Garibaldi Filho prega amadurecimento do projeto político do PMDB

Toda derrota impõe isso: amadurecimento. É o que vamos fazer, ao invés de sair por aí falando demais”, comentou Garibaldi

Ministro diz que hora de amadurecer

O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, declarou nesta quarta-feira (29) que o momento atual, depois da derrota nas urnas, é de amadurecer o projeto político. Ele, que adotou um tom crítico na reta final da campanha contra o PT, a quem é debitado parte da fatura do prejuízo do PMDB, preferiu não polemizar.

“É hora de amadurecer. Toda derrota impõe isso: amadurecimento. É o que vamos fazer, ao invés de sair por aí falando demais”, comentou  Garibaldi.

“As emoções da campanha, as possíveis radicalizações, vão ficando para trás. É difícil avaliar simplificadamente o que deu errado. Não posso tentar ser dono da verdade. O que, em resumo, aconteceu é que faltaram votos. Agora porque faltou é difícil afirmar de maneira genérica”, comentou ele, que está Brasília no exercício da titularidade da pasta que ocupa.

Segundo antecipou à reportagem, a conjuntura mudou. “A situação é outra. Foram realizadas reuniões e eu poderei ser convocado para participar delas”, disse ele, sobre os entendimentos nacionais do PMDB e PT. Localmente, os bacuraus não digeriram o apoio que o ex-presidente Lula prestou no programa de Robinson Faria.

Fonte: www.portalnoar.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 3 =