Category Archives: Notícias

ROGÉRIO MARINHO É O NOVO MINISTRO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL

PASTA É UMA DAS MAIS COBIÇADAS NA ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS

O novo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho — Foto: Edu Andrade/Ministério da Economia

O presidente Jair Bolsonaro exonerou, nesta quinta-feira (6), o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Segundo o decreto, a saída ocorre a pedido de Canuto.

O cargo será ocupado por Rogério Marinho, que atuava como secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. A troca foi publicada em edição extra do “Diário Oficial da União”.

No fim da tarde, o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, anunciou que Canuto passará a presidir a Dataprev, estatal responsável pelo processamento de dados das aposentadorias. Na estatal, terá a missão de ajudar a reduzir as filas de pedidos de benefício no Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

No lugar de Rogério Marinho na Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, segundo informou a assessoria do Ministério da Economia, assumirá Bruno Bianco, atual secretário-adjunto.

Segundo o Blog do Camarotti, a mudança foi motivada pelas críticas de parlamentares à gestão de Canuto. Eles se queixavam ao Palácio do Planalto da demora no atendimento de demandas e até mesmo dificuldade na liberação de emendas. De acordo com o blog, a nomeação de Rogério Marinho para o Desenvolvimento Regional é vista como uma resposta positiva ao Congresso em razão da boa relação dele com o Legislativo.

Presidente Bolsonaro diz que zera impostos se governadores acabarem com ICMS

Governadora Fátima Bezerra permanece silente sobre o desafio

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (5) que zera os impostos federais sobre combustíveis se os governadores também zerarem a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O preço dos combustíveis vem sendo tema de debates entre autoridades dos governos federal e estaduais.

Enquanto governadores querem que o governo reveja os impostos federais sobre os combustíveis, como PIS, Cofins e Cide, Bolsonaro vem defendendo uma mudança na forma de cobrança do ICMS sobre esses produtos. O ICMS é um tributo estadual que representa uma fatia importante de arrecadação tributária dos governo locais.

“Eu zero o federal se eles zerarem o ICMS. Está feito o desafio aqui agora. Eu zero o federal hoje, eles zeram o ICMS. Se topar, eu aceito”, disse ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã desta quarta-feira. Para o presidente, o tributo deveria ser calculado sobre o valor vendido nas refinarias e não nos postos de combustíveis.

“Olha o problema que eu estou tendo com combustível. Pelo menos a população já começou a ver de quem é a responsabilidade. Não estou brigando com governadores. O que eu quero é que o ICMS seja cobrado no combustível lá na refinaria, e não na bomba. Eu baixei três vezes o combustível nos últimos dias, mas na bomba não baixou nada”, disse Bolsonaro.

Às 12h, Bolsonaro, acompanhado do vice-presidente Hamilton Mourão, reúne os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, em um almoço no Palácio da Alvorada para o marcar o início do ano. Também participam os ministros de governo; o procurador-geral da República, Augusto Aras; presidentes de outros tribunais e dos bancos públicos.

Os trabalhos no Legislativo e no Judiciário foram abertos esta semana e, de acordo com o presidente, o objetivo do encontro é bater um papo com as autoridades e dizer que todos eles “tem o privilégio de, juntos, dar o norte para o Brasil”.

Vereadores veem uso da causa animal por pré-candidatos

Parlamentares apontam interesse eleitoral em manifestação

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e área interna

No discurso de Izabel Montenegro sobre a manifestação na leitura da mensagem do Executivo, 13 vereadores se posicionaram sobre o tema. Francisco Carlos (PP) disse que a Câmara é o espaço para receber as demandas da sociedade. “Mas precisamos refletir a forma como isso acontece. Acho que se excederam, foram além do protesto”, avaliou.

Alex Moacir (MDB) disse ser legítimo o direito de protestar. “Porém, alguns manifestantes não permitiram a leitura da prefeita. A Câmara não rechaça protestos, desde que seja de forma civilizada, e não contaminadas por agentes políticos com interesse eleitorais”, acrescentou.

Infiltrados

Didi de Arnor (PRB) considerou a manifestação meramente política, e não em prol da causa animal, para prejudicar adversários. Gilberto Diógenes (PT), por outro lado, ponderou que, se houve agressões políticas, ocorreram dos dois lados, dos manifestantes e de defensores da Prefeitura.

Genilson Alves (PMN) disse não concordar com algumas palavras ditas no protesto de ontem e reiterou compromisso com a causa animal. “Mas, nem todos os que estavam na manifestação são defensores da causa animal. Os que defendem não utilizam palavras de baixo calão”, observou.

Raério Araújo (PSD), ausente da sessão de ontem por motivos de saúde, atribuiu a situação à má administração municipal; Alex do Frango (PMB) defendeu reivindicações de segmentos que sentem prejudicados e Rondinelli Carlos (PMN) lembrou que a Câmara apoia a causa animal.

Outros interesses

João Gentil (Rede) lamentou que o movimento errou ao misturar política com causa animal, mas errou a prefeita em não dialogar com o segmento. Aline Couto (Avante) disse que Izabel agiu corretamente na sessão. “Quem denegri a imagem da Câmara faz de tudo para entrar aqui”, frisou.

Sandra Rosado (PSDB) disse que o movimento foi contaminado pela política partidária, com a presença de pré-candidatos usando-o em benefício próprio e desfigurando a causa. Petras (DEM) disse ser legítimo manifestação, mas não concorda com a agressividade e, por fim, Ozaniel Mesquita (PL) defendeu mais atenção aos setores necessitados.

 

 

IZABEL MONTENEGRO LAMENTA EXCESSO EM MANIFESTAÇÃO

Presidente diz que Casa é do povo, mas possui regras

A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna

Em pronunciamento na sessão desta quarta-feira (5), a presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (MDB), disse que a Casa está aberta aos movimentos sociais, mas que o Regimento Interno impõe normas de conduta aos visitantes e que precisa ser respeitado.

A vereadora se referiu protesto, ontem (4), na apresentação da mensagem anual do Executivo, quando manifestantes em defesa da causa animal interromperam a leitura da prefeita Rosalba Ciarlini, com palavras de ordem, gritos e até agressões verbais, disparadas das galerias.

Izabel avaliou que existiu excesso no protesto. “O que houve ontem foi vergonhoso, uma falta de educação, um desrespeito. Ninguém merece ser tratado daquela forma, ser chamado de ladra, mentirosa. Tem que ter ordem nesta Casa, sim, e respeito às normas do Parlamento”, assinalou.

Regras

Izabel Montenegro informou que artigo 26 do Regimento Interno estabelece acesso ao plenário a qualquer pessoa, desde que “não se manifeste desrespeitosa ou excessivamente; respeite os vereadores; atenda às determinações da Presidência”, entre outras normas.

“A Casa Legislativa é do povo, mas tem regras. No Congresso Nacional, por exemplo, o visitante passa por triagem, com detector de metal, revista, não entra todo o mundo”, acrescentou a vereadora, ao lamentar que a causa animal tenha sido usada com interesses políticos partidários.

“É sempre assim: próximo ao eleitoral, já no ano anterior, já começa a baixaria, alguns têm como única tática denigrir a imagem da Casa e dos vereadores. Quem faz isso é que não tem proposta nem retórica. Exijo respeito, e não podemos aceitar esse tipo de balbúrdia”, concluiu.

Primeira etapa da campanha de vacinação contra o sarampo terá início no dia 10 de fevereiro

Alvo é público de 5 a 19 anos

A primeira etapa da campanha de vacinação contra o sarampo terá início no dia 10 de fevereiro, seguindo até o dia 13 de março, sendo destinado ao público de 5 a 19 anos.

“Na dúvida se não foi vacinado, é realizado uma dose da vacina, e com 30 doses, mais outra dose. Conforme o calendário de vacinação, o público alvo dessa faixa etária deve conter duas doses da vacina com o componente de sarampo”, destacou Etevaldo de Lima, coordenador de imunizações de Mossoró.

O dia D da campanha será realizado no dia 15 de fevereiro, em todas as unidades básicas de saúde da zona urbana, com pontos extras, que ainda serão divulgados.

“Ainda não temos a expectativa de vacinação. Estamos aguardando a coordenação estadual para divulgarmos”. É preciso apenas da caderneta de vacinação para ser vacinado, além do cartão SUS.

MORRE RINALDO BARROS

SEPULTAMENTO SERÁ EM NATAL

POR DE FATO

O professor e sociólogo Rinaldo Barros perdeu a luta contra um câncer, aos 74 anos. Seu Falecimento ocorreu na noite desta terça-feira (5), em Natal, onde enfrentava a luta pela vida.

Rinaldo Barros era um pernambucano mossoroense. Adotou a terra de Santa Luzia, antes de fixar residência na capital potiguar.

Foi professor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), com atuação destacada.

Foi político, também. Um dos fundadores do PSB no Estado, correligionário da ex-governadora Wilma de Faria (também falecida).

Rinaldo ocupou cargos importantes em gestões de Wilma como as secretarias de Educação e Administração de Natal, além da presidência da Fundação Capitania das Artes (FUNCARTE).

O corpo de Rinaldo Barros está sendo velado no Morada da Paz em Emaús e o sepultamento marcado para as 16h.

 

ARQUIVO DE ENTREVISTA DE REINALDO BARROS 

ISOLDA: QUE PAPELÃO

USAR ENTIDADE SUPOSTAMENTE DEFENSORA DE ANIMAIS PARA ATACAR AUTORIDADES?!

Que papelão, deputada Isolada Dantas…

Jogar na lama uma entidade que deveria defender os animais, para atacar autoridades, foi vergonhoso.

Entende-se que Isolada e sua trupe não tenham mais condições de fazer ato público utilizando o “VERMELHO” e a “ESTRELA”, depois de tanta corrupção no PT.

Porém, utilizar uma entidade que deveria ser defensora de animais para praticar baderna na Câmara Municipal de Mossoró, passou dos limites do bom senso.

Que papelão, Isolda”

IZABEL MONTENEGRO SE PRONUNCIA SOBRE BADERNA QUE REALIZAM NA CÂMARA

PRESIDENTE DO LEGISLATIVO TEVE POSTURA EQUILIBRADA DURANTE BADERNA

A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro se pronunciou, através de nova, sobre a baderna que foi realizada durante a sessão de abertura dos trabalhos legislativos, nesta terça-feira (4).

Confira:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Não procede que fui agressiva com manifestantes, hoje, na Câmara Municipal de Mossoró.

Pelo contrário: fui educada, permiti o acesso ao plenário de todos e todas, inclusive, com cartazes.

Agressivos foram os que se aproveitaram para agredir a prefeita Rosalba Ciarlini, com palavrões.

Agressivos foram os que, aos gritos, inviabilizavam a leitura da mensagem anual do Executivo.

Agressivos foram os que atacaram outras autoridades e transformaram a sessão inaugural em tumulto.

Por fim, lamento a utilização da causa animal, por partidos políticos, para agredir adversários.

Vereadora Izabel Montenegro
Presidente da Câmara Municipal de Mossoró
Mossoró, 4 de fevereiro de 2020

Grupo faz baderna e tumultua sessão na Câmara

Agressões da oposição não poupam nem Igreja

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Edilberto Barros e Roberto Germano, pessoas em pé

Quem esteve na Câmara Municipal de Mossoró, na leitura da mensagem anual da prefeita Rosalba Ciarlini, nesta terça-feira, testemunhou baderna de um grupo, que se dizia manifestantes.

Sob o pretexto de defesa dos animais, pré-candidatos e outros militantes da oposição, agressivos, abusaram de palavras de baixo calão contra a prefeita Rosalba e outras autoridades.

Não respeitaram nem a Igreja Católica, representada pelo padre Flávio Augusto Forte de Melo, também alvo dos arruaceiros políticos, que deram show de má educação na Câmara Municipal.

Uma coisa é protestar e fazer manifestação, defender uma causa etc. Outra é aproveitar essa condição para destratar pessoas e desfilar impropérios pelo simples fato de ser adversários.

Lamentável.

 

ENTIDADE USADA POLITICAMENTE PARA AGREDIR PESSOAS NÃO PODE DEFENDER ANIMAIS

ISOLADA DANTAS DEU UM TIRO NO PÉ AO TENTAR ENGANAR COM SUPOSTA DEFESA DE ANIMAIS

Com elevado índice de rejeição, inclusive depois de votar contra reajuste salarial para os servidores estaduais, a deputada estadual, Isolada Dantas (PT), deu um tiro no próprio pé.

Foi um verdadeiro tiro pela culatra o uso de assessores e militantes em uma farsa no plenário da Câmara Municipal de Mossoró.

Isolda e sua trupe tentou passar a imagem de que estavam defendendo animais, quando atacaram a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, a Igreja Católica e a todos quantos estiverem na Câmara Municipal.

Em verdade, Isolada tentou criar embaraço político para Rosalba, mas a prefeita acabou saindo da Câmara Municipal de Mossoró com grande solidariedade da população que está condenando a baderna petista realizada no plenário.

Fica claro que além de uma péssima política, Isolada também está sendo assessorada de forma equivocada.

MORAL – Além disso, Isolda jogou na latrina uma suposta entidade defensora dos animais.

É que uma entidade que é usada politicamente para atacar pessoas, não conta com nenhuma moral para defender animais.