UERN realiza mais uma edição da campanha Sangue Bom

Alunos, professores e servidores poderão fazer doações voluntárias hoje e amanhã

Por Luziária Machado

A UERN realiza hoje e amanhã mais uma edição da campanha UERN Sangue Bom, dentro da programação do dia do doador voluntário de sangue, comemorado ontem.

Das 7h às 17h, o ônibus de coleta do Hemocentro estará estacionado no Campus Central fazendo a coleta.

Os alunos, professores e técnicis foram sensibilizados para realizar a doação.

Henrique diz que não aceitará ser ministro

Deputado federal se pronuncia sobre articulação do PMDB para indicar o seu nome para equipe de Dilma

Por Ricardo Rosado

Observação do Fator RRH:

O deputado Henrique Eduardo Alves repetiu há pouco que não aceitará a indicação do partido para qualquer Ministério no novo Governo Dilma.

“Vou desmentir. Sem chances”, disse o deputado.

Fonte: www.portanoar.com

 

Vergonha “Congresso” Nacional

Até um deputado federal declara que tem vergonha de pertencer ao Congresso Nacional

“Hoje eu sinto vergonha de pertencer ao Congresso Nacional”

Declaração do deputado federal Mendonça Filho (DEM) durante sessão no Congresso Nacional.

Sem comentário.

Os doadores da campanha de Dilma

Empreiteiras entre os grandes doadores da presidentre

Relação de alguns dos doadores da campanha de Dilma Rousseff:

*JBS: 73 219 959 reais

*Itaú: 4 milhões de reais

*Bradesco: 10 254 769 reais

*Ambev: 8 459 494 reais

*Andrade Gutierrez: 21 milhões de reais

*OAS: 20 milhões de reais

*UTC: 7,5 milhões de reais

*Queiroz Galvão: 3,5 milhões de reais

*Odebrecht: 8 985 099 reais

*Camargo Corrêa: 2 102 500 reais

*Engevix: 1,5 milhão de reais

Governador eleito visita fábrica da Vicunha

Robinson Faria revela que trabalhará para fortalecer economia para buscar novas industrias 

IMG-20141125-WA0059 IMG-20141125-WA0056

Fortalecer a economia do Rio Grande do Norte e atrair novas indústrias estão na lista das metas do governador eleito Robinson Faria (PSD) para a próxima gestão que se inicia em janeiro de 2015. A convite da empresa, antes mesmo de ser empossado, Robinson visitou nesta terça-feira (25) a empresa do segmento têxtil Vicunha, no distrito industrial de São Gonçalo do Amarante.

Ao lado do presidente da Vicunha, Ricardo Steinbruch, o governador eleito visitou as instalações da fábrica e reafirmou o compromisso de apoiar a geração de emprego no Estado. “A Vicunha possui um moderno parque industrial e emprega mais de 2 mil funcionários no Rio Grande do Norte. Com incentivo estadual, a empresa pode ampliar o número de emprego e melhorar a geração de emprego e renda no Rio Grande do Norte”, destacou.

De acordo com o gerente industrial Vanei Moura, a empresa Vicunha fabrica 6 milhões de metros de tecido por mês, considerada a maior produção de jeans do país. A Vicunha tem unidades nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia e São Paulo e tem produção destinada à exportação através de subsidiárias na Argentina, Colômbia, Estados Unidos, Europa e China.

Durante a visita que também foi acompanhada pelos diretores de Operações, Altamir G. Martins e Pocho Silveira, Robinson destacou a expectativa de parcerias do Governo do Estado com a empresa.

A Vicunha produz e comercializa índigos, brins, tecidos mistos e tecnológicos, malhas sintéticas e naturais, fibras e filamentos. Está entre os maiores produtores mundiais de índigos e brins, sendo responsável por cerca de 40% da produção nacional.

PMDB avalia que Henrique Alves será indicado para o ministério de Dilma

Colunista do G1 comenta articulação do PMDB para indicar Henrique para ministério de Dilma

Por Gerson Camarotti

A bancada do PMDB na Câmara está convencida de que o presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), será mesmo indicado para o primeiro escalão da presidente Dilma Rousseff no segundo mandato. A certeza dos peemedebistas veio nesta terça-feira (25), depois que Alves foi pessoalmente ao plenário da Câmara ajudar na articulação do projeto do Executivo que autoriza o governo federal a descumprir a meta fiscal de 2014.

Até então, Henrique ainda guardava mágoas do Planalto em razão da derrota que sofreu neste ano na disputa pelo governo do Rio Grande do Norte. O presidente da Câmara, que encerrará seu mandato em janeiro, chegou a contrariar Dilma logo após a eleição colocando em votação o projeto da oposição que derruba o decreto sobre os conselhos populares.

Fonte: www.g1.com.br

Finalmente uma voz sensata na Assembleia Legislativa

Agnelo Alves é contra aprovação de pedido de empréstimo feito pelo governo Rosalba

Alguém aí está entendendo, claramente, o que a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini (DEM) está pretendo nesse fim de gestão que, em verdade, já acabou faz tempo?

Como é que ela não vai mais fazer uso de um empréstimo, porém, insiste em que os deputados estaduais aprovem um pedido de empréstimo de R$ 850 milhões?

O mais ético, neste momento, não seria dona Rosalba deixar esse assunto para o governador eleito, Robinson Faria?

Mas apareceu uma voz sensata contra essa pantomina.

É o que informa a conceituada jornalista Thaisa Galvão.

Leia:

Por Thaisa Galvão

O relatório do deputado Kelps Lima, sobre o pedido de empréstimo de 850 milhões para o governp do Estado, que será apresentado amanhã na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia, não será votado amanhã.
É que o deputado Agnelo Alves vai pedir vista.
Nem mesmo as explicações de Kelps sobre as mudanças que está fazendo no texto devem convencer Agnelo.
Kelps explicou que está retirando do texto a parte que destina recursos a um fundo municipal, explicando exatamente a dúvida de Agnelo: que não pode aprovar destinaçãp de tecursos para um fundo que ainda não existe, pois não foi criado.
Agnelo defende que o empréstimo seja pedido somente pelo próximo governo.
No bate-papo dos dois, apenas com essa blogueira de testemunha, Kelps disse ainda que o dinheiro só sai se for pedido esse ano, mas, que o relatório amarra o governo a dar explicações sobre o uso do dinheiro, antes de fazê-lo.
“Quer dizer que o dinheirp só sai se for pedido agora? Se for pedido p ano que vem não sai não?”, questionou Agnelo.
“Não”, respondeu Kelps.
“Ah, então aí a coisa muda de figura”, respondeu Agnelo, mais pensativo do que curioso…
Foi aí que o Blog entrou.
-E aí, você ainda vai pedir vista?
-Vou – respondeu Agnelo.
-Mesmo com as mudanças que serão feitas?
-Sim – concluiu Agnelo.

Foto Thaisa Galvão

IMG_2748.PNG

 

 

O Velho Apache Antenado reclama

Uma hora e trinta e dois minutos em uma fila de banco

Depois de passar uma hora e trinta e dois minutos em uma fila na parte interna do Banco Itaú, na rua Augusto Severo, no centro de Mossoró-RN, nesta terça-feira, o Velho Apache Antenado resolveu reclamar.

Todavia, porém, entretanto, no entanto, o Velho Apache Antenado foi o único a reclamar.

Na mesma fila teve cliente do Itaú que passou uma hora e quarenta e quatro minutos.

E a Lei que estabelece um tempo máximo para cada cliente permanecer em uma fila de bando foi jogada na latrina na cidade de Mossoró.

Izabel Montenegro defende decretação de estado de calamidade para a saúde

Vereador do PMDB tem apoio do líder da bancada governista em pronunciamento 

A vereadora Izabel Montenegro (PMDB) voltou a defender, na sessão desta terça-feira, na Câmara Municipal de Mossoró a decretação do estado de calamidade na saúde pública em Mossoró.

Em pronunciamento no plenário da Câmara Municipal ela citou como exemplo de dificuldades no setor, algumas questões do setor de oncologia do município.

A posição de Iaabel foi avalizada pelo vereador Soldado Jadson, líder da bancada governista na Câmara Municipal.

Henrique Alves é um dos nomes que o PMDB indicará para ministro

PMDB define os seus ministros

Temer:  negociações para o ministério

Temer: negociações para o Ministério

Por Lauro Jardim

Michel Temer, Renan Calheiros e Eduardo Cunha se acertaram, num encontro que tiveram a três. O motivo da conversa era a divisão dos ministérios que cabem ao PMDB da Câmara e do Senado.

Ficou acordado que Eduardo Cunha, por exemplo, indicará o nome de Henrique Eduardo Alves. Temer quer fazer Eliseu Padilha ministro também.

O PMDB do Senado ficaria , além da vaga já certa para Kátia Abreu, com as indicações de Eunicio Oliveira e Eduardo Braga.

Fonte: Coluna Radar da Veja.com.br