Category Archives: Notícias

Crivella é alvo de buscas e tem celular apreendido em investigação sobre suposto ‘QG da Propina’ na Prefeitura do Rio

Advogado disse que prefeito está tranquilo

Agentes cumprem mandado de busca no Palácio da Cidade, em Botafogo — Foto: Reprodução/TV Globo

O Ministério Público e a Polícia Civil do RJ fizeram buscas na manhã desta quinta-feira (10) na Prefeitura do Rio, na casa do prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos), e no Palácio da Cidade, onde ele despacha. A TV Globo apurou que agentes apreenderam um telefone celular de Crivella.

É um desdobramento da Operação Hades, que investiga um suposto ‘QG da Propina’ na Prefeitura do Rio.

O 1º Grupo de Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça do Rio expediu ao todo 22 mandados de busca e apreensão, pedidos pelo Grupo de Atuação Originária Criminal (Gaocrim) — que investiga agentes públicos com foro privilegiado. Não há mandados de prisão.

A Coordenadoria de Investigação de Agentes com Foro da Polícia Civil apoiava a operação.

G1 entrou em contato com a assessoria do prefeito, mas não teve resposta até a última atualização desta reportagem. O advogado de Crivella esteve no apartamento dele e disse que o prefeito estava “tranquilo”, mas não quis gravar entrevista.

Uern inicia semestre letivo 2020.1

Atividades foram iniciadas na terça-feia (8)

O chamado novo normal vai aos poucos fazendo parte da vida de todos. Para os estudantes veteranos e novatos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) chegou o momento de uma nova realidade. Com uma aula inaugural online transmitida pelo YouTube e o Seminário de Ambientação Acadêmica (SAMBA), foi dado início ao semestre 2020.1, que acontecerá de forma remota.

Após a apresentação da Camerata de Flautas da Uern, o reitor Pedro Fernandes deu as boas vindas à comunidade acadêmica.

“É uma satisfação estar aqui para desejar a todos um bom semestre letivo, dar as boas vindas nesse novo normal. É um momento desafiador, mas com o empenho dos estudantes, docentes, técnicos vamos superar as dificuldades”, recepcionou.

Neste semestre, a aula inaugural coincidiu com a abertura da programação do Samba, evento realizado no início de cada semestre para acolher os estudantes ingressantes, momento em que os novatos têm a oportunidade de conhecer a Universidade e seus serviços.

O professor Dr. Wendson Medeiros, pró-reitor de Ensino de Graduação recepcionou os presentes e apresentou a palestrante da noite, a professora Dra. Edméa Santos, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), que abordou a “Educação online para um ensino-aprendizagem (trans)formador”.

A educadora falou das potencialidades das tecnologias, métodos de ensino, desafios, sistemas de avaliação e outras temáticas que permeiam o ensino remoto.

“Mesmo antes da pandemia, nós já lançávamos mão das tecnologias como complemento das nossas atividades e agora se tornou uma obrigação. Nesse momento pandêmico, a gente precisa forjar a educação a distância nas nossas universidades. Precisamos fazer uso do digital e da rede para estarmos com nossos alunos, mesmo que geograficamente dispersos”, analisou.

Para a professora, o ensino remoto é bom para todos, pois garante a vida da universidade pública, laica e gratuita.

“Quando tudo isso passar, vamos levar o melhor do remoto para o presencial. A tendência é de termos um ensino híbrido”, analisou Edméa Santos acrescentando que todos vão aprender no processo, é natural, e que é fundamental investir em políticas de formação continuada para os docentes.

Durante o evento foi lançada a plataforma Uern Conect@, um ambiente virtual com informações sobre cursos, tutoriais, capacitações, orientações sobre o ensino remoto, conteúdos de apoio para estudantes, professores e técnicos administrativos, suporte online, entre outras funcionalidades.

Para assistir ou rever a aula inaugural, basta clicar AQUI. Esse e outros conteúdos estão disponíveis na página da Uern no YouTube.

Corregedoria da Câmara notifica Flordelis sobre processo que pode levar à perda de mandato

Deputada federal é acusada de mandar matar o marido

A Corregedoria da Câmara dos Deputados notificou nesta quarta-feira (9) a deputada Flordelis (PSD-RJ) sobre o processo em que responde por quebra de decoro parlamentar e que pode levar à perda do mandato.

Flordelis recebeu a notificação em seu apartamento funcional, em Brasília, das mãos do corregedor, deputado Paulo Bengston (PTB-PA). Ele precisou ir até lá pessoalmente após a deputada não comparecer à sala da Corregedoria na Câmara, conforme havia sido combinado.

Em entrevista após ser notificada, Flordelis negou qualquer desencontro e disse que recebeu o corregedor em casa porque está trabalhando – e que, inclusive, participará da sessão plenária desta quarta.

“Eu quero o mais rápido possível poder provar minha inocência. Estou lutando para isso, eu estou em Brasília para provar minha inocência. Eu não tenho do que fugir, eu não tenho o que temer, eu não tenho do que me esconder”, afirmou.

Pelo regimento, a parlamentar terá cinco dias úteis para apresentar a sua defesa.

Audiência discute Orçamento nesta quinta-feira

Reunião abordará Lei Orçamentária Anual de 2021

A Câmara Municipal de Mossoró discutirá o projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2021, em audiência pública, nesta quinta-feira (10), às 10h. A reunião será híbrida, com a mesa condutora no plenário e outros participantes de forma remota. Em foco, o projeto de Projeto de Lei do Executivo 1.238/2020, que dispõe sobre a LOA do próximo ano.

Na audiência pública, o secretário municipal de Planejamento, Aldo Fernandes, apresentará detalhes da LOA, que projeta o Orçamento do Município para 2021 em R$ 689 milhões. A estimativa da Prefeitura para o próximo ano é maior do que para 2020, prevista em R$ 588 milhões.

Trata-se de mais um passo da apreciação do projeto, lido em plenário na sessão do último dia 1º. Após a leitura, a Mesa Diretora encaminhou o projeto para análise da Comissão de Orçamento, Finanças e Contabilidade (COFC). A proposição já está disponível para receber emendas – propostas de alteração dos vereadores ao texto original.

Calendário

Os parlamentares têm até o dia 18 deste mês para encaminhá-las. Dia 22, o Plenário lerá as emendas, em sessão ordinária. Em 14 de outubro, a COFC anunciará as emendas acatadas e rejeitadas, e submeterá a decisão ao plenário. No mesmo dia, a Câmara votará o projeto em primeiro turno e, dia 27 de outubro, em segunda e última votação.

Aprovado na Câmara, o projeto retornará para o Executivo, que pode validar ou vetar mudanças à proposta. Em caso de veto, cabe ao Legislativo a palavra final, em votação no plenário. A Lei Orçamentária Anual é produzida com base na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021, aprovada na Câmara em 8 de julho deste ano.

Identificação de negros que buscam vagas por cotas na UFRN passa a ter avaliação de características físicas

Instituição investiga 79 casos de estudantes que se autodeclararam negros, após denúncias

POR G1/RN

Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) — Foto: Igor Jácome/G1

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da UFRN aprovou, nesta terça-feira (8) os procedimentos de heteroidentificação – avaliação por terceiros – dos candidatos negros, pardos indígenas que concorrerem a cotas nos processos seletivos para cursos da instituição. A partir de agora, não basta a autodeclaração do candidato. Ele passará por uma comissão que vai avaliar suas características físicas.

Segundo a instituição, a reserva de vagas para grupos étnico-raciais (pretos, pardos e indígenas) ocorre desde 2013, atendendo a legislação nacional. Porém, até então, bastava que o candidato se autodeclarasse negro, por exemplo, para ter acesso à cota. Até junho deste ano, foram protocoladas 155 denúncias de supostas fraudes no uso de cotas raciais para ingresso nos cursos da instituição de ensino, relativas a 79 estudantes.

“Para apurar essas denúncias, foram instaurados procedimentos disciplinares de discente que estão em andamento. Sobre as penalidades, a comissão de sindicância vai avaliar cada caso e o estudante/candidato denunciado pode até ter o curso cancelado, ou seja, perder a vaga”, informou a UFRN.

A resolução aprovada na terça (8) é sobre o ingresso de alunos. Para concurso de servidores (técnicos ou docentes) existe uma Comissão de Heteroidentificação desde 2018. A heteroidentificação é a identificação por terceiros sobre a autodeclaração feita pelos candidatos que concorrem às vagas reservadas para negros e indígenas.

Conforme a nova norma, para candidatos autodeclarados negros, será considerado exclusivamente o aspecto fenotípico (características físicas), sendo excluídos os fatores genotípico (genético) dele ou características físicas dos parentes.

Para candidatos autodeclarados indígenas, será considerado, exclusivamente, o critério de pertencimento étnico para aferição da condição autodeclarada pelo candidato, o que engloba declaração de etnia e de vínculo com comunidade indígena, assinada por uma liderança e duas testemunhas da comunidade indígena a qual pertence o candidato ou Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI).

LARISSA DIZ QUE AINDA NÃO DEFINIU SE DISPUTAVA VAGA DE VEREADOR

EX-DEPUTADA TAMBÉM NÃO NEGA POSTULAÇÃO

 

 

“Não decidimos nada nesse sentindo”.

A declaração é da ex-deputada estadual, Larissa Rosado (PSDB), ao ser questionada se disputará uma vaga de vereador nas eleições de 2020.

Porém, Larissa, deixa subentendido que também não está descarta uma postulação sua, que tentaria ocupar a vaga que é hoje é de sua mãe, a vereadora Sandra Rosado, do mesmo partido.

“Qualquer mudança eu lhe aviso”, avisou.

 

Wassef, Zanin e outros advogados são alvos da Operação Lava Jato

A Justiça pediu 50 mandados de busca e apreensão na investigação

Os advogados Frederick Wassef (que representou a família Bolsonaro), Cristiano Zanin (Lula) e Ana Tereza Basílio (Wilson Witzel) são alvos de nova fase da Operação Lava Jato, nesta quarta-feira (9). Bolsonaro, Lula e Witzel não são investigados nesta operação.

A Operação E$quema S investiga desvios de pelo menos R$ 150 milhões do Sistema S do RJ por escritórios de advocacia no Rio e em São Paulo, para propinas a agentes públicos.

A operação é baseada em uma delação premiada de Orlando Diniz, ex-presidente da seção fluminense do Sistema S — que engloba Fecomércio, Sesc e Senac.

O juiz federal Marcelo Bretas expediu 50 mandados de buscas e apreensões — não há mandados de prisão — e aceitou a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), tornando rés 26 pessoas (veja a lista abaixo) .

Segundo o MPF, um dos escritórios alvo de buscas — o Eluf e Santos — foi contratado no esquema para repassar dinheiro a Wassef.

PF cumpre mandados da Lava Jato na Zona Sul do Rio — Foto: Reprodução

PF cumpre mandados da Lava Jato na Z

ROSALBA REAFIRMA: “SOU, SIM PRE-CANDIDATA A FAZER O MELHOR MANDATO DA MINHA VIDA”

PREFEITA MANTÉM COMPROMISSO COM UMA MOSSORÓ CADA VEZ MELHOR

A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), reafirmou na noite desta terça-feira (8), através de suas redes sociais, que disputará um novo mandato.

– Sou, sim pré-candidata a fazer o melhor mandato da minha vida! -, anunciou.

Rosalba reconhece o desafio que foi reorganizar financeira e administrativamente o município de Mossoró, porém, afirma que esse era um passo necessário: “Agora, a casa está arrumada, promovemos uma recuperação e esse era o passo necessário para embalar e deslanchar de vez”.

Confira, nota da prefeita:

“Coloquei meu nome à disposição do meu partido e da cidade em 2016 para superar a grande crise que a cidade estava passando.

Tenho certeza que você lembra como estava Mossoró 4 anos atrás: salários atrasados, sem iluminação, sem obras, até o comércio não queria mais vender ao Município porque sabia que não recebia. Assumimos o compromisso de colocar os salários em dia e colocamos, assumi o compromisso de recuperar o crédito da cidade para obras e não apenas conseguimos , mas já começamos a executar.
Assumimos o compromisso de tirar vários projetos do papel e mesmo com as dificuldades, nós realizamos. Enfrentamos inúmeros desafios e estamos superando e vencendo todos, o mais recente, uma pandemia sem
precedentes e que nossa cidade está superando com altivez.
Fizemos muito, mas ainda podemos fazer muito mais! Está tudo resolvido? Claro que não, seria uma mentira afirmar isso, assim como é uma mentira afirmar que nada foi feito.
Muita coisa foi feita: olhe o reequilíbrio com os salários até dos terceirizados em dia, olhe o parque municipal, a praça da criança, veja mais de 60% da cidade com lâmpadas de Led, novos calçamentos e pavimentações e tantos projetos inovadores como o Ônibus Inteligente.
Agora, a casa está arrumada, promovemos uma recuperação e esse era o passo necessário para embalar e deslanchar de vez.
Mossoró se recuperou e já fez uma grande mudança em apenas 3 anos e meio. Mas agora, com tudo no seu devido lugar, estamos recebendo projetos dos cidadãos, da classe acadêmica, produtiva e vamos, sem dúvida, acelerar nosso desenvolvimento. Sem dúvida fizemos o alicerce de um novo salto na cidade.
O processo já foi iniciado e com diálogo e fé vamos continuar na batalha para a cidade seguir mudando. Agora, num novo momento, que já foi iniciado.
Vamos em frente! Embalar, crescer, desenvolver pra valer. Ainda há muito a ser feito e vamos mostrar que Mossoró não pode perder o rumo que já encontrou.
Sou, sim pré-candidata a fazer o melhor mandato da minha vida!!” #RosalbaCiarlini #PréCandidatura

 

Eleições 2020: eleitor sem máscara não poderá acessar local de votação, diz TSE

Medida foi anunciada nesta terça-feira (8)

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta terça-feira (8) as regras de conduta para as eleições municipais em novembro, em meio à pandemia do novo coronavírus. O uso de máscaras será obrigatório, e quem chegar ao local de votação com o rosto descoberto poderá ser impedido de entrar.

“A gente faz uma distinção entre local de votação e seção eleitoral. O local de votação é, tipicamente, a escola. Mas, dentro da escola, você tem diferentes seções. Portanto, é na entrada, no local de votação, que você já vai ter aferida a presença da máscara. Se estiver sem máscara, não pode entrar”, disse o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso.

Também será obrigatória a higienização das mãos com álcool em gel antes e depois do uso da urna. O equipamento eletrônico em si não será limpo a cada votação e, por isso, caberá a cada eleitor cuidar da própria proteção.

O tribunal recomendou, ainda, que cada eleitor leve a própria caneta para registrar a assinatura no local de votação. A ideia é evitar ao máximo o compartilhamento de itens e, com isso, reduzir o risco de contágio. Para quem esquecer, haverá canetas extras devidamente higienizadas nas seções.

Segundo o TSE, as regras valerão para todo o país, no primeiro e no segundo turno – marcados para 15 e 29 de novembro, respectivamente. Os locais de votação ficarão abertos de 7h às 17h, sendo as três primeiras horas preferenciais para pessoas com mais de 60 anos.

“Para ser absolutamente sincero, segurança absoluta só se não tiver eleição e ninguém sair na rua. Mas essa não é uma condição que tenha sido considerada nem pelo TSE nem pelo Congresso. Consideramos que era conveniente adiar. E o TSE está diligenciando todo o conjunto de materiais e equipamentos de segurança. Portanto, nós minimizamos o risco”, declarou Barroso.

Com febre, sem voto

Outra recomendação nova, motivada pela pandemia, diz respeito aos eleitores com sintomas ou quadro confirmado de Covid-19. Segundo o TSE, quem apresentar febre no dia de votar ou tiver sido diagnosticado com o vírus nos 14 dias antes não deve participar das eleições.

Nesse caso, a recomendação é que o eleitor justifique a ausência, em um outro momento, e informe que deixou de votar por questões de saúde.

Se a pessoa com febre ou diagnóstico for mesária, deverá avisar a zona eleitoral para que haja uma substituição na escala.

O TSE decidiu não adotar a medição de temperatura nos locais de votação, para evitar aglomeração e em função do custo-benefício da medida. O tribunal não recomenda o uso de luvas, mas sim, a limpeza constante das mãos.

Maioria dos brasileiros concorda que usar máscaras é dever de todos, aponta Ibope

Mudanças na justificativa

No dia da votação, o eleitor que estiver fora do domicílio eleitoral deverá fazer a justificativa pelo celular, por meio do aplicativo e-Título, com uso do serviço de localização.

Excepcionalmente, quem não possuir um celular poderá ir a um local de votação fazer a justificativa.

Em até 60 dias após o pleito, também é possível fazer a justificativa da ausência sem pagar multa, apresentando documentos de comprovação.

A conduta dos mesários

Segundo o TSE, o mesário poderá pedir que o eleitor abaixe a máscara rapidamente para facilitar a identificação. Fora desse momento, o uso correto do equipamento é obrigatório enquanto o eleitor estiver no local.

O contato entre mesário e eleitor também será reduzido ao máximo para evitar risco de contágio. Em 2020, o eleitor deverá apenas exibir o documento de identificação ao mesário, que fará o registro sem encostar no papel.

Da mesma forma, o comprovante de votação será entregue apenas a quem fizer o pedido expresso. Quem não precisar da via em papel poderá emitir a comprovação posteriormente, pelo aplicativo e-Título ou pelo site do TSE.

Para garantir a segurança de quem trabalhará nas eleições municipais, cada mesário receberá três máscaras descartáveis e um “face shield” – proteção em acrílico transparente que cobre todo o rosto.

O TSE recebeu doações de 30 empresas para diminuir o custo desses itens de proteção no orçamento eleitoral. Ao todo, segundo o tribunal, foram doados:

  • 2,1 milhões de frascos de álcool em gel para mesários;
  • Cerca de 2 milhões de “face shields” para mesários;
  • 1 milhão de litros de álcool em gel para eleitores – que podem levar o próprio, se preferirem, e
  • 9,72 milhões de máscaras descartáveis.

As máscaras recebidas serão destinadas prioritariamente para os mesários e fiscais dos locais de votação. Segundo o tribunal, um pequeno número poderá ser distribuído a eleitores, se houver sobra, mas não caberá ao TSE fornecer os equipamentos.

Guia rápido

Veja, abaixo, as principais regras anunciadas nesta terça para a conduta nos dias de votação:

Eleitor

  • Uso obrigatório de máscaras de proteção;
  • Uso de álcool em gel, disponível na seção, para limpar as mãos antes e depois de votar;
  • Levar a própria caneta (mas, caso esqueça, haverá canetas extras e higienizadas nas seções);
  • Distância mínima de um metro dos demais eleitores e mesários.

Mesários

  • Uso de máscaras de proteção para trocar a cada quatro horas (serão fornecidas três máscaras para cada mesário);
  • Uso de viseiras plásticas (face shields), que serão fornecidos pelo TSE;
  • Álcool em gel de uso individual e regras de higienização;
  • Álcool 70% para limpeza de superfícies;
  • Distância mínima de um metro dos eleitores e demais mesários.

Passo a passo

O TSE também elaborou um passo a passo para o eleitor:

  1. Entre na seção eleitoral e fique na frente da mesa;
  2. Mostre seu documento oficial com foto em direção ao mesário;
  3. Após o mesário ler em voz alta o seu nome, confirme que é você;
  4. Guarde o documento;
  5. Limpe as mãos com álcool em gel;
  6. Assine o caderno de votação;
  7. Se precisar do comprovante de votação, solicite ao mesário;
  8. Quando a urna for liberada, dirija-se à cabine de votação;
  9. Digite os números dos candidatos;
  10. Na saída, limpe as mãos com o álcool em gel novamente.

Os números da eleição

Segundo o TSE, nas eleições municipais deste ano, serão montados mais de 95 mil locais de votação e mais de 400 mil seções eleitorais.

Estima-se que 2.072.976 mesários participarão do processo, sendo 4 mesários por seação.

Ao todo, serão 147,8 milhões de eleitores, o que dá uma média de 435 eleitores por seção eleitoral. Nas eleições municipais, apenas o Distrito Federal não participa – a capital federal não tem prefeito nem vereadores.

ELEIÇÕES 2020

Rio Grande do Norte tem 63.879 casos confirmados e 2.295 mortes por Covid-19

Boletim da Secretaria Estadual de Saúde aponta apenas uma morte nas últimas 24 horas

RN tem 63.879 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia — Foto: Lucas Cortez/InterTV Cabugi

O Rio Grande do Norte tem registrados 63.879 casos de Covid-19 desde o início da pandemia. Até esta terça-feira (8), foram 2.295 vítimas da doença em todo o estado. Os dados estão no boletim epidemiológico da Secretaria do Estado da Saúde Pública (Sesap). Em comparação ao dia anterior, foi computada apenas uma morte a mais (veja no gráfico acima). Outros 237 óbitos estão sob investigação.

O RN tem ainda 26.820 casos suspeitos e outros 120.265 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 38.385. Os casos inconclusivos, que agora são tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, também continuam em 52.760.

A Sesap aponta que 224 pessoas estão internadas por causa da Covid-19 no RN, sendo 175 na rede pública e 49 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 50,38% na rede pública e de 16,3% na rede privada.

De acordo com o boletim, o RN realizou 150.356 testes para coronavírus, sendo 71.358 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 78.998 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 63.879 casos confirmados
  • 2.295 mortes
  • 38.385 confirmados recuperados
  • 26.820 casos suspeitos
  • 120.265 casos descartados