Jório Nogueira é convidado por Robinson Faria a disputar cadeira de deputado estadual

Vereador do PSD de Mossoró é sondado para fazer sobradinha com Fábio Faria em Mossoró

Para fazer uma nominata capaz de ajudar aos deputados estaduais do PSD, o presidente do partido no Estado e pré-candidato ao Governo, Robinson Faria, tem articulado o lançamento de candidatos a deputado estadual no interior.

Em Mossoró, o nome escalado por Robinson, para uma dobradinha com o deputado fedeal, Fábio Faria, PSD, é do vereador do partido, Jório Nogueira.

– O vice-governador Robinson Faria me convidou para disputar uma cadeira de deputado estadual, e assim fortalecer o partido na disputa para Assembleia Legislativa -, revelou Jório, ao blog, há duas semanas.

Todavia, como estava nas articulações para a eleição de presidente da Câmara Municipal, o vereador preferiu não tornar público o projeto.

Com sua família e amigos, Jório Nogueira avalia a possibilidade, todavia, como é o nome do grupo do prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior, para disputa da presidência da Câmara Municipal para o biênio 2015/2015, o vereador teme que uma candidatura a deputado estadual acabe atrapalhando.

Se quando ainda contava com Gesane Marinho o PSD já precisava de lançar o máximo de candidatos a deputado estadual, agora, que a parlamentar dicidiu não mais disputar a reeleição e apoiar o adversário de Robinson, deputado federal, Henrique Alves, é que a carência deve aumentar.

Videocast Antenado: João Marcelino

Diretor do Chuva de Bala no País de Mossoró fala sobre espetáculo 2014

Como nas edições anteriores o Chuva de Bala no País de Mossoró apresentará novidades em 2014.

Sobre o espetáculo que será exibido no adro da Capela de São Vicente, de 12 a 29 de junho, o diretor João Marcelino explica.

Veja o vídeo:

 

João Marcelino comanda primeiro ensaio técnico do Chuva de Bala no País de Mossoró

Diretor do Espetáculo Chuva de Bala começa a ensaiar no adro da Capela de São Vivente 

Contagem regressiva para estréia do Espetáculo Chuva de Bala no País de Mossoró, marcada para quinta-feira, 12.

E os últimos retoques no novo espetáculo começam a ser dados pelo diretor, João Marcelino.

Nesta segunda-feira, 9, às 20h, ele comandou o primeiro ensaio técnico, no adro da Capela de São Vicente.

Em entrevista ao Vídeocast Antenado, João Marcelino promete novidades, mais uma vez.

Aguarde o vídeo.

 

Insituto Consult registra nova pesquisa no TRE

Nova pesquisa para o Governo do Estado e Senado da República será divulgada dia 14

O pré-candidato ao Governo pelo PSL, Araken Farias, conseguiu impedir a divulgação de uma pesquisa do Instuto Consult, que havia sido registrada sem o seu nome.

Depois de decidir cancelar a divulgação da pesquisa, a Consult fez um novo registro no TRE.

De acordo com o Instituto Consult uma nova pesquisa começará ser realizada nesta terça-feira, 10 e se estenderá até a a quinta-feira, 12.

De acordo com a nova pesquisa registrada serão entrevistados 1.700 eleitores e custará R$ 30 mil.

O registro é da Rádio 96FM de Natal.

Confira o questionário:

1) Se a eleição para Governador do Rio Grande do Norte Fosse hoje, em quem o(a) sr.(a) (você) votaria? (pergunta não estimulada)

2) Se os candidatos a futuro governador do RN forem esses que vou citar, e que estão nesse cartão, em qual deles o(a) sr.(a) (você) votaria? (pergunta estimulada / nomes citados em rodízio)
1) Henrique Alves (PMDB)
2) Robinson Faria (PSD)
3) Rosalba Ciarlini (DEM)
4) Robério Paulino (PSOL)
5) Araken Farias (PSL)
6) Simone Dutra (PSTU)
7) nenhum
8) não sabe dizer

3) E se os candidatos a futuro governador do RN forem esses que agora vou citar, em qual deles o(a) sr.(a) (você) votaria? (perg. estimulada)
1) Henrique Alves (PMDB)
2) Robinson Faria (PSD)
3)
4) Robério Paulino (PSOL)
5) Araken Farias (PSL)
6) Simone Dutra (PSTU)
7) nenhum
8) não sabe dizer

4) Se a eleição para Senador(a) do Rio Grande do Norte fosse hoje, em quem o(a) sr.(a) (você) votaria? (pergunta não estimulada) ..

5) Se a eleição fosse hoje, em qual desses nomes que vou citar o(a) sr.(a) (você) votaria para Senador(a) do RN? (perg. estimulada)
1) Fátima Bezerra
2) Wilma de Faria
3) Roberto Ronconi
4) Profa Ana Célia
5) nenhum
6) não sabe dizer

6) Se a eleição para Governador e Senador do RN fosse hoje, e o voto fosse em uma chapa completa, em qual dessas chapas o(a) Sr.(a) (você) teria mais interesse em votar? (pergunta estimulada)
1) Henrique Alves para Governador e Wilma de Faria para Senadora
2) Robinson Faria para Governador e Fátima Bezerra para Senadora
3) Araken Farias para governador e Roberto Ronconi para Senador
4) Simone Dutra para governadora e Profa Ana Célia para Senadora 5) nenhuma
6) não sabe dizer

7) Se a eleição para Presidente da República fosse hoje, em quem o(a) sr.(a) (você) votaria? (Pergunta não estimulada)

8) Se a eleição para Presidente da República fosse hoje, em qual desses candidatos o(a) sr.(a) (você) votaria?(pergunta estimulada)
1) Dilma Rousseff
2)Aécio Neves
3)Eduardo Campos
4)nenhum
5)não sabe

9) De uma maneira geral o(a) sr.(a) (você) Aprova ou Desaprova o governo da Governadora Rosalba, para o RN?
1) aprova
2) desaprova
3) sem opinião formada

10) De uma maneira geral o(a) sr.(a) (você) Aprova ou Desaprova o governo da Presidente Dilma Rousseff para o Brasil?
1) aprova
2) desaprova
3) sem opinião formada

Gesane Marinho anuncia apoio ao deputado Henrique Alves

Deputada do PSD rompe com Robinson Faria e vai para o palanque adversário 

20140609-194734-71254590.jpg

A deputada Gesane Marinho (PSD), anunciou apoio ao pré-candidato a governador, Henrique Eduardo Alves, PMDB.

Sábado, 7, ela havia anunciado que não iria disputar a reeleição e criticiou o comando do PSD que a teria abandonado.

Nesta segunda-feira 9, Gesena anuncia que vai apoiar Henrique Eduardo Alves, adversário de Robinson Faria, presidente do seu partido.

O anúncio foi feito em Natal.

Mais detalhes em instantes.

Por ter defendido Cláudia Regina, Thyrbay Rodrigues é processado por Laíre Rosado

Agora se espera que Cláudia Regina pague um advogado para defender blogueiro que chamou Laíre de sanguessuga

Depois de ter traído a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, DEM, agora, a ex-prefeita cassada, afastada e inelegível, Cláudia Regina, DEM, pode ter uma atitude diferente, com alguém que tanto a defendeu.

O jornalista e blogueira porreta, Thurbay Rodrigues, está sendo processado pelo ex-deputado federal, Laíre Rosado, por ter chamado o ex-parlamentar de sanguessuga.

A crítica de Thurbay a Laíre Rosado ocorreu durante a gestão de Cláudia Regina, quando o blogueiro teria saído em defesa da prefeita cassada, afastada e inelegível.

Hoje, Thurbay está precisando de um advogado, e o que seus amigos esperam é que Cláudia Regina tome a iniciativa de aciomar sua competente assessoria jurírica para defender um ex-aliado que tanto a denfedeu.

 

Videocast Antenado: Francisco José Júnior

Prefeito de Mossoró fala sobre o lançamento da pedra fundamental da sede do sistema SEST/SENAT

Lançamento ocorreu nesta segunda-feira, 9, às 18h no Conjunto Vingt Rosado com presenças de vereadores, secretários municipais e do presidente do Conselho Regional do SEST SENAT, Eudo Laranjeiras Costa.

O prefeito fala sobre a solenidade e a convocação de 155 professores para a Rede Municipal de Ensino.

Veja o vídeo:

Comunidade acusa governo Rosalba de descumprir compromisso em carta à Dilma

Carta de moradores onde está sendo construída barragem de Oiticica para a presidente da República

Um total de 262 moradores da comunidade de Barra de Santana, no município de Jucurutu, onde está sendo construída a Barragem de Oiticica, assinaram uma carta  que encaminhada à presidente Dilma Rousseff, na inauguração do aeroporto, em São Gonçalo do Amarante.

Como a presidente não participou do ato, a carta foi entregue ontem ao assessor da presidência da República, Ubirajara Augusto, numa reunião na casa do arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira da Rocha.

Na carta as famílias acusam o governo Rosalba Ciarlini descumprir acordo feito para pagamento de idenizações das terras>

Confira a carta:

À Exmª. Srª. Dilma Rousseff
Presidenta do Brasil

A Barragem de Oiticica localizada na Bacia Hidrográfica do Rio Piranhas, entre os municípios, de Jucurutu, São Fernando e Jardim Piranhas, todos no território do Seridó/RN, pensada e sonhada deste 1950, finalmente começa a sair do papel fruto da luta popular e decisão de governo.

A área da bacia hidráulica da barragem é 6.000ha e a área da bacia hidrográfica é de 34.000km². Terá capacidade de acumular 556.258.050 milhões de metros cúbicos d’água, sendo o terceiro maior reservatório hídrico do RN e o primeiro em volume d’água localizado na região do Seridó. Este empreendimento beneficiará diretamente e indiretamente meio milhão de potiguares de 17 municípios das regiões Central, Seridó e Vale do Açu, no estado do RN.

Já foram executados 25% da obra física da barragem, pelo Consórcio EIT/ENCALSO, sob a supervisão da KL Serviços de Engenharia S/A. É uma obra do governo federal/Ministério da Integração Nacional/Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) que através de um acordo técnico repassou a responsabilidade de construção para o Governo do RN, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh). Para a execução da obra está sendo investido recursos federais (PAC 2) na ordem de R$ 292 milhões (94,89%) e contrapartida do estado do RN no valor R$ 19 milhões (6,11%), totalizando em R$ 311 milhões o valor total da obra. Os recursos referentes à primeira parcela saíram no segundo semestre de 2013 e foram no valor de R$ 27.466.667,00 milhões por parte do Governo Federal e contrapartida de R$ 1.787,425,00 milhão do Governo do Estado, totalizando 29.254.092,00. Estes recursos foram gastos na obra da barragem, sem ter sido paga uma só indenização e construída uma única casa.

A construção da barragem será uma redenção para o desenvolvimento sustentável solidário e uma segurança hídrica para enfrentar os longos períodos de estiagem (seca) na região e servirá também para o controle das vazões do rio piranhas e redução das inundações do Vale do Açu, atenuando as cheias e prejuízos às plantações e animais. A barragem comportará a capacidade de irrigação de até 10.000ha e o abastecimento humano para uma população de até 2.000.000 pessoas, com possibilidade de geração de energia para o atendimento de uma população de 140.000 pessoas, piscicultura, lazer, turismo et etc.

As oportunidades desta obra são inúmeras e diversificadas. Somos a favor da construção da barragem, pela segurança hídrica e os benefícios sociais e econômicos que trará para região. Porém, somos contra qualquer injustiça e desrespeito aos direitos dos atingidos pela construção da barragem. As comunidades atingidas são o nosso território de vida, historia e cultura. Somos guardiões das terras, animais, plantas e rios presentes neste lugar. Queremos transformar esta terra sem males sonhada por nossos ancestrais e, para isto, temos nosso coração cheio de coragem e solidariedade.

Entendemos que uma obra desta magnitude jamais o governo federal deveria ter repassado sua execução para o governo do estado e permitido o desrespeito e descumprimento à constituição brasileira que estabelece a prévia e justa indenização, e em dinheiro, antes do início da obra. Como já dissemos, a obra física avançou 25% e as 773 famílias de agricultores familiares e produtores rurais, representando aproxidamente 3000 pessoas e 225 famílias do distrito Barram de Santana, em torno de 900 pessoas, totalizando 3900 pessoas, estão sem garantia de indenizações e reassentamento até o momento. Além disso, somos obrigados a conviver entre 140 máquinas provocando poeira em nossas casas, poluição sonora, risco de acidente nas estradas das comunidades, dinamites usadas na fundação da barragem provocando rachaduras e demolição das casas e causando doenças, estresse e todo tipo de insegurança e medo nas pessoas.

Em janeiro de 2014 os atingidos pela construção da barragem, na busca de diálogo para garantir as indenizações e reassentamento, ocuparam pacificamente o canteiro de obra paralisando as atividades físicas. E no dia 08 de janeiro a governadora do estado, acompanhada do arcebispo de Natal, secretários de estado e muitas outras autoridades, esteve presente no espaço da obra, onde assumiu um conjunto de compromissos e, por razões que não conhecemos, não foi cumprido.
A quebra dos compromissos assumidos pelo governo do estado fragilizou as relações entre governo e sociedade e o movimento dos atingidos pela construção da barragem, após verificar que o governo abdicou de suas responsabilidades e ignorou prazos e compromissos assumidos, ocupou novamente, há quase um mês o canteiro de obra, de forma pacifica. Com isso, os serviços da barragem estão paralisados e nenhuma proposta concreta foi viabilizada pelo governo do estado até o momento.

Diante do impasse em curso e verificando que 94,89% dos recursos da construção da barragem têm como fonte financiadora o governo federal, solicitamos de Vossa Excelência que garanta e priorize repasse de recursos para o pagamento das indenizações a todos os agricultores/as e proprietários/as, com pagamento imediato de 280 laudos até o final de junho, sendo os demais nos meses de julho, agosto e setembro, de forma que todas as indenizações sejam concluídas antes das eleições de outubro de 2014. Quanto ao reassentamento das famílias, solicitamos que seja da mesma forma, garantido e priorizado repasses de recursos vinculados à construção da nova comunidade Barra de Santana, tento em vista que em 15 de maio de 2015 a nova comunidade já esteja construída.

Solicitamos de Vossa Excelência que faça um ajuste no termo de transferência da obra para o governo do estado estabelecendo duas cláusulas:

a) Garantia de recursos e prioridade nos repasses financeiros para as indenizações e reassentamentos (construção da Nova Barra de Santana;

b) Que a barragem principal construída em maciço de concreto compactado a rolo, onde está inserido um trecho vertedouro localizado no braço principal do rio Piranhas, só seja fechada quando todas as indenizações forem realizadas e a nova comunidade estiver construída e as famílias ali residindo.

Finalmente, solicitamos a Vossa Excelência que seja revisto o orçamento previsto para 2014 no valor de R$ 58.910.881,91 para R$ 140.000.000,00, garantindo em primeiro lugar as indenizações, o reassentamento das famílias e continuidade das obras físicas de modo que a barragem seja de fato concluída em agosto de 2015.

Seguiremos juntos nos mobilizando e lutando por JUSTIÇA E DIREITOS e continuaremos em mobilização permanente com nosso lema: Barragem Oiticica sim! Injustiças não! Direitos já! No Ponta Pé não Sairemos.

Assinam esta carta os agricultores familiares e produtores atingidos pela construção da barragem de Oiticica, moradores da Barra de Santana e movimentos sociais.

Barra de Santana, 08.06.2014

O Velho Apache Antenado aconselha a Rosalba não ir como muita sede ao pote de ataques aos aliados e adversários políticos

Não é aconselhável a quem depende de uma votação na Assembleia Legislativa acionar uma metralhadora verbal contra os adversários

 

Muito dificilmente a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, DEM, chegará ao final de 2014 em condições de participar das próximas eleições.

Além da situação de inelegibilidade junto ao TSE, em que em um dos processos existe até perda de prazo, em nível de Rio Grande do Norte, um processo está nas mãos dos adversários de Rosalba.

Trata-se do pedido de impeachment feito pelo MARCCO e que tramita na Assembleia Legislativa.

Mesmo que não venha a ser apreciado durante o período eleitoral, nada impede que o impeachment de Rosalba venha a ser votado depois do pleito de outubro.

E ao partir para o ataque contra o senador da República, José Agripino, presidente do DEM, pelo fato de não ter legenda para disputar sua reeleição, a governadora só agrava sua situação.

Cada farpa contra o senador da República, José Agripino; cada ataque contra o presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, PMDB, pode representar uma pá de  cal a mais em sua sepultura política.

Assessor de Eduardo Campos insinua que Aécio Neves é usuário de cocaína

Momentos depois de postar comentário em seu Facebook contra Aécio, Marco Bahé foi demitido por Campos

No mesmo dia em que publicou no Facebook frase insinuando que o presidenciável tucano Aécio Neves, PSDB, é usuário de cocaína, o jornalista Marco Bahé foi afastado do cargo que ocupava na campanha de campanha de Eduardo Campos, PSB.

O jornalista era coordenador de mídias sociais da campanha de Eduardo Campos (PSB).

Ele escreveu em seu Facebook: “Vai ter coca, Aécio Neves”.

Em seguida apagou o comentário.

Era tarde.

Perdeu o emprego.