BOLSONARO E O CENTRÃO

EDITORIAL DO ESTADÃO

“O presidente Jair Bolsonaro tem atraído cada vez menos simpatizantes para as manifestações antidemocráticas organizadas pelos camisas pardas do bolsonarismo”, diz o Estadão, em editorial.

“No domingo passado, diante do Palácio do Planalto, havia só um punhado de devotos, a quem o presidente qualificou de ‘povo’. Está cada vez mais claro que seu suporte real, hoje, depende fundamentalmente dos partidos fisiológicos que o bolsonarismo jurou varrer. Para estes, só existe crise quando o cheque que lhes compra o voto – isto é, a promessa de cargos na administração federal – não tem fundos.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + um =