Número de mortos em Istambul sobe para 28

Ataque em aeroporto contabiliza mais de 60 feridos

Paramédicos resgatam feridos e levam corpos de vítimas após ataque em Istambul Foto: OSMAN ORSAL / REUTERS

Um ataque suicida no aeroporto de Ataturk, em Istambul, deixou pelo menos 28 mortos e mais de 60 feridos, de acordo com autoridades da Turquia. O aeroporto, o maior da cidade, fica na parte europeia de Istambul.

Três terroristas executaram o ataque, segundo o governador de Istambul, Vasip Sahin. De acordo com a agência estatal Anadolu, cerca de seis dos feridos estão em estado grave.

No Parlamento turco, Bekir Bozdag, ministro da Justiçã deu alguns detalhes sobre o atentado em discurso transmitido ao vivo pelas redes de rádio e televisão locais.

Segundo o ministro, um dos terroristas abriu fogo no terminal internacional e outro detonou os explosivos que carregava no próprio local, enquanto um terceiro homem-bomba se explodiu no estacionamento.

Dezenas de ambulâncias foram ao local e, segundo a imprensa turca, taxistas também levaram feridos a hospitais. O Ministério do Interior organizou um centro de crise para monitorar a situação, e todos os voos foram cancelados.

“Estávamos no controle de passaportes. Ouvimos um tiroteio. Começaram a atirar nas pessoas e então se explodiram”, disse à emissora CNN Turk a testemunha Mine Iyidinc.

Outra testemunha, Gozde Aydinoglu, também relatou os momentos de pânico que viveu. “Ouvi primeiro tiros, e então uma explosão. De novo tiros e gente correndo por todos os lados”, afirmou.

O aeroporto internacional de Ataturk é o 11º do mundo em fluxo de pessoas, registrando cerca de 60 milhões de passageiros no ano passado.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Ao menos dez morrem em explosões no aeroporto de Istambul

Testemunhas dizem que explosões deixaram ainda diversos feridos
Ataque aconteceu no terminal internacional do aeroporto Ataturk

Socorristas atendem as vítimas do ataque ao aeroporto Ataturk em Istambul, na Turquia, após exploões e tiros no local (Foto: Osman Orsal/Reuters)

Aeroporto Ataturk, em Istambul, foi atingido por explosões na terça (18) (Foto: Reprodução/Twitter/ruchankayrim)

Dez pessoas morreram após duas explosões na tarde de terça (28) no terminal internacional do aeroporto de Istambul, o maior da Turquia, de acordo com o ministro da Justiça turco, Bekir Bozdağ, que confirmou as mortes à agência Reuters.

O ministro disse ainda que os responsáveis pelo ataque abriram fogo usando rifles Kalashnikov.

O ministro do Interior da Turquia disse à CNN que diversas pessoas teriam ficado feridas no ataque ao aeroporto Ataturk, mas ainda não há informações oficiais sobre o número de atingidos ou a gravidade dos ferimentos. De acordo com a CNN turca, taxistas que trabalham no aeroporto estariam ajudando a transportar pessoas feridas até hospitais.

A emissora de TV turca Haberturk diz que diversas ambulâncias já chegaram ao local e que há mais de 40 feridos sendo atendidos por serviços de emergência.

À agência Reuters, um oficial turco não identificado diz que dois homens-bomba causaram as explosões. Eles teriam detonado os explosivos antes de passar pelo raio-X do controle de segurança do aeroporto. Ainda segundo a agência, policiais também atiraram para tentar neutralizar suspeitos.

O aeroporto foi fechado e a entrada e saída de pessoas foi interrompida.

Fonte: www.g1.com.br

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Obra ‘fiscalizada’ por Lula rendeu propina a seu conselheiro Delfim Netto. Que Belo Monte!

Delação de Otávio Marques revela frutos de uma longa história de cumplicidade

POR FELIPE MOURA

Da Veja 

Este blog relembra pela enésima vez duas frases ditas por Lula durante as obras da usina de Belo Monte:

1) “Estarei fiscalizando a construção dessa hidrelétrica.”

2) “Deus queira que elas (as empresas) queiram participar de todas (as obras). Porque, para nós, o ideal é essa parceria público-privada.”

Com um fiscal como Lula, não surpreende que a parceria público-privada ideal tenha rendido um Belo Monte de propina a seu conselheiro e velho garoto de recados Delfim Netto.

Como ser homem de alguém acima dos partidos como Lula aparentemente tem suas vantagens, a propina paga a Delfim foi descontada em partes iguais de PT e PMDB, segundo a delação de Otávio Marques Azevedo, da Andrade Gutierrez:

“Antonio Palocci, provavelmente em São Paulo, solicitou ao declarante o pagamento de R$ 15 milhões para Delfim Netto, dedutível do 1% de propina a ser paga. A empresa atendeu essa determinação de Palocci, porém descontou o valor pago a Delfim do montante total solicitado aos partidos PMDB e PT, em partes iguais”.

Tem mais: “Os valores a título de propina, no caso do PT, foram realizados, em parcelas, como doação eleitoral” e  “no caso do PT, as propinas foram pagas, no montante de (R$) 10 milhões, da seguinte forma: em 2010, o valor de 2,5 milhões de reais; em 2012, o valor de 1,6 milhão de reais; em 2014, no valor de 4,5 milhões de reais e, para Delfim Netto, o valor de 1,4 milhões de reais”, registra o Termo de Colaboração 02, de Azevedo, sobre Belo Monte.

A cumplicidade de Lula e Delfim é antiga, como mostrei aqui em agosto de 2015.

Lula e DelfimNa escuta da Lava Jato que flagrou Lula preocupado com “assuntos do BNDES”, o petista e seu companheiro de viagens que chegaria a ser preso Alexandrino Alencar, da Odebrecht, referiam-se também a um artigo assinado por Delfim que seria publicado no dia seguinte sobre o tema.

“Eu falei com DELFIM NETTO hoje, ele vai publicar um artigo amanhã no VALOR dando o cacete”, dizia Lula.

O fato de saber o tema na véspera da publicação indicava a articulação do Brahma com o mesmo ex-ministro da Fazenda que afirmou em 2008 que “Lula é o único economista que presta no Brasil” e ressaltou em 2012 o “grande avanço social e econômico por ele produzido”, como se não tivesse havido antes o Plano Real ao qual Delfim e Lula se opuseram.

artigo citado no telefonema, o enésimo da série de puxa-saquismo (ainda que velado), saiu no dia 16 de junho de 2015 no jornal Valor Econômico com o título “Exportação de serviços e o ‘complexo de vira-lata’” e foi reproduzido pelos blogs sujos do lulopetismo e de José Dirceu.

Em reação à reportagem da edição impressa do Globo “BNDES causa perdas de R$ 1,1 bi por ano ao FAT”, Delfim tratava de defender o financiamento do banco estatal para a exportação de serviços de construtoras em obras de infraestrutura em países como Cuba, Venezuela e Angola.

Sim: tudo que interessava aos dois maiores lobistas da Odebrecht, Alexandrino e Lula.

“É abusivo dizer que o BNDES é uma ‘caixa preta’ e é erro grave afirmar que deve dar publicidade às minúcias das suas operações, o que, obviamente, revelaria detalhes dos contratos de seus clientes que seriam preciosas informações para nossos concorrentes e, portanto, contra o Brasil“, alegava Delfim, igualzinho à propaganda do PT.

Como comentei em dezembro de 2015, depois que Eduardo Cunha acolheu o pedido de impeachment contra Dilma Rousseff:

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Duas explosões no principal aeroporto de Istambul

Existem muitos feridos 

Photo published for Duas explosões no principal aeroporto de Istambul

O aeroporto Internacional Atatürk de Istambul, o principal da capital de Turquia, foi palco nesta terça-feira de duas explosões, segundo informaram fontes oficiais à agência Reuters. “Múltiplas pessoas” podem ter ficado feridas,  segundo as mesmas fontes. A cadeia de televisão CNN Turk afirma que também houve um tiroteio.

As explosões aconteceram no edifício de estacionamentos e todos os acessos ao terminal foram fechados. Mais informação em breve.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

ESPAÇO DO GIVVA

O ENCONTRO SECRETO ENTRE TEMER E CUNHA

POR GIVANILDO SILVA

Givanildo Silva II

Temer tem encontro secreto com Eduardo Cunha.

Assessores do Planalto dizem que, na reunião, os dois analisaram “cenários políticos”. O Jaburu foi o ambiento da comédia, ou terá sido uma ação dramática?

Certamente, ética não constou da pauta.

Mais um desvio do interino professoral, sob os olhares de um povo permissivo e, pior ainda, de uma imprensa passional.

Fonte: Face e Blog do Givva

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Robinson Faria anuncia concurso público para três mil policiais

Governador participou de comemorações dos 182 anos da Polícia Militar

Em solenidade na PM, governador Robinson Faria confirma concurso para mais de 3 mil vagas

Os avanços na área da segurança pública foram destacados pelo governador Robinson Faria durante solenidade de comemoração pelos 182 anos da Polícia Militar do Rio Grande do Norte e 130 anos da banda de música da instituição. O evento teve a presença da cúpula da segurança do Rio Grande do Norte e foi realizada na Escola de Governo, no Centro Administrativo nesta segunda-feira (27).

O chefe do Executivo Estadual elencou as conquistas da PM em pouco mais de um ano de governo como a promoção de mais de cinco mil e trezentos agentes de segurança, dos quais quatro mil são policiais militares, o que corresponde à metade do efetivo do estado, concessão de direitos represados há décadas, criações das Áreas Integradas de Segurança Pública e do Ronda Cidadã, a polícia de proximidade que tem aprovação de 85% da população.

O governador destacou também os dois concursos públicos para três mil agentes de segurança, um para 2016 e o segundo para o próximo ano, o reajuste salarial de 26% desde janeiro de 2015 até o momento, investimento de R$ 2 milhões em capacitação e treinamento para os policiais, e mais R$ 7 milhões para renovar os contratos de aluguéis de 250 veículos para a PM.

Em 2016, o Governo irá investir mais R$ 15 milhões na renovação e ampliação da frota da Sesed. A frota também foi renovada para patrulhamento, fiscalização e apoio na realização dos serviços policiais com custo de quase R$ 4 milhões, o pagamento contínuo das diárias operacionais.

A Lei de Organização Básica (LOB), um dos pleitos antigos dos PMs, está nos ajustes finais, bem como o Código de Ética e elaboração do Estatuto seguem em elaboração, assim com foi instituída uma Comissão de Reestruturação da Legislação da Polícia Militar que incluí representações de Praças e Oficiais.

Sobre as ações que contemplaram as forças de segurança do estado, o governador foi enfático ao falar para a plateia composta quase que integralmente por policiais.  “Jamais um governo estadual deu tamanho enfoque à valorização dos profissionais da segurança pública. Desde o início do nosso governo não faltou motivação e vontade de atender aos sonhos da corporação. Mas hoje é um dia para renovar publicamente minha confiança no trabalho feito por todos vocês e convocá-los a continuar lutando pela paz que desejamos, um clamor da população”, disse.

O comandante Geral da PM, Dancleiton Pereira Leite, enfatizou as medidas adotadas pelo governo desde os primeiros dias da gestão. “Os ajustes represados que foram concedidos aos nossos policiais eram um sonho antigo, assim como a promoção dos profissionais. Desenvolvemos muitas ações como as Áreas Integradas de Segurança Pública, que vão trazer uma integração maior entre PM e Polícia Civil, e o Ronda Cidadã, que pretendemos expandir para outras cidades”, disse.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Prefeitura de Mossoró convoca 42 professores aprovados em concurso

Edital de convocação de profissionais da educação é publicado 

A Secretaria Municipal de Administração e Finanças publicou edital de convocação de profissionais da educação aprovados no concurso público nº 001/2013, realizado pela Prefeitura de Mossoró, homologado e publicado no dia 21 de fevereiro de 2014 no Jornal Oficial de Mossoró (JOM). As 42 vagas contemplam a substituição de professores da Rede Municipal de Ensino que receberam concessão de aposentadoria.

Os convocados têm o prazo de 15 dias, a contar da data de publicação do edital, para comparecer à sede da Secretaria Municipal da Administração e Finanças, no horário de expediente aberto ao público – 7h às 13h. A finalidade é comprovar habilitação com vistas ao ingresso no serviço público. Para isso, os profissionais deverão apresentar documentação e dados dispostos no edital.

As vagas contemplam as funções de professor de Língua Portuguesa, professor de Matemática, professor de Ciências, professor de Educação Física, professor de Ensino Religioso, professor de História e professor da Educação Infantil e do Ensino Fundamental do 1º ao 5º ano.

A Secretaria Municipal de Administração e Finanças está localizada na Rua Idalino de Oliveira, n.º 106, Centro. A íntegra do edital de convocação foi publicada no JOM de sexta-feira passada, 24, e pode ser acessada através do link: http://zip.net/bftnm9

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Júlio César informa que é assessor jurídico do PP

Ao contrário do que informamos, o pré-candidato a vereador é seu pai, o contador Luiz Soares

Luiz Soares, ao lado do deputado federal Beto Rosado no encontro do PP

Durante a cobertura de encontro do PP, na noite desta segunda-feira, 27, informamos que o advogado, Júlio César, era pré-candidato a vereador.

Em verdade, Júlio César é assessor jurídico do PP.

O pré-candidato a vereador de sua família, é seu pai, o contador Luiz Soares, na foto, ao lado do deputado federal, Beto Rosado.

Feita a retificação.

 

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

O louco voltou: Ciro defende ‘sequestrar’ Lula em caso de pedido de prisão

Pela posição do ex-governador do Ceará Lula pode roubar, mas não deve ser preso

Ciro Gomes

Pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT-CE) fala em “sequestro” de Lula até uma embaixada para evitar prisão (Ségio Dutti/AE/VEJA)

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) defendeu um “sequestro” do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva caso o juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato, decrete a prisão do petista, o que segundo ele estaria “fora das regras do estado democrático de direito”. Ciro explicou sua ideia desmiolada ao jornal O Globo: “Se a gente formar um grupo de juristas, pode pegar o Lula e entregá-lo numa embaixada. À luz de uma prisão arbitrária, um ato de solidariedade particular pode ir até esse limite. Proteger uma pessoa de uma ilegalidade é um direito”, disse. (Da redação)

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

UM SENADO QUE ENVERGONHA

GLEISI PRESIDE COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA MESMO COM PRISÃO DO MARIDO E UMA SÉRIE DE DENÚNCIAS CONTRA A MESMA 

Gleisi Hoffmann acusou a PF de cometer excessos

Gleisi Hoffmann acusou a PF de cometer excessos

É uma falta de vergonha.

Um Senado que não honra a nação brasileira.

Ligo agora, às 12h30, na TV Senado, e lá estão nomes como Tasso Jereissati (PSDB), José Agripino (DEM), Romero Jucá (PMDB) e outros tantos, em um debate com direito a farpas verbais entre alguns deles.

E, pasmem!

Sabe quem é que está presido o Senado, com ares de santa do pau oco?

Se arrisco Gleisi Hoffmann, do PT, a senadora que teve o marido e o advogado políticos presos e que é alvo de uma série de acusações.

Querem um exemplo.

Agora mesmo, enquanto comanda uma reunião no Senado, Gleisi é alvo de mais uma grave denúncia.

Confira a matéria que está no ar no site do Uol:

A Operação Custo Brasil aponta que o advogado Guilherme de Salles Gonçalves, apontado como repassador de propinas para o ex-ministro Paulo Bernardo, bancou R$ 32 mil referentes a custos de um loft alugado em Brasília para uso da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) durante a campanha de 2010.

Gonçalves, preso pela Polícia Federal no domingo (26) no Aeroporto Internacional de São Paulo em Guarulhos, quando chegou de uma viagem a Portugal, teria usado seu escritório em Curitiba para bancar despesas de caráter eleitoral da petista. Gleisi é alvo de investigação no Supremo Tribunal Federal. Ela detém foro privilegiado perante a Corte.

Nesta segunda-feira (27), Gonçalves foi ouvido em audiência de custódia pelo juiz Paulo Bueno de Azevedo, da 6ª Vara Federal Criminal, que deflagrou a Custo Brasil.

Além do advogado tiveram a prisão decretada outros dez alvos da operação, que investiga o esquema Consist, entre eles Paulo Bernardo. O esquema Consist é um suposto desvio de R$ 100 milhões a partir de empréstimos consignados no âmbito do Ministério do Planejamento, na gestão do marido de Gleisi.

Parte daquele montante, em torno de R$ 7 milhões, teria sido repassada para o escritório de Gonçalves, ligado ao PT – do escritório teria saído a propina para Paulo Bernardo, no mesmo valor.

Em agosto de 2015, a Operação Pixuleco 2, desdobramento da Lava Jato, fez buscas no escritório e apreendeu documentos que indicam o elo de Gonçalves e campanhas eleitorais do partido e de Gleisi em 2010.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+