LULA TEM APENAS 0,62% DE NÃO IR PARA A CADEIA

ESSE É O ÍNDICE DOS CONDENADOS EM SEGUNDA INSTÂNCIA QUE FORAM ABSOLVIDOS

Uma pesquisa realizada pela Coordenadoria de Gestão da Informação do STJ revela que apenas 0,62% dos condenados em segunda instância, que recorreram ao tribunal superior, foram absolvidos.

Em apenas 1,02% dos casos, os ministros que compõem as duas turmas de direito criminal do STJ decidiram substituir a prisão por medidas restritivas de direito.

Em 0,76% foi reconhecida a prescrição da pretensão punitiva. “O levantamento demonstra que é bem reduzida a taxa de correção de erros judiciários em matéria penal, ao contrário do que muitos sustentam”, diz a assessoria do tribunal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 14 =