Wilson Jales e três amigos tem prisão preventiva decretada

Decisão é da Justiça de Umarizal 

A Justiça da comarca de Umarizal-RN, decreta a prisão preventiva do médico Wilson Jales e de três amigos seus.

Wilson Jales, Israel Franco, Júlio Ricardo e Leonardo Rodrigues são acusados dos crimes de homicídio qualificado e tentativa de homicídio.

O médico e seus amigos mataram a aposentada Francisca Alves Silva Oliveira, de 68 anos, por pura maldade.

Os quatro elementos também tentaram matar o esposo de Francisca Alves, Raimundo Nonato de Oliveira.

O crime ocorreu no trevo de acesso aos municípios de Rafael Godeiro e Patu, na terça-feira, 9.

TERROR – De acordo com depoimentos dos três amigos do médico Wilson Jales, quando trafegavam de Mossoró para Patu, os quatro passaram pelo casal de idosos fazendo caminhada.

O médico teria descido do carro, atirado na cabeça de Francisca Alves, e depois ficou rindo assistindo o marido da vítima correr para o mato.

Wilson também é acusado de outros três crimes, dentre os quais o de sua ex-esposa, que teria encomendado.

A ex-esposa de Wilton, empresária Ruta de Cássia foi morta no dia 15 de fevereiro de 2015, em uma fazenda da família, no município de Messias Targino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 3 =