CONVERSAS DE BASTIDORES

UMA ONDA MAIS OUTRA ONDA

Conversa vai, conversa vem…

E, a prosa deve acabar em verso

O papo é de quem, voto tem

Ao fim e ao cabo, com reverso

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + oito =