Políticos do RN apoiam LawrenceOLÍTICOS DO RN APOIAM LAWRENCE EM LANÇAMENTO DE CAMPANHA

Lawrence lança candidatura 

Nome forte de Mossoró para ocupar uma vaga na câmara federal, Lawrence lançou sua campanha apoiado por amigos e lideranças políticas do Rio Grande do Norte no hotel Villa Oeste. Além da recepção calorosa, o evento foi marcado por declarações de apoio ao candidato filiado ao Solidariedade.

Lawrence é ficha limpa. Ele tem dignidade e condição moral para representar o Rio Grande do Norte”, declarou Tomaz Neto. Para o presidente da câmara de vereadores de Almino Afonso, Zé Anderson, “Lawrence é um representante a altura que o Rio Grande do Norte precisa”.

O ex-prefeito de Almino Afonso reforçou suas propostas como o mandato compartilhado, combate ao foro privilegiado e ao auxílio-saúde para políticos, entre outras. “Tenham certeza que saiu daqui mais motivado, me espelhando em cada um que aqui está presente, para lutar e tirar o Rio Grande do Norte desse atraso. É preciso acreditar, e nós acreditamos”, declarou Lawrence. 

Rosalba instala Unidade Descentralizada do Cadastro Único

Unidade foi instalada no bairro Barrocas 

A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, instalou na manhã desta sexta-feira, 17, a Unidade Descentralizada do Cadastro Únicos, no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do bairro Barrocas.

A ação é realizada através da Secretaria Municipal de Social e Juventude, que tem como titular, Lorena Ciarlini.

A unidade atenderá desde a inserção no cadastro único, atualização de dados, consulta de benefícios sociais, emissão de folha de resumo, além do esclarecimento de dúvidas.

O funcionamento será de 7h às 11h e das 13h às 17h, no CRAS Barrocas, localizado na avenida Alberto Maranhão.

 

 

EDUARDO CUNHA DIVULGA NOTA SOBRE SUA SITUAÇÃO

EX-DEPUTADO FEDERAL EMITE CARTA À NAÇÃO

O ex-deputado federal, Eduardo Cunha, divulgou nota nesta sexta-feira, 17, sobre sua situação.

Ele está preso há 15 meses.

Confira a nota:

CARTA Á NAÇÃO BRASILEIRA POR EDUARDO CUNHA

No momento em que se inicia o processo eleitoral, em que pela primeira vez nos últimos 20 anos não farei parte, venho reforçar as minhas posições, justificar a minha situação e me posicionar no cenário eleitoral.

É notório que sou vítima de uma perseguição, por ter sido o responsável pelo impeachment, que retirou a Dilma e o PT do Governo, e sou, assim como o ex-presidente Lula, um troféu político da República de Curitiba.

Fui condenado sem provas, baseado exclusivamente na palavra de um delator que “ouviu dizer” que eu fui a última palavra da nomeação do Diretor Internacional da Petrobras, fato absolutamente inverídico.

Existem outros casos semelhantes ao meu e querem transformar a prisão provisória em prisão perpétua.
Basta ver o julgamento da ação penal da senadora Gleisi Hoffman para verificar que, seguindo a jurisprudência criada por voto unânime da segunda Turma do STF, meu caso é de total absolvição. Mas meu recurso sequer teve o julgamento concluído na segunda instância, onde falta julgar os embargos infringentes.

Na esteira das arbitrariedades e ilegalidades praticadas contra mim, criaram outras três prisões preventivas, sendo uma delas já revogada pelo ministro Marco Aurélio Mello em uma ação absurda do Rio Grande do Norte, onde Henrique Alves teria sido também preso, solto e não estendida a mim a soltura pelo juiz.

Das duas que restam, uma foi decretada pelo juiz da 10ª Vara Federal de Brasília, por conta de denúncia baseada apenas na palavra de delatores, juntamente com Henrique Alves; sendo que a dele já foi revogada, mas estranhamente não estenderam a mim.

A última é ainda mais absurda. Se trata de preventiva decretada pelo ministro Edson Fachin, com base na delação da JBS. Fachin determinou o envio à primeira instância de Brasília e já se passaram um ano e três meses sem qualquer denúncia de fato, ou seja, estou preso provisoriamente há 15 meses sem processo.

Curiosamente todos os outros denunciados já foram soltos, inclusive o meliante delator, Joesley Batista, e mais uma vez, não estenderam a decisão a mim.

No STJ, o Ministro Rogério Schietti não pauta os meus habeas corpus, embora tenha sido célere para soltar Joesley Batista. O ministro Edson Fachin, do STF, por sua vez, faz uma verdadeira obstrução da prestação do Serviço Jurisdicional, impedindo o julgamento de diversos habeas corpus, manobrando os processos para obter resultados que atendam ao seu desejo e ao desejo da organização política do Paraná, o seu estado.

Com relação ao cenário eleitoral, todos sabem que sou o maior adversário do PT e o principal responsável por sua queda. Mas ainda assim, como defensor da democracia, defendo o direito do Lula ser candidato, pois quem deve julga-lo é a população.

Os prejuízos causados à Petrobras por essa crise são muito maiores que os valores recuperados. Além disso, os delatores estão livres, ricos, soltos e sem provar nada daquilo que delataram, apenas seus próprios crimes.
Será possível ter estômago para assistir, por exemplo, Joesley Batista solto e o Ministro Edson Fachin não julgar a rescisão de sua frágil e escandalosa delação, pedida pelo Ministério Público?

Lula deve ser cobrado e responder por sua irresponsabilidade de ter imposto ao país um poste sem luz, chamado Dilma Rousseff; que destruiu a economia e a política. O petista não deve ser eleito pelo custo que impôs ao povo com sua desastrada escolha, mas jamais impedido de disputar.

A situação do país é muito difícil e a eleição não acabará com a crise. Qualquer candidato que saia vitorioso terá enorme dificuldade de governar, pois dependerá de um Congresso eleito totalmente desvinculado de suas propostas e compromissos.

Chegamos a um momento muito difícil. O Congresso será eleito no pior dos modelos políticos, com voto individual, financiamento público e sem qualquer compromisso com a governabilidade. O eleitor precisa estar atento que alguns dos candidatos a presidente, se eleito forem, correm o risco de não durarem um ano de governo.

A título de exemplo, de que adianta ao candidato do PSDB ter uma base de apoio tão extensa, mas com a maioria dos parlamentares sendo contra a reforma da previdência? Imagina outros candidatos que nem base tem para apoiá-los!

Nem é preciso muita informação para saber que 2019 será um ano muito difícil. Para o futuro, o país não terá outra alternativa, que não seja a de adotar o parlamentarismo, a semelhança do modelo Francês ou Português, onde o presidente consegue governar, com os partidos sendo obrigados a aderir à um programa de governo.

Apoio com veemência a candidatura da minha filha mais velha, Danielle Cunha, com o número 1530, para deputada federal. Sua desenvoltura política é notória: jovem, mulher, evangélica, empreendedora, capacitada, com um currículo que fala por si só; ela é muito mais preparada do que eu.
Os meus adversários podem aguardar que ela dará mais trabalho do que eu dei e defenderá tudo o que eu defendi, do interesse da nação e do povo evangélico, como o combate ao aborto, além das suas próprias propostas que debaterá na campanha.

O MDB tem os melhores nomes e vai eleger a maior bancada na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.
O nosso candidato a presidente é o mais preparado; numa eleição repleta de candidatos contumazes, que trocam de legenda, mas não trocam de ambição, e de candidatos sem a menor condição de governabilidade.
Para os meus adversários e para os responsáveis pelo meu calvário, confio em Deus que vou reverter o quadro e voltarei a participar do cenário político.

Eduardo Cunha,
17 de agosto de 2018

#EquipeCunha

Polícia Militar é morto em tentativa de assalto a ônibus de estudantes de Caraúbas

Ônibus se deslocava para Mossoró onde PM fazia o curso de Direito

O policial militar Ildonio José da Silva, 43 anos, foi morto a tiros na noite desta quinta-feira, 16, durante um assalto ao ônibus de estudantes. O assalto aconteceu na RN 117 entre Caraúbas e Governador Dix-Sept Rosado.

Segundo informações, cerca de seis indivíduos interceptaram o veículo na rodovia estadual. Os bandidos fizeram o motorista desviar o ônibus para uma estrada carroçável de acesso ao Sitio Livramento.

Os criminosos teriam reconhecido o PM. Segundo relatos, os criminosos retiraram e o executaram com um tiro de escopeta na cabeça. Após matarem o policiail, os bandidos fizeram um verdadeiro arrastão entre os demais alunos e fugiram pelo matagal.

Ildono morava em Caraúbas, e estava indo para uma faculdade em Mossoró, onde estudava Administração. O policial trabalhava na 3ª Companhia do 12º BPM. Ele foi o 21º policial assassinado este ano no Rio Grande do Norte.

Prefeito de Apodi assina ordem de serviço para construção de ginásio poliesportivo na zona rural

Alan Silveira anuncia investimento de R$ 60o mil

A Prefeitura de Apodi finalmente vai tirar do papel o desejo dos moradores do Distrito do Córrego de possuir um local adequado para a prática esportiva na região da Areia. A ordem de serviço que autoriza a construção de um ginásio poliesportivo foi assinada nesta quinta-feira (16) pelo prefeito Alan Silveira e a vice-prefeita Hortência Regalado.

A obra será um investimento de mais de R$ 600 mil, oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e de recursos próprios. O ginásio pertencerá à escola municipal existente no distrito, mas servirá como ponto de lazer e saúde para todos os moradores.

“Esse sonho começou em 2013, quando a comunidade levantou a bandeira desse ginásio. Infelizmente, a Prefeitura não conseguiu construir na época. Depois que assumi a gestão, decidi que seria a hora tirar esse projeto do papel e compramos o terreno por cerca de R$ 20 mil. Agora vamos construí-lo e entrega-lo a vocês, por que vocês merecem”, destacou Alan.

A assinatura da ordem de serviço aconteceu dentro da Escola Municipal Isabel Aurélia Torres, no Córrego, e contou com a presença dos professores, estudantes, secretários municipais, vereadores e moradores da comunidade.

DEBATE BAND: CANDIDATOS AO GOVERNO DO RN

ASSISTA DEBATE REALIZADO EM NATAL

Confira o debate promovido pela Band Natal, nesta quinta-feira, 16, com participações dos oito candidatos ao Governo do Rio Grande do Norte.

Patrimônio dos candidatos ao Governo

TSE disponibiliza dados 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já disponibiliza informações sobre os candidatos, através do sistema DivulgaCandContas.

Para conferir os dados detalhados, basta acessar do sistema do TSE DivulgaCandContas, que passa por atualização três vezes ao dia (às 08h, 14h e 19h). Não há necessidade de cadastro prévio ou autenticação de usuário.

Dentre o patrimônio dos candidatos ao Governo do RN, o atual governador Robinson Faria (PSD), candidato à reeleição, desponta como primeiro na lista.

– Robinson Faria (PSD): R$ 10.586.005,00

– Carlos Alberto (PSOL): R$ 4.922.716,02

– Carlos Eduardo (PDT): R$ 3.522.502,02

– Brenno Queiroga (Solidariedade): R$ 975.000,00

– Fátima Bezerra (PT): R$ 807.668,42

– Dário Barbosa (PSTU): R$ 215.000,00

– Freitas Júnior (Rede): R$ 1.103,20

– Heró Bezerra (PRTB): R$ 0,00

DEBATE BAND: CANDIDATOS TROCAM FARPAS

SEGURANÇA É UM DOS PRINCIPAIS TEMAS EM PAUTA

Com presenças de oito candidatos ao Governo do Estado, a TV Band Natal, realizou do primeiro debate das eleições 2018, nesta quinta-feira (16).

Participaram os candidatos Breno Queiroga (Solidariedade), Carlos Alberto (PSOL), Carlos Eduardo Alves (PDT), Dario Barbosa (PSTU), Fátima Bezerra (PT), Freitas Júnior (REDE), Heró Bezerra (PRTB) e Robinson Faria (PSD) fizeram perguntas entre si e responderam a questionamentos de internautas e jornalistas.

Uma das marcas do debate foram as críticas ao Governo do Estado e alfinetadas entre os candidatos.

O governador Robinson Faria destacou realizações de seu Governo e bateu duro em alguns adversários, como no ultimo direito de resposta que teve, quando desmontou a senadora Fátima Bezerra com uma série de críticas.

O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, enfatizou ações administrativas das quatro gestões como prefeito de Natal.

Breno Queiroga não foi além das críticas genéricas.

Dario Barbosa e Freitas Júnior apresentaram discursos mais ideológicos.

O bispo Heró Bezerra preferiu a segurança das respostas preparadas previamente sobre alguns temas.

Um dos temais em destaque foi o da segurança pública.

Na segunda rodada do debate foram destacadas perguntas enviadas por internautas. Os comentários às respostas ao invés de réplicas não contribuíram para o debate.

A quarta rodada foi a última com perguntas.

Direitos de respostas

O Debate Band teve dez direitos de respostas concedidos.

Cinco foram concedidos ao Robinson Faria, quatro a Fátima Bezerra e um a Carlos Eduardo,

 

ROBINSON FARIA DECLARA QUE VAI TIRAR A MÁSCARA DE FÁTIMA BEZERRA

GOVERNADOR DESMONTA SENADORA DO PT

“Eu vou arrancar sua máscara e mostrar a verdade”.

Foi o que declarou o governador do Estado, Robinson Faria, sobre a senadora do PT, Fátima Bezerra, durante debate entre os candidatos ao Governo, promovido pela TV Band, em Natal.

Antecipando como será a campanha de 2018, Robinson utilizou três minutos que obteve como direito de resposta, para desmontar Bezerra.

Avisando que será Fátima Bezerra que terá que arrumar as malas depois do pleito, o governador chamou a candidata do PT não tem preparo para ser governadora:

– Fátima (Bezerra) é despreparada e arrogante e quer ser a dona da verdade -, atacou.

TSE DECIDE E LULA NÃO SAIRÁ DA CADEIA PARA PARTICIPAR DE DEBATE

LUGAR DE PRESIDIÁRIO É NA CADEIA 

O ministro Sérgio Banhos, do TSE, acaba de rejeitar o pedido do PT para que Lula participasse do debate dos presidenciáveis na Rede TV.

A candidatura fake do presidiário líder do PT, serve apenas para que ele vá acumulando derrotas na Justiça.

Nada mais!