Category Archives: Notícias

Em discurso na ONU, Bolsonaro distorce dados sobre meio ambiente, economia e defende tratamento sem eficácia contra Covid-19

Presidente brasileiro é desmentido e vira piada nas redes sociais

Foto: (Timothy A. Clary/Pool via REUTERS)

Em discurso nesta terça-feira (21) na abertura da 76ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, o presidente Jair Bolsonaro usou dados distorcidos para exaltar a política ambiental e o desempenho da economia brasileira durante o seu governo, e defendeu a adoção do chamado tratamento precoce contra a Covid-19, cuja ineficácia já foi cientificamente comprovada.

No discurso, Bolsonaro também:

  • se posicionou contra o chamado passaporte sanitário, que confere benefícios às pessoas que tenham se vacinado contra a Covid-19;
  • afirmou que não há corrupção em seu governo;
  • citou dados fora de contexto para dizer que o desmatamento na Amazônia diminuiu;
  • disse que as manifestações de 7 de Setembro foram “as maiores da história”, o que não corresponde à verdade ;
  • disse que o desempenho econômico do Brasil neste ano é um dos melhores entre os países emergentes.

Bolsonaro, que foi o primeiro a discursar, disse não entender por que “muitos países, juntamente com a grande mídia” se opõem ao tratamento precoce contra a doença.

“Desde o início da pandemia, apoiamos a autonomia do médico na busca do tratamento precoce, seguindo recomendação do nosso Conselho Federal de Medicina. Eu mesmo fui um desses que fez tratamento inicial. Respeitamos a relação médico-paciente na decisão da medicação a ser utilizada e no seu uso ‘off-label’ [fora do que prevê a bula]. Não entendemos por que muitos países, juntamente com grande parte da mídia, se colocaram contra o tratamento inicial. A história e a ciência saberão responsabilizar a todos”, disse Bolsonaro.

O tratamento precoce, por meio do uso de medicamentos como cloroquina e ivermectina, vem sendo defendido pelo presidente desde o ano passado. No entanto, estudos científicos já comprovaram a ineficácia desses remédios contra a Covid. Além disso:

Vacinação

Bolsonaro também disse defender a vacinação contra a Covid-19 e afirmou que, até novembro, todos os brasileiros que quiserem poderão se imunizar.

Entretanto, ele se posicionou contra restrições adotadas por países contra pessoas que se recusam a tomar a vacina.

“Até novembro, todos que escolheram ser vacinados no Brasil, serão atendidos. Apoiamos a vacinação, contudo o nosso governo tem se posicionado contrário ao passaporte sanitário ou a qualquer obrigação relacionada a vacina”, disse Bolsonaro.

Essa é a terceira vez que Bolsonaro discursa como presidente do Brasil – o representante do país é encarregado de abrir oficialmente a fala dos presidentes mundiais desde 1947.

Corrupção

O presidente também disse que o Brasil “mudou” após a sua chegada ao Planalto e afirmou que não há corrupção em seu governo

“O Brasil mudou, e muito, depois que assumimos o governo em janeiro de 2019. Estamos há 2 anos e 8 meses sem qualquer caso concreto de corrupção”.

Apesar da declaração do presidente, autoridades encontraram indícios de corrupção no caso do contrato para a compra da vacina Covaxin. O governo, diante da suspeitas de irregularidades, cancelou o contrato.

O contrato da Covaxin se tornou alvo da CPI da Covid e do Ministério Público Federal.

Um grupo de juristas coordenado pelo ex-ministro da Justiça Miguel Reale Júnior entregou recentemente à CPI da Covid um estudo sobre os possíveis crimes cometidos por Bolsonaro durante a pandemia. O grupo citou o caso Covaxin e um possível crime de prevaricação, que fica caracterizada quando um funcionário público dificulta ou atrasa alguma obrigação de seu cargo.

Atos de 7 de Setembro

Bolsonaro também citou as manifestações em favor do governo que ocorreram no 7 de Setembro, quando, em ameça golpista ao Supremo Tribunal Federal (STF), ele afirmou que não cumpriria mais decisões do ministro Alexandre de Moraes.

O presidente disse ainda que “no último 7 de Setembro, data de nossa Independência, milhões de brasileiros, de forma pacífica e patriótica, foram às ruas, na maior manifestação de nossa história”

Os atos de 7 de Setembro não foram os maiores já registrados no país. Apesar de não haver um balanço nacional, as imagens registradas no dia revelam uma manifestação muito menor que as registradas contra a presidente Dilma Rousseff, por exemplo.

Meio ambiente

Bolsonaro dedicou parte do discurso à preservação da Amazônica, ponto em que o governo é criticado dentro e fora do país em razão da política ambiental e dos altos índices de desmatamento e queimadas.

O presidente afirmou que “na Amazônia, tivemos uma redução de 32% do desmatamento no mês de agosto, quando comparado a agosto do ano anterior”.

Essa redução percentual é verdadeira: em agosto de 2020, houve 1.359 km2 da Amazônia Legal sob alerta de desmatamento, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Em agosto deste ano, foram 918 km2 – a queda corresponde a 32%.

Os dados, entretanto, não traduzem toda a realidade ambiental e ignoram o contexto de avanço da destruição sob a gestão do atual governo.

Em 2021, por exemplo, a Amazônia teve o primeiro semestre com a maior área sob alerta de desmate em 6 anos.

Apesar de ter havido uma queda de 5% no desmatamento da Amazônia entre as temporadas de 2019-20 e 2020-21, as áreas sob alerta nos dois períodos ainda são as maiores desde 2015, quando o Inpe começou a medi-las.

O presidente disse ainda que 84% da floresta está “intacta” e convidou os presentes na assembleia a visitar a floresta.

Entretanto, de acordo com o Inpe, o desmatamento acumulado hoje na Amazônia corresponde a mais de 800 mil km2. A área original da floresta monitorada por satélite nos nove Estados da Amazônia Legal é de 3.994.454 km2. Ou seja, foram desmatados cerca de 20% da floresta, permanecendo 80% de pé.”

No discurso, Bolsonaro também questionou, em tom retórico, “qual país do mundo tem uma política de preservação ambiental como a nossa?”.

Outros biomas também têm tido perdas com a política ambiental brasileira: no Cerrado, por exemplo, houve a maior área sob alerta de desmatamento para agosto desde 2018. O número de focos de incêndio – considerados os números de janeiro a agosto – foi o maior desde 2012.

Ex-integrante da ‘quadrilha de Valdetário Carneiro’ é preso em Mossoró, diz Polícia Civil

Pedro Rocha Filho, de 63 anos, foi preso nesta quarta-feira (15)

Pedro Rocha Filho, de 63 anos, foi preso nesta quarta-feira (15) por policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró no bairro Redenção, no Oeste potiguar. Segundo a Polícia Civil, ele é um ex-integrante da quadrilha de Valdetário Carneiro.

Contra ele havia um mandado de prisão de 2020 decorrente de sentença condenatória pela prática dos crimes de roubo e associação criminosa.

“Recebemos informações durante essa semana que ele estava foragido em uma casa na cidade de Mossoró. A Delegacia de Narcóticos fez o levantamento do local e, nesta quarta, fomos lá e efetuamos a prisão. Ele não ofereceu resistência e foi conduzido à delegacia”, explica o delegado Alex Wagner.

Pedro Rocha Filho é conhecido por integrar a extinta quadrilha de Valdetário Carneiro – considerado pela polícia como o mais perigoso assaltante do Rio Grande do Norte nos anos de 1990 e início dos anos 2000 e morto em confronto com a PM em dezembro de 2003 no município de Lucrécia, no Oeste potiguar.

A quadrilha ganhou notoriedade pelos inúmeros assaltos a bancos realizados em vários estados do Nordeste.

O condenado foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: G1RN

Investigada na CPI da Covid, Prevent Senior ocultou mortes em estudo sobre cloroquina apoiado por Bolsonaro

A pesquisa foi apoiada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro

O plano de saúde Prevent Senior ocultou mortes de pacientes que participaram de um estudo realizado para testar a eficácia da hidroxicloroquina, associada à azitromicina, para tratar a Covid-19, aponta um dossiê ao qual a GloboNews teve acesso.

A pesquisa foi apoiada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e é usada pelos defensores da cloroquina para justificar a prescrição do medicamento.

A CPI da Covid recebeu um dossiê com uma série de denúncias de irregularidades, elaborado por médicos e ex-médicos da Prevent. O documento informa que a disseminação da cloroquina e outras medicações foi resultado de um acordo entre o governo Bolsonaro e a Prevent. Segundo o dossiê, o estudo foi um desdobramento do acordo.

A CPI ouviria nesta quinta-feira depoimento do diretor-executivo da Prevent Senior, Pedro Batista Júnior, mas ele informou que não vai comparecer.

LEIA TAMBÉM

O vídeo abaixo, de abril deste ano, mostra denúncias de irregularidades feitas por ex-médicos da Prevent Senior. Eles contaram ter sido obrigados a trabalhar mesmo infectados com Covid-19 e a testar “kit Covid” em “cobaias humanas”.

Presidente da Petrobras tenta explicar preço dos combustíveis na Câmara

Joaquim Luna e Silva participa nesta manhã de audiência no plenário, após requerimento apresentado pelo deputado Danilo Forte

Presidente da Petrobras tenta explicar preço dos combustíveis na Câmara

O presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, participa na manhã desta terça-feira (14) de uma audiência no plenário da Câmara.

A pauta principal é o preço dos combustíveis.

Silva e Luna foi parar na Câmara após um requerimento apresentado pelo deputado Danilo Forte, do PSDB do Ceará.

Ontem, como noticiamos, Arthur Lira anunciou a audiência assim:

“Tudo caro: gasolina, diesel, gás de cozinha. O que a Petrobras tem a ver com isso? Amanhã, a partir das 9h, o plenário vira Comissão Geral para questionar o peso dos preços da empresa no bolso de todos nós. A Petrobras deve ser lembrada: os brasileiros são seus acionistas.”

Governadora determina investigação sobre agressões a homem que teve pés e mão amarrados no RN e diz que vítima é quilombola; VÍDEO

O posicionamento ocorreu após a repercussão do caso

 

POR G1 RN

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), usou as redes sociais para dizer que determinou ao secretário de segurança e à delegada-geral da Polícia Civil, uma investigação “imediata e rigorosa” sobre as agressões sofridas por um homem no município de Portalegre, no Oeste potiguar.

O posicionamento ocorreu após a repercussão do caso, nesta segunda-feira (13). Na publicação, Fátima ainda afirmou que o homem agredido é quilombola.

A governadora também afirmou que o governo “não será conivente e não compactuará com manifestações eivadas de discriminação, intolerância, ódio e abusos de quaisquer naturezas”.

As agressões aconteceram no último sábado (11) e foram registrado por um vídeo gravado por testemunhas. As imagens mostram a vítima amarrada pelos pés e mãos e sendo chutada por um homem, que seria um empresário da região.

UFRN confirma presença da variante delta do coronavírus em Mossoró

As quatro amostras que deram positivo para a variante foram coletadas entre os dias 27 e 30 de agosto

Instituto de Medicina Tropical (IMT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), coronavírus — Foto: Anastácia Vaz

O Instituto de Medicina Tropical (IMT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) divulgou nesta segunda-feira (13) que identificou a presença da variante delta do novo coronavírus em Mossoró, segunda maior cidade do estado. As quatro amostras que deram positivo para a variante foram coletadas entre os dias 27 e 30 de agosto.

A diretora do IMT-UFRN, Selma Jerônimo, alerta para o indicativo de que a variante está circulando pelo estado, tendo em vista que já haviam sido comprovados casos em Natal.

Foram coletadas oito amostras em Mossoró e quatro delas confirmaram a presença da variante delta. O resultado final do sequenciamento foi realizado no domingo (12).

“A confirmação da delta em Mossoró demonstra a capacidade de transmissão da variante”, conta Selma Jerônimo, considerando que a identificação de novas variantes é frequente, em virtude da fácil mutação do RNA do vírus.

Com isso, a cientista reforça que é preciso manter os cuidados na prevenção, como o uso de máscara, distanciamento social e a higiene das mãos, bem como cumprir com o esquema de vacinação contra a Covid-19.

Polícia desativa laboratório clandestino usado para refino de drogas em Mossoró

.O local também é apontado como esconderijo de um homem foragido da Justiça

Força-Tarefa desativa laboratório clandestino utilizado para refino de drogas em Mossoró — Foto: Cedida

Policiais integrantes da Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado desativaram na tarde desta sexta-feira (10), no bairro Presidente Costa e Silva, em Mossoró, um laboratório clandestino utilizado para refino e fracionamento de drogas. O local também é apontado como esconderijo de um homem foragido da Justiça que responde pela acusação de estupro de vulnerável perante a 3ª Vara da Comarca de Pau dos Ferros. O suspeito não foi localizado.

oram encontrados diversos objetos que caracterizam a manipulação e refino de droga, como balança de precisão, seringas, substâncias químicas e até uma prensa profissional para embalar o produto ilícito. Os policiais também apreenderam substâncias que se assemelham a entorpecentes, que serão pesadas e submetidas a exame pericial a fim de determinar a sua identificação.

A Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado (FTSP-Mossoró) é coordenada pela Polícia Federal e composta também por policiais civis, policiais militares, policiais penais estaduais e policiais penais federais, atuando em colaboração com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI).

Fonte: G1 RN

Tornado na Itália deixa duas pessoas mortas e outras 9 feridas

Primeiras notícias indicam 9 feridos

Duas pessoas morreram após a passagem de um tornado na pequena ilha italiana de Pantelária, entre a Sicília e a costa da Tunísia, na sexta-feira (10). Outras nove pessoas ficaram feridas, informou a defesa civil italiana.

O tornado provocou o capotamento de seis veículos e outro veículo que caiu amassado no meio de um campo, de acordo com a imprensa italiana.

Casa danificada por tornado na ilha de Pantelária, na Itália — Foto: Reuters/ Italian Civil Protection Agency

Casa danificada por tornado na ilha de Pantelária, na Itália — Foto: Reuters/ Italian Civil Protection Agency

Um bombeiro, que não estava em serviço, está entre os mortos, segundo a France Presse.

“Foi um espetáculo apocalíptico”, afirmou um motorista de ambulância que estava no local à agência italiana ANSA.

Pantelária, conhecida como a “pérola negra do Mediterrâneo”, destaca-se por suas falésias de pedra vulcânica e suas fontes de águas termais. Além dela, as fortes rajadas de vento também causaram danos à costa de outra ilha muito turística que se localiza entre o norte de África e a Sicília.

Em conversa com Moraes, Bolsonaro diz que fala contra ministro foi ‘no calor do momento’

O surpreendente diálogo do mandatário com o ministro do Supremo, contra quem disparou diversos ataques, foi rápido e cordial

POR NATUZA NERY

G1

Durante o encontro entre Michel Temer e o presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (9), o ex-presidente sugeriu uma ligação para Alexandre de Moraes. Bolsonaro topou no ato.

Testemunhas da conversa disseram ao blog que o surpreendente diálogo do mandatário com o ministro do Supremo, contra quem disparou diversos ataques, foi rápido e cordial.

Os detalhes desta conversa e os bastidores desta semana conturbada você acompanha no programa Papo de Política desta quinta-feira (9), às 23:30, na Globonews.

Tiago Leifert se despede da Globo no ‘The Voice Brasil’

Ele vai permanecer até o dia 23 de dezembro

Tiago Leifert — Foto: Reprodução/TV Globo

Tiago Leifert vai deixar a TV Globo após o “The Voice Brasil”, anunciou a emissora nesta quinta-feira (9). “Tiago Leifert irá se despedir da Globo, após 15 anos de uma parceria feliz e bem-sucedida”, informou a empresa, por meio de comunicado.

Ele vai apresentar o “The Voice” até 23 de dezembro. Os novos apresentadores das próximas edições do “BBB” e do “‘Voice” ainda serão definidos.