RELATOR DA LAVA JATO MANTÉM LULA NA CADEIA

MANOBRA DE DESEMBARGADOR PETISTA NÃO FUNCIONA E LULA CONTINUA PRESIDIÁRIO 

Após a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ter sido determinada neste domingo (8) pelo desembargador plantonista do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) Rogério Favreto, o desembargador relator do processo do petista, João Paulo Gebran Neto, determinou que a Polícia Federal mantenha Lula preso.

Por Gebran Neto ser o relator do processo, a decisão dele se sobrepõe à de Favreto, segundo informou a assessoria de imprensa do TRF-4. Portanto, o ex-presidente Lula não poderá ser solto até uma nova decisão do Tribunal ou de alguma instância superior.

“Assim, para evitar maior tumulto para a tramitação deste habeas corpus, até porque a decisão proferida em caráter de plantão poderia ser revista por mim, juiz natural para este processo, em qualquer momento, determino que a autoridade coatora e a Polícia Federal do Paraná se abstenham de praticar qualquer ato que modifique a decisão colegiada da 8ª Turma”, diz Gebran Neto na decisão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 5 =