Programa da declaração do Imposto de Renda 2021 será liberado nessa quinta-feira

Nesta quinta-feira, 25,  a partir das 8h, estará disponível para os contribuintes o programa de preenchimento e de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021. O programa para computador estará disponível na página da Receita Federal na internet onde poderá ser baixado.

A entrega da declaração poderá ser feita das 8h do dia 1º de março às 23h50 de 30 de abril. A expectativa do Fisco é receber entre 31.340.543 e 32.619.749 declarações em 2021.

De acordo com as expectativas da Receita Federal,  60% das declarações terão restituição de imposto, 21% não terão imposto a pagar nem a restituir e 19% terão imposto a pagar.

Às declarações que terão restituição de imposto, o pagamento se dará em cinco lotes e nas seguintes datas: 31 de maio (primeiro lote), 30 de junho (segundo lote), 30 de julho (terceiro lote), 31 de agosto (quarto lote) e 30 de setembro (quinto lote).

 

IFRN abre processo seletivo para professor substituto

Oferta de vagas é para as disciplinas de Química Analítica e Língua Portuguesa

IFRN abre processo seletivo para professor substituto

As inscrições vão até esta sexta-feira (26)

O Campus Nova Cruz do IFRN torna público o Edital nº 7/2021 – DG/NC/RE/IFRN do processo seletivo simplificado destinado à seleção e contratação, por tempo determinado, de Professor Substituto.

Vagas

O edital disponibiliza 2 vagas para Docente Substituto do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT), com carga horária de 40 horas semanais, para as disciplinas “Química Analítica” e “Língua Portuguesa”, mais formação de cadastro de reserva, conforme normas estabelecidas no Anexo I do Edital. A habilitação/requisito mínimo exigido é que o (a) candidato (a) possua Graduação em Química, Química Industrial, Tecnologia em Processos Químicos ou Engenharia Química (vaga da disciplina de Química Analítica) e Licenciatura em Letras (vaga da disciplina de Língua Portuguesa). A remuneração varia entre R$ 3.130,85 e R$ 5.831,21, a depender da titulação do candidato.

Etapas da seleção

O Processo Seletivo Simplificado é composto de duas etapas: Prova de Desempenho (eliminatória e classificatória) e Prova de Títulos (classificatória). As provas de desempenho ocorrerão no Campus Nova Cruz.

Inscrições

As inscrições devem ser efetuadas no período das 10h do dia 23 de fevereiro de 2021 às 23:59h do dia 26 de fevereiro de 2021, exclusivamente via Internet, através do portal professor substituto Informações sobre o Processo Seletivo Simplificado estarão disponíveis no portal de processo seletivo do IFRN.

Informações do IFRN

Em menos de dois meses, 13 municípios do RN registram mais casos de Covid que em todo o ano de 2020

Dados da Secretaria de Saúde

Atendimento de pacientes com sintomas de Covid-19 em Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Somente entre janeiro e o dia 22 de fevereiro de 2021, pelo menos 13 municípios do Rio Grande do Norte registraram mais pessoas confirmadas com Covid-19 do que em todo o ano de 2020 – especialmente a partir de março, quando declarada pandemia. Os dados são dos boletins epidemiológicos divulgados diariamente pela Secretaria de Saúde do Estado.

O caso que mais chama a atenção é o de Carnaúba dos Dantas, na região Seridó, que viu o número de casos mais que triplicar. Até dezembro, o município tinha 117 notificações. Menos de dois meses depois, já são 375 casos confirmados – um aumento de 221%.

Da mesma forma, Tenente Laurentino Cruz, na região Central, passou de 89 casos ao longo de 2020 para 231 até a última segunda-feira (22). Jardim do Seridó saltou de 370 casos para 895, no mesmo período.

Do total de 167 municípios potiguares, 45 tiveram aumento de pelo menos 50% de casos em janeiro e fevereiro, na comparação com todo o ano de 2020. Entre eles, destacam-se cidades populosas como Santa Cruz (57%), Currais Novos (55%), Tibau do Sul (66%), Patu (55%) e Extremoz, na região metropolitana da capital (50%).

Apenas o município de Barcelona não registrou nenhum caso ao longo de 2021, e mantém as mesmas 41 notificações que tinha em 31 de dezembro.

Capital do estado, Natal teve aumento de 31% dos casos em relação ao total registrado em dezembro. A cidade passou de 34.453 para 45.125. Parnamirim, na região metropolitana, teve crescimento de 45% dos casos, saltando de 10.606 para 15.395. A região vive uma ocupação de praticamente todos os leitos críticos para Covid.

No Oeste, a segunda maior cidade do estado, Mossoró, teve crescimento de 27% nos casos, passando de 10.849 para 13.823 no período.

Aumento do número de casos confirmados de Covid-19 nos municípios do RN

Cidades

Prefeitura vai seguir Ministério Público e reforçar restrições contra à Covid-19

O principal objetivo da prefeitura é salvar vidas e preservar as atividades comerciais

Comitê da Covid-19 se reuniu online nesta terça-feira, 24 - Foto: Reprodução

A Prefeitura Municipal de Mossoró deve publicar decreto nesta quarta-feira (24), determinando orientações acerca das medidas sanitárias de enfrentamento ao Coronavírus. A publicação, em edição do Jornal Oficial de Mossoró (JOM), acontecerá após intensa discussão feita em reunião online pelo Comitê de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19, que conta com a participação do prefeito Allyson Bezerra.

O município decidiu seguir as recomendações feitas essa semana pelo Ministério Público Estadual e decreto do Governo do Rio Grande do Norte. Uma das orientações fixa o funcionamento de bares e restaurantes até as 22h e o encerramento dos serviços às 23h. O documento deve contemplar ainda o funcionamento dos buffets e venda de bebidas alcoólicas em estabelecimentos.

Conforme o tema discutido pelo Comitê, o principal objetivo da prefeitura é salvar vidas e preservar as atividades comerciais. O prefeito Allyson Bezerra destaca que “o intuito é manter o diálogo constante com a sociedade, ouvindo à população e os segmentos diretamente envolvidos. Na nossa gestão, o diálogo é a base das decisões”.

A reunião do Comitê de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19 contou com a participação dos titulares das secretarias municipais de Saúde (Morgana Dantas), Procuradoria-Geral do Município (Raul Santos), Infraestrutura (Brenno Queiroga), Consultoria-Geral do Município (Humberto Fernandes); Gabinete do Prefeito (Kadson Eduardo); Desenvolvimento Econômico (Franklin Filgueira), Educação (Hubeônia Alencar), Guarda Civil Municipal e Secretaria de Segurança (Thiago Fernandes); Vigilância Sanitária (Ivaneuma Fernandes); professores das Universidades de Mossoró (Andrea Taborda e Jennifer do Vale); Câmara dos Dirigentes Lojistas de Mossoró (Stênio Max); Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró (Michelson Frota) e Câmara Municipal de Mossoró (Paulo Igo).

Covid-19: RN recebe hoje (24) 54,9 mil doses de vacinas

Do total, 35,5 mil doses são da vacina Oxford e 19,4 mil doses de CoronaVac.

Está previsto para o final da tarde desta quarta-feira, 24, a chegada de 54,9 mil doses de novos imunizantes. Do total, 35,5 mil doses são da vacina Oxford e 19,4 mil doses de CoronaVac.

O anúncio da chegada foi dado pelo secretário de saúde do RN, Cipriano Maia, em entrevista no Bom dia RN.

 

Vacina da Pfizer é a 1ª a obter registro definitivo no Brasil

Anvisa concede registro definitivo à vacina da Pfizer

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu, nesta terça-feira (23), o registro definitivo à vacina da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19. A vacina é a primeira vacina a obter o registro sanitário definitivo no Brasil, mas ela ainda não está disponível no país. (Veja íntegra da nota da Anvisa ao final da reportagem).

G1 questionou o Ministério da Saúde sobre uma previsão de compra da vacina, mas, até a última atualização desta reportagem, não havia recebido resposta.

As duas vacinas que estão sendo aplicadas no Brasil são a de Oxford e a CoronaVac, mas ambas têm autorização de uso emergencial, e não o registro definitivo.

A vacina da Pfizer foi uma das quatro testadas no Brasil. No início do ano, a farmacêutica disse ter oferecido 70 milhões de doses da vacina ao governo brasileiro para entrega ainda em dezembro, mas a oferta foi recusada. O Ministério da Saúde disse que as doses propostas pela Pfizer causariam “frustração” aos brasileiros.

O governo também afirmou que não comprou a vacina devido a uma cláusula no contrato segundo a qual a Pfizer não se responsabiliza por efeitos adversos graves do imunizante.

No domingo (21), a pasta afirmou em nota que esperava até a próxima sexta-feira (26) uma orientação do Palácio do Planalto sobre como solucionar o impasse nas negociações das vacinas da Pfizer e da Johnson – que também pediu isenção de responsabilidade por eventuais efeitos adversos graves.

Que vacina é essa? Pfizer Biontech

Que vacina é essa? Pfizer Biontech

É possível obter a localização de alguém pelo WhatsApp sem que a pessoa saiba?

Dirimindo dúvidas

Se você tem alguma dúvida sobre segurança da informação (antivírus, invasões, cibercrime, roubo de dados etc.), envie um e-mail para g1seguranca@globomail.com.

A coluna responde perguntas deixadas por leitores às terças e quintas-feiras.

Gostaria de tirar duas dúvidas:

  1. É possível acompanhar a localização de alguém através do WhatsApp sem que a pessoa saiba?
  2. É possível saber quem visualizou o status do WhatsApp quando a pessoa desativou a visualização? – Mônica

Mônica, a resposta para as duas perguntas é “não”.

A primeira questão é mais simples. O compartilhamento de localização do WhatsApp só é ativado quando o compartilhamento de localização é solicitado explicitamente, tocando no ícone do clipe de papel e depois em “Localização”. Fora disso, o WhatsApp não compartilha a localização.

O compartilhamento de localização também não pode ser iniciado pelo WhatsApp Web.

É necessário que seja usado o telefone para ativar esse compartilhamento e, caso seja acionado o compartilhamento em tempo real, o WhatsApp mantém uma notificação ativa enquanto o recurso estiver funcionando.

Aliás, usar qualquer aplicativo para compartilhar a localização pode ser difícil, pois as versões mais recentes do Android e do iOS exibem notificações sobre o acesso constante à localização do aparelho por apps que estiverem sendo executados segundo plano.

Com alta ocupação de leitos na Grande Natal, dois pacientes com Covid-19 são transportados de avião para Mossoró

Novos pacientes foram internados no Hospital Rafael Fernandes e Hospital São Luiz

Pacientes foram transportados de avião da Grande Natal para Mossoró — Foto: Divulgação/Sesap

Dois pacientes com Covid-19 foram transportados em um avião do governo do RN nesta segunda-feira (22) para Mossoró, na Região Oeste do RN, por conta da alta ocupação de leitos críticos da doença na Grande Natal. Um outro já havia sido levado por uma ambulância na madrugada de domingo (21).

Os dois novos pacientes de Mossoró vão ser internados no Hospital Rafael Fernandes e no Hospital São Luiz. O Rafael Fernandes tem atualmente 30 dos 40 leitos críticos para Covid-19 ocupados e o Rafael Fernandes sete dos 10.

Segundo a secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), essa foi a primeira transferência de pacientes por transporte aéreo para hospitais de Mossoró.

Um dos pacientes estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nova Esperança, em Parnamirim, utilizando oxigenação. O outro estava no Hospital Regional de João Câmara.

A direção do Hospital Regional Tarcísio Maia, outro que atende pacientes com Covid-19 nem Mossoró, explicou que neste momento não há como praticamente receber novos pacientes, já que tem oito dos nove leitos críticos para Covid-19 ocupados.

“A gente não tem como abrir mais leitos, porque a nossa capacidade instalada já está definida, não tem como aumentar esse quantitativo”, explicou a diretora Herbênia Ferreira. O hospital atende pacientes com traumas e com Covid-19.

No fim da tarde desta segunda-feira (22), a Região Oeste estava com 80% de ocupação dos leitos críticos para Covid-19 – a maioria é de Mossoró. A Grande Natal tem 90%.

Fonte: G1/RN

Com tombo das ações, Petrobras perde quase R$ 75 bilhões em valor de mercado

Petroleira encolheu mais de R$ 100 bilhões desde sexta-feira

Maiores tombos diários da Petrobras — Foto: Economia G1

Com o forte tombo na cotação das ações nesta segunda-feira (22), a Petrobras perdeu bilhões em valor de mercado. Segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economatica, a estatal encolheu R$ 74,2 bilhões apenas no pregão de hoje.

Foi a segunda maior queda diária em valor da mercado da Petrobras desde o início do plano Real.

Na sexta-feira (19), antes mesmo do anúncio do presidente Jair Bolsonaro da indicação de um novo presidente-executivo para a Petrobras, a estatal já tinha visto o seu valor na Bolsa encolher R$ 28 bilhões.

Com o derretimento das ações da Petrobras nesta segunda, a perda de valor de mercado em duas sessões superou os R$ 100 bilhões.

Na noite de sexta, Bolsonaro anunciou a indicação do general Joaquim Silva e Luna, atual diretor da Itaipu Binacional, para a presidência da Petrobras, no lugar de Roberto Castello Branco, gerando muitas críticas. Para que a troca na presidência da Petrobras seja concretizada, a indicação ainda precisa do aval do Conselho de Administração da Petrobras, que tem reunião prevista para esta terça-feira (23).

 

 

CÂMARA FEDERAL MANTÉM PRISÃO DE DEPUTADO BOLSONARISTA

DANIEL SILVEIRA TEVE PRISÃO DETERMINADA PELO STF

Resultado de imagem para DEPUTADO DANIEL SILVEIRA

Câmara dos Deputados decidiu nesta sexta-feira (19) manter a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), preso por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Foram 364 votos a favor da manutenção da prisão, 130 contra e 3 abstenções — eram necessários pelo menos 257 votos (maioria absoluta; metade mais um) dos 513 deputados.

Silveira foi preso em flagrante na noite de terça-feira (16) no Rio de Janeiro pela Polícia Federal após divulgar um vídeo no qual fez apologia ao AI-5, instrumento de repressão mais duro da ditadura militar, e defendeu a destituição de ministros do STF. As reivindicações são inconstitucionais.

A prisão determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, foi confirmada por unanimidade pelo plenário da Corte e mantida após audiência de custódia.

A Constituição prevê, no entanto, que a prisão em flagrante de parlamentar deve ser submetida ao plenário da Câmara para que decida se a mantém ou não.