Category Archives: Artigos

ESPAÇO DO GIVVA: DE JORNALISTA SALAFRÁRIOS DA MADURA ESQUERDA

OPINIÃO 

POR GIVANILDO SILVA

Os jornalistas salafrários da madura esquerda fascista e outros, de linhagem semelhante, insistem em encarnar na ministra Damares.

E imaginar que existe tanta coisa importante demandando uma discussão, pelo menos, razoável! São uns descarados.

OAB emite Nota de Pesar

Ordem dos Advogados de Mossoró lamente morte de José Rêgo 

NOTA DE PESAR

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção de Mossoró lamenta o falecimento do desembargador José Rêgo Júnior na madrugada desta quinta-feira (10) em Natal, cidade onde residia.
O Dr. José Rêgo Júnior foi advogado atuante em Mossoró, membro de comissões e ex integrante da diretoria da OAB Mossoró, no período de 1998 a 2001, quando exerceu cargo de tesoureiro. Em 2009 foi indicado para desembargador pelo Quinto Constitucional, representando a advocacia, presidindo o Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) entre 2013-2015.
Aos amigos e familiares de José Rêgo Júnior, nossas sinceras condolências neste momento de grande perda e dor. O velório será realizado em Mossoró, na Loja Maçônica Jerônimo Rosado, localizado nas proximidades do Supermercado Rebouças do Alto de São Manoel à partir das 15h30 e o sepultamento ocorrerá no Cemitério São Sebastião (Cemitério Velho), ao final da tarde de hoje.

ACJUS lamenta morte de José Júnior Rêgo

Wellington Barreto assina nota 

NOTA OFICIAL DE SOLIDARIEDADE E PROFUNDO PESAR

A Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró – ACJUS – por seu sodalício vem a público profundamente abalada expressar votos de profundo pesar pelo passamento do advogado, desembargador e colaborador da ACJUS – Dr. JOSÉ JÚNIOR REGO, fato muito triste que lamentavelmente aconteceu nas primeiras horas do dia hoje.
A ACJUS também expressa seu apoio solidário aos familiares do Dr. JOSÉ REGO JÚNIOR nesse momento de profunda dor e sofrimento, Rogando a Deus, Jesus e Nossa Senhora bênçãos sobre os mesmos, bem como acolhimento no plano Celestial ao nosso fraterno colaborador e exemplar profissional, pai de família, filho e esposo.
Estamos profundamente abalados com esse triste fato!

JOSÉ WELLINGTON B ARRETO
Presidente da ACJUS

(RE)TWITTANDO: GERALDO MELO

NO CEARÁ PODE POIS O GOVERNADOR É DO PT

Polícia do Ceará matou trés bandidos de uma vez neste fim de semana.Ninguém protestou pq no Ceará pode:governador é do PT

NOTA SOBRE A NOTA DOS ESTAGIÁRIOS

DE TÃO FRÁGIL EM REDAÇÃO E CONTEÚDO NÃO MERECE RESPOSTA

Depois de passar uma vista na nota assinada pelo movimento que identifica-se como “Comissão dos Estagiários da Prefeitura de Mossoró”, encaminhada ao blog e aqui publicada, o editor concluiu:

– De tão frágil, em sua redação e, igualmente, no conteúdo, a nota não merece uma resposta.

Quando a “Comissão dos Estagiários da Prefeitura de Mossoró” explicar – se é que esclarecerá – alguns pontos, então, poderemos nos ater ao assunto.

O movimento poderia prestar alguns esclarecimentos?

1.Qual o objetivo de alguns “estagiários” na Câmara Municipal de Mossoró, em sessão realizada quinta-feira, 4, gritando palavras de ordem contra autoridades?

2.De quem foi a iniciativa de parte dos “estagiários” de tentar barrar a saída do carro oficial da prefeita, Rosalba Ciarlini, da Câmara Municipal após a sessão do dia 4?

3.Ao invés de atacar a prefeita, Rosalba Ciarlini, com chavões desrespeitosos, durante a sessão da Câmara Municipal de Mossoró, não teria sido menos insensato, solicitar uma conversa pessoal, diplomática e educadamente, com a chefe da municipalidade?

4.Se os “estagiários” já tinham iniciado uma negociação com a Prefeitura de Mossoró, através do competente secretário, Pedro Almeida, então, qual o propósito de se partir para o ataque verbal e físico contra a prefeita, Rosalba Ciarlini e sua comitiva, durante e depois de sessão na Câmara Municipal?

5.Se o grupo de “estagiários” conta com o apoio de alguns vereadores, então, como a deputada estadual diplomada, Isolda Dantas, conseguiu assumir o comando da mobilização na Câmara Municipal, orquestrando e manipulando o movimento contra a prefeita, Rosalba Ciarlini? 

 

ESPAÇO DO GIVVA: “PROGRAMA DE ESTÁGIO DA PREFEITURA ESTÁ DESREGRADO”

JORNALISTA OBSERVA QUE PREFEITA PRECISARÁ APROFUNDAR CORTES

Givanildo Silva é jornalista, radialista e advogado

Em sua página no Facebook, o experiente jornalista-radialista, Givanildo Silva, emite uma sensata e oportuna observação sobre o programa de estágio da Prefeitura Municipal de Mossoró.

Confira.

POR GIVANILDO SILVA

Admitir e demitir são ato discricionário, amigo Carlos Skarlack, de qualquer empregador, dependendo da conjuntura. Pelo amor de Deus, deixem de ser bobos, inclusive a cúpula da Universidade, que anda tonta e faz tempo. E não me venham com chorumela, pois posso mandar, um a um, ir à merda.

Esse programa de estágio da Prefeitura está desregrado, precisando, portanto, ser regrado, dada a absurda ausência de critérios minimamente suportáveis legalmente.

Ademais, orçamento é peça de ficção, não significando, necessariamente, receita efetivamente realizada.

A prefeita Rosalba Ciarlini somente se apequenará, caso não faça ajuste das contas até o término do governo. E se for preciso cortar na carne para o acerto fiscal, que o faça sem tergiversar.

 

MOVIMENTO DE ESTAGIÁRIOS EMITE NOTA

POSIÇÃO SOBRE MANIPULAÇÃO DO MOVIMENTO POR ISOLDA DO PT 

Uma representação que identifica-se como “Comissão dos Estagiários da Prefeitura de Mossoró”, encaminha nota sobre as revelações feita por este blog, sobre a explicita manipulação do referido grupo, pela deputada diplomada, Isolda Dantas, do PT. A nota é assinada por Raquel Saldanha. Comentaremos em seguida.

NOTA

A Comissão dos Estagiários da Prefeitura Municipal vem através desta nota esclarecer a população mossoroense acerca dos fatos veiculados que tentam macular a imagem do nosso movimento.

Circula nas mídias um vídeo no qual uma manifestante teria agredido um segurança que fazia a guarda da prefeita Rosalba Ciarlini, vinculando o movimento a atos de “extrema esquerda”.

Primeiro, deixamos claro que nosso movimento não tem matriz ideológica, nem partidária. Não se está discutindo direita, esquerda, partido A ou partido B. Esse não é nosso foco. Nosso pleito é a manutenção dos nossos contratos junto a prefeitura. Nosso intuito é que não aja rescisão contratual antecipada, nem diminuição de valor.

Nosso movimento é autônomo. Não somos palanque de nenhum político. E estamos recebendo apoio de diversos vereadores da cidade, tanto de oposição, quanto de situação. Na mesma reunião e foto em que aparece o vereador Petras, está a Presidente da Câmara de vereadores, a vereadora Izabel Montenegro, que a situação na gestão da atual prefeita Rosalba Ciarlini, bem como a deputada estadual Isolda. Fora eles, recebemos apoio de diversos outros, como o deputado Allyson, que esteve conosco nos atos do dia 28 de dezembro de 2018.

Quanto ao episódio da agressão, deixamos claro que não coadunamos com nenhuma forma de agressão! NÃO ESTAMOS QUERENDO BADERNA, VIOLÊNCIA, VANDALISMO, EXTREMISMO OU TRUCULÊNCIA. Só queremos a manutenção dos nossos contratos.

O que houve foi o afloramento dos ânimos entre os seguranças e manifestantes. Em diversos outros vídeos  (que não tiveram a mesma repercussão) mostram a truculência dos seguranças (nclusive de vereadores) para com os manifestantes, mediante gritos e empurrões. A jovem que protaconizou a mordida também foi agredida, e tentou exercer sua defesa. Não julgamos justo que se tente macular nosso movimento assim.

NÃO SOMOS PARTIDÁRIOS, SOMOS PACÍFICOS, NÃO QUEREMOS GUERRA. SÓ QUEREMOS NOSSOS CONTRATOS.
Nós estagiários cuidamos de mais de 800 crianças com deficiência, cuidamos da defesa técnica do município em milhares de processos judiciais, atendemos aos servidores e a população.

Cordialmente,

Comissão dos Estagiários da Prefeitura Municipal de Mossoró – CEPM

ALEXANDRE GARCIA

OPINIÃO 

MARCO AURÉLIO MELLO E A PORTA DOS FUNDOS DO STF

OPINIÃO

POR JOSÉ NÊUMANNE PINTO

DO ESTADÃO

“A lambança do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello a poucos minutos do expediente de fim de ano do Poder Judiciário, ao tentar soltar 169 mil presos condenados pós-segunda instância, entre eles Lula, despertou mais uma vez a fúria popular. E com ela emergiu também a criatividade das fórmulas desejadas para substituir a atual indicação de seus componentes pelo presidente da República, com aval do Senado Federal após sabatina. Eleição direta dos ministros, concurso público para admissão e indicação por notáveis ou mesmo associações da classe jurídica são, entre elas, as mais citadas.

Como dizia minha avó, ‘devagar com o andor, que o santo é de barro’. E seguindo instruções de Jack, o Estripador, ‘vamos por partes’. Quem tem conhecimento mínimo do resultado de eleições diretas, principalmente para ocupantes de colegiados, como o Congresso Nacional, as Assembleias Legislativas e as Câmaras Municipais, não pode nutrir a mínima esperança de que o voto direto livre os tribunais superiores dos vícios de sempre com a escolha dos mais sábios e mais justos. Concurso público pode escolher mais membros com mais conhecimentos para lidarem com informações sobre determinada área, mas não há prova, oral ou escrita, que escolha entre os pares o mais habilitado a dirimir questões sobre a adequação de determinada lei ao texto constitucional vigente. Não há notáveis ou instituições isentas da interferência de lobbies e que tais na escolha de um profissional para ocupar um cargo de tal relevância e que representa o mais elevado posto na carreira de um profissional do Direito.

A vida do protagonista citado no início deste texto dá a oportunidade de indicar caminhos mais seguros para levar gente mais capacitada e equilibrada para ocupar o topo. Marco Aurélio Mello é o exemplo perfeito de como o patrimonialismo atravessou incólume todas as tentativas de superá-lo e resiste, como entulho, no terreno das instituições republicanas, acentuando suas imperfeições e demolindo a reputação de seus agentes. Ele entrou na carreira pública como procurador na Justiça do Trabalho, invenção de Getúlio Vargas depois da Revolução de 1930, para funcionar como elo no aparelho de poder de um tipo de populismo latino-americano, o trabalhismo. Uma espécie de fascismo cucaracho, também estrelado por Juan Domingo Perón, na Argentina, e Haya de la Torre, no Peru.

 O cargo não foi obtido por concurso público, mas por nomeação patrocinada pelo pai, Plínio Affonso de Farias Mello, patrono até hoje reverenciado no ambiente do sindicalismo patronal como uma espécie de benemérito da classe dos representantes comerciais. O prestígio de Plínio Mello era tal que o último presidente do regime militar, João Figueiredo, manteve aberta a vaga no Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro para o filho dele, Marco, completar 35 anos, em 1981, e com isso cumprir preceito legal para assumi-la. O prestígio paterno levou-o ao Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília, onde Fernando Affonso Collor de Mello o encontrou para promovê-lo – tcham, tcham, tcham, tcham! – para o Supremo Tribunal Federal (STF).

Neste caso, em que se entrelaçam parentela, compadrio e interesses corporativos, Fernando merece citação especial, pois seu avô materno, Lindolfo Collor, revolucionário de 1930, foi ministro do Trabalho. É também uma história com marcas de chumbo e sangue: Arnon, pai do ex-presidente, irmão de Plínio e tio de Marco Aurélio, atirou em Silvestre Péricles de Góes Monteiro, seu inimigo em Alagoas, no plenário do Senado e matou, com uma bala no coração, o acriano José Kairala, que entrou na tragédia como J. Pinto Fernandes, citado no último verso do poema Quadrilha, de Carlos Drummond de Andrade: ‘que não tinha entrado na história’. É um caso comum na era dos ‘pistolões’ e pistoleiros.

No STF Marco Aurélio sempre foi voto vencido e um espírito de porco até que encontrou um rumo depois que a ex-presidente Dilma Rousseff nomeou sua filha Letícia desembargadora no Tribunal Regional da 3.ª Região, no Rio, demonstração de como o nepotismo se perpetua. Foi desde então que o campeão das causas perdidas abraçou cruzadas que atendem aos interesses petistas e aos de nababos da advocacia de Brasília, que defendem a troco dos dólares que ganharão, quando for, se é que vai ser, extinta a jurisprudência que autoriza a prisão de condenados em segunda instância. Foi em nome dela que cometeu o tresloucado gesto.

O antagonista no episódio, Dias Toffoli, presidente do STF, mas adepto da mesma cruzada, até tentou ser juiz por concurso, mas foi reprovado em dois. Como defensor de José Dirceu e do PT e advogado-geral da União de Lula, contudo, ascendeu ao cargo que hoje ocupa. O posto, aliás, já tinha pertencido antes, com graves danos para a Constituição, rasurada por ele na ocasião do impeachment de Dilma, a Ricardo Lewandowski. Este foi nomeado pelo quinto constitucional para o Tribunal de Alçada Criminal por indicação de seu então chefe, Aron Galant, prefeito de São Bernardo do Campo. Extinto o órgão, foi transferido para o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e chegou ao STF por mercê de suas ligações de compadrio e amizade com o casal Marisa e Lula da Silva. O monturo patrimonialista só será desmanchado se forem fechadas a porta dos fundos do STF, pela qual entram os quintos, e a Justiça trabalhista.

Este conto de trancoso terá um final feliz se loucuras como a de Marco Aurélio e do desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, em Porto Alegre, não forem sequer tentadas. Toffoli marcou a sessão plenária do STF para decidir sobre a jurisprudência da possibilidade de prisão em segunda instância para 10 de abril. Mas só haverá solução final se Bolsonaro e Moro levarem à aprovação do Congresso uma lei para determiná-la. O resto é lero.”

O PAPA DISSE QUE COMUNISTAS PENSAM COMO CRISTÃOS

“É ALGO COMPLETAMENTE ESTRANHO” 

POR ELINALDO RENOVATO 

SUA SANTIDADE TEM O DIREITO DE TER OPINIÃO sobre qualquer assunto . Não me levem a mal meus amigos católicos. Mas O Papa dizer que “COMUNISTAS PENSAM COMO CRISTÃOS”!!! É algo completamente estranho!
1. Cristo mandou amar até os inimigos (MT 5.44). Comunistas são tão assassinos e cruéis, que mataram mais de 100 milhões de pessoas para implantar seu regime materialista ATEU!
2. Cristo considera a FAMÍLIA instituição criada por Deus (Gn 2.24); Sl 128; “Ele faz com que a mulher estéril habite EM FAMÍLIA , é seja alegre mãe de filhos” (Sl 113.9).!! Karl Marx e Engels, fundadores do comunismo, dizem que “A FAMÍLIA DEVE SER DESTRUÍDA “ (Manifesto Comunista; e outros escritos). Como o Papa pode dizer isso???😱. Marx disse: FELIZ AQUELE QUE NÃO TEM FAMÍLIA .
3. Cristianismo é essencialmente TEÍSTA . Defende a fé em Deus, como Criador do Universo, da vida e do ser humano (Gn 1.1; Sl 19.1 e ss; ). Comunistas SÃO ATEUS! dizem que “o homem surgiu como obra do acaso cego; descende de um hominídeo , que desce de de UM MACACO, aliás, de vários macacos! O Papa sabe disso! 😱
4. Cristo valoriza a todos , pobres ou ricos. Não diviniza os pobres em demoniza os ricos. Mas nunca ensinou que os pobres devem dominar ( “ditadura do proletariado”) nem que os ricos devem dominar . E MUITO MENOS O ESTADO ATEU.
5.. Cristo aprova governos justos , exercidos por autoridades legitimamente constituídas (Rm 13.1-7). Comunistas são essencialmente DITADORES. Fidel Castro mandou destruir igrejas; DITADOR COMUNISTA CHINES MANDOU DESTRUIR CENTENAS DE IGREJAS E ORE DER PASTORES E PADRES! 😱 O Papa não diz nada? Comunistas “pensam como cristãos??????!!!!’
6. Cristo aprova a propriedade privada mas condena a opressão dos ricos sobre os pobres . (Tg 5.1-6). Comunistas MANDAM DESTRUIR A PROPRIEDADE PRIVADA , roubando os bens de quem trabalhou a vida inteira ; substituem a propriedade privada pela propriedade do ESTADO DITATORIAL E OPRESSOR!
7. O cristianismo tolera todas as religiões , em países cristãos. O Cominismo só tem um jornal, uma rádio, uma TV. E proíbe qualquer liberdade de opinião , de religião ou de crença !!! MEU DEUS! ILUMINE O LIDER CATÓLICO !
8. CRISTIANISMO PREGA CONTRA O PECADO! Cinismo defende e ensina tudo o que é contra a palavra de Deus: aprova a homossexualidade , a prostituicao, o aborto, é tido o que afronta à santidade de Deus. DEUS TENHA MISERICÓRDIA DO PAPA. Homem bom, simples e despojado se pompas é luxo! 🙏🙏🙏
REPASSO POSTAGEM DE UM CATÓLICO ZELOSO DE SUA FÉ .
“O que pensar de um papa que renega a Igreja e sua Tradição que deveria defender?
Em 1 de julho de 1949, o Santo Ofício publicou mais um decreto condenatório, aquele que passou a ser popularmente conhecido como o Decreto contra o comunismo. Neste documento, o Santo Ofício proibiu os católicos de favorecerem, votarem ou se filiarem em partidos comunistas; e de ler, publicar ou escrever qualquer material que defendesse o comunismo (citando o cânone 1399 do Código de Direito Canónico de 1917, actualmente revogado). Este decreto voltou também a confirmar a excomunhão automática ipso facto (ou latae sententiae) de todos os católicos que, em obstinação consciente, defendiam abertamente o comunismo, porque eram considerados apóstatas”.

*Elinaldo Renovato é pastor da Igreja Assembleia de Deus em Parnarimim-RN