CARIOCAS DERROTAM FILHOS DE CORRUPTOS

EFEITO BOLSONARO NA LIMPEZA GERAL 

No Rio de Janeiro não foi só o PT que passou por uma limpeza geral do “Efeito Bolsonaro”.

Vários filhos de políticos presos ou envolvidos em  escândalos não tiveram sucesso eleitoral em disputa de mandatos à Câmara Federal.

Listão dos derrotados:

1.Marco Antonio Cabral (MDB-RJ) Filho do presidiário Sergio Cabral – 19.659 votos

2.Daniele Cunha (MDB-RJ) – Filha do presidiário Eduardo Cunha – 13.424 votos

3.Cristiane Brasil (PTB-RJ) Filha do ex-presidiário Roberto Jefferson

4.Leonardo Picciani (MDB-RJ), Filho do preso domiciliar Jorge Picciani que era ministro de Temer – 38.665 votos

5.Marcelo Hodge Crivela (PRB-RJ)- Filho do prefeito Marcelo Crivela – 35.677 votos

*A única exceção foi o ex-governador Anthony Garotinho, que teve sua candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral em razão da Lei da Ficha Limpa. Ele elegeu dois filhos à Câmara Federal:   Wladimir Garotinho (PRP) – 39.398 votos – e Clarissa Garotinho (PROS) – 35.131 votos.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + três =