Category Archives: Notícias

“Na eleição de 2018, o herói nacional não era o Bolsonaro, era o Moro”

O deputado Júnior Bozzella defende que a turma da Terceira Via leve em consideração uma possível candidatura do ex-juiz da Lava Jato
“Na eleição de 2018, o herói nacional não era o Bolsonaro, era o Moro”

POR O ANTAGONISTA

O deputado Júnior Bozzella, hoje um dos vice-presidentes do PSL, disse a O Antagonista considerar que Sergio Moro está certo em não decidir ainda se concorrerá em 2022.

Amanhã, deverá ser oficializada, em evento em Brasília, a fusão do PSL com o DEM. Moro deve esperar o resultado dessa fusão e também as prévias do PSDB, marcadas para o fim de novembro.

Para Bozzella, o novo partido, embora tenha a pretensão de candidatura própria ao Planalto, não pode descartar apoio a uma eventual candidatura presidencial do ex-juiz da Lava Jato.

“O Moro representa o sentimento do qual o Bolsonaro conseguiu ser o catalisador em 2018. Mas, naquela eleição, o herói nacional não era o Bolsonaro, era o Moro. O Bolsonaro era o mico que virou mito. A agenda que elegeu Bolsonaro em 2018 e que foi renunciada pelo presidente ao longo do seu governo está mais viva do que nunca para 2022.”

Bozzella também afirmou que Bolsonaro foi “o remédio que, ao invés de trazer cura, virou veneno”.

E ainda ironizou:

“Bolsonaro é realmente um mito: conseguiu resgatar o petismo e fez as pessoas sentirem saudade do Lula.”

O deputado acrescentou que as lideranças políticas que buscam construir a chamada Terceira Via precisam ter o apoio a Moro como opção.

“Se a maioria entender que o nome que atende aos anseios do povo brasileiro e melhor representará a Terceira Via é o do ex-juiz Sergio Moro, entendo que temos que sentar e conversar. Este é um momento de união, de somarmos forças para construirmos uma candidatura sólida.”

Sobre esse mesmo assunto, a única senadora do PSL, Soraya Thronicke, comentou com O Antagonista:

“A garantia que nos foi dada é a de que não seremos coadjuvantes, e, sim, protagonistas mais uma vez. Os nomes descartados e rechaçados são os da esquerda. Afora isso, estamos fazendo pesquisas para podermos identificar o nome com maior viabilidade.”

Sine oferece 42 vagas de emprego para 4 cidades do RN nesta terça (5)

Oferta de emprego

O Serviço Nacional do Emprego (Sine), oferece 42 vagas de emprego formal para Natal, Mossoró, Assú e Santa Cruz nesta terça-feira (5).

Há oportunidades para contratação permanente e temporária e voltada para pessoas com deficiência, em cargos como analista de marketing, assistente de vendas, manicure, mecânico de automóvel, pedreiro, entre outros.

Para concorrer às oportunidades, os candidatos devem se cadastrar via Internet através do Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego ou nos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, disponíveis para Android e IOS.

Os telefones de agendamento estão disponíveis para informações: 3190-0783, 3190-0788. O atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 12h.

De acordo com o Sine, todas as oportunidades estão sujeitas a alteração. Para saber em tempo real qual ocupação está de acordo com o perfil profissional, o interessado deve acessar o portal.

Vagas

Natal e região metropolitana

  • analista de marketing – 1
  • assistente de vendas – 1
  • auxiliar mecânico de refrigeração – 2
  • balconista de açougue – 1
  • cabeleireiro unissex – 2
  • manicure – 1
  • massagista – 6
  • mecânico de automóvel – 1
  • mecânico de refrigeração – 2
  • pedreiro – 1
  • pizzaiolo – 1
  • técnico em eletromecânica – 1
  • vendedor pracista – 3

Vagas para pessoas com deficiência

  • ajudante de motorista – 2
  • auxiliar de engenheiro da construção civil – 1
  • auxiliar de estoque – 2
  • embalador à mão – 1
  • pedreiro – 1
  • servente de obras – 4

Mossoró e região

  • ajudante de motorista – 1
  • costureira em geral – 1
  • cozinheiro geral – 1
  • padeiro – 1

Assú e região

  • tratorista agrícola – 1

Santa Cruz e região

  • auxiliar de contabilidade – 1
  • auxiliar técnico de engenharia (construção civil) – 1
  • mecânico de máquinas pesadas (manutenção) – 1

Comissão da Câmara aprova convocação de Guedes para explicar empresa offshore

Legal mas imoral

Paulo Guedes, ministro da Economia — Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (5) a convocação do ministro da Economia, Paulo Guedes, para que ele preste informações sobre movimentações financeiras no exterior por meio de uma empresa offshore.

A conta de Guedes no exterior foi revelada no último fim de semana pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ). Por se tratar de convocação, o ministro da Economia é obrigado a comparecer à comissão.

Quando a informação foi revelada, o Ministério da Economia informou que toda a atuação privada de Paulo Guedes foi “devidamente declarada à Receita Federal, Comissão de Ética Pública e aos demais órgãos competentes”.

“As informações foram prestadas no momento da posse, no início do governo, em 2019. Sua atuação sempre respeitou a legislação aplicável e se pautou pela ética e pela responsabilidade”, acrescentou o ministério na ocasião (leia íntegra mais abaixo).

Os requerimentos aprovados nesta terça são de autoria dos deputados Paulo Ramos (PDT-RJ) e Kim Kataguiri (DEM-SP).

O líder do governo, Ricardo Barros (PP-PR), chegou a pedir que a convocação fosse transformada em convite, mas os deputados negaram. Diferentemente da convocação, o convite não obrigaria a ida do ministro à comissão.

MPF vai investigar atuação de Michelle Bolsonaro junto à Caixa

Crusoé revelou que primeira-dama atuou diretamente para liberar empréstimos no banco estatal a empresários de Brasília próximos da família Bolsonaro

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, participa da cerimônia de inclusão dos funcionários portadores de deficiência da Cai

A Procuradoria da República no Distrito Federal decidiu investigar a atuação de Michelle Bolsonaro junto à Caixa Econômica Federal com a finalidade de liberar empréstimos para empresários de Brasília que são próximos da família presidencial, informa Patrik Camporez na Crusoé.

Em sua mais nova edição, Crusoé revelou que a primeira-dama fez o pedido diretamente ao presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e depois enviou ao banco uma lista com nomes de empresas que deveriam ser contempladas.

Segundo o MPF, a investigação acontecerá dentro de um procedimento já aberto para investigar Guimarães por suposta pressão política sobre a Febraban.

Ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo sofre acidente no Oeste potiguar

Político estava com outras três pessoas no carro

POR G1RN

Caminhonete em que estava o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo, e mais três pessoas, bateu na vegetação após sair da pista.  — Foto: Cedida/PM

O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), sofreu um acidente na noite desta quinta-feira (30), na RN-078 na cidade de Martins. Ele e mais três pessoas estavam em um carro quando o motorista perdeu o controle, saiu da pista e bateu em uma árvore. Ninguém ficou ferido com gravidade.

Segundo informações da Polícia Militar, o acidente aconteceu por volta das 20h, em uma curva na RN-78 a poucos metros da entrada da cidade.

De acordo com a PM, o motorista que dirigia a caminhonete modelo Frontier contou que perdeu o controle, sobrou na curva e bateu na vegetação que fica às margens da rodovia.

Além do motorista e do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves, outras duas pessoas estavam na caminhonete.

O motorista não teve ferimentos. Os outros ocupantes foram socorridos pela população para o hospital da cidade. Um guincho foi acionado pra remover o veículo.

O motorista permaneceu no local e contou a polícia que no momento do acidente eles vinham de Natal e para pernoitar na cidade de Martins e na manhã desta sexta-feira (1) cumpririam agenda política na cidade de Pau dos Ferros.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, Carlos Eduardo afirmou que está bem e agradeceu a solidariedade da população local e da equipe de saúde que atendeu ele e sua equipe.

O político também anunciou a suspensão das atividades que teria, nesta sexta-feira (1º) em Pau dos Ferros, Mossoró e Upanema. “Estou dolorido, acordei até um pouco empenado, mas brevemente estaremos de volta para cumprir essa agenda”, disse.

Governadora do Estado autoriza realização de concurso público para Uern

O concurso prevê vagas para professores e técnicos-administrativos

Em solenidade, na manhã desta segunda-feira, 29, a governadora do Estado, Fátima Bezerra, assinou a autorização para a realização de um novo concurso público para a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern). O ato solene ocorreu no pátio da Reitoria da Instituição

“É mais uma pauta concreta da governadora Fátima Bezerra em prol de benefícios para a Universidade”, destaca a reitora Cicília Maia. Ela informa que, mesmo com um concurso ainda em vigor, a Uern conta inúmeras vagas a serem preenchidas, mas não há concursados para serem convocados.

A governadora Fátima Bezerra externou a satisfação de participar deste ato. “A Uern não é uma instituição qualquer. Ela é um belo exemplo de interiorização do ensino superior no Estado. Ao longo de 53 anos, a Universidade tem transformado a vida de milhares de jovens e adultos, por isso é uma grande alegria hoje estar assinando a autorização para um novo concurso”, declara a chefe do Executivo.

O concurso prevê vagas para professores e técnicos-administrativos. Com a assinatura da autorização, a Uern, junto à Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan) e à Procuradoria-Geral do Estado (PGE), pode seguir com os encaminhamentos para a realização do concurso público.

“Esse é mais um ato histórico para a Universidade. E é uma alegria no nosso primeiro dia como reitora está participando de um momento tão importante para a nossa Uern. Só temos a agradecer a governadora por todos os feitos para a nossa Universidade, como o fim da lista tríplice e a autorização de um novo concurso. Temos certeza que outras conquistas estão por vir”, comemora a reitora Cicília Maia.

O último concurso público realizado pela Uern foi em 2016. O certame ofereceu 116 vagas e foram convocados mais de 500 servidores, entre professores e técnicos-administrativos.

Fonte: Uern

RN registra menor taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid desde o início da pandemia, diz Sesap

A taxa de ocupação dos leitos críticos foi de 21,75% e a média móvel no estado marcou 24,41%

Ocupação de leitos para Covid é a menor desde o início da pandemia no RN, diz Sesap — Foto: Divulgação

O Rio Grande do Norte registrou, na quarta-feira (29), a menor taxa de ocupação de leitos críticos desde o início da pandemia da Covid-19, segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

A taxa de ocupação dos leitos críticos foi de 21,75% e a média móvel no estado marcou 24,41%, a menor média já registrada na série histórica, de acordo com o levantamento da pasta com dados do sistema Regula RN – usado na administração dos leitos.

A Região Metropolitana também registrou a menor taxa de ocupação dos leitos críticos da série histórica (24,13%). A Região Oeste marcou 18,51%, e a Região do Seridó registrou ocupação de 11,76%.

Segundo a Sesap, a maior taxa de ocupação de leitos críticos no RN aconteceu em 31 de maio deste ano, com 99,01%. Naquele período, o estado enfrentava filas de pessoas à espera de um leito no sistema público de saúde

Na manhã desta quinta-feira (30), por volta das 10h, a taxa de ocupação no RN era de 22,7%; na Região Metropolitana 24,8%; Região Oeste 20,4% e Região Seridó 11,8%.

Segundo o governo, atualmente o estado tem 387 leitos destinados aos pacientes acometidos pelo coronavírus, sendo 225 leitos críticos e 162 leitos clínicos.

O estado atribuiu a baixa pressão do sistema de saúde à vacinação da população.

De acordo com o último boletim epidemiológico emitido pela Sesap, o RN tem 368.500 casos confirmados do coronavírus; 176.172 suspeitos; 734.408 descartados; 259.490 descartados; e, 7.336 óbitos, sendo um óbito confirmado nas últimas 24 horas.

A Sesap informou que iniciou o processo de reversão de leitos Covid em leitos de UTI geral. Até agora, pelo menos 100 leitos de UTI foram transformados em leito para atendimentos de pacientes com outras doenças.

Governadora Fátima Bezerra sanciona lei que extingue lista tríplice na Uern

Transição

No dia em completou 53 anos, a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – fundada em 1968 e estadualizada em 1987- iniciou uma nova fase de sua história no que diz respeito ao processo participativo e democrático da comunidade acadêmica, como também do ponto de vista administrativo e financeiro. Na noite desta terça-feira, durante a Assembleia Geral universitária, a governadora Fátima Bezerra sancionou a Lei Estadual Nº 10.998/21, que torna soberana a vontade da comunidade acadêmica e extingue a lista tríplice. No evento que marcou a posse da reitora Cicília Maia e do vice-reitor Francisco Dantas, a gestora anunciou o envio à Assembleia Legislativa do Projeto de Lei (PL) que trata da autonomia financeira e administrativa da instituição, iniciativa esta que vai permitir que a Universidade receba, mensalmente, um duodécimo para cobrir suas despesas, à exemplo do que já acontece com os poderes Legislativo e Judiciário.

Chanceler da UERN e professora da rede pública de ensino, Fátima não somente respeitou o desejo expresso nas urnas pela comunidade acadêmica, que elegeu Cicília e Francisco em eleições diretas realizadas de forma virtual no dia 10 de maio, como propôs enquanto chefe do Executivo estadual o projeto de lei aprovado na Assembleia Legislativa, que encerra de vez a chamada lista tríplice. Ela agradeceu à deputada estadual Isolda Dantas, relatora do projeto, e a Franciso do PT, pelo empenho e articulação da matéria na AL, e ainda solicitou o apoio incondicional da bancada presente ao evento para aprovar o projeto de autonomia universitária, que muito em breve será enviado para apreciação e votação pelos parlamentares. Estavam presentes à ocasião, além de Isolda, que compôs a mesa, os deputados estaduais Bernardo Amorim e George Soares.

“A defesa intransigente da gestão democrática é uma das marcas do nosso Governo, respeitando a vontade soberana da comunidade acadêmica da UERN, formada por docentes, discentes e servidores, que elegeu a Chapa Somos UERN para gerir essa importante instituição de ensino superior, pelos próximos quatro anos”, declarou a gestora, na solenidade realizada no Teatro Municipal Dix-Huit Rosado, em Mossoró. “Essa noite seguramente ficará marcada na minha memória. Lista tríplice nunca mais! Vida longa à UERN. Viva Paulo Freire. Viva a democracia!”, comemorou, referindo-se ainda ao principal homenageado da solenidade, o patrono da Educação brasileira, educador Paulo Freire, que neste mês do seu centenário de nascimento recebeu “post mortem” o título de Doutor Honoris Causa da UERN.

Fátima apontou que o governo estadual segue na mesma base democrática e está desde meados do mês de abril em diálogo com a Associação dos Docentes (Aduern) o Sindicato dos Técnicos Administrativos (Sintaurern) no propósito de juntos construírem o Plano de Carreiras, Cargos e Salários para o corpo funcional da Universidade, uma vez que o plano vigente é de 1989 e já se encontra totalmente defasado. “Este evento representa um marco, que se compara ao momento histórico de 1987 quando a instituição foi estadualizada, luta na época liderada pelo querido Padre Sátiro Dantas [ex-reitor]. Hoje está passando um filme na minha cabeça pelo fato de que a Uern caminha para a conquistar a sua autonomia financeira. Enquanto professora e militante, sempre defendo esta importante instituição e repito, parem de dizer que investir em universidade é um atraso, parem de querer privatizar a Uern”, reforçou.

Ao se referir à instituição como importante vetor de desenvolvimento econômico e de inclusão social para o Rio Grande do Norte, tendo criado sistema de cotas para estudantes oriundos das escolas públicas em 2004, oito anos antes da lei federal, a governadora reforçou que a Uern é um grande exemplo de interiorização do ensino superior, que garante políticas de assistência estudantil para permanência dos filhos e das filhas dos trabalhadores e trabalhadoras do estado, muitos dos quais são os primeiros a obter um diploma de curso superior na família. “Tão logo assumimos o governo em 2019, incluímos a Universidade como beneficiária do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop), possibilitando a ampliação da assistência estudantil. A previsão é de que até 2023 a Universidade receba R$ 10,8 milhões de reais deste Fundo”, citou.

Ela destacou que na condição de Senadora, em 2018, integrou a bancada federal que liberou investimentos na ordem de R$ 20 milhões, destinados a obras e melhorias físicas, beneficiando os diversos campi e atingindo diretamente 12 mil alunos da instituição. Sendo que, no primeiro ano de mandato, em 2019, por conta de contingenciamento do Governo Federal, a emenda baixou para R$ 17 milhões, porém o Governo do Estado garantiu R$ 3 milhões de recursos próprios para manter o valor inicial. A governadora também destacou o simbolismo que caracterizou a transição do maior cargo da universidade, em que pela primeira vez uma mulher passou o título de Reitora para outra mulher, a quarta na história desde que foi criada, “ambas filhas da Uern, pois tiveram aqui a sua formação inicial”, enalteceu.

TRANSIÇÃO

A reitora em exercício Fátima Raquel Fátima Raquel Rosado Morais foi bastante elogiada pela governadora e pela professora homenageada Maria Ivonete Soares Coelho, pela forma exemplar com que conduziu a instituição diante da devastação causada pela covid-19. “É um prazer estar com pessoas neste teatro. Só Deus sabe como foi difícil no ano passado. Impossível não olhar para vocês e não me emocionar. Daqui onde estou, o vazio da plateia era impactante. Chegamos a setembro de 2020 com o coração dilacerado, vendo tantas pessoas queridas indo embora”, lamentou. Para se ter uma ideia sobre o quanto a pandemia atingiu em cheio a Uern, a primeira vítima do coronavírus no Rio Grande do Norte foi o professor Luiz de Souza, do quadro de docentes da instituição.

FONTE: DEFATO

IFRN segue com inscrições abertas em processo seletivo para mais de 3 mil vagas em Cursos Técnicos

O processo seletivo é aberto a portadores de certificado de conclusão do Ensino Fundamental ou curso equivalente e abrangerá conhecimentos de Língua Portuguesa, Matemática e produção textual

IFRN Salgado Filho 2

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (Proen/IFRN) segue com inscrições abertas para o processo seletivo para Cursos Técnicos de Nível Médio na modalidade Integrada. Ao todo, são ofertadas 3192 vagas, distribuídas pelos 20 campi do Instituto, com ingresso no primeiro semestre letivo de 2022. A execução das etapas do processo seletivo ficará sob a responsabilidade da Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (Funcern).

Processo seletivo

O processo seletivo é aberto a portadores de certificado de conclusão do Ensino Fundamental ou curso equivalente e abrangerá conhecimentos de Língua Portuguesa, Matemática e produção textual.

A seleção será realizada através da aplicação de provas presenciais. O Edital, porém, explica que, em caso de inviabilidade da aplicação das provas presenciais, dadas as condições sanitárias causadas pela pandemia da Covid-19, a seleção poderá ocorrer através da análise do histórico escolar do Ensino Fundamental dos candidatos.

Inscrições

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente de forma on-line, na Área do Candidato, por meio do endereço eletrônico https://inscricoes.funcern.org, no período das 14h do dia 15 de setembro até o dia 21 de outubro. No formulário de inscrição, os interessados deverão informar o número do documento de identificação oficial com foto e do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Serão considerados documentos de identificação: Carteira de Identidade, Carteira Profissional, Passaporte ou Carteira de Habilitação na forma da Lei nº 9.503/97. O documento destaca que os candidatos com Carteira de Identidade Infantil serão submetidos à identificação especial, na qual será realizada identificação por escrita.

Os candidatos deverão efetuar o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 30, até o dia 22 de outubro de 2021. Para gerar o Boleto de Pagamento, será necessário acessar a Área do Candidato e selecionar a opção “Boleto”, que irá gerar o boleto bancário em formato PDF.

O período para requerimento da isenção da taxa vai de 15 de setembro a 3 de outubro deste ano. Para realizá-lo, o candidato deve acessar a Área do Candidato e preencher o formulário de Requerimento de Isenção, informando o número do NIS no cadastro no CadÚnico (com 11 dígitos). O resultado preliminar do requerimento será divulgado no dia 7 de outubro. Já o resultado final será anunciado no dia 14 do mesmo mês.

Os estudantes com inscrição homologada no ProITEC 2021 são isentos da taxa de inscrição, mas devem se inscrever como os demais.

Resultados

O resultado das provas de múltipla escola (Língua Portuguesa e Matemática) será divulgado no sítio do IFRN e no da Funcern, no dia 27 de dezembro de 2021. No dia seguinte, 28 de dezembro, serão divulgados os candidatos que terão sua produção textual corrigida. O resultado final do processo seletivo será anunciado no dia 24 de janeiro de 2022.

Acesse

Edital nº 41/2021

Área do Candidato

RN poderá ser um dos primeiros estados do Pais a decretar o fim da pademia da Covid-19

m Mossoró, onde instalou o seu governo, Fátima Bezerra fez previsões otimistas e adiantou o estado pode decretar o fim da obrigatoriedade do uso da máscara “em determinadas situações” em dezembro desse ano

POR EDINALDO MORENO 

DE FATO 

Governadora Fátima Bezerra faz as unhas minutos antes da solenidade de instalação do governo em Mossoró

A governadora Fátima Bezerra afirmou que o Rio Grande do Norte pode decretar o fim da obrigatoriedade do uso da máscara “em determinadas situações” em dezembro desse ano. A declaração foi dada em entrevista à Inter TV e na cerimônia de instalação do Governo do Estado em Mossoró. Veja sobre a instalação do governo em Mossoró na página 3 do caderno Principal.

Fátima Bezerra explicou que o governo trabalha nesta perspectiva de liberar em algumas situações o equipamento que é obrigatório desde maio do ano passado. “Nós estamos trabalhando na perspectiva de em dezembro já irmos flexibilizando o uso da máscara”, disse durante a cerimônia na Reitoria da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

Ainda durante o evento, a chefe do executivo potiguar disse que o Rio Grande do Norte caminha para ser um dos primeiros estados do país a decretar o fim da pandemia da Covid-19, iniciada em março do ano passado.

“E por que não sonhar que o Rio Grande do Norte dê lição para o Nordeste, para o Brasil sendo um dos primeiros estados a decretar o fim da pandemia”, ressaltou a governadora que disse ainda que a população deve continuar obedecendo às medidas estabelecidas pelas autoridades sanitárias, como, por exemplo, a higiene das mãos, o uso da máscara e evitar aglomerações.

“Isso exigirá muito senso de responsabilidade de todos nós no sentido de darmos os passos seguros obedecendo sempre às orientações da ciência para que não tenhamos nenhum retrocesso, muito pelo contrário, que possamos avançar”.

O assunto sobre a flexibilização do uso de máscara no último mês do ano já tinha sido abordado na semana passada. Em entrevista ao jornal Tribuna do Norte, o secretário de Saúde do Rio Grande, Cipriano Maia, disse que o percentual de 70% de vacinados com as duas doses é satisfatório para pensar num controle da pandemia e estimar para o último mês do ano a possibilidade de flexibilizar o uso da máscara.

O secretário de Saúde do estado também destaca que qualquer anúncio sobre flexibilização do uso da máscara será fundamentado em dados, informações e análises que deverão ser anunciados oportunamente mediante decretos e portarias.

“Nesse momento em que retomamos a realização de eventos de massa é importante destacar que o uso dos protocolos sanitários instituídos em decretos e portarias precisam ser respeitados, seja o uso da máscara, seja a exigência da vacinação, seja o distanciamento físico nos espaços e também os protocolos de higiene”, ponderou Maia que disse ainda que qualquer decisão deverá passar por órgãos que analisam os dados da pandemia e diálogo com os gestores municipais.

“Nós estamos monitorando a pandemia. Vamos analisar o comportamento da epidemia a partir dessa retomada das atividades sociais e qualquer anúncio passará pela escuta do Comitê Científico, do parecer da Vigilância Sanitária e epidemiológica e da discussão com os gestores municipais. No momento oportuno a gente vai estar fazendo comunicados com base nas análises científicas nas decisões baseadas na ciência para que a gente possa manter o controle da pandemia no estado”, completou.

VACINAÇÃO

Fátima Bezerra justificou que o avanço da vacinação contra o novo coronavírus está fazendo a pandemia recuar. No entanto, mesmo com índices favoráveis, a governadora disse que o cenário positivo do momento não significa dizer que “tem de baixar a guarda” e pediu para que as pessoas continuem respeitando as medidas para que a pandemia recue ainda mais para que a vida do potiguar continue a voltar à normalidade.

Até o final da tarde desta terça-feira, 28, o Rio Grande do Norte tinha 78% de pessoas parcialmente vacinadas e 46% de totalmente vacinadas contra a Covid-19, informava o Monitoramento da Vacinação do RN Mais Vacina, sistema que acompanha em tempo real a imunização contra o novo coronavírus no território potiguar.

Haviam tomado a primeira dose da vacina 2.359.691 cidadãos residentes no estado. Já 1.403.719 encerraram o ciclo vacinal, ou seja, tomaram as duas doses ou a dose única. O estado tinha até o encerramento desta edição 1.347.557 de pessoas que receberam as duas doses e 56.162 da dose única.

O Rio Grande do Norte tinha aplicou 5.044 doses de reforço. Destas, 4.787 aplicadas em pessoas acima de 70 anos e 257 em imunossuprimidos.

O total de doses administradas pelas salas de vacina era de 3.763.410. Já o total de doses recebidas para a campanha de vacinação estava em 4.663.630.