Direto ao Ponto

A reportagem de capa de VEJA reafirma que, no Brasil, sábado é o mais cruel dos dias para quem tem culpa no cartório

Por Augusto Nunes

Sábado é mesmo o mais cruel dos dias para gente com culpa no cartório, reafirma a edição de VEJA que logo estará nas mãos dos assinantes e leitores. Desta vez, o sono dos pecadores será perturbado por informações que começam pela mensagem eletrônica enviada por Paulo Roberto Costa a Dilma Rousseff e se estendem por todas as páginas da reportagem de capa. Somadas, demonstram que Dilma e Lula, confrontados com evidências de que havia algo de podre no reino da Petrobras, liberaram o bando criminoso para seguir saqueando a maior das estatais.

Outro email divulgado por VEJA revela a manobra ensaiada por um Alto Companheiro e um advogado para materializar um dos sonhos do governo lulopetista: assassinar a independência do Tribunal de Contas da União com a montagem de uma bancada majoritária de ministros obedientes às vontades do Planalto. Gente como Erenice Guerra, por exemplo. A melhor amiga de Dilma só não foi transferida para o TCU por ter tropeçado num caso de polícia no meio do caminho. Descobriu-se que Erenice chefiava a Casa Civil e, simultaneamente, uma quadrilha de traficantes de influência.

 

Fonte: www.veja.com.br

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Bomba da Veja: E-mail de delator para Dilma

Revista vai revelar, de novo, de Dilma e Lula sabiam de tudo

Por enquanto, é só a capa.

Depois, a revista Veja, desta semana, apresentará os detalhes.

Nova Capa da Veja

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Anúncio oficial da futura equipe econômica do governo é adiado

Expectativa do mercado era conhecer nesta sexta novo ministro da Fazenda.

Barbosa tinha outra expectativa
Provável ministro é Joaquim Levy, com Nelson Barbosa no Planejamento.

A presidente Dilma Rousseff decidiu não mais anunciar nesta sexta-feira (21) os nomes dos ministros que integrarão a futura equipe econômica do governo. Segundo informou o Blog de Cristiana Lôbo, não foram explicadas as razões do adiamento.

O mercado tinha expectativa de que fossem anunciados os postos que deverão ocupar Joaquim Levy, Alexandre Tombini e Nelson Barbosa.

Ex-secretário do Tesouro Nacional, Joaquim Levy se tornou a principal opção para o Ministério da Fazenda depois que Luiz Carlos Trabuco, diretor-presidente do Bradesco, declinou do convite para assumir a pasta.

Prováveis ministros do segundo mandato de Dilma (Foto: Editoria de Arte / G1)

Caso isso se confirme, Nelson Barbosa deve assumir o Planejamento e Alexandre Tombinipermanecerá onde está – na presidência do Banco Central.

Todos os três chegaram a ser cogitados para ocupar a Fazenda. Nesta quinta, depois do velório do advogado e ex-ministro Márcio Thomaz Bastos, Dilma conversou longamente com Nelson Barbosa, informou Cristiana Lôbo. Levy também chegou a ser opção para o Banco Central, numa hipótese em que a Fazenda seria ocupada por Tombini.

De acordo com o Blog, a nomeação de Levy para a Fazenda seria uma sinalização mais forte da presidente Dilma Rousseff de que pretende se descolar, na medida do possível, da imagem de “ministra da Fazenda”. Durante todo o primeiro mandato, sempre se disse que Dilma foi, de fato, a “ministra” da Fazenda. Na campanha eleitoral, ela anunciou que Guido Mantega deixaria o posto no segundo mandato – de acordo com a presidente, por razões de ordem pessoal.

Para o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, a presidente convidou o senador do Armando Monteiro Neto (PTB-PE), candidato derrotado a governador de Pernambuco e ex-presidente da Confederação Nacional da Indústria. Segundo informou o Blog do Camarotti, ele aceitou.

Dilma também convidou a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), para ocupar o Ministério da Agricultura, de acordo com o Blog do Camarotti. A senadora sinalizou positivamente ao convite, informou o Blog, e passou a consultar lideranças do partido.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Juras a Temer

Colunista da Veja fala sobre articulações para Henrique ser ministro 

Alves jura lealdade a Temer

A propósito, no esforço para ser ministro (Leia mais aqui), Henrique Eduardo Alves faz, a cada conversa, mais e mais juras de lealdade a Michel Temer.

Disse Alves, rasgando seda:

– O PMDB sabe que sua força é sua unidade. Sob a liderança de Michel Temer, assim será.

Alves, aliás, também tem atuado de ponte entre Eduardo Cunha e Temer. Assim, se cacifa dos dois lados.

Por Lauro Jardim

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Em depoimento, lobista nega ligação com PMDB

Fernando Baiano, apontado como operador do partido no esquema montado na Petrobras, foi ouvido por três horas pela Polícia Federal em Curitiba

Em depoimento, Fernando Baiano negou ligação com o PMDB

O lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, negou em depoimento à Polícia Federal nesta sexta-feira ter ligação com o PMDB. De acordo com depoimentos de delatores daOperação Lava Jato, ele é articulador do partido no esquema bilionário de corrupção na Petrobras. O depoimento durou cerca de três horas, mas o advogado Mário de Oliveira Júnior não quis dar detalhes e alegou ter “se comprometido” a não falar sobre o teor do interrogatório.

Leia também:
PMDB corre para se descolar do lobista Fernando Baiano

Efeitos da Lava Jato podem afetar crescimento em 2015

“Fernando respondeu a todas as perguntas. Foi um depoimento tranquilo. Ele negou ligação com o PMDB, como está sendo negado há tempos”, afirmou o advogado ao sair da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR).

A Polícia Federal investiga denúncias de que o lobista intermediou o pagamento de propinas entre empresários, políticos e funcionários da Petrobras. Segundo as investigações, Fernando Baiano recebia “comissões” de empresários interessados em prestar serviços para a Petrobras e providenciava o pagamento de suborno para que os contratos fossem firmados com a estatal.

De acordo com os depoimentos prestados em acordos de delação premiada pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e pelo doleiro Alberto Youssef, Baiano era o intermediário do PMDB e colocava em prática negociatas com a diretoria Internacional da estatal. O lobista tinha proximidade com Nestor Cerveró, ex-diretor da área.

Leia também: Clube do bilhão domina obras públicas no país

A ligação entre o lobista e Cerveró foi mencionada em depoimentos do lobista Júlio Camargo, que atuava pela Toyo Setal. Na delação premiada, firmada com a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, Camargo disse que pagou 15 milhões de reais a Fernando Baiano em troca de contrato de venda de duas sondas para a diretoria Internacional da Petrobras na época comandada por Cerveró.

Não foi a única ligação do lobista com o PMDB nas investigações desencadeadas pela Operação Lava Jato. Fernando Baiano também aparece, em documento apreendido no escritório de Youssef, como  beneficiário de pagamentos de 1,13 milhão de reais.

O lobista teve 8.800 reais bloqueados pela Justiça Federal a pedido do Ministério Público Federal. A ordem judicial era que fossem bloqueados até 20 milhões de reais, mas investigadores desconfiam que o lobista tirou dinheiro do país para evitar um iminente congelamento de bens. Duas empresas do lobista também tiveram ativos bloqueados: a Hawk Eyes teve 6,5 milhões de reais sequestrados e a Technis Planejamento sofreu congelamento de 2 milhões de reais.

O lobista também possui participação societária em uma fornecedora direta da Petrobras. Como informou na segunda-feira a coluna Radar on-line, a Petroenge Petróleo Engenharia, uma empresa de manutenção industrial, tem contratos com a petroleira e a Transpetro que totalizam cerca de 80 milhões de reais. A Hawk Eyes detém 18% da Petroenge.

O advogado Mário de Oliveira Filho, que defende Fernando Baiano, negou que seu cliente seja lobista ou operador de qualquer partido na Petrobras. Para Oliveira Filho, Baiano é vítima de perseguição. O advogado declarou na quarta-feira que “não se faz obra pública sem acerto” no país. “O empresário, se porventura faz alguma composição ilícita com político para pagar alguma coisa, se ele não fizer isso, não tem obra. Pode pegar qualquer ‘empreiteirinha’ e prefeitura do interior do país. Se não fizer acerto, não coloca um paralelepípedo no chão”, disse o advogado, em Curitiba.

Fonte: www.veja.com.br

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Prefeito entrega novos equipamentos

Francisco José Júnior incrementa Praça do Novo Betânia

O prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior (PSD) entregou novos equipamentos esportivos na Praça do bairro Nova Betânia.

A solenidade com presenças dos vereadores Manoel Bezerra de Maria, Narcízio e Soldado Jadson.

A proposição foi de autoria do vereador Alex Moacir.

 

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

UERN arrecada brinquedos para crianças de 2 a 5 anos do ensino público

Reitor Pedro Fernandes lança campanha nesta sexta-feira

Lançamento

Reitor Pedro Fernandes, da UERN lança campanha – Foto: Marcos Garcia

 

 

Por Edinaldo Moreno – Defato.com

O lançamento da campanha “Meu Melhor Natal” da Universidade do Estado do Rio Grande Norte (UERN) ocorreu na manhã desta sexta-feira, 21, na reitoria da instituição.

Na oportunidade, a Pró-reitora de Recurso Humanos da UERN, Lúcia Musmee, disse que o principal objetivo da campanha neste ano é envolver o maior número de pessoas que possam ser solidárias.

Foto: Marcos Garcia

 

Ele afirma a participação destas pessoas será fundamental para o sucesso e que o intuito é qualitativo e não quantitativo. “Para este edição que uma participação maior das pessoas e que elas não somente faça a doação, mas sim se envolva com a causa. Não temos uma meta específica de doações”.

Segundo o reitor Pedro Fernandes, a entrega dos presentes poderá ser feita até o dia 3 de dezembro e a entrega será feita no dia 5 do mesmo mês. As crianças de dois a cinco anos das Unidades de Ensino Infantil (UEI) do município serão contempladas.

Foto: Marcos Garcia

 

Para os interessados em doar os pontos de arrecadação são a Reitoria, as Pró-reitorias e as unidades acadêmicas. A organização pede que os brinquedos doados observem as normas de segurança para a idade, evitando que contenham peças pequenas ou que incitem a violência.

 

Fonte: www.defato.com

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Diretório do PT de Mossoró se reúne neste sábado

Cenários da politica nacional, estadual e local estarão em pauta

O diretório municipal do Partido dos Trabalhadores de Mossoró estará reunindo todos os seus membros neste sábado a partir das 09 h.

O encontro acontecerá no auditório do SECOM (Sindicato dos Empregados no Comércio de Mossoró).

No encontro serão discutidas e analisadas as conjunturas políticas no estado e no país após a realização do pleito de outubro: ” O Brasil que sai das urnas”, detalhes para a posse da presidenta reeleita Dilma Rousseff, além de informes e encaminhamentos de interesse de todo o partido.

Na ocasião também será uma reflexão levado a discussão o atual momento do partido em nível local e a avaliação no governo municipal de Mossoró.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Câmara Cultural será realizada na próxima semana

Câmara Municipal prepara extensa agenda de atividades 

vereador francisco carlos (2)

A Câmara Municipal de Mossoró realizará mais uma edição da Câmara Municipal.

As atividades serão iniciadas na quinta-feira, com debate em plenário.

O encerramento será na sexta-feira com uma série de shows.

Aguarde a agenda de atividades que serão comandadas pelo presidente da Casa, vereador Francisco Carlos.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

UERN lança a Campanha Meu Melhor Natal

Reitor Pedro Fernandes presidirá lançamento de campanha

Nesta sexta-feira, 21, será realizado o lançamento da Campanha Meu Melhor Natal, pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

A promoção que chega a sua 17ª edição. será realizada na Reitoria da UERN, às 9h.

A solenidade será presidida pelo reitor da instituição, professor Pedro Fernandes.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+