Governo do Estado ignora lambança que fez no Complexo Viário da Abolição

Câmara lamenta ausência de responsáveis por obras do Complexo da Abolição
DSC03157

Vereador Francisco Carlos lamenta descaso do Governo do Estado que evita e explicar sobre problemas no Complexo Viário – Fotos: Assessoria

DSC03151
A reunião entre os responsáveis pelas obras do Complexo Viário da Abolição, que deveria acontecer na tarde desta quarta-feira (27), na sala da Presidência da Câmara, não foi realizada devido à ausência de representantes das instituições.
Haviam sido convocados a Secretaria Estadual de Infraestrutura, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, o DNIT e as empresas responsáveis pela obra, CLC e EIT. Desses, apenas a Prefeitura de Mossoró enviou representante, o engenheiro José Couto. O DNIT já havia justificado ausência, devido a compromissos agendados anteriormente. A EIT também havia se pronunciado, afirmando que não teria mais vínculos com a referida obra. Já a Secretaria Estadual de Infraestrutura chegou a confirmar, na manhã desta quarta-feira, que a secretária Kátia Pinto seria representada pelo engenheiro Yuri Tasso.
O objetivo da reunião era obter esclarecimentos sobre o projeto executivo e a própria execução da obra, que tem sido causa de preocupação para os mossoroenses.
Diante da ausência dos representantes, o presidente da Casa, vereador Francisco Carlos (PV) afirmou que o tema será levado a plenário e uma audiência pública será agendada para os próximos dias, havendo a convocação dos entes públicos. “A Câmara lamenta a ausência dos representantes, mas devido à importância do tema, iremos insistir no assunto e convocar mais uma vez esses entes para uma audiência pública para o mais breve possível”, afirmou Francisco Carlos.
Além do presidente, estiveram presentes os vereadores Genivan Vale e Nacízio Silva. O professor aposentado Lindemberg Gomes tomou conhecimento da reunião e também compareceu à presidência da Câmara.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 14 =