Francisco Carlos quer solidariedade contra exclusão digital

Vereador propõe compartilhamento de internet na pandemia

Francisco Carlos é eleito o vereador do ano – Blog do Barreto

O vereador Professor Francisco Carlos (PP) faz apelo para quem dispõe de internet sem fio compartilhar com estudantes carentes na pandemia de covid-19. O parlamentar fez a proposta na sessão remota da Câmara Municipal de Mossoró, hoje (20). Segundo ele, todo o sistema educacional brasileiro enfrenta desafio.

Esse desafio, na opinião do parlamentar, é assegurar o acompanhamento didático-pedagógico de milhões de alunos, que estão em situação de isolamento ou distanciamento social devido à pandemia de Covid-19.

“O risco de perca do aluno letivo, os prejuízos psicológicos provocados pelo distanciamento da escola, seus diretores, professores, supervisores e demais profissionais de educação, são problemas a serem enfrentados. As dificuldades e limitações que precisam ser superadas pelos educadores, agora desafiados em superlativa medida”, observa.

Acrescenta que, em Mossoró, a Rede Municipal de Ensino, após ouvir o Conselho Municipal de Educação, está empreendendo estratégia para enfrentar esse desafio, em benefício dos seus alunos. No entanto, existem algumas limitações provocadas pela exclusão digital, que precisam ser enfrentadas e superadas.

A Prefeitura fez levantamento, constatando que pequena parcela de alunos não tem acesso à internet ou mesmo a computadores e a smartphones. Ele diz que toda uma estratégia está sendo pensada para garantir o direito de todos à educação.

Solidariedade

“Reconhecendo essa situação e visando contribuir para sua superação, nosso mandato faz um apelo para que todas as pessoas que possuem acesso a internet sem fio, cedam esse acesso aos alunos da sua vizinhança, permitindo-lhes condições de acompanhar as atividades pedagógicos por meio virtual”, propõe.

Essa atitude, segundo o vereador, é uma demonstração de solidariedade e cidadania. “Um esforço pessoal que cada um que tem condições possa ajudar um aluno da rede municipal, estadual, particular nos três níveis de ensino”, complementa.

Reunião

Essas e outras propostas estarão em debate na reunião remota da Comissão Educação, Cultural, Esporte e Lazer (CECEL) da Câmara Municipal de Mossoró, sexta-feira (22), às 9h, anunciada por Francisco Carlos na sessão de hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 8 =