Depois de ironizar verde-amarelo dos protestos, Lula dá entrevista com gravata com as cores da bandeira

Pegou mal a boçalidade dita pelo companheiro; ao falar à imprensa estrangeira, enverga as cores nacionais e fala cretinices com mansidão

POR REINALDO AZEVEDO

Depois de tirar sarro das cores nacionais, Lula decide usar gravata que remete à nossa bandeira (Foto:

Boquejando para as milícias do PT, dia desses, Luiz Inácio Lula da Silva ironizou o fato de os movimentos pró-impeachment usarem as cores verde e amarelo. E veio lá com suas frases de efeito e gosto duvidoso: se abrissem as veias dos manifestantes antigoverno, ele poetizou, o sangue seria vermelho, como o dos esquerdistas.

Não entendi se foi só um momento infeliz de sua retórica ou um convite. Talvez as duas coisas.

Vejam esta foto. É Lula nesta segunda, durante entrevista coletiva a veículos estrangeiros.

Email this to someoneShare on Facebook0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =