PRF registra 8 acidentes graves nas rodovias federais do RN durante o carnaval

Números são parciais e dados oficiais será anunciados

Motorista cochila e bate em caminhão na BR-101 em Natal. PRF registra oito acidentes graves no feriadão no RN.  — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Pelo menos oito acidentes graves foram registrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas rodovias federais que cortam o Rio Grande do Norte, do início do carnaval até a manhã desta quarta-feira (26), segundo informou o superintendente da corporação, Djairlon Henrique. Apesar de um crescimento de 300% em relação a 2019, quando foram registrados dois acidentes graves, não houve nenhuma morte nas estradas.

Durante a manhã desta quarta (26), um acidente foi registrado na BR-101, na Grande Natal. O motorista de um carro cochilou e acabou batendo em um caminhão. Apesar do incidente, os envolvidos tiveram apenas escoriações.

Ainda de acordo com o superintendente, durante o feriadão 85 pessoas foram flagradas dirigindo sob efeito de álcool. Do total, seis foram presas.

Ainda no período de carnaval a PRF apreendeu 100 quilos de maconha no posto de fiscalização de Macaíba, na Grande Natal. Um caminhoneiro foi preso e disse que recebeu a droga no estacionamento do porto para levar até Mossoró, no Oeste potiguar.

Também foram registrados casos de ultrapassagem indevida, receptação de veículo roubado e contrabando, mas a PRF só deverá divulgar todos os dados nesta quinta-feira (27), após o fim da operação, previsto para a meia-noite.

De acordo com o superintendente, as principais orientações para os motoristas são evitar os períodos de grande fluxo de carro e avaliar as condições do motorista e do veículo.

“O ideal é que as pessoas que puderem, deixem para voltar outro dia, para evitar o grande fluxo. Quem não puder, o ideal é evitar os horários de maior fluxo, que são a manhã e o início da tarde”, afirmou.

Ainda de acordo com ele, o motorista deve estar alimentado, evitando alimentos pesados, que causem sono, e estar descansado. “Também é importante analisar as condições do veículo e verificar toda a documentação, para evitar transtornos na volta para casa”, acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − quatro =