Secretário Rogério Marinho não vê problema em deputado receber emenda para apoiar reforma

Por reforma, secretário da Previdência critica ‘demonização da política’ e defende negociação com Congresso

Painel

Hora do exorcismo

Às vésperas de levar à Câmara o projeto que muda a aposentadoria dos militares, disparando o gatilho para a tramitação da reforma da Previdência, o secretário especial da área, Rogério Marinho, faz aceno explícito ao Congresso. “Está havendo uma satanização da política. A política com ‘P’ maiúsculo precisa voltar ao centro do debate”, diz. “Não há problema em o parlamentar buscar recursos para o seu estado, para a sua cidade. A emenda está na lei, é assim em qualquer lugar do mundo.”

Minha parte

A fala de Marinho integra esforço de alas do governo para melhorar as relações da administração Jair Bolsonaro com o Parlamento e viabilizar a formação de uma base, facilitando o debate sobre a reforma.

Alex Moacir lista solicitações feitas ao Poder Executivo

O vereador cobrou instalação de lâmpadas de LEDs e tapa buracos

Alex Moacir

O vereador Alex Moacir (MDB) utilizou o pequeno expediente da sessão ordinária desta quarta-feira (20) para listar solicitações que fez para à Prefeitura de Mossoró, como pavimentação asfáltica, troca de lâmpadas comuns por LEDs e manutenção de praças da cidade.

Sobre a pavimentação asfáltica, Alex Moacir relatou que já levou à Prefeitura a necessidade da recuperação da Avenida João da Escócia. “É uma das avenidas mais movimentadas de Mossoró e, após o período de chuvas, deve receber a operação tapa buracos”, disse.

         Uma outra solicitação realizada pelo vereador Alex Moacir foi a recuperação imediata dos semáforos da cidade. “Acredito que por causa das chuvas vários semáforos deixaram de funcionar. Já solicitamos o conserto imediato”, relatou.

         Alex Moacir também cobrou a substituição de lâmpadas comuns por lâmpadas de LED para melhorar a iluminação das ruas da cidade e a recuperação de praças públicas. “A Prefeitura está se empenhando em realizar esses serviços, e nós continuaremos cobrando e fiscalizando os espaços públicos da cidade para levar ao Poder Executivo as solicitações da população”, finalizou.

Ação integrada: trabalho da Defesa Civil Estadual contará com helicóptero da PM

Objetivos são desenvolver ações em conjunto 

Ação integrada entre Secretaria de Segurança Pública (Sesed) e Gabinete Civil do Governo do Estado vai permitir que o helicóptero Potiguar 01 atue em conjunto com a Defesa Civil Estadual. Os objetivos são desenvolver ações de prevenção de riscos e reduzir o tempo de resposta em caso de desastres como inundações e deslizamentos. O primeiro sobrevoo monitorou a comunidade do Jacó, na Praia do Meio, local em constante risco de desabamento.

         Segundo o agente da Defesa Civil, cabo Bombeiro Militar Dalchem Viana, a integração entre Sesed e Defesa Civil para uso da aeronave vai permitir, dentre outras ações, o rápido resgate de vítimas em áreas de inundação e mapeamento de pontos de alagamento. “Isso é um marco para ações de prevenção e resposta a possíveis desastres da Defesa Civil Estadual. Com o helicóptero, nós poderemos nos deslocar fácil e rapidamente para todas as cidades do Rio Grande do Norte”, ressaltou.

         Além da aeronave, os equipamentos também estarão disponíveis para ajudar no trabalho dos agentes da Defesa Civil.  Por exemplo, a câmera térmica que pode ser utilizada em missões de combate a incêndios, busca e resgate. Trata-se de um moderno aparelho que permite enxergar na escuridão absoluta e em ambientes cheios de fumaça, localizando pontos de calor. Assim é possível se orientar melhor e encontrar possíveis vítimas de maneira mais rápida e segura.

(RE)TWITTANDO

DIRETO DO TWITTER

Nenhum órgão de imprensa deste mundo entra em crise por ter excesso de leitores. Também não existe caso de algum veículo que perca leitores por causa de suas virtudes. Jornais, revistas, emissoras, etc. ficam sem público porque estão ruins. O resto é pura invenção.

“Trump vai atacar a Venezuela de Alcântara. Quem distingue o foguete que sobe do que desce? Eu juro que li isso num portal de notícias. A intenção era criticar o convênio entre Brasil e EUA. O redator deve tá fumando maconha estragada até agora.

Gostem ou não, saiu-se bem na viagem aos EUA. Ponto para o Brasil. Mostrou tamanho político, defendeu sua agenda, demonstrou simpatia. Foi recebido com galhardia. Impressionou a mídia global. O resto é mimimi da esquerda antiamericana, típica dos anos 1970.

ENTREVISTA: IZABEL MONTENEGRO

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE MOSSORÓ FALA SOBRE REDUÇÃO DO RECESSO LEGISLATIVO 

A Câmara Municipal de Mossoró caminha para reduzir o período de recesso legislativo.

É o que explica a presidente da Casa, vereadora Izabel Montenegro:

AS TRAPALHADAS DA FAMÍLIA BOLSONARO

A CADA UMA PIADA 

Se o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Guedes, tivesse um minimo de personalidade e honradez, teria criado um fato internacional.

Depois de ser humilhado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que o deixou de fora de uma reunião com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, preferindo o seu filho Eduardo, o mínimo que o chanceler deveria ter feito era abandonar a comitiva.

Como eleitor de Bolsonaro, preciso reconhecer que o presidente é manipulado por seus três filhos e, isto, está sendo e continuará ser a péssimo para o Brasil.

 

CLÍNICA ODETE ROSADO

DICA DE SAÚDE 

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Este médico é especializado em cuidar da saúde das mamas. É essencial que mulheres acima dos 35 anos façam uma visita a este profissional ao menos uma vez por ano. Embora o autoexame seja muito importante, somente com uma análise clínica e com a realização dos exames específicos pode-se prevenir o desenvolvimento de doenças, como o câncer. Na Clínica Odete Rosado, você encontra os mastologistas Dr. Dennys Fowler e Dra. Mariah Rosado. Agende sua consulta pelos telefones: 3314-9275 / 3316-8618 / WhatsApp: 98715-0001. #DicaDeSaúde#Mastologia

Com déficit de servidores, novo concurso da PRF é urgente

Corporação está com um concurso em andamento 

Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem apresentado problemas com o déficit de pessoal. Dados indicam que a PRF possui cerca de 8 mil policiais a menos que o necessário para seu bom funcionamento. Sendo assim, um novo concurso é considerado urgente na corporação.

Em novembro do ano passado, a PRF possuía um efetivo de mais de 10 mil servidores, quando o ideal passa de 18 mil policiais. Essas vagas desocupadas são resultado de aposentadorias e mortes de servidores, transferências e exonerações, entre outros motivos.

O problema do déficit de servidores afeta a segurança pública do país. Segundo levantamento da Coordenadoria Geral de Gestão de Pessoas da PRF, a região Norte é a mais afetada pela carência de profissionais.

De acordo com o coordenador da SOS Estradas, Rodolfo Rizzoto, o efetivo da PRF é praticamente o mesmo desde 1994. No entanto, a malha rodoviária aumentou, assim como os tipos de crime que se cometem.

A corporação já está com um concurso em andamento, em que foram ofertadas 500 vagas. Porém, esse número ainda é insuficiente para suprir o déficit de pessoal na PRF.

Concurso PRF 2019: Novo edital será solicitado

A assessoria de imprensa da PRF afirmou que já está sendo elaborado um novo pedido para a realização de concurso em 2019. No entanto, ainda não se sabe quando este será enviado ao Governo, nem quantas vagas serão solicitadas.

O diretor-geral da PRF, Adriano Furtado, disse que vai tentar realizar certames anualmente. Assim, seria possível diminuir o déficit de profissionais na corporação.

Os requisitos para a inscrição no concurso da PRF são idade entre 18 e 65 anos e curso superior em qualquer área. São aceitos candidatos de ambos os sexos, sendo que é necessário que os interessados possuam CNH na categoria B ou superior.

Atualmente, um policial rodoviário recebe uma remuneração de R$ 10.357,88. Esse valor já inclui o auxílio-alimentação, que é de R$ 458,00.

Andamento do concurso PRF 2018

Em 2018, a PRF divulgou edital para o preenchimento de 500 vagas para o cargo de policial rodoviário. As provas objetivas e de redação foram aplicadas somente nas cidades onde haviam vagas no concurso.

concurso PRF 2018 foi suspenso temporariamente em 20 de fevereiro, após a divulgação de comunicado do Cebraspe, banca organizadora do certame. O processo seletivo foi retomado uma semana depois.

O resultado da prova discursiva foi divulgado na última segunda, dia 18. Os candidatos aprovados agora vão realizar diversos exames de caráter eliminatório. Nos dias 23 e 24 de março ocorre o teste de aptidão física (TAF).

Em seguida, os aprovados passam para as etapas seguintes do concurso. Os candidatos serão submetidos a avaliação de saúde, avaliação psicológica, avaliação de títulos e investigação social, além de um curso de formação.

Bolsonaro: “Reforma da Previdência é o carro-chefe

Artigo

POR JAIR BOLSONARO 

VALOR ECONÔMICO

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assina artigo no jornal Valor Econômico em que reafirma prioridade para a Reforma da Previdência.

Confira alguns trechos:

“Ao assumir o governo do nosso país, me deparei com três grandes desafios que garantiriam o crescimento da economia, o bem-estar e a paz social à gente brasileira: a reforma tributária, a reforma trabalhista e a reforma da previdência.

Essa última considero o carro-chefe, o centro de gravidade do nosso governo. Nela pretendo colocar todo meu esforço para que seja concluída e aprovada o quanto antes.”

“Se a reforma não for aprovada agora, haverá uma completa exaustão da capacidade financeira, o que impedirá o governo de resolver as questões vitais da sociedade.

O atual sistema de previdência é o ator principal desta telenovela chamada desequilíbrio fiscal, que custa ao país R$ 800 bilhões ao ano. Se mantidas as regras atuais, estarão em risco não apenas as nossas aposentadorias, mas também a dos nossos filhos e netos. Sem a reforma, a saúde econômica se encaminhará rapidamente para a UTI da crise social, já vivida recentemente por muitos países.

Um estudo preparado pelo Ministério da Economia aponta que, num cenário sem reforma da previdência, o crescimento do PIB em 2019 seria inferior a 1% e o Brasil já entraria em recessão a partir do segundo semestre de 2020, caminhando para perdas comparáveis às ocorridas no período de 2014 a 2016. Com a Nova Previdência, a nossa expectativa é chegar a 3,3% em 2023.

O governo já apresentou a Nova Previdência ao Congresso. Ela é uma proposta inclusiva e ampla, que vai pavimentar a estrada de nosso futuro, pondo fim às injustiças históricas.”

ENTREVISTA: FRANCISCO CARLOS

VEREADOR-PROFESSOR FALA SOBRE PROJETOS 

Com atuação sempre destacada, o vereador-professor, Francisco Carlos, tem apresentado proposições que buscam atender demandas em áreas como a educação e outras.

Sobre alguns projetos já aprovados e outros em tramitação, Francisco Carlos comenta: