Operação da PF e CGU investiga irregularidades em contratos de UTI Covid no RN

Mandados também foram cumpridos em Mossoró e na Paraíba

Operação da PF e CGU cumpre mandados de busca na Sesap e investiga contratos de UTI Covid — Foto: Polícia Federal/Divulgação

Uma operação deflagrada pela Polícia Federal, Controladoria-Geral da União e Receita Federal cumpre mandados de busca e apreensão nesta quarta-feira (25) na Secretaria Estadual de Saúde Pública do RN (Sesap).

O objetivo é apurar irregularidades na contratação de empresa para implantação de leitos de UTI no Hospital Central Coronel Pedro Germano da PM e no Hospital Dr. João Machado, em Natal (RN). De acordo com a CGU, o prejuízo causado aos cofres públicos pode chegar a R$ 4 milhões. Duas servidoras da Sesap foram afastadas dos cargos.

Ao todo, são 11 mandados de busca e apreensão nos municípios de Natal, Mossoró, Bayeux (PB) e João Pessoa (PB), além do afastamento das funções públicas de duas servidoras da Sesap. O trabalho conta com a participação de sete auditores da CGU e de cerca de 50 policiais federais.

Em nota, a Sesap informou que está colaborando com as investigações. “O processo corre em segredo de justiça, o que impede quaisquer outros posicionamentos da secretaria a respeito do caso. A Sesap aguarda os próximos passos e reforça que segue apoiando todo e qualquer procedimento de apuração promovido pelos órgãos públicos de controle, prezando sempre pelo bom trato do dinheiro público e pela saúde dos potiguares”, diz a nota.

Investigações

A investigação, iniciada a partir do monitoramento dos gastos com o combate à Covid-19, aponta para irregularidades ocorridas na implantação de 50 leitos de UTI, contratados pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, para o atendimento aos pacientes infectados pelo coronavírus na sua rede hospitalar.

As contratações previam o fornecimento de equipamentos, acessórios e parte de pessoal técnico (enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas), para implantação, no ano de 2020, de 10 leitos de UTI no Hospital Central Coronel Pedro Germano da PM e, no ano de 2021, de 40 leitos no Hospital Dr. João Machado, em Natal. Os dois contratos totalizaram o montante de R$ 13,5 milhões.

Os levantamentos indicaram que a empresa contratada não tinha experiência em implantação de leitos de UTI e não apresentava estrutura econômica e financeira nem capacidade técnica para dar suporte à contratação. A empresa se valia de equipamentos e materiais da própria Secretaria Estadual de Saúde, além de não disponibilizar todos os profissionais previstos no contrato.

Também foi constatado que houve facilitação para a contratação da empresa e manutenção dos contratos, por interferência direta de agentes públicos da Sesap, que se valiam dos privilégios e liberdades dos seus ofícios para favorecer a empresa contratada.

O prejuízo causado aos cofres públicos ainda está sendo apurado, tendo em vista que o contrato da prestação de serviços no Hospital Dr. João Machado se encontra em execução, mas poderá chegar a R$ 4 milhões.

Denúncias

A CGU, por meio da Ouvidoria-Geral da União (OGU), mantém o canal Fala.BR para o recebimento de denúncias. Quem tiver informações sobre esta operação ou sobre quaisquer outras irregularidades, pode enviá-las por meio de formulário eletrônico. A denúncia pode ser anônima, para isso, basta escolher a opção “Não identificado”.

Plenário do Senado aprova novo mandato de 2 anos para Augusto Aras como procurador-geral

Para ser reconduzido ao cargo, Aras precisava dos votos favoráveis de pelo menos 41 dos 81 senadores

Grupo de membros do Conselho Superior do MP entra com ação no STF contra  Augusto Aras | Política | G1

Em votação secreta, o plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (24) por 55 votos a 10 e uma abstenção a recondução de Augusto Aras para o cargo de procurador-geral da República (PGR).

Com isso, o procurador indicado pelo presidente Jair Bolsonaro terá mais dois anos de mandato à frente do Ministério Público Federal.

Para ser reconduzido ao cargo, Aras precisava dos votos favoráveis de pelo menos 41 dos 81 senadores. Em 2019, a aprovação de Aras se deu por 68 votos a 10.

Antes de ser aprovado pelo plenário do Senado, Aras passou por uma sabatina de seis horas na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). No colegiado, recebeu 21 votos favoráveis e seis contrários.

Entre outras atribuições, cabe ao procurador-geral pedir a abertura de inquéritos para investigar presidente da República, ministros, deputados e senadores. Ele também tem a prerrogativa de apresentar denúncias contra os detentores de foro privilegiado.

A SABATINA DE AUGUSTO ARAS:

Aras foi indicado para a PGR pela primeira vez em 2019 pelo presidente Jair Bolsonaro. Na ocasião, o nome dele não figurou entre os três mais votados da lista tríplice elaborada pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR).

Charlie Watts, baterista do Rolling Stones, morre aos 80 anos

Fez história

Charlie Watts, baterista do Rolling Stones, morre aos 80 anos

Charlie Watts, baterista do Rolling Stones, morreu aos 80 anos, nesta terça-feira (24). A informação foi confirmada por Bernard Doherty, agente do músico, em comunicado para a imprensa britânica.

“É com imensa tristeza que anunciamos a morte de nosso amado Charlie Watts”, escreveu Doherty. Watts morreu em um hospital, cercado por sua família. A causa da morte não foi revelada.

“Charlie era um querido marido, pai e avô e, também como membro dos Rolling Stones, um dos maiores bateristas de sua geração. Pedimos gentilmente que a privacidade de sua família, membros da banda e amigos próximos seja respeitada neste momento difícil”, disse Doherty.

Com Mick Jagger e Keith Richards, Watts estava entre os membros mais antigos dos Stones. A banda passou por algumas mudanças em sua formação ao longo dos anos, desde 1962, quando foi criada.

DO ROCK AO JAZZ

Charlie Watts, Ron Wood, Keith Richards e Mick Jagger, membros do Rolling Stones, aparecem na festa da estreia do filme "Vamos passar a noite juntos", em Nova York, em 18 de janeiro de 1983 — Foto: AP Photo/Carlos Rene Perez, File

Charles Robert Watts nasceu em 2 de julho de 1941 em Londres. Fã de jazz, ele tentou tocar banjo antes de se dedicar à bateria.

Watts transformou o banjo que tinha em um instrumento percussivo, antes que ganhasse uma bateria, dada de presente pelo pai. Aprendeu a tocar tentando imitar o som dos músicos de jazz.

Antes de virar músico profissional, trabalhou em uma agência de publicidade, na mesma época em que tocava em várias bandas de jazz amadoras.

Ele entrou para os Stones em janeiro de 1963, mas sem botar muita fé: já disse que quando começaram os ensaios, imaginava que aquilo não duraria mais do que um mês.

Mick Jagger, Charlie Watts, Keith Richards e Ron Wood posam ao chegar no aeroporto de Havana, em Cuba, em março de 2016 — Foto: AP Photo/Ramon Espinosa File

Os Rolling Stones se tornaram a maior banda de rock ainda em atividade. O grupo liderou a “Invasão britânica” ao lado dos Beatles.

Diferentemente de seus colegas de banda, o baterista dava poucas entrevistas e não gostava dos holofotes. Tinha estilo preciso de tocar, e jeito discreto de lidar com a fama.

“Tocar bateria era a única coisa que me interessa. O resto me faz passar vergonha”, resumiu em uma entrevista, 20 anos atrás.

Ele se casou com Shirley Ann Shepard, em 1964. Juntos, tiveram uma filha, Seraphina, em 1968, mãe de Charlotte. O músico seguiu também tocando em outros grupos de jazz, sem a mesma exposição dos Stones.

Charlie Watts, baterista dos Rolling Stones, no segundo dia do festival inglês — Foto: Andrew Cowie / AFP

Charlie passou por um procedimento cirúrgico recentemente. Na ocasião, sem detalhar o motivo da cirurgia, seu representante informou que ela foi “completamente bem-sucedida”, mas que o músico ficaria de fora da turnê da banda, prevista para começar em 26 de setembro.

“Com os ensaios começando em algumas semanas, isso é muito decepcionante para dizer o mínimo, mas também é justo afirmar que ninguém previu isso”, afirmou Watts no anúncio feito em agosto.

“Pela primeira vez, meu ritmo tem estado um pouco estranho. Tenho trabalhado duro para estar completamente bem, mas hoje eu devo aceitar os conselhos dos especialistas que isso demorar mais um pouco”, lamentou o músico, que ainda disse não querer que sua recuperação atrasasse a turnê.

“Depois de todo o sofrimento causado pela Covid, eu realmente não quero desapontar os fãs do Stones que já estão com seus ingressos com mais um anúncio de adiamento ou cancelamento. Por isso, pedi para meu grande amigo Steve Jordan para me substituir.”

Em 2004, Watts passou por um tratamento contra o câncer. Na época, Jordan também assumiu o posto do baterista nos shows.

Formado em artes gráficas, Watts começou sua carreira na música tocando bateria nos clubes de R&B, em Londres. Foi lá que conheceu seus companheiros de banda Brian Jones, Mick Jagger e Keith Richards.

Agenda de Lula no RN

Reunião com Fátima Bezerra em destaque

Da agenda do ex-presidente Lula em Natal nesta terça-feira:

Às 8 horas faz viaita oficial à governadora Fátima Bezerra..sem acesso da imprensa.

Às 10h visita o Complexo Cultural da Rampa e somente fotógrafos e cinegrafistas credenciados terão acesso ao local.

Tem o almoço com empresários…

A partir das 16h30 o encontro marcado será com movimentos sociais, artistas e políticos, no Hollyday Inn Natal.

Imprensa cadastrada terá acesso.

16h30 – Encontro com movimentos sociais, artistas e políticos, no Hollyday Inn – credenciamento prévio da imprensa (até as 10h).

No começo da noite tem a conversa com o presidente do PSB, deputado Rafael Motta, e depois com o MDB do ex-senador Garibaldi Filho e do deputado Walter Alves.

Na pauta, a reeleição da governadora Fátima Bezerra.

FONTE: thaisagalvao.com.br

Aras diz que Brasil vive ‘polarização permanente, gravíssima’ – mas não aponta o culpado

Indicado para 2º mandato na PGR explicou continuidade do inquérito das fake news, que já dura 26 meses

Augusto Aras voltou a dizer à CCJ do Senado nesta terça (24) que o Brasil vive uma “polarização permanente, gravíssima” –  sem apontar o responsável.

“O grande problema que nós estamos vivendo – e eu não estou aqui fazendo defesa do ministro, relator, nem da Corte – o que nós estamos vivendo é uma polarização permanente, gravíssima para o país, gravíssima para as instituições democráticas, gravíssima para todos”, disse Aras, na sabatina para um segundo mandato à frente da PGR, sem dar nome aos bois.

Defensoria Pública do Estado recomenda anulação de provas do concurso da Polícia Civil do RN

Outra recomendação é que sejam adotadas “todas as providências administrativas e operacionais para anulação das provas aplicadas no dia 11/07/2021

A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE-RN) recomendou à comissão especial do concurso público da polícia civil, à própria Polícia Civil do RN e ao Governo do Estado que se abstenham de divulgar o resultado definitivo referente às provas objetivas para provimento dos cargos de agente e escrivão até à apuração final das investigações sobre possível fraude cometida por candidato.

Outra recomendação é que sejam adotadas “todas as providências administrativas e operacionais para anulação das provas aplicadas no dia 11/07/2021, referente aos cargos de agente e escrivão de polícia da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte, com a realização de novo certame público, dessa vez, mediante a observância integral das disposições contidas no Edital (n.º 01, de 25 de novembro de 2020), pela banca organizadora do concurso, a fim de cumprir com toda a segurança necessária em um evento desta importância”.

A defensoria pede que no prazo máximo de 48 horas sejam informados os procedimentos administrativos adotados para cumprimento da recomendação.

Enquanto Lula participa de eventos na Governadoria, em Natal, bolsonaristas e petistas batem boca aos arredores do Centro Administrativo

O pau quebrou

A Governadoria, no Centro Administrativo, em Natal, registra no fim da manhã desta terça-feira(24) protesto contra a presença do ex-presidente Lula, que participa de eventos no local.

Enquanto bolsonaristas pedem Lula na cadeia, grupo de petistas protesta contra a presença dos manifestantes. Muito bate-boca.

Fonte: Blog do BG

Talibã reafirma que não prorrogará prazo para retirada de tropas americanas

Em coletiva, o grupo voltou a dizer que os EUA têm até dia 31 de agosto para organizar a saída do Afeganistão
Talibã reafirma que não prorrogará prazo para retirada de tropas americanas

O Talibã reafirmou que as tropas americanas deverão ser retiradas Afeganistão até o dia 31 de agosto. Em coletiva de imprensa nesta terça-feira (24), representantes do grupo extremista disseram que o prazo, que foi estabelecido pelos Estados Unidos, não será negociado.

“Eles tiveram todas as oportunidades e todos os recursos para levar todas as pessoas que pertencem a eles. Nós não prorrogaremos o prazo”, afirmou Zabihullah Mujahid, um dos porta-vozes do Talibã.

Arthur Lira: “As cordas foram esticadas na realidade paralela, de faz de conta”

Para deputado, embate nas redes “não ajuda a encher barriga, não apoia ou acolhe quem precisa, não gera postos de trabalho, não baixa o preço do gás”

Arthur Lira: “As cordas foram esticadas na realidade paralela, de faz de conta”

Em artigo no Globo, Arthur Lira reage à milícia virtual de Carluxo, diz que já apanhou muito mais do que conseguiu rebater e segue “um aprendiz” nas redes sociais. O presidente da Câmara, porém, diz que a realidade concreta do dia a dia da política é bem diferente do mundo virtual. E, sem mencioná-la, minimiza a importância da marcha golpista convocada por Jair Bolsonaro.

As cordas foram esticadas nessa realidade paralela, de faz de conta, de demasiada retórica e virulência que, tenho certeza, não é sustentada na relação diária, física, nos palácios, sedes dos Poderes, sindicatos, associações e confederações de todas as áreas — terreno onde a sociedade civil se articula e prospera. Não podemos deixar que essa movimentação de vídeos, gifs, memes e posts substitua a altivez e a nobreza da boa política que constrói e promove avanços.”

Lira refuta “qualquer possibilidade de aventura contra a democracia” e ressalta que o embate das redes e as trocas de notas oficiais com afirmações e desmentidos “não ajuda a encher barriga, não apoia ou acolhe quem precisa, não gera postos de trabalho, não baixa o preço do gás de cozinha ou gasolina, muito menos acelera os números de brasileiros vacinados”.

“São essas as genuínas demandas daqueles que nos elegeram. E que nos julgarão nas urnas no ano que vem.”

Governo amplia teto da linha de crédito específica para a agricultura familiar no RN

A iniciativa é gerida pela Agência de Fomento do RN (AGN-RN)

O governo do Rio Grande do Norte anunciou nesta segunda (23) a ampliação do teto da linha de empréstimo criada para a agricultura familiar, o CredMais. O teto passou de R$ 5 mil para R$ 10 mil.

A iniciativa é gerida pela Agência de Fomento do RN (AGN-RN) em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf).

O CredMais promove o acesso ao crédito rural em apoio à produção de alimentos saudáveis, beneficiamento e comercialização por agricultores e agricultoras familiares que produzem e vendem através do programa de compras governamentais do RN (Pecafes e Mais Mercados) e demais programas de compras do estado, bem como nos mercados locais, regionais e feiras.

Até o momento, já foram beneficiadas 288 famílias, em 32 municípios, ultrapassando R$ 1 milhão investido desde 2019. A partir da ampliação do Credmais, os beneficiários poderão pleitear crédito de até R$ 10 mil para investimento com uma carência de quatro meses e prazo para quitação de até 20 meses.

No caso de custeio rural, os financiamentos passam a ser permitidos no limite de até R$ 5 mil, uma carência de três meses e prazo para quitação de 12 meses. Os juros seguem de 1,5% ao mês para investimento e 1,7% ao mês para custeio.

O agricultor familiar poderá ainda financiar motocicletas de até 160 cilindradas novas ou usadas, com até três anos de uso, com documentação regularizada, apresentação de nada consta do Detran e comprovação de habilitação pelo beneficiário.

A nova etapa do programa atenderá 530 famílias em mais de 35 municípios totalizando um investimento total previsto de R$ 5 milhões nos próximos 12 meses. As cidades de Monte Alegre, Santo Antônio, São Miguel, Pau dos Ferros, São Paulo do Potengi, Touros, João Câmara, Currais Novos, Caicó, Parelhas, Apodi, Upanema, Caraúbas, Assu, Mossoró, Santa Cruz e Lajes estão entre as localidades que serão atendidas nesta etapa.