Primo de Henrique Alves, senador Garibaldi Filho não escapa dos grampos da PF

O senador Garibaldi Filho é grampeado

POR THAÍSA GALVÃO

Prova disso são a imagem de seu carro e os áudios de conversas dele com a mulher e a filha do ex-deputado Henrique Alves, liberados pela Polícia Federal.

As conversas interceptadas mostram Garibaldi, Laurita Arruda Câmara e Andressa Alves, tratando da ida de Garibaldi e Andressa à casa, que depois foi identificada como sendo do ex-presidente Sarney.

Tá…

O que Sarney pode fazer para garantir a liberdade de Henrique, preso há 5 meses?

O que impede a família de um preso procurar ajuda de amigos?

Um advogado melhor, uma anuda financeira…

Até aí nenhuma ilegalidade, a menos que se descubra que a ajuda que o ex-presidente da República e do Senado, sem mandato mas tão poderoso quanto, José Sarney, passa pela ilegalidade.

Como a interferência junto a instituições superiores da justiça, por exemplo.

Enquanto isso não for provado, a exposição de pessoas é desnecessária.

A investigação é necessária, e o segredo de justiça também.

Mas, como o assunto é o da vez, até a respiração dos envolvidos tá valendo como informação.

CLIQUE AQUI e veja a reportagem do blog de Matheus Leitão, do G1, que publicou os áudios das conversas do senador, da mulher e da filha do ex-deputado Henrique Alves.

Email this to someoneShare on Facebook0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + 3 =