EUA impõem novas sanções a autoridades do Irã

Secretário de Estado e de Tesouro dos EUA citaram penas impostas a produtores de itens como aço, ferro e cobre, usados em mísseis

Os Estados Unidos impuseram sanções adicionais ao Irã como retaliação pelo ataque feito contra bases americanas no Iraque, anunciou o secretário de Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, nesta sexta-feira (10).

Oito autoridades iranianas foram penalizadas, entre elas o secretário do Conselho de Segurança Nacional Supremo, Ali Shamkhani, e Gholamreza Soleimani, comandante da milícia voluntária Basij, da Guarda Revolucionária do Irã. Além deles, sofreram sanções os “maiores produtores” de aço, ferro e cobre do país: segundo o comunicado, foram sancionados 17 produtores de metal e companhias mineradoras iranianas.

Também sofreram sanções duas empresas sediadas em Pequim, na China, e uma empresa de fachada nas ilhas Seychelles, todas acusadas de realizar comércio ou transações com o Irã.

O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, participou da coletiva de imprensa em que o anúncio do Tesouro foi feito. Ele afirmou que não há dúvida de que o Irã tinha intenção de matar americanos com os ataques por mísseis, que acabaram não deixando vítimas. A ofensiva iraniana, na terça-feira (7), foi em retaliação ao ataque americano que matou o general Qassem Soleimani, o mais importante do Irã.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 15 =