CIRO GOMES DECLARA QUE SE HADDAD “DER CERTO, NÃO DÁ CERTO”

“NOVA DILMA, SEM EXPERIÊNCIA, SEM LIDERANÇA”, DIZ CIRO SOBRE HADDAD 

POR CARLOS SKARLACK

O candidato derrotado à presidência da República, Ciro Gomes (PDT), já avisou que vai apoiar o petista, Fernando Haddad, no segundo turno e, espera se tornar coordenador da campanha.

Todavia, durante a pré-campanha, quando o PT, mesmo sabendo que o seu líder e presidiário, Lula, não poderia disputar o pleito, insistia com a farsa, antes de oficializar Fernando Haddad, Ciro Gomes concedeu uma entrevista a um jornalista estrangeiro.

Na entrevista, Ciro declarou que o PT estava mexendo com todo tipo de chicana jurídica, para depois indicar “uma nova Dilma, uma pessoa que não tem liderança”, em referência a Fernando Haddad.

Lembrando que há cerca de dois anos havia apoiado Fernando Haddad, para prefeito de São Paulo, Ciro foi contundente:

– Candidatou-se a prefeito de São Paulo, no cargo, perdeu, e não foi para o (João) Dória, que é um farsante, no primeiro turno; ele perdeu para nulo e branco, tirou 16% dos votos.

Continuando suas críticas ao candidato do PT, Fernando Haddad, Ciro questiona:

– Como é que alguém acha que uma camarada desse, com 15 dias vai virar presidente da República?

E emenda, fazendo uma ácida previsão:

– Se isso der certo, não dá certo. Sabe por quê? Porque sai um presidente desse tamanhinho. Vai passar para a sociedade a necessidade de sair de Brasília, em hora de tensão, e consultar o Lula no presídio, em Curitiba, isso destrói o Brasil.

Confira parte da entrevista de Ciro Gomes:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 17 =