Pleito de outubro divide as bancadas na Câmara Municipal de Mossoró

O vice-governador Robinson Faria e…. o deputado Henrique Alves disputarão os votos dos potiguares

Por: Luiz Juetê

O pleito geral de outubro, mesmo antes de seu início oficial, obedecendo ao calendário estabelecido pela Justiça Eleitoral, já provocou a divisão na Câmara Municipal de Mossoró. Por força de questões partidárias, o cenário no Poder Legislativo se apresenta misto. Integrantes do bloco de sustentação política do prefeito Francisco José Júnior (PSD) assim como membros da oposição estarão dividindo o mesmo palanque no processo sucessório que terá início no próximo mês. Mesmo com fusão dos blocos políticos por conta da eleição de 5 de junho, o prefeito Francisco José Júnior não deverá interferir na posição dos vereadores de sua base.

“Esse tipo de mistura sempre ocorre em período de eleições para governador, senador e deputados. Isso ocorre comumente até porque é uma eleição diferente de um pleito municipal, onde as questões locais prevalecem. Por isso que não acreditamos, por exemplo, que o prefeito vá interferir na posição de um ou outro vereador que não o acompanhar, pelo menos na questão majoritária, até porque uma ‘chave roda’ por conta da eleição estadual pode vir a se colocar contra a sua base de apoio”, explicou um vereador da base aliada em conversa com a GAZETA DO OESTE.

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) que possui a maior bancada no Palácio Rodolfo Fernandes é uma prova da divisão provocada com o pleito de outubro. Formado pelos vereadores Alex Moacir, Claudionor dos Santos e Izabel Montenegro, a bancada peemedebista vai estar em palanques diferentes. Izabel e Alex acompanharão a candidatura do presidente regional da legenda, deputado federal Henrique Eduardo Alves para o Governo do Estado. Já o vereador Claudionor dos Santos manifestou apoio à postulação do vice-governador do Estado, Robinson Faria para a chefia do Poder Executivo estadual.

O DEM, que também possui uma das mais bancadas mais expressivas do parlamento mossoroense, está definido em favor do nome de Robinson Faria. No domingo passado, o líder da legenda na Câmara Municipal, vereador Manoel Bezerra disse à GAZETA DO OESTE que a tendência do Democratas de Mossoró é referendar a candidatura do vice-governador. A posição de Bezerra deve ser acompanha pelo vereador Flávio Tácito, o Flavinho que junto com Bezerra integram a bancada do DEM na Câmara.

O Partido da Reconstrução da Ordem Social (PROS) que, no plano estadual referenda a postulação do deputado Henrique Eduardo Alves para o Governo do Estado, em nível de Mossoró está dividido. Enquanto o vereador Genivan Vale acompanha a candidatura de Henrique Eduardo Alves, o outro representante do Pros na Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Heró Alves vai subir no palanque de Robinson Faria.

Outro exemplo da mudança pontual de cenário no Palácio Rodolfo Fernandes é o Solidariedade (SDD). O único vereador da legenda, Soldado Jadson, embora não tenha se posicionado oficialmente, a tendência é que ele acompanhe o prefeito Francisco José Júnior e participe da campanha de Robinson Faria em Mossoró. No plano estadual, o Solidariedade é mais uma legenda inserida no arco de alianças do deputado Henrique Alves.

O Partido Verde (PV) que, juntamente com o PMDB, possui a maior bancada do parlamento esta dividida. Os vereadores Alex do Frango e Celson Lanche devem subir no palanque do vice-governador Robinson Faria. O presidente da Câmara Municipal, vereador Francisco Carlos manifestou recentemente a sua simpatia pela candidatura por Robinson Faria, no entanto, deve acompanhar a posição que será anunciada pela ex-prefeita Fafá Rosado em relação ao processo sucessório estadual.

O Partido Trabalhista Nacional que está incluindo na coligação liderada pelo PMDB no apoio a Henrique Eduardo Alves não vai contar com os parlamentares da legenda em seu palanque. Os edis Nacízio Silva e Genilson Alves estão alinhados com o chefe do Poder Executivo mossoroense e subirão no palanque do vice-governador Robinson Faria.

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) que está alinhado com o deputado Henrique Eduardo Alves no Rio Grande do Norte, em Mossoró deve adotar posição divergente ao comando estadual, na medida em que o único vereador da legenda, Tassyo Mardony vai subir no palanque de Robinson Faria. O Partido Trabalhista Brasileiro que faz parte da base de apoio do prefeito Francisco José Júnior vai assumir posição contrária ao chefe do Executivo mossoroense. Os vereadores Ricardo de Dodoca e Lucélio Guilherme já estão fechados com o deputado Henrique Alves.

 

Fonte: www.gazetadooeste.coml.br

Rosalba se curva a Robinson Faria de olho na cadeira do prefeito Silveira Jr

Carlos e Rosalba adotam tática do “Tamanduá” para apoiar PSD agorar e “matar” partido nas eleições/2016

Por: Gutemberg Moura

Desprezada no DEM, reprovada pela opinião pública, encrencada na Justiça Eleitoral (hoje ela está inelegível) e sem perspectiva política em curto prazo, a governadora Rosalba Ciarlini encontrou um saída para “sobreviver” politicamente: curvar-se a Robinson Faria e apoiar a candidatura do vice-governador ao Governo do Estado nas eleições estaduais deste ano.

Mas afinal de contas, se Rosalba está mergulhada no descrédito político e popular, por que ela resolveu pular de paraquedas na campanha do então desafeto Robinson Faria? Fazendo uso de uma expressão à lá Sherlock Holmes, “É elementar, meu caro Waltson!”. O rosalbismo está de olho na retomada da hegemonia na sua principal base política, Mossoró.

Na prática, a governadora e seu staff político (leia-se o ex-deputado Carlos Augusto Rosado) prepara uma arapuca para o PSD, especialmente para o prefeito Francisco José Jr. De que forma? De várias maneiras. A começar pela “paternidade” de uma eventual vitória de Robinson em Mossoró, na batalha do pessedista ao Governo do Estado.

Dificilmente, a governadora deixaria de reivindicar, pra si, a vitória de Robinson. E, com certeza cobraria muito caro por isso. A vitória de Robinson em Mossoró, com o apoio de Rosalba, poderia, inclusive, comprometer o projeto político do PSD, em curto prazo. É que, pela “fome” de poder do rosalbismo, o grupo quer mesmo é a cadeira de prefeito, em 2016.

A candidatura de Rosalba à Prefeitura de Mossoró, nas próximas eleições municipais, é dada como “inegociável” pela cúpula rosalbista. A ideia do grupo é que a governadora aproveite a campanha de 2014 para voltar a ter um palanque na principal base política, perdida em 2013 com a cassação do mandato da ex-prefeita Cláudia Regina, do DEM.

“Abraço de Tamanduá” – O que a “Rosa” prepara para o PSD é um autêntico “abraço de tamanduá”, Primeiro afaga, depois mata (pelas costas), entrando na briga direta pela Prefeitura nas próximas eleições municipais. Um risco desnecessário para o prefeito Francisco José, que vem realizando uma administração elogiada pela crítica e aprovada pelos mossoroenses.

Pelo projeto traçado pelo ex-deputado Carlos Augusto, mentor político de Rosalba, o prefeito Francisco José Júnior iria apenas “guardar a cadeira” para Rosalba, em 2016.

Fonte: www.gutembergmoura.com.br

 

Venda de milho verde na periferia

Vendedor trabalha no prolongamento da avenida Rio Branco

Por um preço de aproximadamente 40% mais barato que na Cobal vendedores de milho verde estão indo para a periferia comercializar o produto.

E grande número de clientes tem adquirido o produto como constatou o blog, no prolongamento da avenida Rio Branco próximo da Estrada da Raiz.

Kelps Lima diz que prefeito de Mosoró não irá interferir em voto e trabalho do Soldado Jadson

Francisco José Júnior teria declarado ao deputado que não fará interferência em campanha do vereador do Solidariedade que é seu líder na Câmara Municipal 

Kelps Lima

Kelps Lima do Solidariedade não abre mão de apoio do Soldado Jadson em Mossoró – Foto: Arquivo

 

O deputado estadual Kelps Lima que é o presidente do Solidariedade no Estado, explica que em sua reunião com o prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior, PSD, nesta segunda-feira, 23, teria ficado acertado que o vereador Soldado Jadson irá apoiar seu projeto de reeleição.

De acordo com Kelps Lima o prefeito Francisco José Júnior assegurou que não fará interferência no voto e na campanha do Solgado Jadson.

O Soldado Jadson é o líder do prefeito na Câmara Municipal.

Porém, Kelps afirma que não teria como liberar o presidente do Solidariedade em Mossoró para votar em um candidato a deputado estadual do prefeito.

Ainda conforme o parlamentar, não está descartada a possibilidade do Soldado Jadson vir a disputar uma vaga de deputado federal.

O deputado Kelps Lima é candidato na coligação que apoia o pré-candidato a governador do PMDB, Henrique Eduardo Alves.

Videocast Antenado: Jerônimo Rosado

Secretário de Tributação de Mossoró fala sobre o projeto de georreferenciamento que a Prefeitura Municipal prepara para executar 

Por: Carlos Skarlack

Veja a entrevista no vídeo:

Muitos que tratavam Robinson Faria como forasteiro vão ter que engolir o vice-governador

Que o exemplo sirva de lição para alguns arautos do radicalismo xiita

Quando o vice-governador do Estado, Robinson Faria (PSD) rompeu com a governadora Rosalba Ciarlini, logo no início da atual gestão, recordo de uma ocorrência. Que não foi policial.

Depois de entrevistas com Robinson Faria no extinto jornal Correio da Tarde, na Rádio Difusora AM e neste blog, fui questionado por um amigo:

– Você tem muita coragem de abrir espaço para um forasteiro, pare com isso. Vai ouvir quem tem poder.

Forasteiro era um dos termos que muitos, inclusive na imprensa, utilizavam para tratar o vice-governador.

Mas, naquele período, aqui neste espaço se entendia que o fato de não ter estrutura no Governo, não tirava do vice-governador o direito de se pronunciar.De ser ouvido.

Hoje, os mesmos que destratavam o vice-governador já são Robinson desde criancinha.

E Robinson Faria poderia até parafrasear Zagalo e exclamar: “Vocês vão ter que me engolir”.

Isto posto, que fique o exemplo aos arautos do radicalismo e que estão propagando e estimulando brigas, discórdia, rachas.

Assim, se pode evitar que tenham que, em breve, aplaudir quem hoje estão elegendo para tentar apedrejar.

Afinal, outubro é bem ali e logo vai passar…

Ora pois, pois…

O Seu Portuga o amigo do Velho Apache Antenado também quer saber

Betinho-no-Santo-Antonio

Deputado Betinho Rosado durante uma caminhada de Rosalba e Cláudia Regina na campanha suplementar

A tão propalada estrutura que a governadora do Estado Rosalba Ciarlini está prometendo – ou seria ameaçando? – colocar na mão do vice-governador Robinson Faria, em Mossoró, seria a mesma que coordenou e comandou durante a campanha suplentar de Cláudia Regina, uma caminhada solitária da fina flor do rosalbismo pelas ruas do Santo Antônio?

Só a título de lembrança, na única caminhada que tentou realizar com Cláudia Regina no antigo canteiro da Rosa, o bairro Santo Antônio, a governadora Rosalba Ciarlini e seus aliados andaram sozinhos por algumas ruas.

A tentativa de caminhada que muita gente tenta dizer que não aconteceu em virtude do fexame, ocorreu, sim, no dia 12 de abril.

 

O Velho Apache Antenado pergunta aos universitários

Os servidores da Prefeitura que estavam comemorando hoje a volta de Rosalba esperam que o prefeito fique apenas guardando a cadeira?

Saudades da Rosa!

A governadora do Estado Rosalba Ciarlini está inelegível, tem uma reprovação beirando os 80%, comanda um caos administrativo nunca dantes visto nas terras potiguares, chutou todos ex-aliados e hoje não tem o apoio de seu partido, que preferiu barrar seu sonho de reeleição.

Todavia, basta um aceno com a possibilidade de retorno da Rosa ao posto de prefeita de Mossoró, para uma turma de rosalbistas acomodados no Palácio da Resistência e nas secretarias muncipais explodir em comemoração efusiva e incontida.

Dizem que diante da revelação de que Carlos Augusto Rosado quer apoiar Robinson Faria em troca do apoio do PSD ao nome de Rosalba para a Prefeitura de Mossoró em 2016, a festança foi grande em alguns gabinentes municipais enquanto se aguardava o jogo do Brasil nesta segunda-feira, 23.

Depois de sondar o terreno, claro, que moderno como é, através do WattSapp – já não se faz mais índio com antigamente – o Velho Apache Antenado pede socorro aos universitários e pergunta:

– E essa turma espera que o prefeito Francisco José Júnior vá passar dois anos e seis meses apenas guardando a cadeira para a Rosa?

 

Rosalba e sua trupe ameaçam voltar a usar a estrutura do Estado

Depois de Cláudia Regina o vice-governador Robinson Faria pode ser a próxima vítima

Pelo uso abusivo da estrutura do Governo do Estado como utilização de um avião oficial por dezenas de vezes para deslocamentos de Natal para Mossoró durante a campanha eleitoral de 2012, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) jogou pelos ares não apenas o mandato da ex-prefeita cassada, afastada e inelegível Cláudia Regina (DEM).

A própria Rosalba foi cassada – governa por força de uma liminar – e, igualmente, está inelegível.

Todavia, porém, entretanto, no entanto, parece que a governadora e sua trupe não aprenderam a lição.

É o que se pode deduzir diante do que muitos rosalbistas andam propagando e, em alguns casos, até em tom de solene ameaça, quando anunciam que Rosalba vai colocar a estrutura do Estado ao dispor do vice-governador Robinson Faria (PSD).

Uê? Isso é permitido?

Juizo meninas…

Francisco Carlos anuncia que Câmara Municipal avalia implantação de reuniões das comissões

Comissões passarão a avaliar projetos em reuniões transmitidas pela TV Mossoró

Francisco Carlos

Presidente da Câmara Francisco Carlos anuncia aumento de produção legislativa com reuniões das comissões – Foto: iPad Skarlack

O presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Francisco Carlos (PV) anuncia que a produção do Poder Legislativo deverá ser ampliada.

Está em estudo na Casa a proposta de criação de uma sessão semanal para reunião das comissões.

De acordo com Francisco Carlos a ideia é que a cada quinta-feira uma comissão da Câmara Municipal faça debate, avaliação e encaminhamento de matérias que estejam em tramitação.

Dessa forma projetos que tenham relevância deixarão de irem a plenário sem a devida avaliação por parte dos vereadores a partir das comissões legislativas.

Além disso, a proposta define que essas reuniões sejam transmitidas pela TV Mossoró que tem contrato para veiculação das sessões legislativas.

– Pela experiência que tem e pelo que tem de conhecimento através de sua mãe, a deputada federal, Sandra Rosado e da irmã a deputada estadual, Larissa Rosado, conversamos com o vereador Lairinho Rosado (PSB) que poderá nos ajudar nessa proposta -, disse Francisco Carlos.

Confira mais detalhes no Portal Difusora.