ROGÉRIO MARINHO É O NOVO MINISTRO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL

PASTA É UMA DAS MAIS COBIÇADAS NA ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS

O novo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho — Foto: Edu Andrade/Ministério da Economia

O presidente Jair Bolsonaro exonerou, nesta quinta-feira (6), o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Segundo o decreto, a saída ocorre a pedido de Canuto.

O cargo será ocupado por Rogério Marinho, que atuava como secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. A troca foi publicada em edição extra do “Diário Oficial da União”.

No fim da tarde, o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, anunciou que Canuto passará a presidir a Dataprev, estatal responsável pelo processamento de dados das aposentadorias. Na estatal, terá a missão de ajudar a reduzir as filas de pedidos de benefício no Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

No lugar de Rogério Marinho na Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, segundo informou a assessoria do Ministério da Economia, assumirá Bruno Bianco, atual secretário-adjunto.

Segundo o Blog do Camarotti, a mudança foi motivada pelas críticas de parlamentares à gestão de Canuto. Eles se queixavam ao Palácio do Planalto da demora no atendimento de demandas e até mesmo dificuldade na liberação de emendas. De acordo com o blog, a nomeação de Rogério Marinho para o Desenvolvimento Regional é vista como uma resposta positiva ao Congresso em razão da boa relação dele com o Legislativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + nove =