Vídeo: Carro dos filhos da ex-vereadora de Mossoró pegou fogo após colisão

Veículo que levava Rafael e Tasso colidiu com um Siena e pegou fogo na BR 304

Na manhã de hoje (27) os filhos da ex-vereadora de Mossoró, Arlene Souza, se envolveram em um trágico acidente na BR 304, sentido Mossoró-Natal. o advogado Rafael Maia, morreu no momento da colisão, e o irmão, o engenheiro Tasso Maia, foi retirado com vida  do carro (tipo Gol) já em chamas. Tasso foi socorrido e levado para um hospital de Natal, onde estaria sendo cirurgiado.

Alguns populares fizeram imagens do local do acidente. Veja:

Filho de Arlene de Souza foi morto em colisão entre dois carros, em Lajes, RN

Polícia Rodoviária Federal revela os primeiros detalhes de acidente na BR-304

O acidente que vitimou um dos filhos da ex-vereadora, Arlene de Souza, de Mossoró, foi uma colisão entre dois veículos.

O carro em que viajavam Rafael e Tasso Maia, filhos de Arlene e de João Maia, diretor administrativo-financeiro, do DETRAN-RN, pegou fogo depois da colisão.

O acidente aconteceu na rodovia BR-304, entre os municípios de Lajes e Fernando Pedroza, na região Central do Rio Grande do Norte.

De acordo com o inspetor Tibério Freitas, da PRF, o acidente aconteceu no Km 177 da rodovia, nas proximidades do Pico do Cabugi.

Os veículos envolvidos no acidente foram o Siena e Gol, sendo que este último teria pegado fogo após a colisão.

 

Não é só em Mossoró onde o Corpo de Bombeiros está sucateado

Em Natal, para combate a incêndio foi preciso ajuda de vários órgãos

Em Natal, na noite desta sexta-feira, 26, um incêndio em uma embarcação no cais da Tavares de Lyra, na Ribeira, em Natal, provocou uma ação do Corpo de Bombeiros, por oito horas.

Como o Corpo de Bombeiros não tinha condições de controlar o incêndio, foi preciso o apoio de carros pipa da Marinha e da CAERN.

Moral da história: não é só em Mossoró que o Corpo de Bombeiros não tem condições para combater grandes incêndios.

IMG_3666.PNG

Imagens do Blog de Thaisa Galvão

Guerra Judicial: juiz desmente que tenha retirado propaganda de Henrique do ar

Notícia divulgada pela assessoria de Robinson foi desmentida por Marcos Bruno 

O juiz da propaganda eleitoral, Marcos Bruno de Miranda, desmente a notícia segundo a qual o magistrado havia determinado perda de inserções na propaganda eleitoral pelo candidato Henrique Alves.

A informação de perda de 10 minutos nas inserções, por falta de identificação da propaganda veiculada, foi encaminhada à imprensa, nesta sexta-freira, 26, pela assessoria de comunicação do candidato ao Governo, Robinson Faria, PSD.

Na matéria foram até citados trechos da decisão judicial.

A assessoria de Henrique informa que as peças estão identificadas e por isso não serão retiradas do ar.

Ao posição do juiz Marcos Bruno, foi revelada em entrevista ao blog da jornalista Thaisa Galvão.

 

Guerra Judicial: Justiça Eleitoral suspende inserções de Henrique na televisão

Assessoria de Robinson Faria anuncia punição ao candidato Henrique Alves

Todas as inserções eleitorais exibidas na televisão pela coligação do candidato Henrique Alves (PMDB) serão suspensas durante o fim de semana. A decisão é do juiz Marco Bruno Miranda e foi publicada nesta sexta-feira (26) pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Henrique perderá mais de 10 minutos de tempo de televisão.

A propaganda do candidato do PMDB foi considerada em desacordo com a legislação eleitoral e impugnada foi veiculada no espaço destinado às inserções gratuitas na programação televisiva nos dias 23 e 24 de setembro de 2014.

A suspensão da Justiça Eleitoral é baseada nas exigências contidas no art. 6º, § 2, e no art. 36, §4º, ambos da Lei nº 9.504/97 e no art. 46 da Resolução TSE nº 23.404/2014. “Estão sendo veiculadas propagandas anônimas, sem identificação, destilando ataques e críticas à Coligação representante e o seu candidato, o que é expressamente vedado pela legislação e pela resolução relativa à propaganda”.

De acordo com a Justiça, o candidato Henrique Alves (PMDB) foi condenado por irregularidades no período de campanha eleitoral. “Há irregularidade formal nas propagandas veiculadas, pois não atendem aos requisitos estabelecidos em lei, devendo ser corrigidas imediatamente”.

Guerra judicial nas eleições para o Governo

Identificados fakes que atacavam imagem de Henrique Alves e assessoria aciona Polícia Federal

IMG_3452.PNG

Os advogados da campanha do candidato a governador, Henrique Alves (PMDB), identificaram os responsáveis pelos ataques contra o candidato com perfis fakes na internet .
Hoje Kennedy Diógenes e Sanderson Mafra entraram com representações criminais na Polícia Federal e no Ministério Público Federal.

Eles solicitaram a abertura de investigação criminal contra a utilização de anônimos para “caluniar, difamar e injuriar” Henrique Alves.

A identificação da rede de anônimos foi possível a partir da quebra de sigilo determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral de uma conta no Twitter. Com o número de IP em mãos (189.124.186.16), foi possível saber o endereço físico de onde a conta era operada. O perfil em questão é apenas um dos muitos criados durante a campanha.

O desembargador João Rebouças foi o relator do processo que determinou a quebra do sigilo do perfil fake no Twitter.

Fonte: www.blogthaisagalvao.com.br

Arlene de Souza segue para Natal

João Maia se encontrava em Natal quando recebeu a notícia do acidente envolvendo seus dois filhos 

IMG-20140927-WA0011

Rafael Maia morreu no local do acidente – Foto: Facebook

IMG-20140927-WA0010

Tasso Maia foi retirado do carro com vida – Foto: Facebook

O jovem Rafael Maia, filho da ex-vereadora Arlene de Souza (DEM) e do diretor administrativo-financeiro, do DETRAN-RN, João Maia, era advogado.

Ele morreu em acidente ocorrido na BR-304, na manhã deste sábado, 27.

Rafael viajava em companhia do irmão, Tasso Maia, que foi retirado com vida do carro que pegou fogo.

Tasso Maia foi atendido e transferido para o Hospital Walfredo Gurgel, em Natal.

A ex-vereadora Arlene de Souza que se encontrava em Mossoró, segue neste momento para Natal.

O pai dos dois joevens, João Maia, se encontrava em Natal no momento do acidente.

Escala de plantões médicos da Casa de Saúde Dix-sept Rosado é concluída

 Unidade deve ser reaberta no dia 1º de outubro 

A Casa de Saúde Dix-sept Rosado deve reabrir no dia 1º de outubro.

Para isso a escala de plantões para o reinício dos partos de baixo e médio risco, na unidade, foi concluída.

Os serviços não foram iniciados ainda em virtude ao Núcleo de Obstetrícia e Ginecologia pedir um prazo para organizar a equipe de trabalho.

A proposta de contratualização será publicada no Jornal Oficial de Mossoró na próxima semana

Confirmado: filho de Arlene e João Maia morre em acidente

Rafael Maia Filho morre em acidente na BR-304

Tragédia.

Os dois filhos da ex-vereadora de Mossoró, Arlene Souza e de João Maia, se envolveram em um grave acidente automobilístico ocorrido na BR-304, próximo ao município de Lajes.

O jovem Rafael Maia Filho morreu no local do acidente.

O outro filho de Arlene e João Maia, Tasso Maia, foi socorrido em estado grave e se encontra no Hospital Walfredo Grugel, em Natal.

 

Tragédia: mossoroenses mortos em acidente na BR-304

Acidente grave aconteceu na região Central 

Imagens de acidente próximo ao município de Lajes – Fotos: Blog Passando na Hora

Um acidente de graves proporções foi registrado na BR 304.

O acidente aconteceu na região Central do Rio Grande do Norte e pelos duas pessoas morreram.

As vítimas são de Mossoró, conforme as primeiras informações.

Uma das vítimas seria um filho da ex-vereadora Arlene de Souza e de João Henrique.

Um segundo filho do casal foi transportado estado grave para Natal.

Mais detalhes em instantes.