Secretaria de Saúde realiza drive thru contra Influenza H1N1

Drive thru acontecerá no bairro Nova Mossoró

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Mossoró realizará nesta quarta-feira (24) mais um drive thru de vacinação contra Influenza H1N1 na cidade. Desta vez a ação ocorrerá na Nova Mossoró, das 18h às 21h, no Stand de Vendas (no início do conjunto) localizado na Rua Audi. Moradores do bairro e outras regiões próximas que ainda não se vacinação e estão dentro dos públicos-alvos vão ter mais uma oportunidade de imunizar, em um horário mais cômodo.

A Prefeitura de Mossoró já ultrapassou a cobertura vacinal de 90% dos públicos-alvos determinada pela Ministério da Saúde, mas mesmo assim está empenhada em chegar a 100% até o fim da Campanha de Vacinação no dia 30 de junho. O drive thru é mais uma estratégia que visa atingir esse objetivo. Atualmente já são mais de 88 mil mossoroenses imunizados.

Quem não puder comparecer ao drive thru, deve procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência, de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e 13h às 17h, para se imunizar contra a Influenza.

A 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza H1N1 iniciou no dia 23 de março e foi prorrogada até o dia 30 de junho. Nos últimos quatro anos Mossoró vem se destacando por vacinar além do que é determinado pelo Ministério da Saúde.

CONFIRA QUEM DEVE SE VACINAR CONTRA INFLUENZA H1N1

O Ministério da Saúde definiu os seguintes grupos prioritários para recebem a vacina trivalente (que protege da Influenza A (H1N1 E H3N2) e Influenza B): crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores da saúde, gestantes em qualquer idade gestacional, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), professores, indivíduos de 55 a 59 anos, idosos (a partir de 60 anos), pessoas com deficiência, indivíduos com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, população privada da liberdade, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, caminhoneiros, profissionais de transporte coletivo (motoristas e cobradores), trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − 6 =