ROSALBA REALIZA PRIMEIRA REUNIÃO COM MILITÂNCIA NO SÍTIO CANTO

PREFEITA E CANDIDATA À REELEIÇÃO FALA DE TRABALHA PARA RECONSTRUIR A CIDADE

A reunião da militância no Sítio Cantópolis, tradicional ponto de encontro dos apoiadores da Força do Povo, aconteceu pela primeira vez na campanha 2020 nesta segunda-feira (12). A candidata à reeleição Rosalba Ciarlini e o vice Jorge do Rosário foram recebidos com entusiasmo pelos militantes que aguardavam no local.

A candidata Rosalba iniciou o discurso fazendo referência a tradição de encontrar os amigos neste lugar. “Meus irmãos, para mim, a campanha começa de fato quando encontro vocês aqui no Sítio Canto, esse entusiasmo me motiva, essa energia dos que querem o melhor para Mossoró e não aceitam mais que a cidade volte atrás”, disse.

Ainda se dirigindo a militância Rosalba explicou que essa é uma campanha diferente, com menos tempo. “Preciso que vocês falem por mim, você que me conhece e sabe do meu esforço para fazer essa cidade entrar no rumo certo de novo, você que sabe a situação que encontrei a prefeitura, os salários atrasados, onze meses dos terceirizados e três meses dos servidores efetivos, dívidas com os fornecedores, obra paradas; você que sabe o quanto batalhei para arrumar a casa; e o que não foi feito não foi por falta vontade, pois continuamos lutando para vencer as adversidades. Estão nos atacando, distorcendo fatos, querem a todo custo me derrubar. E eu sei que posso contar com todos que estão aqui para me defender, mostrar nossas propostas, compartilhar na internet”, disse a candidata.

A servidora pública Jorgyana Ramona, que acompanhava o discurso, concordou. “Nós servidores sabemos a situação que estava a prefeitura de Mossoró, Rosalba é uma mulher que se dedica a cidade, que honra sua palavra”.

Jorge do Rosário também reforçou as peculiaridades da atual campanha. E reforçou o papel do grupo conquistar os votos. “Vamos nos manter mobilizados, não podemos descansar, e basta dizer a verdade, venceremos com a verdade. Quem tem respeito e responsabilidade por Mossoró não pode votar diferente no dia 15 de novembro, especialmente num momento delicado como o que vivemos. Rosalba tem experiência, competência, é uma líder incansável e junto com sua equipe tem condição de fazer mais pela nossa cidade. E eu estou aqui para somar, para reforçar esse trabalho em prol do desenvolvimento de Mossoró”.

A assistente social Maria Helena Freire que estava na reunião confirmou: “ela é uma boa administradora, pela sua determinação, vontade de fazer pelo povo, o que está comprovado há muito tempo”.

Os vereadores da coligação Força do Povo participaram.

Durante a reunião também foi anunciada a presença da candidata a uma vaga na Câmara Municipal, Ângela Schneider, presidente do PRTB local e coordenadora da Aliança pelo Brasil em Mossoró. “Vim fazer uma visita, conhecer o grupo, estou encantada com a participação popular”, disse.

A autofagia de Marco Aurélio

Ministro é alvo de críticas em diversos níveis

Marco Aurélio Mello acusou Luiz Fux de promover uma “autofagia” no Supremo por ter derrubado sua decisão de soltar André do Rap. Mas, há menos de um mês, o ministro também atropelou Celso de Mello no inquérito sobre Jair Bolsonaro.

Relator da investigação, Celso de Mello havia determinado o depoimento presencial do presidente. Mas quando assumiu o caso, durante a licença médica do decano, Marco Aurélio suspendeu não só o depoimento, como também toda a investigação.

No despacho, assinado no dia 17 de setembro, foi além: submeteu a questão ao plenário do STF. Uma semana depois, antecipou seu voto, a favor do depoimento por escrito do presidente, ainda antes do início do julgamento, que seria feito de forma virtual.

Quando reassumiu o caso, no fim de setembro, Celso de Mello repreendeu a postura do colega.

“O substituto regimental não tem (nem pode ter) mais poderes, na condução do feito, do que aqueles incluídos na esfera de competência do Relator natural”, escreveu Celso.

 

ROSALBA CIARLINI E JORGE DO ROSÁRIO TÊM CANDIDATURAS DEFERIDAS PELA JUSTIÇA ELEITORAL

PARA JUIZ ELEITORAL VAGNOS KELLY , FORAM ATENDIDAS AS CONDIÇÕES DE ELEGIBILIDADE

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé e área interna

A candidata Rosalba Ciarlini e o vice Jorge do Rosário tiveram os pedidos para registros de candidaturas deferidos. A decisão foi publicada nesta segunda, 12.

De acordo com a sentença do juiz eleitoral Vagnos Kelly, foram atendidas as condições de elegibilidade, além da constatação de regularidade da documentação necessária, impondo-se, assim, o deferimento do pedido de registro. “Não há irregularidades formais nem foi identificada a ausência de condições de elegibilidade previstas constitucionalmente”, informa.

Com a decisão, fica deferido o pedido de registro da chapa apresentada pela coligação Força do Povo para os cargos de prefeito e vice-prefeito nas eleições municipais de 2020.

Flordelis mostra tornozeleira eletrônica durante culto no RJ

Deputada federal colocou dispositivo no dia 8 de outubro

Flordelis exibe tornozeleira durante culto — Foto: Reprodução

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) fez um culto no sábado (10) em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, e exibiu a tornozeleira eletrônica que foi obrigada a colocar, por determinação da Justiça.

Em um vídeo publicado em uma rede social, Flordelis cantou o hino “O sonho não morreu”.

Ao entoar o verso “É só uma túnica rasgada, isso não comprova nada / A fera não matou José, isso é história inventada“, mostrou o aparelho.

A tornozeleira foi instalada na quinta-feira (8) na sede Secretaria de Administração Penitenciária (Seap-RJ) em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio.

RN passa dos 73 mil infectados pela Covid-19 e chega a 2.420 óbitos

Estado contabiliza 2.420 óbitos

O Rio Grande do Norte contabilizava até o início da tarde desta segunda-feira, 12, o total de 73.071 casos confirmados do novo coronavírus e 2.420 mortes provocadas pela Covid-19 desde o início da pandemia. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública.

Segundo a pasta, o estado registrou três novos óbitos em decorrência da doença no território potiguar, sendo apenas um deles nas últimas 24 horas anterior ao anúncio dos dados no início desta tarde.

O número de casos suspeitos está em 42.019 e os descartados em 157.353. O Rio Grande do Norte tem 370 mortes em investigação que podem ter como causa a Covid-19.

Dados – 12 de outubro de 2020

Epidemiológicos – Parciais

Casos:

Confirmados: 73.071

Suspeitos: 42.019

Descartados: 157.353

Óbitos:

Confirmados: 2420, 3 novos registrados, sendo 01 óbito em 24 horas

Em investigação: 370

Médico veterinário morre com Covid-19 no Alto Oeste potiguar

Tarciso Marcelino de Oliveira, de 56 anos, era servidor público e trabalhava no Idiarn

Médico veterinário do Idiarn, Tarciso Marcelino, de 56 anos, morreu vítima da covid-19 neste domingo, 11 — Foto: Cedida

O médico veterinário, Tarciso Marcelino de Oliveira, de 56 anos, morreu neste domingo (11), vítima da Covid- 19 no município de Pau dos Ferros, na região do Alto Oeste. Ele trabalhava no Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte (Idiarn) desde 2006.

Tarciso teve os primeiros sintomas no dia 3 outubro, logo após retornar do sepultamento da irmã em Juazeiro do Norte, no Ceará que aconteceu no dia 30 de setembro. Ele se internou no Hospital Regional Dr. Cleodon Carlos de Andrade em Pau dos Ferros, chegou a ser entubado, mas não resistiu e morreu no domingo.

O último trabalho dele pelo Idiarn foi entre os dias 15, 16 e 17 de setembro, quando ele viajou para os municípios de Mossoró, Tibau e Grossos para fazer atendimento de alguns cavalos que estavam acometidos por Anemia Infecciosa Equina (AIE) e precisavam ser sacrificados.

“Ele tem mais de 30 anos de serviços prestados a região do Alto Oeste. Tinha tempo suficiente pra se aposentar, no entanto não se aposentava porque gostava da atividade. Ele disse que enquanto pudesse trabalhar, ia trabalhar” informou Jairo Pires, chefe da Unidade do Idiarn em Pau dos Ferros.

Tarciso era conhecido como Tarciso “Buriti”, era natural de Mauriti no Ceará, já tinha morado em Tenente Ananias e atualmente residia em Pau dos Ferros. “Ele era um grande profissional de campo. É uma perda em todos os sentidos, porque era muito querido” declarou Fabiana Lo Tierzo, fiscal do Idiarn e colega de trabalho.

Candidato à Prefeitura de Mossoró Alyson Bezerra tem crescimento patrimonial superior a 600% em apenas 2 anos

Deputado saiu de R$ 34 mil em 2018 para mais de R$ 600 mil em 2020

Deputado Estadual Allyson Bezerra - Página Inicial

 

O candidato Allyson Bezerra teve um acréscimo patrimonial superior a 600% entre a campanha de 2018 e a deste ano. Na declaração de bens que apresentou à Justiça Eleitoral. Para sair candidato, um dos requisitos é apresentar à Justiça Eleitoral a declaração estimativa de seu patrimônio, aplicação financeira e recursos que dispõe em contas corrente e poupança.
É praxe e uma exigência da qual nenhum postulante a cargo eletivo pode deixar de cumprir. Em Mossoró, um dos primeiros candidatos a apresentar a declaração patrimonial foi o deputado estadual Alysson Bezerra (Solidariedade). E, segundo o que consta da informação, tornada pública pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), ele teve um crescimento para lá de expresso em apenas um ano e 12 meses de mandato.
Para se ter ideia do avanço patrimonial do deputado, em termos percentuais, são quase 600%. Em números reais, o deputado saiu de R$ 34.100,16 em 2018, ano em que foi eleito deputado estadual, para R$ 679.086,36. Um verdadeiro milagre matemático. Subtraindo o que ele já dispunha, ele conseguiu um aumento substancial de, exatamente, 644.986,20. O que é um feito e tanto.
Analisando o salário de parlamentar, Allyson Bezerra tem o salário bruto de R$ 25.322,25, conforme consta no Portal da Transparência da Assembleia Legislativa. O desconto salarial é de R$ 6.611,24, que, tirados do salário bruto, direcionam para a quantia de R$ 18.711,01 em salário líquido.
Uma das possibilidades pensadas para a multiplicação patrimonial é a que se segue: o deputado pode ter economizado o salário líquido destes 19 meses. Mas a conta não bate. É que 18.711,01 multiplicados pela quantidade do tempo em que ele está na Assembleia Legislativa, chega-se ao total de R$ 355.509,19. Muito diferente dos R$ 679.086,36 declarados por ele à Justiça Eleitoral.
Não se diz aqui que o deputado teria cometido algum ato ilícito. Mas é curioso que em 2018 ele tenha declarado patrimônio de pouco mais de 30 mil à Justiça Eleitoral e dois anos depois apresentar uma desenvoltura patrimonial fora do padrão.

Queimadas no Amazonas batem recorde

Em 2002 recorde anterior já foi batido

O número de queimadas no estado do Amazonas em 2020 superou o recorde anterior, de 2005, e passou a ser o maior da história. A notícia é do G1.

Dados do Inpe mostram que até este domingo (11) o Amazonas registrava 15.700 focos ativos, enquanto o acumulado de 2005 inteiro foi de 15.644 casos.

Agosto também registrou o maior número de queimadas em um único mês nos últimos 22 anos.

Coronavírus pode sobreviver por até 28 dias em celular e dinheiro, diz estudo

Pesquisadores anunciam resultado de pesquisa

Quanto tempo o SARS-CoV-2 dura em superfícies diferentes? — Foto: CSIRO

O vírus responsável pela Covid-19 pode sobreviver em notas de dinheiro, telas de celulares e aço inoxidável por até 28 dias, segundo um estudo divulgado pela agência científica nacional da Austrália (CSIRO).

A descoberta sugere que o SARS-CoV-2 pode permanecer em superfícies por muito mais tempo do que se pensava. O estudo foi publicado na revista científica “Virology Journal”.

Os pesquisadores descobriram que, a 20 graus Celsius (aproximadamente a temperatura ambiente), o vírus SARS-CoV-2 permanece infeccioso por 28 dias em superfícies lisas, como vidro de telas de celulares e cartões plásticos.

Comunidades rurais da Maísa recebem a visita de Rosalba e Jorge neste domingo (11)

Vereadores e candidatos participam de visita

A candidata à reeleição Rosalba Ciarlini e o vice Jorge do Rosário visitaram oito comunidades rurais da Maísa neste domingo (11). A primeira parada da caravana foi no Poço 10.

Depois seguiu na comunidade Apama. Lá Rosalba e Jorge conversaram com os moradores. A presidente da Associação, Solange Silva, deu um depoimento sobre ações que foram feitas na comunidade. “Aqui recebemos a iluminação de led, do campinho de futebol, e agradecemos, queremos ainda junto a prefeitura implantar um projeto para o plantio de hortaliças e contar com o apoio da Rosa”, disse.

Rosalba gostou da ideia. Contou aos moradores que quer criar um Fundo Municipal de Apoio a Agricultura Familiar. “O fundo da agricultura familiar é para viabilizar projetos que gerem emprego e renda no campo, mas que precisem de um suporte financeiro para começar e deslanchar, quero desburocratizar esse acesso ao crédito, reduzir as exigências, usando, por exemplo, o cadastro único”.

Ainda na Apama, Rosalba visitou a casa dos agricultores Francinete Pereira e Sandoval Pereira. Dona Francinete contou que tem enorme gratidão a Rosalba. “Minha filha era pequena, quando ficou muito doente, levei na comunidade de saúde e não tinha mais ficha para consulta, Rosalba estava no consultório percebeu a situação e me chamou pra consultar minha filha, consultou, deu medicação e ainda me deixou na casa dos meus familiares, jamais vou esquecer a sensibilidade dela”.

De lá foi a vez de visita o P.A. Paulo Freire. Na comunidade Rosalba e Jorge ouviram o depoimento de Vavau, que recebeu os dois na casa da família. “A prefeita sempre tem olhado por nós, mesmo com as dificuldades retomou a obra do ginásio de esporte para nossa comunidade e também recuperou as estradas”, disse.

A candidata lembrou que essa não foi a única obra que encontrou parada. “Encontrei mais de 30 obras paradas, com muito trabalho conseguimos recuperar os convênios, abrir nova licitação e executar o serviço”.

A caravana da Força do Povo ainda passou pelo P.A Agrovila Real e Montana.

Os vereadores Rondinelli Carlos (PL), Francisco Carlos (PP), Aline Couto (PSDB), Nelsinho (PP), Genário Marques (PSC), Eilma (Cidadania), Larissa Rosada (PSDB), Marquinhos do Povão (MDB) e Rosa da Maísa (Cidadania) participaram.