TCU, enfim, nega fala de Bolsonaro sobre mortes por Covid

Há pouco, dissemos que, enquanto o tribunal não se pronunciava, apoiadores do presidente usavam a declaração para questionar o número de óbitos pela doença

TCU, enfim, nega fala de Bolsonaro sobre mortes por Covid

Tribunal de Contas da União (TCU), enfim, desmentiu Jair Bolsonaro sobre uma fala de mais cedo na qual o presidente dizia haver, sem apresentar provas, um relatório do TCU que mostraria que metade das mortes por Covid registradas no ano passado tiveram outras causas.

“O TCU esclarece que não há informações em relatórios do tribunal que apontem que ‘em torno de 50% dos óbitos por Covid no ano passado não foram por Covid’, conforme afirmação do Presidente Jair Bolsonaro divulgada hoje.”

Há pouco, dissemos aqui que, enquanto o TCU não se pronunciava, apoiadores do presidente usavam a declaração para questionar o número de mortes por Covid no Brasil.

Governo do RN confirma primeiro caso de mucormicose em paciente do estado que teve Covid

Mulher de 42 anos tem histórico de Covid-19 e está internada em Natal

O primeiro caso de infecção por mucormicose em um paciente que teve a Covid-19 foi registrado no Rio Grande do Norte. A informação foi divulgada, nesta segunda (7), pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap).

De acordo com a Sesap, a paciente é uma mulher, de 42 anos, de Natal, que fez uma biópsia que confirmou a ocorrência do fungo. Ela encontra-se em tratamento , internada em um hospital da capital.

A equipe de vigilância da Secretaria Municipal de Saúde de Natal e da Sesap estão acompanhando o quadro, avaliando os exames, o histórico de movimentações da paciente e sua situação clínica atual.

Um surto de mucormicose entre pacientes de Covid-19 na Índia registrado nas últimas semanas tem chamado a atenção do mundo. Causada por fungos da ordem Mucorales, a doença pode acometer os pulmões e mutilar os seios da face.

Secretaria de Saúde presta contas do primeiro quadrimestre de 2021

Audiência pública será realizada nesta quinta-feira(10)

A Câmara Municipal de Mossoró vai realizar uma audiência pública para prestação de contas da Saúde Municipal, correspondente ao primeiro quadrimestre de 2021 (janeiro, fevereiro, março, abril), dia 10 de junho, quinta-feira, às 9h.

A audiência foi solicitada à Câmara pela Secretaria Municipal de Saúde, em cumprimento à legislação, que estabelece prestações de contas regulares do setor de saúde no Poder Legislativo.

Dados como quantitativo de atendimentos, contratações, gastos com material hospitalar e medicamentos serão detalhados durante a reunião e apresentados aos vereadores e representantes da sociedade civil organizada.  A audiência será realizada de forma remota, via Zoom, e será transmitida ao vivo pela TV Câmara Mossoró (Canal 23.2 TCM) e pelo site da Câmara www.mossoro.rn.leg.br .

A população poderá participar da audiência através do chat do canal do Youtube da TV Câmara Mossoró. Para acessar o canal, basta entrar no site da Câmara e clicar na transmissão. Os questionamentos realizados via Youtube serão repassados à secretária Morgana Dantas e aos técnicos da Secretaria Municipal de Saúde.

GRUPO SOCEL – DIA DO MEIO AMBIENTE

VÍDEO

Mossoró registra cinco assassinatos em um dia; mãe e filha estão entre vítimas

Crimes aconteceram neste sábado

Mãe e filha foram mortas neste sábado em Mossoró — Foto: Divulgação

Mãe e filha foram mortas neste sábado em Mossoró — Foto: Divulgação

Cinco homicídios foram registrados em menos de 24 horas em Mossoró, na Região Oeste do Rio Grande do Norte, neste sábado (5).

De acordo com a Polícia Civil, o primeiro crime aconteceu no fim da manhã no bairro Abolição III. Um policial militar do Ceará de 30 anos, que estava no município, foi vítima de latrocínio. A polícia acredita que Dyego Ramon da Silva Grigorio reagiu a um assalto, foi atingido e não resistiu aos ferimentos.

Outro crime aconteceu na rua Francisca Alves da Silva, no bairro Pousada das Thermas. Erikson Rutennio da Silva Santos, 26 anos, estava chegando em casa por volta das 16h quando dois homens em uma motocicleta dispararam pelo menos cinco vezes contra ele, que morreu no local.

Erickson foi morto na porta de casa em Mossoró — Foto: Inter TV Costa Branca

Erickson foi morto na porta de casa em Mossoró — Foto: Inter TV Costa Branca

A terceira ocorrência aconteceu por volta das 17h, no cruzamento das ruas Haroldo Gurgel e Cunha da Mota, no bairro Alto da Conceição. A vítima foi identificada como Emerson Carlos Santana Bezerra, de 32 anos.

Segundo a PM, quatro elementos encapuzados chegaram na residência em que a vítima estava, renderam às pessoas e executaram o rapaz no quintal com pelo menos dois tiros de revólver.

Emerson Carlos foi morto em Mossoró, RN — Foto: Arquivo pessoal

 Emerson Carlos foi morto em Mossoró, RN — Foto: Arquivo pessoal

No fim do dia, um outro crime que chocou o município: mãe e filha foram assassinadas na Rua Helena de Oliveira Moura, no bairro Pousada das Thermas.

As vítimas foram identificadas pela Polícia Civil como Maria Rita Vieira de Freitas, 50 anos, e Maria Clara Vieira de Freitas, 16.

De acordo com a Polícia Civil os criminosos derrubaram a porta principal para entrar na casa das vítimas.

“Um crime bárbaro, violentíssimo, sem dúvidas alguma, crime execução”, disse o delegado Renato Oliveira, que deu início à investigação do caso.

Para o delegado, os crimes deste sábado não tem relação entre si.

Rio Grande do Norte recebe mais 14 mil doses de vacina da Pfizer

Novo lote chegou no RN nesta quinta-feira (3)

Novo lote de vacinas da Pfizer chega ao Rio Grande do Norte — Foto: Sandro Menezes/Assecom-RN

O Rio Grande do Norte recebeu nesta quinta-feira (3) mais um lote de vacinas contra a Covid. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), são 14.050 doses de imunizantes da Pfizer.

Segundo orientação do Ministério da Saúde, a vacina da Pfizer é destinada para a primeira dose de trabalhadores do setor aéreo e para quem tem comorbidade, gestantes e puérperas e pessoas com deficiência permanente.

O estado recebeu esta semana 109.540 doses de vacina. Na quarta-feira (2), foram recebidas e distribuídas 95.500 doses, acrescidas de parte da reserva técnica, totalizando 121.555 vacinas destinadas a profissionais de saúde, portuários e pessoas com comorbidades e deficiência permanente, sendo 25 mil doses que inauguram o processo de imunização dos profissionais de educação, de acordo com a Sesap.

O governo do RN informa que a vacinação começa por profissionais de creches e pré-escolas, atendendo todos os trabalhadores que atuam em instituições de ensino.

Mais números

Com esses dois lotes, o RN atingiu a marca de 1,6 milhão de vacinas recebidas, entre primeira e segunda doses. A plataforma RN+Vacina aponta que até a tarde desta quinta-feira (3) foram registradas 1.105.595 vacinas aplicadas.

São 732.530 pessoas que receberam ao menos uma dose e 373.065 estão com o esquema vacinal completo.

Fonte: G!RN

 

Abastecimento de água é suspenso em 16 cidades do RN nesta sexta (4)

Medida visa manutenção da adutora Monsenhor Expedito

Pelo menos 16 cidades da região Agreste potiguar tiveram suspensão de abastecimento de água a partir das 5h desta sexta-feira (4),

Segundo informou a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), a medida foi necessária para realização de manutenção na adutora Monsenhor Expedito.

Os municípios afetados são: Barcelona, Boa Saúde, Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Elói de Souza, Jaçanã, Japi, Lajes Pintadas, Lagoa de Velhos, Rui Barbosa, Santa Cruz, São Bento do Trairi, São Tomé, Serra Caiada, Sítio Novo e Tangará.

Segundo a Caern, a previsão é terminar a manutenção na adutora Monsenhor Expedito e ligar o sistema às 20h ainda na sexta-feira (4).

Após o funcionamento do sistema, são necessárias 48 horas para normalização do abastecimento em todas as cidades que tiveram o abastecimento suspenso.

Com 3,7 mil solicitações de UTI Covid, maio é o mês com maior demanda no sistema de saúde do RN desde o início da pandemia

Mais de 850 potiguares morreram à espera de leitos para Covid

 

Com mais de 3,7 mil pedidos de internação de leitos críticos para Covid-19, maio de 2021 foi mês com maior demanda por assistência de saúde desde o início da pandemia no Rio Grande do Norte.

Os dados são do Sistema Regula RN, usado na administração dos leitos públicos para Covid no Rio Grande do Norte.

Até então, com mais de 3,6 mil pedidos de leitos, março passado era o mês com maior número de pedidos de internação em leitos de UTI.

O aumento foi puxado principalmente pela demanda da região Oeste potiguar. Embora a região metropolitana de Natal lidere a demanda por assistência da rede pública de saúde, o número de pedidos de maio ficou praticamente igual ao de abril e abaixo de março, enquanto a região Oeste seguiu tendência de crescimento.

No dia 26 de maio, o estado registrou o maior número de solicitações por um leito de UTI, em um dia, desde o início da pandemia. Foram 156 pedidos encaminhados pelas unidades de saúde à Central de Regulações para pacientes que precisam desse tipo de internação.

O recorde anterior havia sido registrado no dia 15 de março, com 149 pacientes que precisavam de um leito no mesmo dia.

Exército decide não punir Pazuello por participação em ato político com Bolsonaro

Comandante do Exército avaliou que não houve transgressão disciplinar

O Exército Brasileiro informou nesta quinta-feira (3) que decidiu não punir o general e ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello pela participação em um evento político com o presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro, no último dia 23.

Segundo a corporação, “não restou caracterizada a prática de transgressão disciplinar” por parte de Pazuello. O processo disciplinar foi arquivado.

O Regulamento Disciplinar do Exército e o Estatuto das Forças Armadas proíbem a participação de militares da ativa em manifestações políticas. No ato que gerou o procedimento disciplinar (veja detalhes abaixo), Pazuello chegou a subir no trio elétrico com Bolsonaro e fazer um breve discurso.

A punição para Pazuello poderia ir de advertência a prisão. Nos bastidores, Bolsonaro defendeu que o ex-ministro não fosse punido. Além de militar da reserva, o presidente é o comandante em chefe das Forças Armadas – por isso, superior hierárquico ao comandante do Exército.

A presença do general, que chegou a fazer um rápido discurso ao lado de Bolsonaro, foi criticada inclusive por militares. O vice-presidente Hamilton Mourão, general da reserva, defendeu a regra que veda participação de militares da ativa em atos políticos para “evitar que a anarquia se instaure dentro” das Forças Armadas.

“Eu já sei que o Pazuello já entrou em contato com o comandante informando ali, colocando a cabeça dele no cutelo, entendendo que ele cometeu um erro”, afirmou Mourão a jornalistas no dia seguinte ao ato político.

O ex-ministro da Saúde voltou a ser bem avaliado no governo após seu depoimento à CPI da Covid, quando foi acusado por senadores de mentir. Após a participação no ato, sem máscara, Pazuello deve ser chamado a depor novamente à comissão parlamentar no Senado.

Polícia Federal prende secretário de Saúde do Amazonas e faz buscas na casa do governador

Operação da PF com apoio da CGU tem como alvo integrantes do governo estadual e empresários envolvidos em desvios da Saúde

A Polícia Federal cumpre agora de manhã mandados de prisão e busca e apreensão contra investigados por desvios de recursos da Saúde do Amazonas.

A operação foi autorizada pelo STJ e mira integrantes do governo e empresários.

Trata-se da quarta fase da Operação Sangria que investiga fraude e desvios em contrato para a montagem de hospital de campanha e prestação de serviços.

São alvos da Polícia Federal agora de manhã o governador Wilson Lima e seu secretário de Saúde, Marcellus Campelo.

Ao todo, a PF cumpre 25 mandados, sendo 19 de busca e 6 de prisão temporária, em Manaus e Porto Alegre.

A PF prendeu Campelo e fez buscas na residência de Lima e em seu gabinete. Os demais alvos são empresários. Todos são investigados por práticas dos crimes de fraude licitatória, desvio de recursos públicos e organização criminosa.