RN DÁ INÍCIO À 3ª FASE DA RETOMADA DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS

PORTARIA PUBLICADA PELO GOVERNO ESTABELECE NORMAS PARA FUNCIONAMENTO DE ACADEMIAS E SHOPPINGS

RN dá início a terceira fase da retomada das atividades econômicas — Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

O Estado dá início nesta quarta-feira à 3ª e última fase da retomada das atividades econômicas. Estão autorizados a funcionar em todo o Rio Grande do Norte bares e restaurantes com mais de 300 metros quadrados, shoppings e academias que funcionam com ar condicionado.

Em Natal esses estabelecimentos já estavam autorizados a funcionar por força de decretos municipais.

A terceira fase da retomada da economia no estado estava prevista para começar no dia 29 de julho, mas foi adiada pelo governo após recomendação do Comitê Científico que assessora o estado nas tomadas de decisão sobre a pandemia do novo coronavírus.

A retomada das atividades econômicas no Rio Grande do Norte teve início em 1º de julho.

Nesta terca-feira (4), o RN chegou a 52.566 casos confirmados de Covid-19 e 1.926 mortes pela doença. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) era de 62,3% na rede pública e de 37% na rede privada na terça.

Nesta terca-feira (4), o RN chegou a 52.566 casos confirmados de Covid-19 e 1.926 mortes pela doença. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) era de 62,3% na rede pública e de 37% na rede privada na terça.

Rádio mossoroense está de luto com o falecimento de Ruy Maurício

Radialista faleceu em sua residência em Mossoró

POR CÉSAR SANTOS

O rádio mossoroense está de luto pelo falecimento de Ruy Maurício, ocorrido nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (5). O radialista faleceu em casa, no bairro Alto da Conceição, zona sul de Mossoró.

Ruy Maurício era cardiopata e hipertenso. Nos últimos dias estava debilitado, segundo colegas radialistas. Ele tinha 63 anos.

Francisco Mauricio da Cunha nasceu no município de Angicos/RN, em 18 de janeiro de 1957; filho de Manoel Mauricio Filho e Luiza Mauricio da Costa.

Era casada com Marlene Dantas Fernandes.

Ruy Maurício deu os primeiros passos como comunicador em meados da década de 70, trabalhando como locutor de portas de loja e carros de som. Em 1974, recebeu a primeira oportunidade no rádio, fazendo teste para ser noticiarista na Rádio Poti, de Natal.

Depois seguiu carreira passando pela Rádio Correios, João Pessoa-PB; Rádio Borborema, Campina Grande-PB; Rádio Progresso, Souza-PB; Rádios Difusora e Alto Piranhas, Cajazeiras-PB; Rádio A Voz do Sertão, Serra Talhada; Rádio Libertadora, Caruaru-PE; Rádio Capibaribe, Recife-PE; Rádio Vale do Cariri, Juazeiro do Norte-CE; Rádio Cultura, Várzea Alegre; Rádio Subaé, Feira de Santana-BA; Rádio Princesa do Vale, de  Assu-RN.

O primeiro trabalho em Mossoró foi na Rádio Libertadora, em 1987. Em seguida foi contratado pela Rádio Rural e depois pela Rádio Difusora. Também foi diretor de programa da rádio FM Costa Branca (104,3) de Areia Branca.

Ruy apresentava o programa “Nelson Canta pra Você”, todos os domingos na Rádio Difusora de Mossoró.

Ruy Maurício também foi presidente do Sindicato dos Radialistas de Mossoró e região.

 

 

LUTO: MORRE O RADIALISTA RUY MAURÍCIO

ATUALMENTE NA RÁDIO DIFUSORA E RÁDIO COSTA BRANCA

A radiodifusão de Mossoró está de luto.

Faleceu o radialista Ruy Maurício, da Rádio Difusora AM e Rádio Costa Branca FM.

Detalhes, em instantes,

Sistema Fiern confirma desligamento de 80 colaboradores por causa da pandemia

Demissões atingem trabalhadores da Fiern, Sesi, Senai e IEL

POR G1/RNSistema Fiern confirma que desligamentos incluem colaboradores da Fiern, Sesi, Senai e IEL — Foto: Divulgação

O Sistema Fiern divulgou nesta terça-feira (4) que 80 colaboradores foram desligados devido à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. As demissões atingiram trabalhadores da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (Fiern), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL).

O número representa o corte de 13,86% dos colaboradores do Sistema Fiern.

Em nota, o Sistema Fiern lembrou que, no início da pandemia, “publicou a decisão de não desligar, mesmo com a queda de receitas, colaboradores até o mês de julho de 2020”. Ressaltou que “o próprio Sistema ‘S’ no Brasil precisou formalizar desligamentos, suspender serviços e reposicionar metas” e que “agora, infelizmente, também chegou a nossa vez”.

Para tomar tal atitude, o Sistema Fiern considerou ainda “a queda geral de receitas em, aproximadamente, 40% (média comparativa feita em relação ao mesmo período do ano anterior), além de outras medidas de corte e contenção de despesas”.

Explica também que, entre os demitidos, “muitos aderiram ao plano de desligamento voluntário ou dispõem de algum outro vínculo que gera comprovada renda”.

Nota na íntegra:

Com o efetivo início da pandemia do Covid-19, o Sistema FIERN adotou e publicou a decisão de não desligar, mesmo com a queda de receitas, colaboradores até o mês de julho de 2020. A frustração de receita, inclusive, foi maior que a simulação feita em março, quando tudo começou. Por razões que todos conhecem a pandemia afetou empresas e organizações. O próprio Sistema “S” no Brasil precisou formalizar desligamentos, suspender serviços e reposicionar metas. Agora, infelizmente, também chegou a nossa vez.

Alinhado com as diretrizes do Sistema Indústria (CNI/SESI/SENAI/IEL) quanto à nova orientação de atuação do SESI, SENAI e IEL, considerando a queda geral de receitas em, aproximadamente, 40% (média comparativa feita em relação ao mesmo período do ano anterior), além de outras medidas de corte e contenção de despesas, o Sistema FIERN lamenta informar que, nesta data, está formalizando o desligamento de 80 colaboradores, muitos dos quais que aderiram ao plano de desligamento voluntário ou que dispõem de algum outro vínculo que gera comprovada renda.

O Sistema FIERN agradece a todos os colaboradores desligados, ao mesmo tempo em que renova todos seus compromissos de atuação institucional em defesa da indústria e do desenvolvimento econômico.

Natal, 04 de agosto de 2020

FIERN

SESI

SENAI

IEL

 

CÂMARA MUNICIPAL DE MOSSORÓ DESMENTE INFORMAÇÃO SOBRE REAJUSTE SALARIAL DE VEREADORES

NOTA OFICIAL ESCLARECE QUE NÃO HOUVE REAJUSTE DE 32% NO SALÁRIO DOS VEREADORES

A Câmara Municipal de Mossoró desmente a informação de que o Poder Legislativo de Mossoró, teria concedido um reajuste de 32% no salário dos vereadores.

Em nota oficial, a presidência explica:

NOTA OFICIAL

 

A Câmara Municipal de Mossoró esclarece ser falsa notícia sobre reajuste de 32% no salário dos vereadores, divulgada em redes sociais, nesta terça-feira (4). Trata-se de matéria de quatro anos atrás, publicada no portal G1 RN em 2016, disseminada como atual para enganar o público.

O vídeo indicado no link, aliás, sequer está disponível. Em nome da verdade, o Poder Legislativo recomenda não compartilhamento do material. Lamenta o episódio e repudia a divulgação de conteúdo intencionalmente enganoso, para semear a desinformação na Internet.

 

Câmara Municipal de Mossoró

Palácio Rodolfo Fernandes

Terça-feira, 4 de agosto de 2020

RN REGISTRA 52.566 CASOS CONFIRMADOS DA COVID-19

NÚMERO DE MORTOS É 1.926

RN registra 52.566 casos confirmados de Covid-19 — Foto: Aen/Divulgação

O Rio Grande do Norte chegou nesta terça-feira (4) a 52.566 casos confirmados de Covid-19 e registrou 1.926 mortes pela doença. São 32 óbitos a mais em relação ao boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública do dia anterior.

Há ainda 63.235 casos suspeitos e outros 82.615 descartados. O número de pacientes recuperados segue em 27.923. Outros 208 óbitos estão sob investigação.

O novo boletim da Sesap aponta que o RN tem 397 pessoas internados por causa da Covid-19, sendo 264 na rede pública e 133 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 62,3% na rede pública e de 37% na rede privada.

A Sesap também divulgou que 145.440 testes de coronavírus foram realizados no estado desde o início da pandemia, sendo 65.563 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 79.877 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 52.566 casos confirmados
  • 1.926 mortes
  • 27.923 confirmados recuperados
  • 63.235 casos suspeitos
  • 82.615 casos descartados

Câmara aprova uso de madeira de poda de árvores

Projeto cria programa de aproveitamento de resíduos

No retorno das sessões presenciais, hoje (4), após dois meses de reuniões remotas, a Câmara Municipal de Mossoró aprovou a instituição do Programa de Aproveitamento de Madeiras de Podas de Árvores (Pampa). A medida é contida no Projeto de Lei 59/2018, de autoria do vereador João Gentil (Rede), aprovado por unanimidade no plenário.

O programa, segundo o parlamentar, prevê aproveitamento de madeiras na confecção de cabos de ferramentas e utensílios em geral, inclusive domésticos. Também utilização de folhas e galhos finos para criação de adubos e reaproveitamento em praças e jardins da cidade.

Sustentabilidade

“O objetivo é gerar benefícios econômicos e ambientais, reduzir o desmatamento e aumentar a vida útil dos aterros sanitários”, diz o vereador. Ainda conforme a proposta, o Poder Executivo deverá designar, após estudos, áreas com dimensões adequadas para a implementação do Pampa.

Também poderá celebrar convênios com universidades, escolas, Organizações Não-Governamentais (ONGs), entidades relacionadas ao meio ambiente e iniciativa privada, com a finalidade de desenvolver pesquisas para o aprimoramento técnico e científico do programa.

O projeto prevê que a iniciativa será regulamentada pelo Executivo, no que couber, em sessenta dias, a contar da publicação. “É um projeto sustentável para Mossoró: conterá o super abastecimento do aterro sanitário e reverterá os resíduos das podas para algo produtivo”, observa João Gentil.

Covid-19: Brasil registra 1.154 mortes em 24 horas, diz Saúde

País se aproxima de 100 mil mortes

O Brasil registrou 1.154 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o Ministério da Saúde. Com isso, subiu para 95.819 o número de vítimas fatais da doença no país.

De ontem para hoje, segundo a pasta, foram 51.603 diagnósticos positivos, o que elevou para 2.801.921 o total de casos confirmados.

Na segunda (3), foram registrados 561 mortes e 16.641 novos casos.

Explosão em Beirute deixa pelo menos 73 mortos e 2,7 mil feridos

A explosão aconteceu em um depósito de nitrato de ozônio

Uma explosão na região portuária de Beirute deixou ao menos 73 mortos e cerca de 2,7 mil feridos nesta terça-feira (4), segundo a contagem oficial do governo do Líbano. A suspeita é que o fogo tenha atingido um armazém que guardava grandes quantidades de nitrato de amônio.

O presidente do país, Michel Aoun, disse que a capital deve declarar estado de emergência para as próximas duas semanas e defendeu ser “inaceitável” que 2.750 toneladas de nitrato de amônio fossem armazenadas por seis anos em um depósito sem a segurança necessária.

O primeiro-ministro libanês, Hassan Diab, disse em um pronunciamento que o país enfrenta uma catástrofe e declarou luto oficial de três dias. Ele disse também que o governo irá investigar os responsáveis pelo armazém que funcionava no porto da capital desde 2014.

Apesar de o país já ter sido alvo de terroristas e viver período de instabilidade política, não há evidência de que se trate de um atentado terrorista.

Mapa identifica a região portuária de Beirute, onde aconteceu uma grande explosão nesta terça-feira (4) — Foto: G1

Operação prende 11 pessoas e 1 suspeito morre em confronto com a polícia no Oeste potiguar

Prisões de suspeitos de traficantes de drogas aconteceram em Patu

POR G1

Uma operação conjunta da Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia penal prendeu 11 pessoas em Patu, no Alto Oeste, na manhã desta terça-feira (4). Os presos são suspeitos de tráfico de drogas. Foram apreendidas armas, munições e drogas. Um suspeito morreu em confronto com a polícia.

A operação chamada de ‘Colheita’ tinha como objetivo cumprir 13 mandados de prisão na cidade. Um dos alvos conseguiu fugir. No momento das abordagens um dos suspeitos reagiu e morreu em confronto com a polícia.

A ação teve o apoio do sistema prisional para transferência imediata dos presos.

Mais informações em instantes.