Category Archives: Sem categoria

Rachadinhas: 2ª Turma do STF julga na terça ações que podem arquivar caso de Flávio Bolsonaro

Gilmar Mendes libera processo para julgamento

O ministro Gilmar Mendes liberou para julgamento na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) duas ações que podem impactar as investigações do caso das rachadinhas na Assembleia Legislativa do Rio – que têm o atual senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) como um dos alvos.

Na próxima terça-feira (30), os ministros vão julgar:

  • um pedido da defesa de Flávio Bolsonaro para arquivar as investigações em razão de supostas irregularidades no processo;
  • uma ação do MP do Rio que questiona a decisão do Tribunal de Justiça fluminense que concedeu foro a Flávio Bolsonaro, enviado o processo para o Órgão Especial da corte.

Gilmar apresentou os processos para julgamento “em mesa”, ou seja, levou o caso direto ao plenário da Segunda Turma, sem inclusão prévia na pauta.

Segundo o Ministério Público, as chamadas rachadinhas eram o esquema segundo o qual assessores do gabinete de Flávio Bolsonaro, então deputado estadual, devolviam parte da remuneração que recebiam.

Na ação, que tramita sob sigilo, a defesa do parlamentar cita irregularidades que teriam sido cometidas durante as investigações. Entre elas, os relatórios produzidos pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e compartilhados com o Ministério Público do Rio de Janeiro.

Em março, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) considerou legal o compartilhamento com o MP do Rio de Janeiro dos dados reunidos pelo Coaf.

No pedido feito ao STF, a defesa do senador afirma que houve irregularidades na atuação do Coaf e do MP-RJ e que, por isso, todos os atos praticados a partir dos relatórios devem, segundo a defesa, ser considerados nulos.

Os relatórios do Coaf foram a base da investigação das rachadinhas. Mostraram indícios de que, no período em que Flávio Bolsonaro foi deputado estadual, funcionários dele devolviam parte dos salários que recebiam.

Fabricio Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, apareceu no documento com movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão.

Os relatórios também ajudaram os promotores a investigar e identificar depósitos fracionados feitos em dinheiro vivo na conta de Flávio Bolsonaro e ainda uma série de transações imobiliárias suspeitas do senador.

MORRE HEVERTON CÂNDIDO

LUTO

Pode ser uma imagem de 8 pessoas, pessoas em pé e ao ar livre

 

Mossoró de luto.

Morreu o ator-=bailarino, Heverton Cândido.

Ele foi encontrado morto em sua residência.

Amigos revelam que ele estaria em depressão.

Descanse em paz, amigo.

Que Deus conforte sua família.

BRASIL REGISTRA 600 MIL MORTES PELA COVIDE 19

A média de mortes diárias está em 438

Rio de Paz estendeu lenços brancos em Copacabana em memória das vítimas da Covid na manhã desta sexta-feira (8). — Foto: Reprodução/TV Globo

O Brasil chegou a 600.077 mortos pela Covid, divulgou o consórcio de veículos de imprensa em boletim extra na tarde desta sexta-feira (8). Em casos confirmados, são 21.533.752.

A marca foi atingida num momento em que a pandemia está em desaceleração no país. A média de mortes diárias está em 438, o menor número desde novembro do ano passado, e em queda.

(CORREÇÃO: o g1 errou ao informar o número de casos confirmados de Covid acumulados até a tarde desta sexta-feira, 8 de outubro. A quantidade correta é de 21.533.752 casos. A informação foi corrigida às 16h20).

Essa desaceleração se expressa também no tempo que a doença levou para tomar mais 100 mil vidas ao Brasil desde que atingimos a trágica marca de 500 mil mortes: foram 111 dias, o dobro dos 51 dias que o país levou para passar de 400 mil para 500 mil óbitos.

Naquele o momento, morriam em média 2 mil brasileiros por dia – mais de quatro vezes a média atual. Em abril deste ano, pior momento da pandemia, a média passou de 3 mil mortos por dia.

  • 1ª morte: 12/3/2020
  • 100 mil mortes: 8/8/2020 (149 dias depois)
  • 200 mil mortes: 7/1/2021 (152 dias)
  • 300 mil mortes: 24/3/2021 (76 dias)
  • 400 mil mortes: 29/4/2021 (36 dias)
  • 500 mil mortes: 19/6/2021 (51 dias)
  • 600 mil mortes: 8/10/2021 (111 dias)

Mas, apesar de o número de vítimas do vírus ter despencado nos últimos meses, o Brasil ainda é o 3º país com a maior média diária de novas mortes, atrás apenas de Estados Unidos e Rússia.

O país também mantém a marca de ser o que mais registrou vítimas da pandemia em 2021 no mundo: já foram registradas 405 mil mortes por Covid-19 neste ano, mais do que Estados Unidos e Índia e quase o mesmo que todos os 27 países da União Europeia somados.

COMPARATIVOS:

HISTÓRIAS DA PANDEMIA:

Veja, no vídeo abaixo, a variação da média móvel e de vacinação no país:

600 mil mortes: veja a variação da média móvel e da vacinação no país

 

 

–:–/–:–

 

O verdadeiro amortecedor da República

Temer não é um anjo, diria Joesley Batista. Mas tem sensibilidade para reconhecer que certos limites institucionais não podem ser rompidos, sob o risco de implodir o próprio sistema que lhe serve

POR CLÁUDIO DANTAS

O ANTAGONISTA

Ao tomar posse, Ciro Nogueira disse que teria o papel de amortecedor entre os Poderes. Deve ser daqueles recondicionados que se compra em desmanche de veículos — desde que assumiu o cargo, o ministro tratou mesmo dos seus próprios interesses.

O verdadeiro amortecedor da República é Michel Temer, como demonstra a articulação que levou Jair Bolsonaro a se humilhar publicamente para evitar o impeachment.

Temer não é um anjo, diria Joesley Batista. Mas tem a sensibilidade para reconhecer que certos limites institucionais não podem ser rompidos, sob o risco de implodir o próprio sistema que lhe serve.

Como revelou Carlos Marun a Diego Amorim, a necessidade de se debater o impeachment de Bolsonaro após seu discurso criminoso na Av. Paulista deixou o ex-presidente preocupado.

Temer conhece como poucos a arte da sucessão pela via político-jurídica, tendo derrubado Dilma Rousseff sem sujar as mãos — o trabalho ficou com Eduardo Cunha, depois abandonado à própria sorte –, e sob o olhar atônito da até então poderosa militância petista.

No imbróglio atual, o ex-presidente também se sentiu pessoalmente motivado a intervir, uma vez que é amigo de Alexandre de Moraes, seu indicado ao Supremo, e conselheiro de Jair Bolsonaro.

Como advogado que é, Temer se solidariza com Bolsonaro em relação ao “ativismo político do Judiciário”, que, segundo ele, começou com a TV Justiça e se intensificou com as redes sociais, que, por sua vez, retroalimentam os ataques ao próprio Supremo, criando “um ciclo vicioso”.

“Um presidente da República tem muito poder, ele impõe a agenda da Nação. Você não pode usar essa agenda para criar um estado de excitação para produzir anarquia e confusão”, comenta um interlocutor de Temer, veterano da política.

A gota d’água para agir, claro, foram as queixas da própria elite econômica de São Paulo, desnorteada com a falta de perspectiva, o que se acentuou com a paralisação de caminhoneiros, num movimento estimulado por boa parte do agronegócio.

Segundo esse mesmo interlocutor, “temos que chegar ao ano que vem pelo menos”. Isso, claro, vale para o próprio Bolsonaro e seus filhos, que podem acabar na cadeia com o resto de sua militância mais histérica.

 

PAZUELLO PASSA MAL E DEPOIMENTO É SUSPENSO

EX-MINISTRO TEM DIVERSAS DECLARAÇÕES DESMENTIDAS POR FATOS

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello à CPI da Covid foi suspenso no final da tarde.

Ele teria passado durante intervalo.

PAZUELLO que depõe desde o período da manhã, já teve várias declarações desmentidas por fatos concretos.

O depoimento no Senado será retomado amanhã.

NO PIOR SÁBADO DA PANDEMIAS BRASIL REGISTRA 2.331 MORTES

FORAM REGISTRADOS 72 MIL NOVOS CASOS

O Brasil registrou 2.331 mortes pela Covid-19, neste sábado (20).

O total de óbitos é 292.856.

 

Ufersa suspende atividades presenciais

Nota sobre decisão do Consuni

Diante da decisão do Consuni, tomada após autoconvocação e divulgada nesta segunda-feira (15) que suspendeu as Potarias Ufersa/Gabinete, de número 22 e 100, a instituição divulgou Nota Técnica com as diretrizes para o cumprimento da decisão do Conselho Universitári.

Diante do exposto, a Reitoria institui medidas restritivas e protetiva s visando resguardar toda a comunidade acadêmica e membros da sociedade que utilizam os serviços da Universidade, contra a proliferação da Covid-19.

A decisão inclui a suspensão de todas as atividades presenciais em todos os campi da Ufersa.

Ficam suspensas as práticas desportivas, o acesso à Fazenda experimental, o atendimento no posto de serviço da Caixa Econômica, a sala do INCRA e da Fundação Guimarães Duque.

Também ficam paralisadas as atividades nos laboratórios, salas de professores, departamentos e centros e demais dependências. O funcionamento da biblioteca também será fechado, bem como o retorno de estudantes as vilas acadêmicas.

Racismo, mentiras e brigas na família real

Harry e Meghan abrem o jogo em entrevista

A duquesa de Sussex, Meghan Markle e seu marido, o príncipe Harry, deram uma entrevista ao programa da apresentadora Oprah Winfrey.

Não entrevista que foi ao ar neste domingo (7) o casal revela mágoas e ressentimentos em relação à família real.

Markle, que é afro-americana, disse que seu marido, Harry, revelou preocupação de sua família sobre o tom de pele de Archie – filho do casal.

Meghan disse que se sentiu tão mal como uma nobre que ela chegou a ter pensamentos suicidas.

o príncipe Harry afirmou que seu pai, o príncipe Charles, herdeiro do trono, se recusou a atender suas ligações em algum momento.

 

MOSSORÓ NÃO DISPÕE DE LEITOS PARA PACIENTES DE COVID-19

REDE PÚBLICA COLAPSOU

Colapso.

Em Mossoró, não existe mais leito para paciente com a COVID-19.

A informação é da Secretaria Estadual de Saúde.

A mesma situação acontece na Região Oeste que vinha recebendo pacientes da capital.

SANDRA ROSADO TESTA POSITIVO PARA COVID-19 E É HOSITALIZADA

LAÍRE ROSADO TAMBÉM TESTA POSITIVO

A ex-deputada federal, Sandra Rosado testou positivo para a COVID-19.

Ela foi internado no Hospital Wilson Rosado, segundo informação de sua filha, a vereadora Larissa Rosado.

O esposo de Sandra, ex-deputado federal, Laíre Rosado também testou positivo.