EM DEFESA DE MOSSORÓ

SOBRE EXEMPLOS

POR ZAIDEM HERONILDES 

Todos os dias estarei aqui para defender a cidade querida e amada de Mossoró. Aqui passei minha infância e minha adolescência. Fiz-me empresário sem descuidar dos meus estudos instigados por Deus e por um homem chamado Francisco Heronildes da Silva cognominado de Nías. Que sendo um empresário bem sucedido não deixava dizer aos filhos vão estudar. Mesmo tendo muita coisa ele dizia como um recado porque se for dividir pelos números de filhos o que tenho não dar um carroço de café para cada um. Eu via 500 sacas de café e diante dessa exemplo: Cá com os meus pensamentos este homem tem razão. Um dia ele chegou para mim e disse: Você vai tomar conta dessa Fábrica de Mosaicos. Quem tinha Fábrica de Mosaicos era o prefeito de Mossoró chamado Joaquim Felício de Moura. Entrei lá no dia 17 de fevereiro de 1964 novinho. Ele acreditava em mim Desmanchei a viagem para o Rio de Janeiro e fui trabalhar sem descuidar dos estudos. A frase dele tinha ferando a minha mente. Deus me dizia estudo. estudo. Não podia sair de Mossoró direito era o que eu queria não tinha essa faculdade em Mossoró. Fiz história estarei passei no vestibular. Redação: ” Todo Trabalho Dignifica o Homem. Uern pequena eu estudava e ensinava. Fui trabalhando estudo cresci a firma. os ricos de Mossoró andavam de bicicleta eu de carro. Era um estudante rico.Fiz-me Juiz Classista ganhava bem. Ensinando na Uern. e cheguei a ser professor titular das disciplinas: História moderna e contemporânea. Lá me aposentei como professor titular e como juiz classista. Me formei em direito estudando, estudando. Advoguei ganhei dinheiro. Criei meus quatro filhos hoje advogados. Pai morre. Renunciei a herança em nome de meus irmãos. Eles não puderam melhorar o que receberam dos país. Hoje digo aos meus filhos. Em francês eu digo a eles hoje: Feci quod Potui, Faciant Meliora Potentes. Fiz o Que Pude Quem Quiser Que Faça Melhor.Essa lição eu recebi de meu pai Fracisco Heronildes da Silva. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =