Category Archives: Notícias

Empresário e publicitário ligados ao partido que Bolsonaro pretende criar são alvos de operação da PF

Mandados foram determinados pelo ministro Alexandre de Moraes

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (16) uma ação com mandados de busca e apreensão contra o publicitário Sérgio Lima e o empresário Luís Felipe Belmonte. Os dois são ligados ao Aliança pelo Brasil, partido que o presidente Jair Bolsonaro pretende criar. O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), bolsonarista, também foi alvo.

As buscas e apreensões foram autorizadas pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), dentro do inquérito que investiga a realização de atos antidemocráticos. Moraes é o relator do caso.

Ao todo, são 21 mandados, e os alvos estão em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão e Santa Catarina.

O objetivo da ação desta terça, segundo os investigadores, é levantar provas sobre a organização dos atos e sobre quem os financia. Os atos atacaram e ameaçaram instituições como o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF), o que é inconstitucional.

Outro alvo da operação desta terça é Allan Santos, dono do canal da internet “Terça Livre”, também apoiador de Bolsonaro.

A ação foi batizada pela PF como Operação Lume, uma referência à necessidade de iluminar os investigados para que todos fatos relacionados à autoria, materialidade e circunstâncias de financiamentos desses grupos sejam revelados.

Vendas do varejo desabam

Dados são do IBGE

Já sob os efeitos da epidemia da Covid-19, as vendas do comércio varejista tiveram um tombo recorde em abril, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo IBGE.

Na comparação com março, o recuo foi de 16,8%. É o pior resultado da série histórica iniciada em 2000.

Em relação a abril do ano passado, a queda também foi de 16,8%.

Prefeitura instala usinas de oxigênio nas UPAs

UPA do Santo passa a produzir quantidade suficiente para atender pacientes

A Unidade de Pronto Atendimento Conchecita Ciarlini, localizada no bairro Santo Antônio, conta agora com uma nova usina de oxigênio visando atender ainda melhor a população durante o período de pandemia do novo coronavírus. Os serviços de montagem da usina e manutenção da rede de oxigênio foram concluídos na semana passada, com isso a UPA passa a produzir seu próprio oxigênio e ar medicinal para atendimento e tratamento dos mossoroenses que venham a precisar.

Com a nova usina, a UPA do Santo Antônio vai produzir 6 m³/h de oxigênio 96% de pureza e 20m³/h de ar medicinal. Por mês a produção chega a 4.320‬ m³ de oxigênio 96% de pureza e 14.400‬ m³ de ar medicinal. Essas quantidades são suficientes à Unidade de Pronto Atendimento. O oxigênio poderá ser utilizado no auxílio da respiração de usuários, nebulização, casos de intubação e no tratamento de doenças respiratórias, oportunizando mais segurança e estabilidade para que um paciente fique mais de 24h na unidade, caso haja a necessidade. O ar medicinal servirá nos casos de inalação, expurgo, esterilização de equipamentos e outros casos.

A coordenadora da Oxigenoterapia do Município, Silvana Gomes, explicou que o funcionamento dessa usina foi bastante oportuno nesse período de pandemia da covid-19. Segundo ela, os pacientes vão ter melhores condições de permanecerem em respirador até uma transferência pra UTI. “Essa montagem foi feita em meio à pandemia de COVID-19, garantindo assim, os meios necessários para o funcionamento dos equipamentos de ventilação mecânica utilizados nos casos graves da doença. Podemos assim assegurar a permanência dos pacientes por mais 24h no respirador, até que a sua transferência seja feita, além de realizar um atendimento mais humanizado.”, afirmou Silvana.

A Unidade Hospitalar de Campanha do Belo Horizonte já dispõe de uma usina própria de oxigênio. A próxima a ficar pronta, em breve, é da UPA Governador Tarcísio de Vasconcelos Maia, mais conhecida como UPA do Alto de São Manoel.

Bolsonaro não será ‘perseguido’ nem ‘protegido’ pelo TSE, diz Barroso

Presidente do TSE fez afirmação em entrevista ao programa Roda Vida

Ministro Luís Roberto Barroso, durante entrevista nesta segunda (15) — Foto: Nathalie Bohm/TV Cultura

O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), afirmou nesta segunda-feira (15) que o presidente Jair Bolsonaro não será “perseguido” nem “protegido” pelo tribunal.

Barroso fez a afirmação em entrevista ao programa Roda Viva (TV Cultura). Ele foi questionado sobre o julgamento, pelo TSE, de ações que pedem a cassação da chapa formada por Bolsonaro e pelo vice Hamilton Mourão.

Mais cedo, nesta segunda, Bolsonaro disse em uma outra entrevista, à Band News, que o julgamento do TSE “começa a esticar a corda” e “começa a alimentar uma crise”. Questionado, então, sobre a declaração de Bolsonaro, Barroso respondeu:

“Acho que as Forças Armadas, nesses 32 anos de democracia, têm tido comportamento exemplar, de modo que eu, verdadeiramente, não temo golpe. Onde eu estiver nesta vida, se faz a coisa certa. De modo que, no Tribunal Superior Eleitoral, não há nenhum risco de o presidente ser perseguido nem há nenhum risco de ele ser protegido. Nós faremos o que é certo dentro do direito. Somos atores institucionais, não atores políticos. O que tiver que ser feito, vai ser feito.”

Barroso também foi questionado sobre uma nota divulgada pelo Palácio do Planalto na semana passada, assinada por Bolsonaro, Mourão e o ministro Fernando Azevedo e Silva (Defesa).

Para o presidente do TSE, as Forças Armadas “não pertencem ao governo” nem podem se identificar “com governo algum”. Isso porque, ressaltou o ministro, “não existe” dizer que os militares “estão no governo”.

“Não acho que haja um risco real de golpe, até porque não haveria causa para dar esse golpe. Mas eu não vejo com tranquilidade esse excesso de notas vindo de toda parte”, acrescentou.

Em outro trecho da entrevista, o presidente do TSE disse ser um “desastre” o governo “povoar” os cargos com militares.

“Acho ruim e preocupante você começar a povoar cargos no governo com militares. Isso é o que aconteceu na Venezuela. Quando você multiplica militares no governo, eles começam a se identificar como governo e começam a se identificar com vantagens e com privilégios. E isso é um desastre”, afirmou.

A VOZ LIVRE DE SERGIO MORO

AGORA ELE É COLUNISTA EXCLUSIVO DA ‘CRUSOÉ’

Você tem uma oportunidade única de saber o que ex-juiz e ex-ministro pensa sobre o Brasil. Garanta seu acesso à coluna exclusiva por meio deste convite especial

Caro leitor,

Você já conhece a posição de Sergio Moro em relação à corrupção. Como juiz da Lava Jato, ele condenou dezenas de réus — políticos e empresários poderosos, além de servidores, doleiros e outros operadores — por crimes como corrupção, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, evasão de divisas, entre outros.

Você também sabe como ele age diante do crime organizado. Enquanto comandou o Ministério da Justiça e Segurança Pública, Moro apertou o cerco a facções criminosas, houve recorde de apreensão de drogas e dinheiro de organizações que atuam na ilegalidade; o trabalho em conjunto com estados levou à redução do número de crimes em todo o país. Moro defendeu ainda a autonomia da PF — o que, como já sabemos, o levou a colidir com o presidente Jair Bolsonaro e a deixar o governo.

Agora você tem a oportunidade única de saber o que Sergio Moro pensa sobre o Brasil. Sem os impedimentos a que estão submetidos um juiz ou um ministro.

MORO ESTREIA NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA COMO COLUNISTA EXCLUSIVO DA CRUSOÉ.

Quinzenalmente, ele vai escrever livremente sobre o presente e o futuro do país.

Será um sopro renovador no debate nacional.

A discussão sobre os caminhos para superar as mazelas locais está, em boa medida, contaminada por interesses, personagens, métodos e argumentos questionáveis, para dizer o mínimo.

Transparência, inteligência, capacidade e clareza são, por isso, extremamente bem-vindos.

Como juiz, Moro condenou Lula e seus correligionários e despertou o desapreço da esquerda; ao deixar o governo acusando Bolsonaro de haver abandonado a luta contra a corrupção, foi feito inimigo por parte da direita. Em ambos os casos, disse que fazia o que era certo fazer.

Ao abrir espaço para que Sergio Moro apresente suas ideias, Crusoé espera colaborar com o debate sobre o rumos que o Brasil pode seguir.

O currículo de Moro — que costuma aparecer em pesquisas como a figura pública mais confiável do Brasil — o credencia a participar desse debate.

A trajetória da Crusoé — que pratica o jornalismo independente de fato, a despeito de quem sejam os poderosos de plantão — a habilita a ser o palco dessa discussão fundamental para o país.

Agora temos um convite especial para que você garanta seu acesso a todas as colunas exclusivas de Sergio Moro.

 

 

Com 99% dos leitos de UTI ocupados, governo do RN adia retomada gradual das atividades econômicas para 24 de junho

Decisão foi anunciada nesta segunda-feira (15)

Fátima Bezerra: Querem colocar uma mordaça na boca dos professores

O Governo do Rio Grande do Norte adiou o início da retomada das atividades econômicas no estado para o dia 24 de junho. A retomada estava prevista para começar na próxima quarta (17), mas foi condicionada à taxa de ocupação de leitos de UTI que deveria ficar abaixo de 70%. No entanto, de acordo com o boletim da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), a taxa na rede pública é de 99% nesta segunda-feira.

A decisão foi anunciada pela governadora Fátima Bezerra, em videoconferência realizada com o setor produtivo, representado pelas entidades do comércio, do turismo, da indústria e do transporte de passageiros.

O novo calendário para a retomada e os protocolos para funcionamento dos estabelecimentos serão definidos em portaria, a ser publicada pelo Governo do RN.

Dentre as alegações apresentadas pela equipe do governo na reunião, para a não autorização da retomada da economia, a principal é o nível de retransmissibilidade do coronavírus, que apesar de se observar uma desaceleração da taxa, os índices observados ainda não atingiram o patamar considerado aceitável, segundo o padrão da Organização Mundial de Saúde OMS), que seria inferior a 1.

“As medidas de intensificação do isolamento social do último decreto, a antecipação de feriados, pelo Estado e por alguns municípios, e o Pacto pela Vida que contou com a adesão da maioria dos municípios potiguares, certamente têm nos revelado bons resultados que poderão ser observados nos próximos dias. Mas, infelizmente ainda não são suficientes para nos dar segurança para a reabertura do comércio”, disse Fátima.

No fim de semana a taxa de isolamento social no Rio Grande do Norte chegou a 48%. O Rio Grande do Norte tem 14.214 casos confirmados de coronavírus e 553 mortes pela doença até esta segunda (15).

Ocupação de leitos

A retomada da economia também é condicionada, pelo decreto, à taxa de ocupação de leitos públicos para tratamento da Covid-19. Na última semana em observação, na região Metropolitana de Natal e em Guamaré a taxa foi de 100%; na Região Oeste, 93,4%; e apenas no Seridó ficou abaixo da meta, com 67,7%.

De acordo com a Sesap, desde o início da pandemia, o estado criou e destinou 341 leitos Covid na rede estadual, sendo 197 de UTI e 130 leitos clínicos.

Fonte: G1/RN

Chapa formada pelos professores Rodrigo Codes e Edcarlos Alves vence consulta para reitor da Ufersa

A chapa vencedora obteve 2.115 votos

A chapa 70 composta pelos professores Rodrigo Codes, como candidato a reitor, e Edcarlos Alves, como candidato a vice-reitor, foi a grande vencedora da consulta realizada pela Ufersa ao longo de toda esta segunda, dia 15 de junho. O resultado foi divulgado cerca de 10 minutos depois de concluída a votação pela presidente da Comissão Eleitoral, a professora Elizângela Cabral. Ao todo, a chapa vencedora obteve 2.115 votos, sendo 1.694 de alunos, 173 de técnicos administrativos e 248 professores.

Segundo o relatório do sistema SIGEleição, a chapa obteve 37,55% dos votos. Em segundo lugar ficou a chapa dos professores Jean Berg Alves e Subênia Karine, em terceiro, os professores Ludimilla Carvalho e Roberto Pordeus. Já em quarto lugar, ficou a chapa dos professores Josivan Barbosa e Nilza Dutra e, em quinto, a chapa do professor Rodrigo Sérgio e Edwin Luize.

Com a consulta realizada, o Colégio Eleitoral deve emitir o relatório final do processo até o dia 17 de junho, data que começa o prazo dos recursos. Segundo o cronograma, os candidatos terão até 48 horas para formalizar questionamentos sobre o resultado do pleito. As respostas para os possíveis recursos devem sair no dia 22 de junho.

Passada a fase da consulta, o próximo passo é a formação da lista tríplice (com Rodrigo Codes, Jean Berg Alves e Ludimilla Carvalho) que será homologada pelo Conselho Universitário – CONSUNI – da própria Ufersa. Depois, essa lista deve ser encaminhada para o Ministério da Educação, em Brasília, para nomeação. A expectativa é que o primeiro da lista seja nomeado pelo MEC.

Presidente da Comissão Eleitoral da Ufersa, professora Elizângela Cabral, anunciando o resultado da Consulta numa live para o instagram da Ufersa / Foto Assecom

Apresentação da tela virtual do SIGEleição

SIGELEIÇÃO – Esta foi a primeira consulta para a escolha de reitor que a Ufersa realizou de forma 100% virtual. O sistema utilizado foi o SIGEleição já testado com sucesso na consulta para a escolha dos diretores de Angicos e Caraúbas, no último dia 26 de maio. Além disso, o SIGEleição já vem sendo adotado por outras universidades federais do país, a exemplo da UFRN – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que desenvolveu o sistema há 10 anos.

Antes da consulta, o sistema passou dias sendo testado pela Superintendência de Tecnologia da Informação da Universidade – SUTIC, com o objetivo de garantir o pleno funcionamento sem grandes problemas. E todo o planejamento deu resultado. O SIGEleição funcionou perfeitamente durante todo o período de votação. O tempo médio de fazer o login no sistema e obter o comprovante de voto foi menor que 30 segundos.  “O SIGEleição foi um sucesso na consulta da Ufersa. É mais uma tecnologia que veio para ficar e garantir segurança e rapidez neste importante processo de escolha”, comentou Elizângela.

PARTICIPAÇÃO ELEITORES

Com o sistema virtual sendo possível acessar de qualquer lugar, a participação na consulta desse ano foi maior em relação a última realizada em 2016. Pelos relatórios do SIGEleição, 40% dos alunos votaram nesta consulta. Há 4 anos, a participação discente tinha sido de 38%. Quanto aos técnicos, 90% votaram nesta consulta. Em 2016, o percentual foi de 88% nesta categoria. Já entre os professores, a participação na consulta de 2020 foi de quase 95%, contra 80% de 2016.

NÚMEROS

TOTAL – 5.749 votantes

Professores – (668) – 94,75%

Técnicos – (487) – 90,52%

Alunos – (4.594) – 39,94%

Isolamento social no RN chega a 48% no fim de semana

Taxa é a 9º Pior do Brasil

A taxa de cumprimento do isolamento social no Rio Grande do Norte chegou a 48% neste domingo (14), a maior registrada no fim de semana. Mesmo assim, a taxa é a 9ª pior do Brasil e a terceira mais baixa do Nordeste, ficando atrás somente de Bahia (47,2%) e Sergipe (43,78%), estado com o menor índice do Brasil.

O isolamento social é a principal medida adotada para tentar conter o avanço da Covid-19, evitando o contágio do novo coronavírus.

Pernambuco foi o 4ª com a maior taxa entre os estados nordestinos, atingindo 51,45% no domingo. Os melhores indicadores são de estados do Norte: Rondônia (54,26%), Acre (53,19%) e Amapá (51,78%).

No sábado (13), o estado potiguar teve 39,8% de adesão ao afastamento social. Foi o pior desempenho entre os quatro dias do feriadão. Na quinta-feira (11), a taxa chegou a 49,2%, enquanto que na sexta (12) foi de 41,9%.

Na quarta-feira (10), a Assembleia Legislativa do RN autorizou a antecipação do feriado estadual dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, comemorado no dia 3 de outubro, para a sexta-feira. Desta forma, o Governo do RN criou um “feriadão” junto com a data de Corpus Christi, comemorada na quinta, com o objetivo de aumentar o isolamento.

Governo do RN convoca 813 profissionais da saúde para atuar no combate à pandemia de Covid-19

Lista dos aprovados foi divulgada nesta segunda-feira (15)

O Governo do Rio Grande do Norte convocou 813 profissionais da saúde de forma temporária para atuar no combate à pandemia de Covid-19 no estado. A lista com os selecionados aprovados no recrutamento foi divulgada em edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE) nesta segunda-feira (15).

Os profissionais que se inscreveram no processo seletivo do dia 2 de abril irão atuar nas oito regionais de saúde do RN. Foram chamados:

  • Médicos plantonistas (38);
  • Enfermeiros (79);
  • Fisioterapeutas (61);
  • Farmacêuticos- bioquímicos (26);
  • Técnicos em enfermagem (228);
  • Técnicos em radiologia (13);
  • Técnicos em laboratório (57);
  • Auxiliares de cozinha (48);
  • Copeiros (100);
  • Cozinheiros (6);
  • Higienistas hospitalares (68);
  • Maqueiros (56).

Segundo o governo estadual, os convocados deverão se apresentar no período de cinco dias úteis contados a partir desta segunda. O candidato será atendido exclusivamente por meio virtual e deverá enviar a documentação necessária dentro do prazo.

Os profissionais precisam entrar no link http://portalsei.rn.gov.br/ e criar “usuário externo” e “senha” na aba de acesso ao SEI. Após a criação do usuário externo, o candidato deve enviar e-mail para sei.sesap@gmail.com informando nome e CPF com o título “LIBERAÇÃO CONCURSO SESAP”, para que o cadastro seja efetivado.

Caixa libera consulta ao valor e data de novos saques do FGTS

Cada trabalhador poderá sacar até R$ 1.045 de contas ativas (do emprego atual) e inativas (de empregos anteriores)

A Caixa Econômica Federal liberou nesta segunda-feira (15) a consulta do valor e da data do saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), de até R$ 1.045 por trabalhador.

O trabalhador pode consultar qual o valor do seu saque emergencial e quando o valor será creditado por meio do site fgts.caixa.gov.br ou por meio do Disque 111. A consulta poderá ser feita também pelo aplicativo FGTS e pelo Internet Banking da Caixa a partir de sexta-feira (19).

Ao fazer a consulta por app ou no site, o trabalhador também poderá optar por não fazer o saque emergencial ou ainda por devolver o valor para a conta do FGTS caso o crédito já tenha ocorrido.

O trabalhador que escolher não fazer o saque emergencial deve informar a Caixa pelo menos dez dias antes da data de crédito prevista.

As liberações emergenciais do FGTS começarão no dia 29 de junho e será realizado por meio de Conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores. Já o saque em espécie ou transferências, também dos aniversariantes de janeiro, estão liberados a partir de 25 de julho (veja o calendário completo mais abaixo).