Henrique e Wilma fazem carreata na Zona Norte de Natal

Ministro Garibaldi Filujo e o prefeito Carlos Eduardo Alves parcicipam de mobilização 

Link permanente da imagem incorporada

Depois de ocupar várias locais de Natal durante o dia, na noite deste sábado, 2, os candidatos Henrique Alves, ao Governo e Wilma de Faria, ao Senado, realizam carreata na Zona Norte da capital.

Henrique e Wilma comandam onda verde em Natal

Graibaldi, José Agripino, Ricardo Mota e outras lideranças reforma movimentação

O senador José Agripino e o deputado federal Felipe Maia comandaram uma movimentação ao lado de Henrique e Wilma:

20140802-174639-63999254.jpg

O presidente da Assembleia Legislativa Ricardo Mota e o vereador Rafael Mota lideraram outra mobilização com Henrique e Wilma:

20140802-174305-63785988.jpg

Uma das movimetações tece participações das lideranças do PSDB:

20140802-174947-64187346.jpg

Fotos: Blogt de Thaisa Galvão

 

Robinson, Fárima e Fábio Faria na Zona Norte de Natal

Candidatos do PSD e PT fazem primeira caminhada em Natal 

Fotos: Blog de Thaisa Galvão

20140802-182653-66413514.jpg

20140802-182947-66587563.jpg

Rafael Mota silência sobre denúncia de que direção do PROS foi irresponsável em processo de filiação de Francisco José

Presidente do PROS declara que quando tiver uma reunião com Francisco José se pronunciará 

20140802-145910-53950453.jpg

Rafael Mota alega que está fazendo caminhada em Natal e silencia sobre polêmica envolvendo filiação do ex-deputado Francisco José ao PROS – Fotos: Blog de Heitor Gregório

 

O vereador e candidato a deputado federal, Rafael Mota, presidente estadual do PROS, adotou a lei do silêncio sobre o processo de filiação do ex-deputado estadual Francisco José ao partido.

Em contato telefônico com o editor do blog, às 17h10, deste sábado, 2, Rafael Mota evitou se pronunciar sobre declarações do prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior (PSD), que afirmou que seu pai, Francisco José, não pode ser penalizado por uma irresponsabilidade do partido.

O presidente do PROS no Rio Grande do Norte também preferiu silenciar sobre a acusação de que cópias de documentos falsos que que foram anexados ao pedido de registro de candidatura de Francisco José são de responsabilizada do comando do partido.

A informação foi revelada ao blog por uma fonte ligada ao ex-deputado Francisco José.

– Sobre esse assunto eu prefiro só falar depois que tiver uma reunião com Francisco José -, declarou Rafael Mota.

Alegando que se encontrava em uma caminhada política o candidato a deputado federal encurtou a entrevista.

DESCULPA – Depois do contato com o blog, Rafael Mota acionou um aliado seu em Mossoró, para informar que tão logo tenha uma reunião com os envolvidos no processo de filiação de Francisco José ao PROS, faria um novo contato.

Robinson e Fátima se reúnem com lideranças comunitárias de Natal

Fábio Faria participa de encontro de Robinson e Fátima com comunitários 

20140802-154345-56625044.jpg

Os candidatos ao Governo e Senado, Robinson Faria (PSD) e Fátima Bezerra (PT), respectivamente, se reuniram com lideranças comunitárias de Natal, no comitê de campanha, localizado na antiga fábrica da SAMS.
O deputado federal Fábio Faria (PSD), candidato a reeleição, também participou da reunião.

Cópias de documentos falsos fazem parte de processo que tramita no TRE sobre a filiação de Francisco José ao PROS

Direção do PROS está sendo responsabilizada por irregularidades em documentos de filiação de ex-deputado mossoroense 

A sessão da próxima terça-feira, 2, às 14h, em que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) irá selar o destino da candidatura do ex-deputado estadual, Francisco José (PROS), trará ao público, oficialmente, uma verdade.

Ao processo foram anexadas cópias de documentos falsos.

E estes documentos teriam sido anexados pela direção estadual do PROS, conforme um assessor de Francisco José.

Essa é a versão revelada ao blog pela fonte que acompanha o processo.

Por isso, Francisco José estaria se considerando vítima de uma trama dos dirigentes do PROS.

Por outro lado, para tentar livrar seu filho, o vereador de Natal, Rafael Mota, que é candidato a deputado federal e presidente do PROS no Estado, de um processo criminal, o presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Mota, estaria cobrando a retirada da candidatura de Francisco José.

Isso poderia levar o processo a ser arquivado.

Oficialmente, nenhuma das partes se pronunciou, ainda, sobre os detalhes do processo que provocou a retirada da campanha de Francisco José das ruas.

O ambiente nos bastidores é de beligerância entre assessores de Rafael Mota e de Francisco José.

A previsão é de que a tensão aumente até terça-feira.

Como agravante, o veredicto final da Justiça Eleitoral poderá ser apenas o início de um processo criminal.

César Alves é o cara!

Jornalista no batente em pleno sábado em cobertura em tempo real

César Alves no Vila Oeste

Jornalista César Alves no ar em tempo real – Foto: iPad Skarlack

Encontrei neste sábado, 2, na plenária de Valmir Alves, do PT, o colega de ofício, o jornalsita César Alves.

Sempre competente e operante e 24 horas no ar.

Parabéns garoto.

Valmir Alves faz reunião com militância

Coordenador da campanha de candidato a deputado federal do PT o vice-prefeito Luiz Carlos participa de encontro

Vice-prefeito Luiz Carlos é o coordenador de campanha do candidato a deputado federal Valmir Alves – Fotos: iPad Skarlack

O sindicalista Valmir Alves (PT) que é candidato a deputado federal promove plenária com participação de militantes de vários segmentos sindicais de Mossoró.

O coordenador da campanha de Valmir Alves, vice-prefeito de Mossoró, Luiz Carlos (PT) participa da plenária que acontece no Hotel Vila Oeste, das 9h às 12h, deste sábado, 2.

 

Henrique e Wilma visitam festival de inverno de Cerro Corá

Candidatos ao Governo e Senado cumprem agenda ao lado aliados 

20140802-075311-28391622.jpg

Henrique Alves, candidato da coligação União Pela Mudança ao Governo do Estado, visitou na noite desta sexta-feira (01) o Festival de Inverno de Cerro Corá, ao lado da candidata ao Senado, Wilma de Faria, do deputado estadual Ezequiel Ferreira (PMDB), candidato à reeleição, do vice-prefeito de Cerro Corá, João Batista de Melo (PMDB), conhecido como Joãozinho, entre outras lideranças.

Também compareceram ao evento o deputado federal Felipe Maia (DEM), candidato à reeleição, o deputado estadual Tomba Farias (PSB), candidato à reeleição, o vereador Rafael Motta, candidato à deputado federal, o prefeito da cidade de Cerro Corá, Raimundo Marcelino Borges (DEM), conhecido como Novinho, o candidato a deputado estadual, Carlson Gomes, e o ex-prefeito de Currais Novos, Zé lins. O prefeito e o vice de Cerro Corá apoiam a chapa com Henrique para o Governo e Wilma para o Senado.

O candidato cumprimentou e conversou os visitantes do festival, que é um dos mais tradicionais do Estado, sendo esta a décima segunda edição. Para Henrique, eventos como o Festival de Cerro Corá são um caminho para desenvolver e interiorizar o turismo no Rio Grande do Norte.

“O turismo é a atividade que gera emprego e renda de maneira mais rápida. Então, o Estado precisa investir nesse tipo de atividade de uma maneira mais agressiva, promovendo não somente as suas belezas naturais, mas a riqueza cultural e religiosa do povo potiguar”, disse Henrique, ressaltando que com o novo Aeroporto Internacional Aluízio Alves, localizado em São Gonçalo do Amarante, o RN passa a ter mais chance de retomar o crescimento do turismo.

“Precisamos de uma parceria intensa entre o Estado, os municípios e a iniciativa privada para não ficar somente no turismo interessado no sol e no mar. Precisamos trazer esse turista para o interior, para ele aproveitar uma cidade como Cerro Corá, com esse friozinho gostoso, assim como outras cidades, como Martins, Portalegre, entre outras”, avalia.

 

Francisco José Júnior diz que seu pai não pode ser penalizado por irresponsabilidade dos dirigentes PROS

Prefeito de Mossoró diz que seu pai está disposto a manter candidatura 

Francisco José Júnior é deferido

O prefeito de Mossoró Silveira Júnior disse que a suspensão da campanha do pai dele, Francisco José, para deputado estadual não significa a desistência da candidatura. “Nós achamos por bem suspender a campanha até em respeito a Justiça Eleitoral e a nossa militância”, disse.

O prefeito mossoroense lembrou que o pai pediu a desfiliação do PSD, legenda a qual era filiado, no dia 4 de outubro e no dia 5 de outubro ingressou no PROS. “Ele (Francisco José) não pode ser penalizado por uma irresponsabilidade do partido. Se o partido não registrou, que ele (a legenda) seja penalizado e não o deputado. As provas são firmes e acreditamos que o registro vai ser deferido”, completou.

Mais detalhes no Portal Difusora.