Desembargador do TRF-4 mantém sequestro de dinheiro de Lula

João Pedro Gebran mantém decisão de Sérgio Moro contra Lula 

O desembargador federal João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Lava Jato no TRF-4, negou o pedido da defesa de Lula para impugnar o sequestro dos bens do ex-presidente, condenado a 9 anos e 6 meses no caso do triplex do Guarujá.

Está mantida a decisão de Sérgio Moro, que, a pedido do MPF, determinou o bloqueio em razão de uma necessidade futura de reparação de dano em favor da Petrobras.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Prefeitura e Secretaria de Saúde abrem grupos de beneficiamento

 

Prefeito Bibiano amplia investimento na saúde pública de Serra do Mel

POR ACLECIVAN SOARES

grupos de beneficiamentos (1) grupos de beneficiamentos (3)

A Administração Pública Municipal de Serra do Mel tem como foco dar prioridade todos os recursos básicos de urgência no que diz respeito à saúde, educação, abastecimento de água e pagamento dos servidores e fornecedores.

Diante desse fato, se destaca o trabalho realizado pela secretaria municipal de saúde, que ativou diversos grupos de beneficiamento à população em geral.

São grupos de gestantes, hipertensos, diabéticos, tabagismos e trabalho nas escolas, cuja ideia da secretaria é reforçar o apoio a todas essas pessoas por meio de reuniões, encontros e palestras.

Esse trabalho é importante tendo em vista que vai facilitar o controle com o perfil exato e necessário de cada paciente, tornando mais fácil ainda o acesso aos programas de saúde e vacinação que tramitam no município de Serra do Mel.

REATIVAÇÃO

A secretaria de saúde também reativou o aparelho de Hemograma na semana passada, uma vez que estava indisponível.

Outra importante notícia para a população de Serra do Mel é que em poucos dias uma nova sala com aparelho de Raio-X estará sendo disponibilizada para atender melhor a todos que procuram pelo serviço.

Para o prefeito Josivan Bibiano (PR), as melhorias são necessitas, atendem aos anseios da população e, também, aos compromissos por ele assumido na campanha.

“Fico feliz que em meio a tantas dificuldades enfrentadas, estamos conseguindo, na medida do possível, seja por meio de parcerias ou com recursos próprio e apoio de toda equipe de trabalho, desenvolvendo o melhor em prol da população”, comemorou Bibiano.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Biblioteca Ney Pontes Duarte comemora Dia do Escritor

Prefeita participa de celebração ao lado do vereador Alex Moacir 

Hoje, 25 é o Dia Nacional do Escritor e para comemorar a data, a Biblioteca Ney Pontes Duarte realizou nesta manhã, um momento de homenagem aos escritores mossoroenses, com exposição de livros e um momento de conversa com escritores.

A exposição contou com livros dos autores da Academia Mossoroense de Letras (AMOL), da Academia Feminina de Letras de Mossoró (AFLAM), da Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró (ACJUS), da Academia Maçônica de Letras do RN (AMLERN), da Academia Moossoroense de Literatura de Cordel (AMCL) e entidades afins, como: Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço (SBEC), Instituto Cultural do Oeste Potiguar (ICOP), Fundação Vingt-un Rosado (FVR), Associação de Escritores Mossoroenses (ASCRIM), Comissão Mossoroense de Folclore (COMFOLC) e Poetas e Prosadores de Mossoró (POEMA).

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Juiz do DF manda suspender decreto que aumentou tributos sobre combustíveis

Aumento foi anunciado pelo Governo na semana passada

juiz substituto Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília, determinou nesta terça-feira (25) a suspensão imediata do decreto publicado na semana passada pelo governo e que elevou a alíquota de PIS/Cofins que incide sobre a gasolina, o diesel e o etanol.

Procurada, a Advocacia-Geral da União (AGU) informou que vai recorrer da decisão assim que for notificada.

A decisão liminar (provisória) vale para todo o país e atendeu a pedido feito em uma ação popular, movida pelo advogado Carlos Alexandre Klomfahs.

Apesar de determinar a suspensão imediata do decreto, tecnicamente a decisão só vale quando o governo for notificado. A decisão também determina o retorno dos preços dos combustíveis.

O aumento começou a valer na sexta (21). Segundo o governo, a tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro e mais que dobrou: passou a custar aos motoristas R$ 0,89 para cada litro de gasolina, se levada em consideração também a incidência da Cide, que é de R$ 0,10 por litro.

A tributação sobre o diesel subiu em R$ 0,21 e ficou em R$ 0,46 por litro do combustível. Já a tributação sobre o etanol subiu R$ 0,20 por litro.

 (Foto: Ministério da Fazenda ) (Foto: Ministério da Fazenda )

(Foto: Ministério da Fazenda )

Borelli aponta que a decisão do governo de elevar a tributação sobre os combustíveis via decreto é inconstitucional. De acordo com o juiz federal, “o instrumento legislativo adequado à criação e à majoração do tributo é, sem exceção, a Lei, não se prestando a tais objetivos outras espécies legislativas.”

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

STAND UP POLÍTICO: MST PROTESTA CONTRA CORRUPÇÃO

MST INVADE ALGUMAS PROPRIEDADES MAS PASSA LONGE DOS IMÓVEIS DE LULA

É patética essa gritaria do PT e de seus esbirros e/ou puxadinhos, contra a corrupção.

Ora, o último capítulo dessa ópera-bufa, seu deu com o MST invadindo algumas propriedades.

Mas, claro, passou longe dos imóveis de Lula.

Como é que se ocupa imóveis para protestar contra a corrupção e não se invade os inúmeros imóveis de Lula?

 

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Fest Bossa & Jazz 2017 confirma novas atrações para Mossoró

Sueldo Soares convida Sandra de Sá e Tributo a Emílio Santiago estão na programação

A ‘Estação das Artes Elizeu Ventania’ vai ser palco para a edição 2017 do Fest Bossa & Jazz, em Mossoró-RN, nos dias 22 e 23 de setembro. E mais uma atração de peso é confirmada para levar as ondas sonoras do jazz ao Oeste do RN. O potiguar Sueldo Soares, mestre em misturar elementos de várias vertentes, com equilíbrio entre voz, texto e melodia para fazer música, convida a carioca Sandra de Sá, considerada a mais importante cantora do black music do Brasil.

Para o potiguar, não é a primeira vez que sobe ao palco com grandes nomes da música brasileira. Sueldo Soares, ao longo das suas três décadas de carreira, já tocou com Gilberto Gil, Paulinho da Viola, Jorge Bem Jor, Geraldo Azevedo e muitos outros. Agora, estará com a voz grave e potente de Sandra de Sá para misturar o swing.

Além dos dois, já foram confirmados também, o músico luso-brasileiro, nascido em Angola, Nuno Mindelis e um grande Tributo a Emílio Santiago com o cearense Marcos Lessa, reconhecido após participar do The Voice Brasil, o compositor e cantor natural de Icapuí-CE, radicado em Mossoró-RN, Alan Barboza; na direção musical do show, o renomado arranjador e pianista carioca, Fernando Merlino que tocou durante anos ao lado de Emílio Santiago, atualmente diretor musical da Leny Andrade. Completando o time de feras no Tributo, estão os potiguares Alex Magno (baixo), Anderson Lima (guitarra) e Gustavo Almeida (bateria).

Considerado um dos maiores festivais do gênero no Brasil, o Fest Bossa & Jazz tem entrada gratuita, organização de Juçara Figueiredo Produções, com apoio da Prefeitura Municipal de Mossoró, patrocínio Governo do Estado do Rio Grande do Norte, através da Lei Estadual Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura, recursos da SETUR e EMPROTUR por meio do Governo Cidadão.

Mas, para não esperar muito, o Fest Bossa & Jazz realiza prévias em agosto no Thermas Hotel & Resort e Virgulino Bar.

 

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Empresário Vilmar Pereira vê parceria para construir cemitério em Mossoró

Ainda não existe prazo para o início do projeto 

POR GUTEMBERG MOURA

A cidade poderá ter, em breve, o seu primeiro cemitério privado. O projeto está nas mãos do empresário Vilmar Pereira, com atuação no ramo de petróleo.
A intenção de Vilmar Pereira é implantar o cemitério em terreno localizado na Avenida Wilon Rosado (Estrada do Contorno), sentido Mossoró-Natal. Ele, entretanto, buscar parcerias para fazer a obra.
O empresário constata demanda para esse tipo de investimento, já que atualmente Mossoró conta com apenas dois cemitérios públicos, sendo que um deles, o São Sebastião, no centro da Cidade, já está com sua capacidade praticamente esgotada.
*Ainda não há um prazo para que o projeto seja efetivamente iniciado.
Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Oral Clínica prestará homenagem a profissionais da Odontologia

Comemoração marcará os 20 anos da Oral Clínica 

Celebrar – evento científico de gratidão á Odontologia e que marca os 20 anos de atuação da Oral Clínica no Rio Grande do Norte, vai prestar homenagens a personalidades importantes para a área e por apresentação ética, dedicação profissional e por contribuírem ao desenvolvimento da Odontologia.
Os homenageados são Dickson Martins da Fonseca, Manoel Perboyre Castelo, Jarbas Miguel Fernandes Mariano e Maria das Graças Lopes (in memorian). Todas as personalidades homenageadas fazem parte da história odontológica potiguar e possibilitaram, segundo o diretor-geral da Oral Clínica. Dr. Ney Robson, ampliação de espaços de mercado e a consequente melhoria ao uso de técnicas específicas nas subáreas que englobam a Odontologia.
A homenagem consta da programação do evento científico que ocorrerá nos dias 4 e 5 de agosto no Hotel Thermas. As inscrições ao evento podem ser feitas e-mail in.celebrar@hotmail.com ou pelo whatsApp (84) 99830-8051.
De acordo com a programação, o evento será iniciado às 15h do dia 4, com a realização de uma Feira Comercial. Às 19h, abertura com a palestra “Sinergia em Odfontologia Estética Integrada”, com Dickson Fonseca e Alexandre Ribeiro. Às 21h será servido coquetel e terá apresentação cultural com Nida Lira.
Para o dia 5, os trabalhos serão iniciados às 8h, com o professor Perboyre Castelo, que ministrará a palestra “A Importância da tomografia na clínica odontológica”. Às 10h será a vez da professora Lis Carvalho Guerra, que abordará o tema “Autoligáveis e seu impacto na ortodontia contemporânea”.
A programação será retomada a tarde e às 14h Dario Nunes discorre sobre “Próteses sobre implantes: soluções para o dia a dia”. Sequenciando, às 15h será a vez do professor Alberto Gurgel, que debaterá sobre “Cirurgias guiadas com implantes Cone Morse”.
Para as 17h está previsto debate sobre “Reconstruções ósseas em cirurgia buco maxilar facial”, com o professor Adriano Germano. E às 19h, a professora Tereza Jeane discorre sobre “Inovando sua gestão como líder coach.”
O diretor-geral da Oral Clínica, odontólogo Ney Robson, afirmou que o evento é aberto ao público interessado em assuntos ligados à área, bem como professores, estudantes e profissionais da área odontológica. “O evento científico é interessante, porque reunirá grandes nomes da odontologia brasileira, focalizando temas que são discutidas na atualidade. A nossa meta é realizar o Celebrar anualmente, sempre focando nas discussões atuais e voltadas para agregar valores aos estudantes, professores e profissionais da odontologia.”
Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Garibaldi acompanha assinatura da carta de adesão de Natal à Campus Party

 

Senador participou de solenidade nesta segunda-feira

carta de adesão Campus Party - 24 de julho de 2017 (15)carta de adesão Campus Party - 24 de julho de 2017 (15)

O senador Garibaldi Alves Filho participou, nesta segunda-feira (24), da assinatura da carta de adesão e compromisso por parte da Prefeitura de Natal com a Campus Party, com objetivo de sediar o evento, em 2018, na capital potiguar. A Campus Party é uma das principais feiras tecnológicas do mundo, tendo como público alvo jovens universitários e empreendedores.

A expectativa é que o evento ocorra em abril de 2018, com apoio do Governo do Estado, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), do Centro de Lançamento Barreira do Inferno (CLBI), da Rede Mundial de Cidades Inteligentes e Humanas, entre outras entidades de pesquisa e educação. Natal será a quarta cidade brasileira a sediar o evento, depois de Salvador, São Paulo e Belo Horizonte.

“Fiquei satisfeito em saber que Natal está apta em sediar um evento deste porte que deve despertar o interesse dos jovens na tecnologia. Além disso, mostrar que eles podem gerar renda com ideias próprias. Sem falar no movimento turístico para a cidade, que deve receber milhares de visitantes durante a Campus Party”, disse Garibaldi.

Participaram da assinatura da carta de adesão, o prefeito Carlos Eduardo, o presidente da Campus Party, Francesco Farruggia,  o professor e presidente da Rede de Cidade Inteligentes e Humanas, Álvaro Oliveira, a reitora da UFRN, professora Ângela Paiva, o diretor do CLBI, coronel Aviador Paulo Junzo, entre outros convidados.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

BRASÍLIA PARANÓICA

ARTIGO

POR PAULO AFONSO LINHARES

Resultado de imagem para Paulo Afonso LInhares

Por muitos anos a metrópole planejadas por Lúcio Costa e Oscar Niemeyer, Brasília, não passou de um esboço de grandes espaços vazios salteados com angulosas e curvilíneas estruturas de concreto armado – palácios, igrejas, aqueles prediozinhos enfileirados que parecem pedras do dominó que sediam ministérios, o conjunto arquitetônico que abrigam as duas casas do Congresso Nacional caracterizado pelas famosas meias esferas invertidas (ou pratos de sopa, como querem outros) e contrastadas por um duplo espigão.
Nos albores da nova capital, a visão fantasmagórica e desoladora de suas estruturas arquitetônicas e urbanísticas causaram forte e negativa impressão num casal de visitantes ilustres, o filósofo Jean-Paul Sartre e a escritora Simone de Beauvoir, a tirar pelo que esta escreveu: “Guardo a impressão de ter visto nascer um monstro, cujo coração e pulmão funcionam artificialmente, graças a processos de um custo mirabolante.” Por seu turno, Sartre igualmente ficou horrorizado como uma “suculenta” feijoada que lhe serviram num convescote no Rio de Janeiro, em 1960, no apartamento do jornalista José Guilherme Mendes, quando fez o famoso ‘elogio’ à culinária tupiniquim: “Mais… C’est la merde!” Nem precisa tradução. Detestou a feijoada e Brasília. Embora não tenha dito expressamente, ficou patente que nunca mais viria a Brasília e ao Brasil.
Durante os vinte e um anos de governos militares as ideias urbanísticas e arquitetônicas dos criadores de Brasília foram preservadas, a despeito de alguns arranca-rabos entre o notório comunista Niemeyer e os novos donos do poder que, de princípio, pensaram em dispensar os serviços do arquiteto tornado celebridade internacional de cuja prancheta sairiam sofisticados projetos que encantaram a Europa e os Estados Unidos da América, inclusive, foi seu o projeto arquitetônico da sede da Organização das Nações Unidas, localizada em Nova Iorque, construída entre 1949 e 1952. Numa dessas brigas os militares conseguiam impor sua vontade e desfiguraram o futurístico projeto do aeroporto de Brasília, cujo resultado desastroso os obrigou a retomar as encomendas de novos projetos ao escritório arquitetônico do carismático e não menos irascível Niemayer que, numa genial revanche projetou o belo monumento em memória do ex-presidente Juscelino Kubitschek que, batido pelo cáustico sol do cerrado, a certa hora do dia, lança sobre o quartel-general do Exército Brasileiro, o chamado “Forte Apache”, a sombra assustadora de uma foice e um martelo entrelaçados.
Mais de cinco décadas depois, a menina Brasília de Juscelino tornou-se uma cinquentona cheia de vícios, deturpações e medos. A sua passagem é marcada pela suntuosidade dos conjuntos arquitetônicos que abrigam os tribunais superiores e a Procuradoria Geral da República. No mais, a capital da República vive todos os dramas sócio-ambientais de outras metrópoles terceiro-mundistas, inclusive, o cinturão de comunidades pobres (as Cidades-Satélites) fruto de explosão populacional aliada à precariedade da geração de emprego e renda, um dos efeitos colaterais, também, das péssimas administrações governamentais do Distrito Federal, com governos populistas, corruptos ou ambos.
A Brasília hodierna, nestes tempos de Lava Jato, é uma cidade amedrontada, policialesca, paranóica, como nunca foi, mesmo na época de poder fardado. Agora, sob os auspícios do poder togado, a intolerância e as posturas autoritárias campeiam. No Senado Federal, por exemplo, o acesso do cidadão comum está muito restrito e precisa uma autorização do gabinete que visitar. Enfim, na maioria das repartições públicas de Brasília os visitantes são vistos, de princípio, como terroristas potencialmente perigosos. Sem qualquer exagero. Só vexames e humilhações que em nada ajudam a superação do clima de insegurança. Um horror.
E isto tudo somente reflete o clima de desagregação institucional vivido pelo Brasil, em que a imagem do presidente da República está cada vez mais abalada após delações que envolvem Temer em graves casos de corrupção, isto sem falar no enorme desprestígio do Congresso Nacional em razão da perda de iniciativa política, além de ter a maioria de suas lideranças também acusadas de receber propinas. Enfim, evidencia-se como verdadeira a profecia de Simone de Beauvoir: Brasília foi transformada num monstro. Pobre Brasil, tristes trópicos.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+