Category Archives: Notícias

Receita Deflagra Operação de Combate à Fraudes no Imposto de Renda Pessoa Física

Operação começou nesta segunda-feira, 9

A Receita Federal deflagra hoje, 9 de março, Operação de Combate à fraude em Declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF) dos exercícios 2014 e 2015. A operação faz parte do esforço estratégico de fiscalização de Imposto sobre a renda da Pessoa Física para o ano de 2015 e tem por escopo o aumento da presença fiscal e do cumprimento espontâneo das obrigações tributárias pelos contribuintes do tributo. Os contribuintes identificados na operação serão intimados a prestar esclarecimentos à Receita Federal.
Foi realizado estudo fiscal que visou identificar declarações de ajuste anual do Imposto sobre a renda da Pessoa Física (DIRPF) do exercício de 2014 com indícios de fraude na informação relativa a Pensão Alimentícia.

O estudo em questão foi executado a partir da verificação das declarações dos exercícios anteriores com suspeita de informações fraudulentas, segundo padrões de preenchimento identificados pela metodologia de mineração de dados, e que, em tese, não incidiram em nenhum parâmetro de malha. A análise, portanto, envolveu técnicas e elementos não utilizados pelas rotinas automáticas de batimento da Malha Fiscal IRPF o que significa que mesmo as declarações que não ficaram retidas na Malha Fiscal destes exercícios poderão ser verificadas, caso incidam nos novos parâmetros.

Desta operação a Receita destaca que:

a) Os sistemas da Receita Federal do Brasil são capazes de identificar padrões de preenchimento de declarações com deduções fictícias e que, em função desses controles, cerca de 100 contribuintes de Mossoró e região serão intimados a comprovar os pagamentos relacionados em suas DIRPF;

b) As intimações podem abranger exercícios anteriores ainda não atingidos pelo prazo de decadência, que é de 5 anos, ainda que a restituição já tenha sido creditada na conta do contribuinte;

c) Enquanto não forem intimados, os declarantes podem corrigir as informações prestadas por meio da entrega de declarações retificadoras;

d) Os contribuintes que delegam a terceiros o preenchimento de suas declarações sejam bastante cautelosos aos escolherem o profissional, visto que muitos prometem obter restituições maiores e para isso usam de artifícios ilícitos, que podem ser detectados pelos sistemas de malha.

Celebração

2º Café com Mulher celebra público feminino

Ainda em alusão ao Dia Internacional da Mulher, comemorado ontem, 8 de março, a Secretaria do Desenvolvimento Social e Juventude promoveu o 2º Café com Mulher, evento oferecido ao público feminino que trabalha e frequenta o Centro Administrativo Prefeito Alcides Belo, onde aconteceu a solenidade na manhã desta segunda-feira, 9.

As servidoras que atuam no Centro de Referência da Mulher (CRM) foram homenageadas, como reconhecimento pelas atividades prestadas à população. O equipamento social atende mulheres que estão em situação de vulnerabilidade, tentando reinseri-las no ambiente domiciliar.

“Não poderíamos deixar de parabenizar essas guerreiras do CRM pelo trabalho que desenvolvem, acolhendo com tanto carinho as mulheres que buscam ajuda, e lutando para que todas tenham direitos iguais dentro da sociedade”, lembrou Amélia Ciarlini, secretária do Desenvolvimento Social e Juventude.

Também participaram do evento, a secretária da Educação, Iêda Chaves, a adjunta Mariza Pinto; a secretária da Cultura, Isolda Dantas, o adjunto Jurandi Filho; a adjunta do Desenvolvimento Social, Lenilce Machado; e Aguyda Yanne, representando a Secretaria da Saúde em nome da secretária Leodise Cruz. O vereador Soldado Jadson representou os colegas da Câmara Municipal de Mossoró.

Ao final da cerimônia, todas as mulheres presentes no evento foram presenteadas com botões de rosas e, em seguida, participaram do café da manhã ao som de “Maria, Maria”, composição do artista da música popular brasileira, Milton Nascimento, interpretada pela mossoroense Kelly Lira.

 

Carnaval em Natal

FECOMERCIO divulga números de pesquisa sobre impacto econômico da festa carnavalesca na capital 

Por Thaisa Galvão

Autoridades apresentam números de pesquisa sobre o carnaval de Natal – Fotos: Thaisa Galvão

 

A Federação do Comércio acaba de divulgar dados de uma pesquisa realizada pela própria entidade, sobre o impacto econômico do carnaval de Natal.

A apresentação acontece na sede da Fecomércio com presença do presidente da entidade, Marcelo Queiroz e do prefeito Carlos Eduardo.

De acordo com o que foi levantado com os 600 entrevistados, entre turistas e moradores da capital, de 14 a 17 de fevereiro, no período carnavalesco, a rede hoteleira foi o item mais elogiado.

Eis alguns itens da pesquisa com as médias de aceitação:

Hospedagem – 9,0

Hospitalidade – 8,8

Atrações musicais – 8,6

Diversão na cidade – 8,2

Restaurantes/infraestrutura/serviços – 7,8

Segurança/limpeza/transportes – 7.1

A média geral do carnaval de Natal foi 8,1.

AVALIAÇÃO –

Do prefeito de Natal, Carlos Eduardo, resumindo os efeitos do Carnaval de Natal:

“Para um investimento de 4 milhões e meio de reais, tivemos um retorno de pouco mais de 54 milhões”.

O prefeito participa agora, na sede da Fecomércio, da apresentação da pesquisa realizada pelo IPDC – Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio, sobre o impacto do evento na capital.

Fonte: www.thaigalvao.com.br

Novo noticiário da rádio Difusora começa entrevistando o prefeito Francisco José Júnior

Jornal Difusora também entrevistará o governador Robinson Faria e o bispo Dom Mariano na semana de estreia 

Debate com presenças de presidentes da CDL, ACIM e SINDIVAREJO encerrará primeira semana de noticioso 

Prefeito Francisco José Júnior conversará com jornalistas no estúdio da rádio Difusora de Mossoró – Foto: iPad Skarlack

Contagem regressiva para a estreia do Jornal Difusora, nesta segunda-feira, 9, às 18h na rádio Difusora, apresentando entrevista com o prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior.

Imparcialidade.

Norteada por esta que é sua marca registrada, a rádio Difusora de Mossoró – AM 1.170khz, estreia nesta segunda-feira, 9, o Jornal Difusora, que irá ao ar, das 18h às 19h, de segunda à sexta-feira.

E, em sua estreia, o Jornal Difusora apresentará entrevista especial, com o prefeito do município de Mossoró e presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMUERN), Francisco José Júnior.

Ele será entrevistado no estúdio da rádio Difusora, por uma equipe de jornalistas composta pelo diretor da emissora, Paulo Afonso Linhares, Gilberto de Souza, diretor de redação do jornal Gazeta do Oeste e Gutemberg Moura, editor do blog que tem seu nome.

O prefeito Francisco José Júnior tratará sobre questões administrativas e políticas.

SEMANA – Em sua primeira semana o Jornal Difusora também entrevistará outras autoridades de Mossoró e do Estado.

Já estão agendadas entrevistas com o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria e o bispo diocesano, Dom Mariano Manzana.

Na sexta-feira, 13, o Jornal Difusora encerrá sua primeira semana com um debate sobre a situação econômica do município, com participações dos presidentes da Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM), Nilson Brasil; do Sindicato do Comércio Varejista (SINDIVAREJO) e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Getúlio Vale.

EQUIPE – Apresentado pelo editor deste blog, o Jornal Difusora terá a participação dos repórteres, Michele Fonseca, com informações da Prefeitura de Mossoró; Pádua Júnior, com informações da Câmara Municipal de Mossoró e de toda equipe dos departamentos de jornalismo e esportes da emissora.

De virada, Potiguar bate o Globo: 2 a 1

Time mossoroense jogou em Ceará-Mirim
Por Gutemberg Moura 
O Potiguar venceu o Globo por 2 a 1 em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Estadual na tarde/noite deste domingo (8). O Alvirrubro saiu perdendo, mas virou o jogo no segundo tempo.
Com a vitória, o Time Macho chega aos 10 pontos ganhos. Os gols do Alvirrubro foram marcados por Ciel e Cleyton Júnior.
A partida foi disputada no Barretão, em Ceará-Mirim. O próximo jogo do Potiguar será contra o Corintians, em Caicó.
Fonte: www.gutembergmoura.com.br

Enquanto Dilma nega realidade na TV, Brasil protesta

Enquanto presidente usa pronunciamento de rádio e TV para se explicar sobre crise econômica, brasileiros vão às ruas e promovem panelaço contra discurso de tom eleitoral em São Paulo, Rio, Brasília e Belo Horizonte

Dilma fala em cadeia de rádio e TV no Dia Internacional da Mulher - 08/03/2015

Em meio à maior crise política do Brasil desde o escândalo do mensalão, a presidente Dilma Rousseff recorreu na noite deste domingo a um pronunciamento em cadeia nacional de televisão para dizer o que muitos brasileiros demonstraram não ter mais paciência para ouvir. Nas ruas dos maiores Estados do país – São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, além de Brasília – e nas redes sociais, a população protestou enquanto a petista falava na TV com ‘buzinaço’, críticas e gritos pedindo sua saída do cargo. Foi um “aperitivo” do que o país deverá vivenciar no próximo dia 15 de março, quando estão agendados protestos nas cinco regiões contra a presidente.

Com raras aparições desde que foi reeleita na mais acirrada disputa presidencial desde a redemocratização do país, Dilma usou uma data internacional – Dia da Mulher – para ir à TV. Mas, como tem feito desde 2014, aproveitou para transformar o espaço num palanque eleitoral fora de época e usar os 16 minutos na tela se defender do lamaçal de denúncias que atinge o Palácio do Planalto, o PT e os partidos satélites da coalizão governista, agravados com a chegada da crise do petrolão à classe política.

Foi a o primeiro pronunciamento de Dilma Rousseff em cadeia de rádio e televisão em seu novo mandato. Alheia à gravidade das crises econômica e política que atingem seu governo, Dilma mencionou o ajuste fiscal proposto pelo governo e o maior propinoduto da história brasileira, que sangrou a Petrobras. Ainda ecoando o discurso eleitoral contra os “pessimistas” – embora os protestos nas ruas e nas redes sociais não tenham sido organizados por nenhum partido –, a presidente afirmou: “Se toda vez que enfrentamos uma dificuldade pensarmos que o mundo está acabando ou que precisamos começar tudo do zero, só faremos aumentar nossos problemas”, disse.

Reação ao pronunciamento de Dilma na TV

País rejeita explicações da presidenn

Ao tratar da corrupção, a presidente falou de “fortalecimento moral e ético” e tentou vender a imagem de que seu governo é responsável pelas investigações. “É isso, por exemplo, que vem acontecendo na apuração ampla, livre e rigorosa dos episódios lamentáveis contra a Petrobras”.

Quando defendeu o ajuste fiscal adotado para resolver problema que ela mesma criou, Dilma afirmou que é preciso paciência e prometeu que “um tempo melhor” chegará em breve: “O esforço fiscal não é um fim em sim mesmo, é apenas a travessia para um tempo melhor que vai chegar rápido e de forma ainda mais duradoura”.

Ciente da revolta que gerou os reajustes na conta de luz e a volta da inflação, Dilma disse que a população tem o “direito de se irritar”, mas que o “aumento e o sacrifício” são “temporários”. “Peço paciência e compreensão porque essa situação é passageira.”

Dilma também reservou espaço para dar sua contribuição à chamada “batalha da Comunicação”, encampando a campanha bolivariana do Partido dos Trabalhadores contra a imprensa livre. Ela criticou os jornais e tentou dar sua versão dos fatos, ainda que elas sejam reeditadas da campanha de 2014. A presidente disparou frases como “os noticiários confundem mais que esclarecem” e disse que o país “nem de longe está vivendo uma crise na dimensão que dizem alguns”. Segundo Dilma, as críticas ao governo são “injustas e desmesuradas”. Nas redes sociais, o Planalto e o PT, que já haviam detectado a organização do “Fora Dilma”, convocaram uma reação para tentar abafar o clamor popular.

Para justificar o ajuste fiscal, ela afirmou que o Brasil agora começa uma segunda etapa de combate à crise econômica mundial, mais uma vez resgatando o argumento de que esta foi a pior da história depois da quebra da Bolsa de Nova York, em 1929. Ela se referia à crise de 2008 e retomou uma escusa que pouco explica: “Não havia como prever que a crise internacional demoraria tanto”.

A presidente citou medidas como a redução de subsídios ao crédito, desoneração de impostos dentro dos limites suportáveis e novas concessões e parceiras com o setor privado. Disse que o governo federal projeta uma “primeira reação” no segundo semestre deste ano, mas avisou: “Esse processo vai durar o tempo que for necessário para reequilibrar a nossa economia.”

Em mais uma afirmação descolada da realidade, Dilma jurou respeitar promessas que já descumpriu. “Não vamos trair nossos compromissos com os trabalhadores e com a classe média nem deixar que desapareçam suas conquistas e seus direitos”.

O fim do discurso, em um tom emocional e com uma trilha sonora musical de fundo, a presidente pregou o otimismo: “O Brasil é maior do que tudo isso e já mostrou muitas vezes ao mundo como fazer melhor e diferente”.

Tuíte do Movimento Brasil no Corrupt contra Dilma, feito durante pronunciamento da presidente no rádio e na TV em 8 de março
Tuíte do Movimento Brasil no Corrupt contra Dilma, feito durante pronunciamento da presidente no rádio e na TV em 8 de março(VEJA.com/VEJA)

Pessoas protestam durante pronunciamento de Dilma

Gritos, vaias e buzinas foram ouvidos durante fala da presidente na TV

Nas redes sociais, houve manifestações contra e a favor de Dilma

Gritos, vaias, panelas batendo e buzinas foram ouvidos em algumas cidades do país na noite de domingo durante o discurso da presidente Dilma Rousseff em rede nacional de televisão.

Em São Paulo, isso aconteceu em bairros como Aclimação, Pinheiros, Santana, Vila Leopoldina, Brooklin, Vila Mariana, Perdizes, Moema, Itaim Bibi e Morumbi; em Brasília, em Águas Claras, no Sudoeste, em Guará, nas Asas Norte e Sul e Eixo Monumental; no Rio de Janeiro, no Recreio dos Bandeirantes e em Ipanema; em Goiânia, no Jardim Goiás, no Alto da Glória, em Bueno, em Bela Vista, em Pedro Ludovico e Marista; em Curitiba, no Batel, Água Verde e Bigorrilho; em Vitória, na Praia do Canto e Mata da Praia; em Vilha Velha (ES) na Praia da Costa e Itapuã; em Belo Horizonte, nas regiões Centro-Sul; Noroeste e Oeste.

O panelaço registrado nessas cidades foi uma resposta à convocação que circulou neste domingo nas redes sociais, convidando as pessoas para protestar durante a fala da presidente. Os vídeos ao lado mostram que em partes dessas cidades a convocação para o panelaço foi atendida.

Nas redes sociais houve manifestações contra e a favor de Dilma.

Dilma admitiu que o Brasil passa por dificuldades, consequências da crise financeira mundial e da “maior seca” da história”, e pediu paciência aos brasileiros. Disse ainda que o governo absorveu, até o ano passado, todos efeitos negativos da crise e que “agora” tem “que dividir parte deste esforço com todos os setores da sociedade”.

“Entre muitos efeitos graves, esta seca tem trazido aumentos temporários no custo da energia e de alguns alimentos. Tudo isso, eu sei, traz reflexos na sua vida. Você tem todo direito de se irritar e de se preocupar. Mas lhe peço paciência e compreensão porque esta situação é passageira”, declarou. Segundo ela, o Brasil tem condições de vencer os “problemas temporários”, e afirmou que a vitória “será ainda mais rápida se todos nós nos unirmos neste enfrentamento”.

Fonte: www.g1.com.br

…..

 

Thomas Totiko também proclama que Só Cristo Salva

Pastor australiano cumpre agenda em Mossoró e recebe exemplar do jornal Só Cristo Salva

Pastor Tomas Totiko – Foto: iPad Skarlack

 

Programa Só Cristo Salva especial no Dia Internacional da Mulher

Pastor australiano Thomas Totiko participou do programa e deixou mensagem para as mulheres 

Michele Fonseca comanda o programa Só Cristo Salva, especial do Dia Internacional da Mulher – Fotos: iPad Skarlack

 

No programa Só Cristo Salva, na rádio Difusora de Mossoró-RN, neste domingo, 8, com apresentação de Michele Fonseca, especial em homenagem a todas as mulheres.

Participaram a pastora Aldeniza e da cantora Irene.

O programa Só Cristo Salva também recebeu a visita do pastor australiano, Thomas Totiko, do evangelista paulista, Luca Martini e dos pastores mossoroenses, Anselmo Rodrigues e Jessé Santana e do cantor Edmilson.

TRE criará a 58ª Zona Eleitoral

Daniela Rosado deverá assumir nova Zona Eleitoral que responderá pelos municípios de Tibau, Serra do Mel e Baraúna

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) iniciou o processo de criação da 58ª Zona Eleitoral que será responsável pelos municípios de Baraúna, Tibau e Serra do Mel.

Com esse objetivo está aberto o período de inscrições para juízes.

Todavia, na rotatividade do TRE deverá ser nomeada a juíza Daniela Rosado que responde pela Justiça Eleitoral do município de Caraúbas.