Número de internados em leitos de UTI cresce em hospitais privados nos últimos dias

Informação consta nos últimos boletins epidemiológicos divulgados pela Secretaria Estadual da Saúde. Ontem (17) havia 40 pessoas internadas. No boletim da segunda eram 33

POR EDINALDO MORENO

DE FATO

Levantamento do DE FATO com base nos dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) mostra que o número de pessoas internadas em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) cresceu nos últimos dias nos hospitais privados do Rio Grande do Norte que tratam pacientes com confirmação ou suspeita de contraírem o novo coronavírus. Os dados foram extraídos dos boletins epidemiológicos entre os dias 10 e 17 de novembro.

O boletim epidemiológico nº 220 divulgado no final da tarde desta terça-feira, 17, mostra que havia 40 leitos de UTI em hospitais privados ocupados com pacientes. Em 24 horas houve aumento de 21% de internações nessas unidades comandadas pela iniciativa privada.

De acordo com o boletim epidemiológico nº 219, atualizado na última segunda-feira, 16, havia 33 pessoas internadas em leitos críticos de unidades hospitalares da rede privada de saúde. No boletim 218, divulgado no último sábado, 14, eram 32. Já no boletim epidemiológico da última sexta-feira, 13, esse número estava em 29.

O boletim epidemiológico atualizado na quinta-feira, 12, trazia o número de 26, o mesmo do atualizado na quarta-feira, 11. Na terça-feira, 10, eram 28 internados em leitos de UTI no tratamento da doença. Nesse período a maior taxa de ocupação dos leitos críticos nos hospitais privados foi de 21,5%, enquanto que a menor foi de 11%.

Desde a atualização do boletim da última quinta-feira, 12, que a Sesap também verifica aumento no número de pessoas internadas nos hospitais privados em leitos clínicos. Neste dia eram 24, após sair de 28 no dia anterior. No balanço da sexta subiu para 29. No do sábado, 14, foi para 31 e no da segunda-feira, 16, já eram 33 pacientes internados em leitos de enfermaria. Nesta terça caiu para 31.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − doze =