Ronaldo Caiado rompe com Jair Bolsonaro

Bolsonaro caminha para o isolamento

Em coletiva há pouco, Ronaldo Caiado também disse que só falará com Jair Bolsonaro, daqui para frente, por meio de comunicados oficiais.

“Fui aliado de primeira hora, durante todo o tempo. Mas não posso admitir que venha agora um presidente lavar as mãos e responsabilizar outras pessoas por um eventual colapso. Não faz parte da postura de governante.”

Caiado considerou o pronunciamento de ontem à noite de Bolsonaro “irresponsável e desrespeitoso”.

“Dizer que isso é um resfriadinho, uma gripezinha? Ninguém definiu melhor que Obama: na política e na vida, a ignorância não é uma virtude.”

O governador reiterou que o rompimento “é total”.

“É um rompimento total, definitivo. Acabou. Não pode governar de acordo com humor dele, senta e desautoriza todo mundo.”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =