Category Archives: Artigos

ESPAÇO DO GIVVA

OPINIÃO

POR GIVANILDO SILVA

Givanildo Silva é jornalista-radialista-advogado

MELHOR

Para o Partido dos Trabalhadores, melhor seria que Lula permanecesse na chave.

Paradoxalmente, a cadeia o livrava do ostracismo, enquanto que, em liberdade, ver-se destinado ao afastamento, à proscrição.

MONEY

Nesta sexta-feira (27), os aposentados e pensionistas da Prefeitura Municipal de Mossoró estão recebendo, de modo antecipado, os proventos referentes ao mês de dezembro.

Não resta dúvida de que, no atual governo, o PREVI, sob a orientação do economista Elviro do Carmo Rebouças, ficou uma casa ajustada.

Muito do ótimo, como falaria o jornalista Canindé Queiroz.

OBRA

A rua Agostinho Militão deveria ser melhorada. Está derrubadinha, de causar dó.

Entre os fundos do Colégio Pequeno Príncipe e o Queiroz Atacadâo, tornou-se uma via importante – fluxo – na ligação do bairro Paredões e adjacências à avenida Leste Oeste.

Seria uma obra, digamos assim, bb. Boa e barata.

 

BOLSONARO CAMINHA PARA O BURACO COM O FILHO CORRUPTO

PRESIDENTE TRABALHA PELA IMPUNIDADE DO FILHO SENADOR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, atua na tentativa de impedir uma punição ao seu filho senador, Flávio Bolsonaro.

O último ato do presidente, foi registrado ao avalizar a criação do juiz de garantias.

Jair Bolsonaro atropelou um acordo firmado pelo ministro Sergio Moro, com a participação do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE).

Avessos à novidade introduzida no pacote anticrime pela Câmara, os senadores do grupo “Muda Senado” só concordaram em aprovar a proposta sem alterações porque foram convencidos de que o presidente da República vetaria o artigo que injeta um segundo magistrado nos processos judiciais. Bolsonaro deu de ombros para o acerto.

Surpreendida, a presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Simone Tebet (MDB-MS), expôs a quebra de compromisso e os seus efeitos num lote de posts acomodados nas redes sociais nesta quinta-feira. A senadora rememorou o acordo: “Juiz de garantia. Moro defendeu veto, líder do governo no Senado acordou em manter o veto mas, ainda assim, presidente sancionou. No mínimo, estranho”.

Está claro: Bolsonaro quer, mesmo, é livrar seu filho corrupto.

ESPAÇO DO GIVVA

OPINIÃO

POR GIVANILDO SILVA

OMISSÃO 

“Juiz de garantia” é uma tremenda redundância e, portanto, desnecessário.

Poderá travar, ainda mais, o dispendioso Poder Judiciário brasileiro, que impõe o maior volume de gastos do mundo ocidental.

Além disso, de certa forma, demerita os ilustres magistrados da planície, como se a primeira instância carecesse de segurança legal.

O capitão poderia ter tentado evitar o excesso.

CARRADA 

O doutor Sérgio Moro tem confidenciado a interlocutores próximos que pretende concorrer ao Senado da República, em 2022, ingressando, assim, definitivamente, na vida política. Pelo Estado do Paraná, obviamente.

Mantendo a levada atual, decerto, o ex-magistrado deverá, no mínimo, ter uma carga de votos que carro nenhum será capaz de transportar de uma vez.

BRAÇADA 

No Rio Grande do Norte, a oposição anda encolhida. Retraimento que quanto mais persistir, merecerá menos o livramento de pena da sociedade potiguar.

Enquanto isso, a professora Fátima Bezerra nada de braçada, mesmo em terras desérticas, no vazio, no nada.

 

 

ESPAÇO DO GIVVA

OPINIÃO

POR GIVANILDO SILVA

ARMÁRIO

A vida quase secreta de Gugu, apesar do cuidado especial de setores da mídia, está vindo à baila, carregada de todas as tintas do crepúsculo, na briga – promete – da família pelo espólio do apresentador.

Se sabe que Augusto Liberato nunca teve mulher. Nem esposa, nem companheira. Fazia, digamos, parte do clube das celebridades exóticas, assim como o astro norte-americano Michael Jackson.

CARDUME

No comércio de Mossoró, nesta segunda-feira (23), um verdadeiro cardume.

Traduzindo-se em vendas, é claro que a economia, sob o comando do profesor Guedes, está reagindo.

DECORAÇÃO

A decoração natalina da cidade de Mossoró está sem exagero e, por isso mesmo, muito agradável.

Na verdade, toda simplicidade espontânea é bela. É do responsável pela criação. É do PAI.

EX-DEPUTADO CARLOS AUGUSTO ROSADO SE PRONUNCIA

ASSESSORIA JURÍDICA AFIRMA QUE AÇÃO FOI BASEADA EM “BASES CONTROVERSAS”

O ex-deputado estadual, Carlos Augusto Rosado, através de sua assessoria jurídica, afirma que “entendimento sentencial que lhe foi definido foi fundamentado, com todo o respeito, em palavras de réu-delator e outras bases controversas”.

A posição foi externada nesta sexta-feira, através de nota oficial.

Confira:

NOTA

Em nome do ex-Deputado Carlos Augusto Rosado, estes advogados, abaixo assinados, informam que o entendimento sentencial que lhe foi definido foi fundamentado, com todo o respeito, em palavras de réu-delator e outras bases controvertidas, como escutas não confirmadas em juízo, sem levar em conta a decisão governamental de cancelar o tal “Projeto de Inspeção Veicular”, decisão que evitou o mal ao povo e prejuízo ao Estado, fato ocorrido lá no distante ano de 2011.

O recurso devido será interposto ao Tribunal Regional Federal da 5a. Região, tendo a defesa plena confiança no sucesso que será ali obtido, através da reanálise colegiada sempre necessária a casos que envolvem viés e versões de cunho social e político, tal como neste acontece.

Mossoró/RN, 20 de dezembro de 2019.

Esequias Pegado Cortez Neto, Alexandre Henrique Pereira e Paulo de Tarso Fernandes

ESPAÇO DO GIVVA

OPINIÃO

POR GIVANILDO SILVA

ESQUERDA

A esquerda, depois do petrolão que a meteu na chave, não esconde o desejo de que todos os políticos a ela se igualem, porque ficaria mais fácil lidar com sua falta de senso moral, comprovada nos tribunais.

A ideia é, a todo custo, tentar destruir reputações, quando, na verdade, deveria estar cuidando de remover a sujeira da própria imagem, indecorosa e descorada.

EXCEÇÃO

A Câmara Municipal de Mossoró, a exceção de gatos pingados e quase todos, no primeiro mandato, teve um ano praticamente sem validade.

Em 2019, os nobres vereadores, ao que parece, em combinação, decidiram se anular.

INOPERANTES

O Rio Grande do Norte, certamente, tem a pior trinca de senadores da sua história.

Gostando ou não, é de admitir-se que Agripino Maia e Garilbaldi Filho, vozes que produziam eco, estão fazendo muita falta.

Deus meu!

 

 

 

ESPAÇO DO GIVVA

OPINIÃO

POR GIVANILDO SILVA

DOIDO 

O Brasil precisava de um “doido” para governá-lo.

Isso fica patenteado, vendo-se o desespero dos políticos acolitados pelo gorducho Rodrigo Maia e a sanha de setores da imprensa boçal e deslumbrada.

SÉRIE

A série de televisão the good doctor trata autista como pessoa imbecil.

Abordagem infeliz. Não é boa, nem justa.

POESIA

A beleza da solidão está, exatamente, em nunca cobrar por fazer companhia.

É como o amor, que apenas existe. verdadeiramente, se é incondicional.

ESPAÇO DO GIVVA

OPINIÃO

POR GIVANILDO SILVA

Enquanto Ministério Público e Polícia Federal tentam achar cabelo na cabeça do eloquente senador catarinense Esperidião Amin, os verdadeiros gatunos que passaram pela Prefeitura de Mossoro, estranhamente, estão por aí. SOLTOS, LÉPIDOS E FAGUEIROS.

E construindo, miraculosamente.

Infelizmente, no Brasil, os órgãos de controle, por açodamento, principalmente, erram muito mais do que acertam. SEMPRE.

MAIS BEM AVALIADO?

MELHOR AVALIADO?

POR DAD SQUARISI 

A notícia correu o Brasil de norte a sul, de leste a oeste. A manchete: “Reprovação à gestão Bolsonaro estanca”. Mas o que chamou a atenção foi outro assunto — a aprovação do ministro Sérgio Moro. Jornais, rádios e tevês se dividiram. Uns falavam em “mais bem avaliado”. Outros, em “melhor avaliado”. E daí?

Acredite. A confusão vem de longe. Professores, quando ensinam melhor e pior, dizem que as formas mais bem e mais mal não existem. É meia verdade. Mas os mestres se esquecem de falar na outra metade. Trata-se do particípio — os verbos terminados em -ado e –ido: amado, vendido, partido.

Antes dessa forma verbal, mais bem e mais mal pedem passagem: Na pesquisa, Sérgio Moro foi o ministro mais bem avaliado do governo Bolsonaro. As francesas são as mulheres mais bem vestidas da Europa. A redação mais bem escrita tira a nota máxima.

Ricardo Salles, do Meio Ambiente, foi o ministro mais mal avaliado do governo Bolsonaro. A redação mais mal redigida tira a nota mínima.

 Melhor e pior

Não se trata de particípio? Relaxe. O melhor e o pior deitam e rolam sem concorrência: Paulo come melhor do que Maria. Saiu-se melhor na prova final do que nos testes parciais. Foi o pior aluno da turma, mas apresentou o melhor trabalho.

ESPAÇO DO GIVVA

OPINIÃO

POR GIVANILDO SILVA

Está terminando o primeiro ano do governo estadual e nada aconteceu. Até o prestígio pessoal da política Fátima Bezerra se desvanece.

E se reformas estruturais que se impõem não forem realizadas, as chances da próxima administração ser pior do que a atual e da riqueza potiguar ficar ainda menor não são pequenas.

A propósito, o Rio Grande do Norte, praticamente, não existe no mapa, pois representa tão-somente uma porção de banha derritada, tendo menos de meio por cento do produto interno bruto nacional e 0,27% das operações do Banco do Brasil, no país.