciou, agora a pouco nas redes sociais, que a Petrobras vai reduzir os preços das gasolina e do diesel.

A estatal anunciou redução de 6,0% no preço do DIESEL e 7,2% no preço da GASOLINA.

O PT COMANDA MAIS UMA ‘GREVE’ DE ESTUDANTES

QUANDO SERÁ A PRÓXIMA PARALIZAÇÃO?

Imagem da ‘greve’ de estudantes em Brasília

O PT comanda seus puxadinhos – CUT, MST, SINDICATOS – e esbirros – PC do B, PSB, PSOL – em mais uma ‘greve’ de estudantes.

A pergunta que precisa ser feita é: quando será a próxima paralização?

Essa gente não se toca.

STAND-UP: POLÍTICA

OCUPANTE DO EXECUTIVO NÃO PODE PRESTAR CONTAS DAS AÇÕES?

Se essa moda pega…

Então, nenhum ocupante de cargo Executivo poderá prestar contas de ações realizadas por sua gestão?

Manda para o lixo – imediatamente – a Lei que estabelece prestação de contas por prefeitos, governadores e presidente da República.

Alguém precisa avistar aos meninões & meninonas que eles não foram dotados de veia cômica – eheheh…

 

O POVO HONRADO CONTINUA COM MORO

NA HORA CERTA A RESPOSTA SERÁ DADA NAS URNAS

Sobre a decisão da maioria da Câmara de retirar o COAF do Ministério da Justiça, lamento o ocorrido. Faz parte da democracia perder ou ganhar. Como se ganha ou como se perde também tem relevância. Agradeço aos 210 deputados que apoiaram o MJSP e o plano de fortalecimento do COAF.

Frente de Mobilidade Urbana propõe ações de inclusão

Grupo de trabalho é coordenado pelo vereador Alex Moacir 

Nesta sexta-feira (17), ao debater “Educação, Acessibilidade e Desenho Universal”, a Frente Parlamentar de Trânsito e Mobilidade Urbana (FPTMU) da Câmara Municipal de Mossoró encaminhou, por votação, as propostas para melhorar a inclusão no trânsito no município.

São elas: curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para agentes de trânsito; campanha educativa para respeito a rampas de acesso e a vagas de estacionamento para idosos e pessoas com deficiência e campanhas educativas de trânsito na zona rural.

As três propostas tiveram maioria de votos entre os participantes da reunião, que fizeram 21 propostas ao todo e, ao final do encontro, elegeram as três mais votadas. Os encaminhamentos serão enviados às autoridades competentes, para adoção de providências.

A Frente Parlamentar de Trânsito e Mobilidade Urbana também decidiu o tema da próxima reunião, em junho, em data a ser definida: Transporte Coletivo. O grupo de trabalho é presidido pelo vereador Alex Moacir (MDB) e congrega diversos setores em busca de avanços para o setor.

Representatividade

Participaram da reunião, a primeira de uma série de encontros temáticos, representantes da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Ufersa, Uern, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Associação de Motoristas por Aplicativo de Mossoró, OAB, Setrans, CDL, empresa Cidade do Sol (transporte coletivo), entre outros.

“A intenção é levantar o debate para resolver ou atenuar problemas de mobilidade urbana em Mossoró. Queremos melhorar a mobilidade como um todo e facilitar o exercício do direito de ir e vir. Agradeço a todos os envolvidos na mobilização”, diz o vereador Alex Moacir.

Concurso para 44 vagas na Câmara Municipal de Parnamirim, RN, abre inscrições nesta segunda (20)

Prazo segue até o dia 17 de junho

Câmara Municipal de Parnamirim, na região metropolitana de Natal — Foto: Divulgação/CMP

Começa nesta segunda-feira (20) o prazo de inscrição para o concurso público para preenchimento de 44 vagas na Câmara Municipal de Parnamirim, na região metropolitana de Natal. Os salários oferecidos variam de R$ 1,3 mil a R$ 2,5 mil. Confira o edital aqui.

As inscrições vão até 17 de junho e serão feitas exclusivamente pelo site da Comperve. As taxas custam R$ 80 para os candidatos aos cargos de nível médio e R$ 100 para os candidatos de nível superior.

As provas, que acontecem no dia 21 de julho, serão objetivas, com 10 questões de língua portuguesa e 25 de conhecimentos específicos da área escolhida.

Para vagas de nível médio, o concurso oferece cargos de agente administrativo, agente de cerimonial, redator de atas e técnico de informática.

Já para o nível superior, há vagas para administrador, analista de informática, assessor contábil, assessor de controle interno, jornalista, pedagogo, procurador, produtor audiovisual e tradutor intérprete de libras.

Fonte: G1/RN