VAZAMENTO DE GÁS EM APARTAMENTO NO CHILE MATA UMA FAMÍLIA DE BRASILEIROS

CINCO CATARINENSES ESTÃO ENTRE OS MORTOS

POR NSC TOTAL

A família é de Biguaçu, na Grande Florianópolis, e passava férias em Santiago, capital chilena

Por Guilherme Simon

 

 

Cinco catarinenses foram encontrados mortos na tarde desta quarta-feira (22) em um apartamento em Santiago, no Chile.

As vítimas são um casal de Biguaçu, na Grande Florianópolis, os dois filhos, além de outro casal formado por um catarinense e uma mulher de Goiânia.

Eles teriam sido vítimas de um vazamento de gás.

A identidade das vítimas foi confirmada pela família. Os mortos são o casal Fabiano de Souza, 41 anos, e Débora Muniz Nascimento de Souza, 38 anos, e os filhos Caroline Nascimento de Souza, que completaria 15 anos nesta semana, e Felipe Nascimento de Souza, 13.

A família morava em Biguaçu.

Além deles, também morreram Jonathas Nascimento Kruger, 30 anos, que também é catarinense e é irmão de Débora, e a esposa dele, Adriane Krueger, que é de Goiânia. O casal morava na cidade de Hortolândia, em São Paulo.

Em entrevista à reportagem, Noemi Fortunato Nascimento, que é prima de Jhonatas e Débora, contou que a família viajou a Santiago para comemorar os 15 anos de Caroline. Eles teriam alugado um apartamento na capital chilena por meio de um aplicativo de celular.

Noemi também contou que a família estava prestes a voltar a Santa Catarina, pois a mãe dos irmãos Jhonatas e Débora faleceu em Florianópolis na madrugada desta quarta.

Por meio de mensagens, Débora teria relatado à prima que estava se sentindo mal, e que as outras pessoas no apartamento também apresentavam sintomas estranhos. Ela acreditava que eles pudessem ter sido envenenados.

 

 

De acordo com a AFP, eles teriam inalado gás, supostamente monóxido de carbono, informou o comandante da Polícia da capital chilena. Como estavam sentindo um mal-estar físico, o grupo pediu ajuda ao cônsul brasileiro, que se dirigiu ao local, acompanhado de efetivos da Polícia. Quando chegaram, tiveram que entrar à força no apartamento, onde encontraram os corpos.

— Pudemos constatar que havia seis pessoas falecidas, quatro adultos e dois menores, e que possivelmente sua morte teria sido provocada por emanação de gás — disse o comandante Rodrigo Soto à imprensa local.

PRESIDIÁRIO TEME MOURÃO

LULA JÁ AVISOU ATÉ SUA TURMA NO STF

Lula mandou o PT abandonar qualquer plano para derrubar Jair Bolsonaro, porque teme o general Hamilton Mourão.

O recado já chegou ao STF.

É o que informa O Antagonista.

EMÍLIO FERREIRA INDICADO PARA O CONSELHO DE ÉTICA DA CÂMARA

FOI DO VEREADOR A SOLICITAÇÃO PARA INSTALAÇÃO DO COLEGIADO

A imagem pode conter: 1 pessoa

O vereador Emílio Ferreira (PSD) foi indicado para compor o Conselho de Ética da Câmara Municipal de Mossoró. Foi dele, em 2018, o pedido dirigido ao plenário da Casa para a reinstalação do colegiado.
_É uma honra poder fazer parte de tão importante conselho e espero contribuir para que ele possa cumprir sua função_, comentou Emílio, que teve seu nome indicado pelo líder do bloco governista, vereador Alex Moacir (MDB).
Emílio entende que o papel do Conselho de Ética não é a de promover “caça às bruxas” no parlamento. “O objetivo é evitar excessos e manter disciplina”, diz.
O Conselho de Ética será composto pelos vereadores Emílio Ferreira (PSD), Alex Moacir (MDB), Manoel Bezerra (PRTB), Raério Araujo (PRB) e Ozaniel Mesquita (PR).

STAND-UP: POLÍTICA

OCUPANTE DO EXECUTIVO NÃO PODE PRESTAR CONTAS DAS AÇÕES?

Se essa moda pega…

Então, nenhum ocupante de cargo Executivo poderá prestar contas de ações realizadas por sua gestão?

Manda para o lixo – imediatamente – a Lei que estabelece prestação de contas por prefeitos, governadores e presidente da República.

Alguém precisa avistar aos meninões & meninonas que eles não foram dotados de veia cômica – eheheh…

 

CONTRA MOR O PT SE UNIU AO AÉCIO NEVES

A BANDIDAGEM UNIDA E REUNIDA

Para retirar o COAF do ministro Sérgio Moro, na Câmara Federal, nesta quarta-feira, 21, o PT se uniu ao tucano Aécio Neves.

A bandidagem unida e reunida…

O POVO HONRADO CONTINUA COM MORO

NA HORA CERTA A RESPOSTA SERÁ DADA NAS URNAS

Sobre a decisão da maioria da Câmara de retirar o COAF do Ministério da Justiça, lamento o ocorrido. Faz parte da democracia perder ou ganhar. Como se ganha ou como se perde também tem relevância. Agradeço aos 210 deputados que apoiaram o MJSP e o plano de fortalecimento do COAF.

GILBERTO GIL TERÁ QUE DEVOLVER R$ 3 MILHÕES AO GOVERNO FEDERAL

A LEI ROUANET PEGA PETRALHA

Resultado de imagem para Gilberto Gil

O Ministério da Cidadania, fruto da fusão dos ministérios do Desenvolvimento Social, Esporte e Cultura, comunicará ao cantor e compositor Gilberto Gil que foi lavrada contra ele uma multa no valor de R$ 3 milhões.

Esse é dos protagonistas do ELE – BOLSONARO – NÃO!

Agora, está explicado.

 

CÂMARA FORMA COMISSÕES DE ÉTICA E DE REGIMENTO INTERNO

Com a composição, colegiados funcionarão efetivamente

Na sessão desta quarta-feira (22), as bancadas de situação e oposição indicaram vereadores para a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar e Comissão Especial de Revisão do Regimento Interno. Com a composição dos membros, as comissões passarão a funcionar efetivamente.

A Comissão de Ética e Decoro Parlamentar possui atribuições de zelar pela observância dos preceitos da ética, preservação da dignidade do mandato, instauração de processo ético-disciplinar, dentre outros.

Pelo governismo, foram indicados os vereadores Manoel Bezerra (PRTB), Emílio Ferreira (PSD) e Alex Moacir (MDB). E pelos oposicionistas, os vereadores Ozaniel Mesquita (PR) e Alex do Frango (PMB). A indicação obedece à proporcionalidade as bancadas – a governista é majoritária.

Já a Comissão Especial de Revisão do Regimento Interno apresentará proposta de modernização do conjunto de normas, que rege o processo legislativo, como regras para tramitação de matérias, pronunciamento de vereadores, formato das sessões, entre outras.

A bancada governista indicou os vereadores Aline Couto (sem partido), Professo Francisco Carlos (PP), Sandra Rosado (PSDB), Manoel Bezerra (PRTB) e Alex Moacir (MDB), e bancada de oposição, os vereadores Genilson Alves (PMN) e Raério (PRB).

JUSTIÇA DO RN DETERMINA DETRAN QUE ANULE CREDENCIAMENTO DE FABRICANTES E ESTAMPADORES DE PLACAS NO MODELO MERCOSUL

Por decisão órgão deve abrir novo cadastramento de empresas 

Operação investiga suposta prática de crimes ocorridos durante o processo de credenciamento para fabricantes e estampadores das placas modelo Mercosul (arquivo) — Foto: Sidney Silva

Operação investiga suposta prática de crimes ocorridos durante o processo de credenciamento para fabricantes e estampadores das placas modelo Mercosul (arquivo) — Foto: Sidney Silva

A Justiça determinou que o Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran-RN) anule o procedimento de credenciamento de fabricantes e estampadores de placas no padrão Mercosul. A medida deve ser tomada com “urgência” e, em caso de descumprimento, o diretor-geral do órgão deverá pagar multa diária de R$ 10 mil.

A decisão foi proferida nesta terça-feira (21) pela 6ª vara da Fazenda Pública de Natal, após pedido do Ministério Público do Estado, dentro da operação Chapa Fria, deflagrada em abril. A investigação apura o direcionamento, manipulação e fraude no processo de credenciamento para fabricantes e estampadores das placas Mercosul, com o objetivo de favorecer um grupo de empresas.

Os indícios são de que os investigados estabeleceram requisitos e impuseram obstáculos nas normas locais (edital e regulamento) que não constavam nas resoluções do Denatran. Com isso, eles impuseram empecilhos técnicos e direcionaram o processo de credenciamento em favor de determinadas empresas.

Ainda segundo o que já foi investigado, para obter o controle total do processo de credenciamento e realizar a manipulação pretendida, foi criada uma comissão de credenciamento de fachada, cujos membros designados eram servidores do Detran que sequer sabiam que integravam esse grupo e jamais praticaram quaisquer atos dos que foram publicizados e inseridos fraudulentamente no sistema eletrônico de informações do órgão.

A decisão

Com a decisão atual, o Detran fica obrigado a cadastrar, em 48 horas, todas as empresas fabricantes de placas de identificação veicular e empresas estampadoras já devidamente credenciadas e que atendam às exigências do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

A ordem abrange as empresas que ainda não tiveram seus pedidos avaliados e as empresas que tiveram seus pedidos denegados. Outra medida imposta na decisão judicial é que o Detran realize a abertura de novo cadastramento, no prazo de 48 horas, para possibilitar que outras empresas credenciadas no Denatran, possam se habilitar para a produção, estampagem e acabamento de placas veiculares.

Na decisão, o juiz destaca que “há indícios de que o Detran/RN ultrapassou os limites de sua competência ao publicar o Edital de Credenciamento nº 001/2018” e que “caso a medida não seja apreciada neste momento inicial, observa-se a ocorrência de prejuízos diários ao consumidor (valores maiores para emplacamento) e para as demais empresas do setor, prejudicando as suas atividades, permitindo a continuação da concentração de mercado em número limitado de empresas”.

Fonte: G1/RN

JUSTIÇA ACATA DENÚNCIA CONTRA ROBINSON FARIA POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

A acusação de prática de improbidade administrativa contra o ex-governador é um desdobramento da “Operação Dama de Espadas”

O juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública, Francisco Sepháfico da Nóbrega Coutinho, acatou a abertura de processo contra o ex-governador Robinson Faria por suposta improbidade administrativa no envolvimento de inserção fraudulenta de pessoas na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

A acusação de prática de improbidade administrativa contra Robinson é um desdobramento da “Operação Dama de Espadas”, deflagrada em agosto de 2015. Ela apura desvios de recursos públicos na ALRN no período de 2006 a 2015. O esquema teria causado prejuízo ao erário de mais de R$ 5 milhões.

O MPRN acusa o político de ter continuado com a prática mesmo depois de ter deixado a presidência da Assembleia e ocupado às funções de vice-governador e governador do Estado. O ex-governador terá 15 dias para apresentar a defesa.

Nos autos, atribui-se a Robinson Faria a conduta de incorporar ao seu patrimônio e concorrer para que terceiros “igualmente se locupletassem indevidamente dos recursos públicos desviados, por meio de esquema estruturado na Assembleia Legislativa de inserção de pessoas na folha de pagamento, sobretudo na folha de pagamento paralela, dentro da cota-parte de suas indicações cujo valor estimado gravitava em torno de R$ 180 mil por mês”.

Já a defesa do ex-governador, segundo os autos, asseverou que a imputação é fantasiosa e aponta supostas inverdades e equívocos do Ministério Público Estadual.

Fonte: Tribuna do Norte